close
Saúde animal

Outubro rosa pet: tudo que você precisa saber sobre o câncer de mama em cadelas e gatas

Atualizado em 21 de Outubro de 2021 às 15h03

Publicado em 21 de Outubro de 2021 às 15h03

Outubro Rosa Pet conscientiza sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama em cães e gatos
Outubro Rosa Pet conscientiza sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama em cães e gatos

Assim como a campanha internacional com humanos, o Outubro Rosa Pet é uma oportunidade para conscientizar os tutores sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama em cães e gatos. Esse é um problema mais comum do que se imagina no universo animal. Por isso, a observação constante e a prevenção devem fazer parte da rotina de todo pai ou mãe de pet, principalmente no caso de fêmeas. Cadelas adultas e idosas não castradas são as mais afetadas pelo problema, mas entre as gatas estão os casos mais devastadores: cerca de 90% dos tumores mamários que se desenvolvem em felinos são malignos.

O Patas da Casa foi atrás de respostas e entrevistou o médico veterinário Leonardo Costa, que é especializado em oncologia clínica, para desvendar os principais pontos sobre os tumores mamários em cachorros e gatos!

Outubro Rosa Pet: uma campanha de conscientização necessária

O câncer de mama em cachorra e gata é semelhante ao que ocorre com humanos, com a formação de tumores no tecido mamário. “O Outubro Rosa Pet tem grande importância na conscientização dos tutores em realizar exames periódicos no pet e adotar ações que ajudem a prevenir este tipo de neoplasia”, afirma Leonardo.

Apesar de ser tão comum, a maioria dos casos de câncer de mama em cadelas e gatas só é descoberta em estágio avançado, demandando um tratamento mais agressivo e que às vezes não tem o resultado esperado. Ou seja, é um assunto não muito falado e repleto de dúvidas. Por isso a taxa de mortalidade por causa da doença também é alta. Por isso, o diagnóstico precoce aumenta as chances de recuperação e torna muito mais fácil cuidar da saúde e bem-estar dos pets.

Câncer de mama: cachorro e gato não castrados são os mais afetados pela doença

De uma maneira geral, o câncer de mama costuma afetar principalmente cães e gatos fêmeas não castradas, mas pode acometer qualquer animal, independentemente de raça, porte ou sexo. Um dos agravantes mais comuns é o uso de anticoncepcional para cadelas e gatas, que aumenta significativamente a produção hormonal do organismo, podendo causar o câncer de mama em cachorra e gata. O uso desse método para evitar a gestação não é recomendado pelos veterinários.

Vale destacar que essa não é uma doença exclusiva das fêmeas: embora a incidência em cachorros e gatos machos seja menor, eles também podem ser afetados pelo câncer de mama. Por isso, todo cuidado é pouco!

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    O câncer de mama em cachorra e gata pode ser percebido pela formação de nódulos no tecido mamário
    O câncer de mama em cachorra e gata pode ser percebido pela formação de nódulos no tecido mamário

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Gato

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Gato

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Gato

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Gato

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Fique atento aos sintomas de câncer de mama em cachorra e gata!

    O câncer de mama em gatos e cachorros não é difícil de ser descoberto se houver uma observação frequente no corpo do pet. Segundo o oncologista Leonardo, o sintoma mais clássico é a presença de nódulos na região das mamas. Por isso, ao perceber que a sua cadelinha ou gatinha está com a mama inchada ou com pequenos caroços na região, é bom redobrar a atenção. Os outros sintomas de câncer de mama em cachorra e gata que devem ser observados são:

    • Inchaço do tecido mamário
    • Secreção nas mamas
    • Sensibilidade na região
    • Vermelhidão
    • Dor

    Sintomas gerais, como febre, apatia e falta de apetite, também são comuns. “Em alguns casos, a neoplasia também pode ser descoberta com uma ultrassonografia ou uma radiografia que foi realizada com outra finalidade”, acrescenta o veterinário. Ou seja, um simples check-up de rotina pode salvar a vida do seu bichinho.

    Câncer de mama em cães e gatos: a castração é a melhor forma de prevenir a doença

    Você sabia que a castração nos primeiros anos de vida do animal é a forma mais eficaz de prevenir o câncer de mama em gatas e cadelas? É o que explica Leonardo: “Embora não exista nenhuma forma que evite este câncer 100%, a castração ainda é a principal forma de prevenção para este tipo de neoplasia”.

    A castração de cães e gatos é um procedimento cirúrgico simples e seguro para o animal. Além de prevenir o câncer e várias outras doenças, como a própria hiperplasia mamária felina e piometra em cadelas, a castração também é uma forma de cuidar da saúde e bem-estar do seu pet, melhorando até mesmo a convivência dele com a sociedade. Por provocar a diminuição de alguns hormônios que afetam diversos comportamentos, esterilizar o gato ou cachorro diminui o instinto territorialista, deixando eles até mais calmos. Outro benefício importante é evitar a gravidez indesejada e, consequentemente, reduzir o número de animais abandonados.

    Câncer de mama em gatos X hiperplasia mamária: alterações na região podem indicar outro problema menos grave

    Quando se trata de gatos, alterações no tecido mamário podem significar outro problema menos grave e com tratamento menos invasivo. “Os sintomas de câncer de mama em gatos, em sua maioria, são bem parecidos com os da cadela com câncer de mama. Porém, nem todo aumento na glândula mamária de uma felina é câncer. As gatas podem desenvolver hiperplasia mamária felina por influência hormonal, e esta alteração é resolvida com uma simples castração”, explica Leonardo.

    A hiperplasia mamária, uma doença exclusiva dos felinos, ocorre quando há uma proliferação anormal de epitélios dos ductos mamários e estroma das glândulas mamárias. O crescimento desordenado é de origem hormonal, relacionada principalmente ao estímulo da progesterona.

    Outubro Rosa Pet: uma das melhores formas de prevenir o câncer de mama em cães e gatos é com a castração
    Outubro Rosa Pet: uma das melhores formas de prevenir o câncer de mama em cães e gatos é com a castração

    Como é feito o diagnóstico do gato ou cachorro com tumor na mama?

    Se houver qualquer suspeita de gata ou cadela com câncer de mama, o ideal é marcar uma consulta veterinária imediatamente. Quanto antes o tumor for detectado, melhor será o prognóstico e o tratamento. Além do toque na região das mamas que ajuda a detectar a presença de nódulos, existem exames específicos que ajudam a diagnosticar a doença com mais precisão. “O exame mais simples a ser realizado é a citologia aspirativa, caso ainda não tenha um diagnóstico. O segundo passo é a biópsia”, detalha o veterinário.

    O câncer de mama em gatos e cachorros tem tratamento?

    Essa é uma pergunta comum, e felizmente a resposta é positiva: a gata ou cadela com câncer de mama pode ser curada. Existem duas possibilidades de tratamento da doença: intervenção cirúrgica ou quimioterapia. A diferença é que elas são indicadas em momentos diferentes, dependendo da evolução do câncer de mama em cachorros ou gatos. “A maioria das neoplasias tem indicação cirúrgica, mas dependendo da classificação da neoplasia no histopatológico, o paciente pode ser indicado para realizar quimioterapia, que tem como objetivo destruir células cancerígenas remanescentes e/ou circulantes. Isso ajuda a evitar recidivas ou metástases”, esclarece o oncologista.

    Na intervenção cirúrgica, o tumor e as mamas afetadas são retiradas. A cirurgia pode ser parcial (que atinge apenas uma mama), unilateral (que atinge apenas uma cadeia mamária) ou total (que atinge todas as mamas). Já o tratamento com quimioterapia só é indicado em casos mais graves de câncer de mama em cachorra ou gata, principalmente quando o tumor está se espalhando para outras partes do corpo do animal. Essa terapia ajuda a aumentar a sobrevida do pet e melhorar sua qualidade de vida, além de remover as células cancerígenas.

    Redação: Juliana Melo

    5 dicas para escolher a melhor comida de gato

    Próxima matéria

    5 dicas para escolher a melhor comida de gato

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande
    Grandes

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande

    O Bernese Mountain é um cachorro grande com um charme irresistível. No Brasil, ele também é conhecido como Boiadeiro de Berna, Boiadeiro Bernês ou apenas Bernese, para os íntimos. Embora não seja um dos mais populares, esse cãozinho tem várias qualidades: ele é muito ágil, atlético, companheiro e já foi muito utilizado como cão de pastoreio no passado. Como a raça Bernese surgiu na Suíça, também tem alta resistência às baixas temperaturas.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Ver Todas >

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?
    Gato

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?

    Se você reparar seu gato com sangue nas fezes, é importante ficar atento. Essa situação é um sintoma comum a inúmeras doenças que podem afetar o bichano. Ao defecar fezes com sangue, o gato pode estar com uma inflamação no cólon ou até mesmo com um tumor no sistema digestivo. O sangue nas fezes do gato é um sintoma presente até mesmo nas verminoses mais comuns. Seja qual for a causa do gato fazendo fezes com sangue, sempre significa que algo está errado com o animal. 

    Matatabi X Catnip: qual é o melhor para o seu gato e quais as diferenças?
    Gato

    Matatabi X Catnip: qual é o melhor para o seu gato e quais as diferenças?

    O matatabi e a erva do gato (catnip) são plantas capazes de causar alguns eveitos no comportamento dos bichanos. Ao usar o catnip ou o matatabi, o gato costuma ficar mais relaxado, o que impacta muito na sua saúde ao deixá-lo menos estressado. Apesar de serem produtos naturais e provocarem efeitos parecidos, não são a mesma coisa. O matatabi e a erva para gato possuem origens em plantas distintas e têm intensidades diferentes. Além disso, um mesmo gato pode não gostar ou não sentir os efeitos de uma, mas se apaixonar pela outra. 

    Gato Persa branco: o que esperar do bichano com essa cor?
    Gato

    Gato Persa branco: o que esperar do bichano com essa cor?

    O gato Persa branco é aquele animal que nunca vai passar despercebido. Além de ser lindo, o Persa também tem uma personalidade única. O gato Persa é conhecido pela variedade de cores dos pelos. A pelagem branca, inclusive, está ligada a alguns traços comportamentais (com respaldo científico, heim?!). É por isso que fomos atrás de informaçõespara descobrir o que esperar do temperamento do Persa branco. 

    Quanto tempo vive um gato?
    Gato

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Ver Todas >