Ração

Quais as diferenças nutricionais entre a ração para cães filhotes e adultos?

Cachorros filhotes e adultos têm necessidades nutricionais específicas, por isso, precisam de uma alimentação adequada para a faixa-etária
Cachorros filhotes e adultos têm necessidades nutricionais específicas, por isso, precisam de uma alimentação adequada para a faixa-etária

Se você tem um animal de estimação em casa, já deve ter questionado se tem problema oferecer uma ração para filhotes a um cachorro adulto ou vice-versa. Provavelmente já se perguntou também quais as diferenças entre cada tipo e qual o momento certo para fazer a transição sem prejudicar o crescimento do bichinho. É justamente esse o ponto: cada alimento tem particularidades nutricionais que contemplam as necessidades do animal para aquela fase específica da vida. Ou seja, a escolha do alimento certo é fundamental para garantir o desenvolvimento saudável do filhotinho ou para manter o cachorro adulto em sua melhor forma.

Sabemos que escolher a ração ideal para o cachorro é algo que deixa os pais de primeira viagem muito confusos. Basta uma olhada rápida na prateleira do petshop para encontrar várias nomenclaturas, que se adequam à idade, tamanho e características gerais do animal (se ele tem alguma alergia ou doença relacionada, por exemplo). Pensando nisso, vamos esclarecer de uma vez por todas as diferenças nutricionais entre a ração para cachorro filhote e a indicada para cachorro adulto!

Ração para filhotes: alimento mais nutritivo garante o crescimento saudável e suporta a energia de sobra do cãozinho

Alguns filhotes de cachorro têm tanta (mas tanta) energia que seu tutor desejaria que houvesse um botão para desligá-lo por algumas horas. Essa disposição de sobra precisa ser sustentada pela escolha do que dar para filhote de cachorro comer: a ração destinada a essa fase tem em sua composição maior quantidade de proteínas, carboidratos e outros nutrientes. Não seguir essa orientação pode comprometer a saúde do animal. A ração para cachorro filhote é fortalecida por vitaminas e minerais que ajudam no processo de formação de tecidos e da estrutura óssea dele. O equilíbrio entre o cálcio (maior quantidade) e o fósforo (menor quantidade), por exemplo, garante a correta calcificação dos ossos do cachorro em crescimento.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A   ração para cachorro filhote tem maior concentração de proteínas e carboidratos, além de nutrientes que ajudam na formação de tecidos e ossos
    A ração para cachorro filhote tem maior concentração de proteínas e carboidratos, além de nutrientes que ajudam na formação de tecidos e ossos
    Oferecer a ração para cachorro filhote aos adultos pode resultar em obesidade e outros problemas de saúde
    Oferecer a ração para cachorro filhote aos adultos pode resultar em obesidade e outros problemas de saúde
    A   ração para cachorro filhote tem maior concentração de proteínas e carboidratos, além de nutrientes que ajudam na formação de tecidos e ossos
    Oferecer a ração para cachorro filhote aos adultos pode resultar em obesidade e outros problemas de saúde

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    Qual a melhor ração para cachorro adulto? Definitivamente não é a indicada para filhotes

    Como já explicamos, o filhote demanda mais calorias nas refeições por estar na fase de crescimento e ser muito eufórico. Na prática, qual o problema em oferecer essa ração aos cães adultos? Depois de um período, que pode variar bastante, o cachorro já atingiu o crescimento e sua energia diminui consideravelmente, por isso, as necessidades nutricionais são menores. Dar ao animal uma ração com mais proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais pode resultar em obesidade canina e outros distúrbios de saúde. O alimento indicado para cachorro adulto precisa ser equilibrado.

    A ração para cães idosos, por sua vez, é mais macia e possui nutrientes que fortalecem a saúde do animal. No caso de animais que apresentam alergias e doenças relacionadas ou cadelas gestantes, o melhor é consultar o veterinário de confiança para que ele indique o tipo de alimentação e frequência adequada.

    Quando fazer a transição da ração para cachorro filhote para a indicada aos adultos?

    Por muito tempo, acreditava-se que qualquer cachorro tinha que passar a comer ração para adultos assim que completasse 12 meses de vida. Na verdade, existem exceções, principalmente quando falamos de cães de porte grande e gigante. Cachorrinhos pequenos e médios até seguem essa regra, mas os animais maiores demoram mais tempo para atingir a maturidade. Por isso, a transição deve ocorrer mais tarde, ali por volta dos 18 meses de vida. Na dúvida, fale com o veterinário!

    Redação: Luana Lopes

    Quantos ml de leite um filhote de cachorro mama? Veja essa e outras curiosidades sobre a amamentação canina

    Próxima matéria

    Quantos ml de leite um filhote de cachorro mama? Veja essa e outras curiosidades sobre a amamentação canina

    Ração light para cães: em quais casos ela é recomendada? Qual a diferença da ração tradicional?
    Ração

    Ração light para cães: em quais casos ela é recomendada? Qual a diferença da ração tradicional?

    A Alimentação do cachorro requer um cuidado muito especial na rotina do seu pet. Dentre os diferentes tipos de ração de cachorro que existem, a ração light para cães se destaca como uma alternativa para animais que estão na faixa do peso ideal ou com um leve sobrepeso. No entanto, é importante ter em mente que ela é um tipo de ração diferente da ração diet para cães. Entenda!

    Ração de gato e ração de cachorro: quais as diferenças nutricionais entre os alimentos de cada espécie?
    Ração

    Ração de gato e ração de cachorro: quais as diferenças nutricionais entre os alimentos de cada espécie?

    Se você tem um cachorro e um gato em casa, já deve ter se questionado sobre a diferença na alimentação de cada espécie. Afinal, gato pode comer ração de cachorro e vice-versa? A ração de gato tem nutrientes diferentes do alimento oferecido aos cães? Tiramos todas as dúvidas sobre a alimentação desses animais e os cuidados que você deve tomar!

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?
    Ração

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?

    Todo mundo sabe que os cuidados com a alimentação do cachorro são fundamentais para manter a saúde do animal em dia. No entanto, o que poucas pessoas compreendem é que existem diferentes tipos de ração para cachorro e que todas elas são específicas para determinada fase da vida do animal e também levando em consideração o seu porte físico. Sim, é isso mesmo: o porte do animal também influencia na escolha da ração. Isto acontece porque uma ração para cachorro pequeno apresenta algumas diferenças nutricionais se comparada a uma ração para cachorro grande, e vice-versa; o que pode prejudicar a saúde do seu pet se for consumida de maneira inadequada. Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa preparou uma matéria com várias informações sobre isso. Veja a seguir!

    Tudo sobre ração para cachorros: um guia completo sobre a alimentação para cães filhotes, adultos e idosos
    Ração

    Tudo sobre ração para cachorros: um guia completo sobre a alimentação para cães filhotes, adultos e idosos

    A ração certa e a quantidade ideal a ser oferecida diariamente para os cachorros é uma preocupação frequente dos tutores. A alimentação dos pets (filhotes, adultos e idosos) precisa ser balanceada e oferecer uma grande variedade de nutrientes para a saúde e bem estar dos bichinhos. Diante tantas opções em petshops, supermercados e lojas especializadas, é comum surgir dúvidas sobre qual é a ideal, já que uma alimentação nutricionalmente rica é essencial para que nossos animais de estimação vivam com qualidade de vida e longe de doenças. Para ajudar na escolha correta, montamos uma lista com os tipos de ração para cada fase da vida. Veja abaixo e saiba qual oferecer ao seu melhor amigo!

    Ver Todas >

    6 frutas para cachorro que fazem muito bem para a saúde
    Alimentação animal

    6 frutas para cachorro que fazem muito bem para a saúde

    A alimentação do cachorro é um dos fatores mais importantes na hora de cuidar do pet. Ela é responsável por oferecer nutrientes, energia, saúde e bem-estar. O mais recomendado é sempre levar em conta orientações do médico veterinário de confiança para atribuir ao animal a melhor nutrição possível. Uma dica é proporcionar uma alimentação variada composta por uma ração de qualidade e pequenas quantidades de frutas e legumes naturais, oferecidos como petiscos.

    Cachorro pode comer peixe?
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer peixe?

    Os pescados são alimentos que fazem parte da composição de diversos petiscos e rações de cachorro. Por isso, é comum que os cães se atraiam pelo cheiro de peixe fresco. No caso de uma alimentação natural ou no caso de intercalar a ração de cachorro com outros alimentos, é comum se perguntar se cachorro come peixe ou se o alimento pode fazer mal para eles. O Patas da Casa reuniu informações sobre o assunto para esclarecer todas as dúvidas: se o peixe é liberado na dieta canina ou não, quais os benefícios do alimento e como preparar e oferecer da forma correta.

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?
    Alimentação animal

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?

    Uma boa alimentação faz toda a diferença na saúde do gato. O problema é que nem sempre o bichano consegue todos os nutrientes que ele precisa por meio da ração, e em alguns casos é necessário procurar por outras alternativas de suplementação alimentar. A vitamina para gatos é uma dessas opções, mas antes de investir nesse tipo de suplemento é fundamental conversar com um profissional para saber quais são os nutrientes que estão faltando no organismo do seu amigo de quatro patas. 

    É normal o filhote de cachorro comer muito? Entenda esse comportamento
    Alimentação animal

    É normal o filhote de cachorro comer muito? Entenda esse comportamento

    Muitos pais de pets - principalmente os de primeira viagem - podem não saber lidar com alguns comportamentos dos filhotes de cachorro. Apesar de todo cão ser único, a alimentação é um fator importante no desenvolvimento de todo animal. Por isso, é necessário entender como saber se o cachorro está com fome e quando o ato de comer muito pode ser um problema. Os filhotinhos de cachorro necessitam de mais refeições por dia do que um cão adulto, ainda assim a quantidade de ração deve ser menor. 

    Ver Todas >