Comportamento animal

Pode dar osso para cachorro? infográfico mostra os prós e contras

Publicado - 02 Junho 2022 - 13h00

Atualizado - 20 Maio 2024 - 13h15

Os cães não precisam de nada muito caro ou moderno para brincarem e se divertirem, e o osso para cachorro é uma das maiores provas disso. Basta chegar com um ossinho, e o animal pode passar horas roendo aquilo sem se preocupar com mais nada. Mas, apesar do entretenimento que o osso de cachorro oferece, é importante pensar também nas consequências que a brincadeira pode trazer se não tiver os cuidados necessários.

Pensando nisso, preparamos um infográfico explicando tudo sobre os diferentes tipos de osso - natural, defumado, de nylon e de couro -, assim como as vantagens e desvantagens de inserir a peça na rotina do seu cachorro. Confira!

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Infográfico mostrando benefícios e perigos do osso para cachorro
O osso para cachorro deve ser oferecido com cuidado para não prejudicar a saúde do pet

 

Afinal, pode dar osso para cachorro roer ou não?

 

Uma das maiores dúvidas dos tutores é descobrir se cascos e ossos para cachorro são seguros ou não. Isso porque, apesar de serem muito apreciados por nossos amigos peludos, esses “brinquedos” podem causar vários problemas bem desagradáveis para a saúde desses animais se forem usados inadequadamente. Mas vamos por partes, ok?!

Para começar, não há porque demonizar o osso. Cachorro gosta de roer e brincar com ele, e se o tutor tiver cuidado, a peça dificilmente vai representar algum perigo para o pet. Aliás, há vários benefícios ao oferecer osso para cachorro, como o gasto de energia - afinal, o doguinho vai passar um bom tempo brincando com ele - e a diminuição de estresse e ansiedade. Além disso, os ossinhos têm uma função semelhante à do mordedor para cachorro, massageando a gengiva e satisfazendo as necessidades de morder do pet. O acessório também auxilia na higiene dentária, afastando problemas como a formação de placas e tártaro em cachorro.

Por outro lado, existem, sim, alguns pontos negativos no uso do osso. Se o material for muito rígido, pode resultar em um dente de cachorro quebrado. Já se o osso de cachorro for muito “frágil”, vai se quebrar com facilidade e corre o risco de ser engolido pelo animal, deixando o cachorro engasgado ou até causando uma asfixia. Também há o perigo de engolir pequenos pedaços quebrados que possam perfurar o sistema digestivo do pet ou causar uma obstrução intestinal.

Tipos de osso para cachorro: saiba quais usar (e quais evitar!)

Osso natural para cachorro: os mais recomendados são os ossos bovinos ou de porco. Além de fornecerem grande quantidade de cartilagem e até mesmo de carne, esses ossos costumam ser maiores e não correm o perigo de serem engolidos. Já os ossos de galinha devem ser evitados, pois são muito frágeis e pequenos.

Osso de nylon para cachorro: esse é um brinquedo que faz muito sucesso e se enquadra na lista de tipos de mordedores. O modelo é fabricado com materiais que não são tóxicos para cães, e podem ser mais durinhos ou mais molinhos. Por ser de nylon, ele não deve ser consumido pelo animal, apenas servir de entretenimento durante as brincadeiras.

Osso defumado para cachorro: normalmente são ossos naturais para cachorro, mas que podem vir acompanhados de conservantes, temperos e aromatizantes artificiais durante a defumação. Esse processo também muitas vezes acaba deixando o osso mais frágil e quebradiço. Tudo isso pode prejudicar a saúde animal, por isso deve ser evitado.

Osso de couro para cachorro: essa também não é uma das melhores opções para oferecer ao seu cão. Além de passarem por diferentes processos químicos, os ossos de couro são difíceis de serem digeridos pelo organismo e podem deixar o cachorro com diarreia, por exemplo.

Pode oferecer osso para cachorro, desde que seja feito com cuidado

Se você pensa em dar um osso para cachorro roer, tenha cautela. Já vimos que, apesar de parecer uma brincadeira inofensiva, os ossinhos vêm acompanhados de alguns perigos. Por isso, uma das principais dicas para não ter nenhum problema é optar sempre por peças apropriadas para o cão - e é até bom conversar com um veterinário antes de tomar essa decisão por conta própria. Mesmo com a liberação de um profissional, outro cuidado importante é supervisionar a brincadeira por precaução.

Além disso, evite sempre ossos quebrados, frágeis, duros demais ou que tenham sido cozidos/assados. Isso quer dizer que aquele restinho de almoço que sobrou não pode ir direto para o seu cachorro, ok? Quando o osso é cozido ou assado, acaba ficando quebradiço. Também não se esqueça de observar se há a presença de substâncias tóxicas para os cães no ossinho.

Por fim, um alerta: não ofereça ossos para cachorros filhotes, principalmente se o animal está em processo de troca de dentição ou ainda não tem todos os dentes permanentes. Nesse caso, o melhor a se fazer é buscar mordedores realmente indicados para a fase do animal.

Redação: Juliana Melo

Cachorro

Como medir cachorro para comprar coleira, roupas, camas e outros acessórios: veja o guia e nunca mais erre!

Saber como medir cachorro corretamente pode ajudar você na hora de comprar diversos acessórios para o seu pet. Coleira para cachorro...

Cachorro

"Tapete de lamber": esse brinquedo interativo para cachorro ajuda a reduzir ansiedade, tédio e estresse. Veja como funciona!

Um brinquedo interativo para cachorro que vem conquistando cada vez mais pais de pet é o tapete de lamber. Se você nunca ouviu falar...

Adote um animal

Essas são as 8 melhores raças de cachorro para apartamento: eles se adaptam facilmente e não precisam de muito espaço

Quem vive em grandes centros urbanos e mora em condomínios sempre se pergunta qual é o melhor cachorro para apartamento. A verdade é...

Comportamento

Frases de gatos para qualquer situação: postar no status, legenda de fotos e homenagens para o bichano

Assim como existem frases de cachorro para várias situações, também existem frases de gato bem legais que podem ser usadas em difere...

Gato

Gato solta pum? Descubra se é normal os felinos terem gases ou não e o que fazer

Você já se perguntou se o gato solta pum igual os humanos? Por mais estranho que pareça, essa é uma dúvida que pode surgir quando se...

Cachorro

Como medir cachorro para comprar coleira, roupas, camas e outros acessórios: veja o guia e nunca mais erre!

Saber como medir cachorro corretamente pode ajudar você na hora de comprar diversos acessórios para o seu pet. Coleira para cachorro...

Gato

Gato se lambendo muito: esses são os motivos mais comuns para a lambedura excessiva, segundo os especialistas

É muito comum ver um gato se lambendo no dia a dia para se limpar. Isso faz parte da rotina de higiene deles. A língua desses animai...

Cuidados

Como fazer o gato beber mais água: essas são as 6 dicas dadas por um veterinário para aumentar a hidratação do pet

Saber como fazer o gato beber água é uma das grandes preocupações entre os tutores. Isso porque é da natureza dos felinos não se hid...

Ver todas