close
Cachorro

Quais lugares o cachorro de suporte emocional pode frequentar?

Atualizado · 06 de maio de 2022 · 12h09

Publicado · 11/04/2022 · 17h43

O cachorro de suporte emocional ajuda tutores a lidarem com transtornos psicológicos
O cachorro de suporte emocional ajuda tutores a lidarem com transtornos psicológicos

Você provavelmente já ouviu falar de cão-guia, mas você sabe o que é um cão de apoio emocional? Esse animal tem um papel fundamental na vida de pessoas que precisam lidar com transtornos psicológicos. Não são considerados pets terapeutas e nem cães de serviço, na verdade, a "função" cão de apoio é ficar ao lado do tutor para dar um suporte em casos de ansiedade e síndrome do pânico, por exemplo, oferecendo conforto e segurança emocional. Por isso, o animal de apoio emocional não é a mesma coisa que um cão-guia, não segue as mesmas regras e nem demanda um treinamento muito específico. Isso significa que não é sempre que ele pode frequentar os mesmo ambientes que os donos. O Patas da Casa te explica quais são os lugares pet friendly que o cachorro de suporte emocional pode frequentar e como garantir que esse direito seja respeitado!

O cão de apoio emocional ajuda pessoas com transtornos psicológicos a viverem melhor

Os Animais de Assistência Emocional (Esan) fica ali entre um animal de estimação e um pet terapeuta. Seu objetivo é ajudar pessoas com transtornos psicológicos como ansiedade, depressão, autismo e estresse pós-traumático. O cão de apoio emocional é aquele que será capaz de tranquilizar o tutor em diferentes situações, atuando também como um companheiro que auxilia na independência do indivíduo e diminui a solidão. Além disso, estimula o tutor a realizar atividades que pode não ter o costume de fazer por conta desses transtornos (como atividades físicas) e até mesmo a socializar, pois o animal facilita a interação do tutor com outras pessoas.

O cachorro de suporte emocional diminui o estresse e dá um novo sentido à vida de alguém. Não interessa a raça do cachorro: suporte emocional pode ser feito por qualquer cãozinho, mas é importante considerar a personalidade mais dócil do pet, como é o caso do Labrador, Golden Retriever e Beagle. Além do cachorro, existe também gato de apoio emocional, assim como outros animais, como coelhos e até mesmo tartarugas.

Cão apoio emocional X cão de serviço: entenda a diferença

Cães de serviço são aqueles que prestam alguma função para a qual foram treinados. Esse é o caso dos cães-guia, que acompanham pessoas com deficiência visual, e dos cães policiais, que ajudam no trabalho da polícia. O cão de apoio emocional não se enquadra nesse caso, pois não recebe treinamento para atuar nesse tipo de função. Eles têm, no máximo, um treino básico de socialização. Porém, não pense que o animal de apoio emocional é só um animal de estimação, pois seu papel vai além de apenas viver na casa do tutor. Médicos psiquiatras podem indicar sua presença na vida de alguém que esteja em tratamento de transtornos psicológicos. Além disso, alguns países têm leis para cães de apoio emocional, que permitem, por exemplo, que eles frequentem locais que um pet de estimação "normal" não pode.

Ter um laudo de suporte emocional é necessário antes de ter um cãozinho de apoio

Para se ter um cão de apoio emocional, é preciso primeiro uma avaliação feita por um médico psiquiatra. Após o diagnóstico de transtorno psicológico confirmado, um laudo de suporte emocional é emitido e o médico indica o apoio de um cão por meio de uma carta. Animal suporte emocional já pode, então, fazer parte do dia a dia do tutor. É fundamental que o tutor tenha a carta animal de suporte emocional sempre com ele, pois é por meio dela que se prova a função do animal e permite que ele frequente certos lugares.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Quem tem um cão de apoio emocional se sente mais confiante e confortável em fazer atividades diárias
    Quem tem um cão de apoio emocional se sente mais confiante e confortável em fazer atividades diárias

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    O cachorro de suporte emocional tem um leque menor de locais permitidos

    Cada lugar tem uma regra diferente sobre a presença do cachorro. Apoio emocional não é o mesmo que cão de serviço e, por isso, a legislação é outra. Na verdade, por muito tempo não houve nenhuma Lei no Brasil que regulasse os lugares em que os cães de apoio emocional poderiam frequentar - e ainda é assim na maior parte do país.

    Isso significa que esses cachorros devem seguir a mesma lógica de animais de estimação: só podem entrar onde pets também podem - ao contrário de um cão-guia que, de acordo com a Lei, pode frequentar qualquer lugar que seu tutor vá, incluindo transportes públicos e locais privados. No caso de um cachorro de suporte emocional, o acesso do cachorro no shopping e restaurantes é definido pelas regras do próprio estabelecimento. Por isso, é importante sempre verificar se o local é pet friendly ou não. 

    Dá para viajar de avião com um animal de apoio emocional?

    Se você pretende viajar de avião com animal de suporte emocional, é importante conhecer o regulamento da companhia aérea em questão. Em alguns países, o cão pode viajar na cabine com o dono sem problemas. No Brasil, cada companhia aérea tem uma lei individual, algumas mais rígidas e outras mais flexíveis. Normalmente, as normas estão relacionadas ao peso e tamanho do animal. Por isso, antes de viajar, confira qual companhia é mais flexível e avise com antecedência, para evitar problemas na hora do voo. Leve sempre seu laudo de suporte emocional.

    Lei Prince já garante que cães de apoio emocional no Rio de Janeiro frequentem qualquer lugar

    Felizmente, nos últimos anos o Brasil está aderindo a algumas leis pet friendly. No Rio de Janeiro, por exemplo, já é permitido que o cachorro de suporte emocional frequente qualquer ambiente. A Lei Prince foi promulgada em março de 2022 e permite a entrada de cães de apoio emocional em qualquer local público ou privado de uso coletivo, como transportes públicos, cinemas, lojas e shoppings. A única ressalva são os locais em que seja necessário realizar a esterilização individual. Basta enviar alguns documentos especificados do tutor e do cachorro para a Secretaria Estadual de Agricultura para conseguir a licença. O cão de apoio emocional deve usar um colete vermelho específico. 

    Além do Rio de Janeiro, outros estados já possuem projetos de lei com o mesmo objetivo e um projeto de lei federal também está em tramitação. Espera-se que, em breve, a presença do cachorro de suporte emocional em qualquer ambiente seja legalizada em todo o país. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta 

    Gatos sonham? O que significa sonhar com gato? Entenda tudo sobre o sono dos felinos e outras curiosidades

    Próxima matéria

    Gatos sonham? O que significa sonhar com gato? Entenda tudo sobre o sono dos felinos e outras curiosidades

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno
    Saúde

    Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno

    Há quem pense que todos os cães enfrentam o mesmo tipo de problemas ao longo da vida, mas não é bem assim. Algumas raças de cachorro têm detalhes muito característicos na anatomia que favorecem o desenvolvimento de condições específicas. Uma prova disso são os casos de alergias em Pugs: por causa das dobrinhas e rugas que têm pelo corpo, eles acabam tendo uma propensão maior a desenvolver diferentes tipos de dermatites alérgicas. Por isso, ao dar as boas-vindas a um Pug na sua casa, o ideal é que você saiba o que pode causar essas alergias e como reagir caso o seu animalzinho apareça com algo do tipo. Hoje, o Patas da Casa vai ao seu socorro: descubra, aqui embaixo, mais sobre esse problema!

    Portão para cachorro: quais são os lugares mais importantes da casa para instalar?
    Cuidados

    Portão para cachorro: quais são os lugares mais importantes da casa para instalar?

    O portão para cachorro é um dos acessórios mais importantes para quem compartilha a vida com um doguinho. Nem todos os cômodos são adequados para os pets ficarem e o acessório ajuda a limitar o acesso do cachorro e, inclusive, evitar acidentes domésticos. A cozinha, por exemplo, é um local com altos riscos de queimaduras, assim como uma corrida desenfreada na escada de casa pode machucar gravemente o animal. 

    Ver Todas >

    Enriquecimento ambiental para cães: o que é?
    Comportamento animal

    Enriquecimento ambiental para cães: o que é?

    Já ouviu falar no enriquecimento ambiental para cães? Apesar do conceito parecer novo, ele já faz parte da vida dos nossos doguinhos há um bom tempo: trata-se de estímulos físicos, mentais e sociais que melhoram o bem-estar e a qualidade de vida dos nossos pets. Isso pode incluir desde brinquedos para cachorro e brincadeiras, até passeios e socialização com outros animais e pessoas. 

    Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?
    Comportamento animal

    Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?

    O enriquecimento ambiental para gatos é um cuidado necessário para oferecer uma boa qualidade de vida aos nossos amigos de quatro patas. Apesar da domesticação ter acontecido há bastante tempo, vários instintos permaneceram com os felinos ao longo dos anos e é importante não inibir isso. Na verdade, os tutores devem saber como direcionar o comportamento do animal para os lugares certos - e é aí que entra a ideia de enriquecimento ambiental. 

    Cachorro uivando: tudo sobre o comportamento canino
    Comportamento animal

    Cachorro uivando: tudo sobre o comportamento canino

    O uivo de cachorro desperta muita curiosidade em nós, humanos. Diferente do latido, esse som é bem mais alto e envolve uma expressão corporal bem específica: de pé ou sentados, os cães inclinam a cabeça para trás, levantam o focinho, olham para cima e então emitem o uivo. É um gestual que lembra bastante seus ancestrais, os lobos, e que serve basicamente para a comunicação. Descubra tudo sobre cachorro uivando!

    Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil
    Comportamento animal

    Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil

    Mesmo que o gato doméstico seja mais conhecido, os gatos selvagens continuam por aí nos mais diferentes habitats. Claro que eles não são encontrados andando na rua e nem podem viver dentro de casa, mas fora dos meios urbanos existem diferentes espécies. E se você pensa que gatos silvestres só existem em locais bem distantes do mundo, você está bem enganado. Uma thread no Twitter feita pela Bárbara Ruzzi enumerou 10 espécies de gato selvagem brasileiro. Sim, nosso país é o lar de muitos gatos silvestres por aí! 

    Ver Todas >