Saúde

Picada de escorpião em gato: o que causa no animal e como lidar com uma emergência?

Picada de escorpião em gato pode trazer danos à saúde do pet
Picada de escorpião em gato pode trazer danos à saúde do pet

Conhecidos pelo lado explorador e curioso, os felinos adoram brincar e caçar insetos e outros bichinhos, mas esse é um perigo quando se trata de animais peçonhentos que podem resultar no gato picado por escorpião, por exemplo. Os escorpiões se adaptam bem ao ambiente urbano  estão sempre buscando áreas mais frescas e úmidas para se abrigarem. O problema é que muitas vezes esse abrigo pode ser dentro de casa, em uma fresta na parede ou mesmo dentro de calçados.

O verão é a estação mais propícia para o surgimento dos escorpiões, mas eles também podem buscar abrigo em ambientes internos em outras estações. Além de colocar a vida dos humanos em risco, os animais de estimação também ficam mais vulneráveis, principalmente porque sempre deitam no chão e são mais curiosos. O gato picado por escorpião precisa se socorrido imediatamente para evitar que o pior aconteça. Veja como cuidar de gato para prevenir o contato com escorpiões e o que fazer caso ele seja picado por um. 

Como identificar o gato picado por escorpião?

Os escorpiões gostam de se esconder em pequenos lugares, como frestas, buracos em paredes, tomadas abertas e móveis. Em lugares mais endêmicos, como no Centro-Oeste, a recomendação é que a população sempre cheque o interior de tênis e sapatos, já que é um lugar que os escorpiões costumam se abrigar. Como nem sempre o tutor está de olho do gato, acidentes podem ocorrer sem que você perceba. Nesses casos, é essencial sempre observar o comportamento geral do pet. Veja alguns sinais de gato picado por escorpião:

  • enjoo e náuseas
  • cansaço
  • salivação excessiva
  • inchaço na região da picada
  • vômitos

Vermelhidão e sangramento na região da picada também são alguns sinais. Além disso, o gato picado por escorpião pode apresentar dor e dificuldade para se movimentar. O ferrão do peçonhento ainda pode ficar grudado no corpo do pet. Geralmente, os felinos costumam ser atingidos pelos escorpiões na região das patas, pernas e barriga.

Escorpião: gato foi picado, e agora?

O desespero pode tomar conta do tutor ao perceber que o gatinho foi picado por um animal peçonhento. A maneira como o humano reage é muito importante para o processo de recuperação do animal. A primeira coisa que se deve fazer ao identificar a picada de escorpião em gato é evitar que ele se movimente. Dessa forma, você impede que o veneno se espalhe para outras partes do corpo, fazendo com que os efeitos se tornem ainda mais graves.

Você pode fazer a limpeza do local por conta própria, mas não é recomendado que o próprio tutor tente tirar o veneno do corpo do animal - pois isso pode agravar a situação do bichano. Medicar o animal com um analgésico pode ajudar a melhorar a dor. O ideal é que o gato seja levado ao veterinário para ser avaliado. As chances de manter a integridade do pet aumentam muito com a ajuda de um profissional.

Caso você presencie o momento em que o pet foi picado, é importante observar todas as características do escorpião antes de levá-lo ao veterinário. Isso vai ajudar o profissional a identificar o tipo de escorpião e prescrever o tratamento mais eficaz.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    As patas do gato, pernas e barriga constumam ser as regiões mais atingidas pelas picadas de escorpião
    As patas do gato, pernas e barriga constumam ser as regiões mais atingidas pelas picadas de escorpião

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Picada de escorpião mata gato?

    Uma das maiores preocupações dos gateiros é o risco de vida do animal ao ser picado por um peçonhento. Mas afinal de contas, o gato morre com picada de escorpião? Existe sim um risco de óbito para gatos picados por escorpiões, mas de modo geral isso não costuma acontecer quando os principais cuidados são tomados de imediato. O risco pode ser maior para animais com problemas cardíacos. A atenção deve ser redobrada nesses casos.

    Saiba como prevenir a picada de escorpião em gato

    Para evitar o gato picado por escorpião, é essencial que o tutor supervisione o ambiente em que o felino vive. A higienização frequente do local é muito importante, evitando o acúmulo de lixo ou entulho onde o gatinho vive. Utilizar tela nos ralos e pias da casa também vai ajudar a garantir a segurança do seu pet. Caso você more em uma casa com quintal, é indicado que a grama esteja sempre aparada - o que também ajuda a prevenir os animais peçonhentos. 

    Redação: Hyago Bandeira

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Próxima matéria

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
    Raças

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

    Primeiros socorros para gatos: saiba tudo o que você precisa fazer em situações de emergência
    Saúde

    Primeiros socorros para gatos: saiba tudo o que você precisa fazer em situações de emergência

    Ainda que os gatos sejam animais que passam praticamente toda a vida dentro de casa, eles não estão imunes a acidentes. Engasgo, intoxicação, envenenamento, convulsões ou atropelamento: em todos os casos, o tutor precisa de conhecimento para agir imediatamente. Pode ser difícil no momento de desespero, mas é essencial manter a calma para ajudar o seu amigo antes de correr para o veterinário mais próximo. Para te ajudar a se preparar para situações de emergência com o seu gatinho, o Patas da Casa preparou um guia completo de primeiros socorros com a ajuda do médico veterinário Frederico Lima. Confira!

    Gato vomitando: veja as possíveis causas do vômito e saiba o que fazer!
    Vômito

    Gato vomitando: veja as possíveis causas do vômito e saiba o que fazer!

    O gato vomitando não é motivo para desespero! Quem tem um felino para chamar de seu sabe que não é nada raro encontrar um vômito de gato espalhado pela casa, né? Felizmente, na maioria das vezes, a surpresinha desagradável pode estar associada a causas bem corriqueiras, tipo a bola de pelos ou uma simples regurgitação. Mesmo assim, é muito importante ficar atento ao comportamento do gato e se certificar de que o problema não é resultado de algo mais grave.

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Ver Todas >

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?
    Saúde animal

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?

    A FIV em gatos é uma das doenças mais temidas pelos tutores. Por afetar principalmente o sistema imunológico, a doença deixa o felino mais suscetível a adquirir diversas complicações ao longo da vida. Como não tem cura, o gato com FIV precisa de tratamento a vida inteira. Mas, afinal, por quanto tempo o bichano diagnosticado consegue viver? O gato com FIV pode conviver com outros gatos? 

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro
    Saúde animal

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro

    A giardíase canina é uma doença que deixa muitos tutores de cachorro preocupados. Além de causar sintomas desagradáveis, a giárdia em cães pode até mesmo levar o animal à morte se não for tratada a tempo. Quais são os sintomas de giárdia em cães, o que ela causa no corpo do pet e como preveni-la são algumas das dúvidas que muitos pais e mães de pet têm sobre a doença. 

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro
    Saúde animal

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro

    A dermatite atópica canina é uma doença de pele em cachorro mais comum do que se imagina e pode afetar cães de diferentes raças. Uma das principais características desse quadro é a coceira intensa, que pode ou não vir acompanhada de vermelhidão no local. Ou seja, é basicamente como se fosse um tipo de alergia em cachorro. Apesar de não ser uma doença de pele muito grave, a dermatite atópica canina precisa de atenção porque pode interferir consideravelmente na qualidade de vida dos animais.

    Ver Todas >