close
Comportamento

Onde fazer carinho no gato? Veja o infográfico para nunca mais errar

Diferente do que muitos pensam, os gatos podem amar carinho. A ideia de que esses animais são ariscos nem sempre condiz com a realidade: os felinos podem ser, sim, muito dóceis e bons companheiros. O problema é que nem todo mundo sabe como se aproximar dos bichanos e muito menos como fazer carinho no gato - que, ao contrário dos cães, são mais exigentes com os toques pelo corpo. Quer aprender como se aproximar e onde fazer carinho no gato? O Patas da Casa preparou um infográfico com as melhores dicas!

Veja algumas dicas de como fazer carinho no gato do jeito certo
Veja algumas dicas de como fazer carinho no gato do jeito certo

Mais Lidas

Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
Comportamento animal

Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
Comportamento animal

Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
Comportamento animal

Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
Comportamento animal

Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

Onde fazer carinho no gato: barriga e o rabo são áreas muito sensíveis

Há partes do corpo do gato que são bastante sensíveis, como a barriga, o rabo e as patas, e dificilmente os felinos aceitam serem acariciados nessas regiões. Se houver qualquer insistência, o bichano pode acabar adotando um comportamento mais agressivo, com mordidas e arranhões, para se defender. Portanto, o ideal é evitar ao máximo tocar nessas partes - a não ser que o gato dê abertura para isso. Outro cuidado é com os bigodes do animal: as vibrissas são muito delicadas e o toque pode incomodar o gatinho.  

Então, onde fazer carinho no gato? Existem vários lugares apropriados para isso: o topo da cabeça, assim como as bochechas e queixo, são super indicados e os bichanos amam! As costas do gato também são um excelente local, assim como o pescocinho e atrás da orelha. Alguns bichanos gostam de receber carinho na base da cauda (sem tocar no rabo, claro), mas é importante avaliar o nível de intimidade que você tem com o gato antes de acariciar essa região.

Outras dicas importantes de como fazer carinho no seu gato

Como todo mundo sabe, os felinos são animais mais reservados e que não gostam de demonstrações de afeto o tempo inteiro. Ao se aproximar do bichano para acariciá-lo, é bom ter certeza de que o animal está disposto a receber carinho (e saber como funciona a linguagem corporal do gato é muito importante nessas horas). Geralmente, é fácil de interpretar os momentos mais propícios para isso: o gato se entrelaça nas suas pernas ou se esfrega em você, mostrando que ele quer atenção. Outro possível indício é quando o gato começa a afofar o humano - o famoso “amassar pãozinho” -, mostrando que se sente confortável na sua presença e que deseja receber carinho.

Quando você começa a acariciar o gato, é importante ficar atento a alguns sinais também. Se ele quiser carinho, certamente não vai se incomodar com os toques e pode até dar alguns sinais de que está gostando, com ronronados, lambidas ou pequenas mordidas na mão do humano. Já se ele não estiver muito a fim, vai ficar mais retraído e se afastar. Nesse caso, é importante não forçar a barra, ou isso pode acabar irritando o gato.

A forma ideal de como fazer carinho no pet é com movimentos suaves na direção do crescimento dos pelos - como da cabeça até a base do rabo. Se o gatinho for desconhecido, não esqueça de deixá-lo cheirar sua mão antes de iniciar as carícias e observe como ele vai reagir. Na dúvida, sempre espere ele se aproximar de você!

Redação: Juliana Melo

Adestramento de cães: quais sinais indicam que seu cachorro precisa ser treinado o quanto antes?

Próxima matéria

Adestramento de cães: quais sinais indicam que seu cachorro precisa ser treinado o quanto antes?

Gato Siamês: conheça todas as características desse adorável bichano (com infográfico)
Raças

Gato Siamês: conheça todas as características desse adorável bichano (com infográfico)

A raça de gato Siamês é uma das mais conhecidas e queridinhas do mundo. Além dos olhos azuis e da pelagem escura na face, orelhas e patas, esse lindo gatinho também tem uma personalidade totalmente adorável. O gato Siamês costuma ser muito tranquilo e carinhoso com a sua própria família, mas pode ser um pouco mais reservado perto de estranhos. Ele também é muito ativo e nunca dispensa uma boa brincadeira.

Cachorro e gato juntos: veja em infográfico como melhorar a relação entre as duas espécies!
Cachorro

Cachorro e gato juntos: veja em infográfico como melhorar a relação entre as duas espécies!

Por muito tempo, cachorro e gato foram considerados verdadeiros inimigos, mas é necessário desmistificar essa ideia, porque isso não condiz muito bem com a realidade. Na verdade, é totalmente possível construir uma boa relação entre as duas espécies e viver em harmonia com o gato e cachorro na mesma casa. Não é à toa que muitos tutores têm os dois bichinhos - e isso acaba rendendo várias fotos bem fofas de doguinhos dormindo junto com os bichanos. No entanto, não se pode negar: às vezes criar bons laços entre os dois animais pode ser uma tarefa difícil. Por isso, o Patas da Casa preparou um infográfico com algumas dicas de como adaptar cachorro com gato sem grandes problemas. Veja abaixo!

Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
Raças

Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

Como dar remédio para gato sem deixá-lo muito agitado? Veja algumas dicas para não errar!
Cuidados

Como dar remédio para gato sem deixá-lo muito agitado? Veja algumas dicas para não errar!

Para muitos tutores, descobrir como dar remédio para gato pode ser um desafio e tanto. Enquanto alguns animais têm mais facilidade para aceitar a medicação, outros podem apresentar sinais de estresse e agitação na hora de tomar a cápsula ou comprimido. A verdade é que não há uma técnica ideal que funcione para todos os gatos. Você deve testar diversos recursos até conseguir encontrar uma maneira eficaz de administrar o medicamento para o seu bichinho. Pode ser um processo frustrante de tentativa e erro, mas eventualmente você encontrará um sistema viável, que pode envolver comida ou não.

Ver Todas >

Veja 100 fotos de cachorro para se apaixonar!
Comportamento animal

Veja 100 fotos de cachorro para se apaixonar!

Quem nunca se encantou com qualquer foto de cachorro que aparece no feed das redes sociais? É evidente que os nossos amores de quatro patas são os seres mais fotogênicos que existem. Não importa se seu cão é aquele que gosta de ser fotografado e fica paradinho esperando o clique ou é aquele mais agitado que sempre tira a famosa foto de cachorro engraçado: todos os peludinhos rendem ótimas fotografias. 

Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?
Comportamento animal

Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

O gato Bengal - também conhecido como gato-de-bengala - tem uma história fascinante: a raça é derivada do cruzamento entre um felino doméstico e um leopardo selvagem. Na prática, isso quer dizer que, diferente da maioria dos gatinhos que vemos por aí, o gato Bengal tem uma aparência inusitada e um comportamento ainda mais instintivo por ser descendente direto de selvagens. 

Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença
Comportamento animal

Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença

No mês do Setembro Amarelo, as campanhas sobre a prevenção do suicídio ganham um grande destaque. Cuidar da saúde mental é muito importante, e o acompanhamento de médicos e terapeutas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão. O que poucas pessoas sabem é que, aliado a isso, ter um bichinho de estimação também faz toda a diferença na vida de pessoas que convivem com a doença.

Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano
Comportamento animal

Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano "rebaixado"

O gato Munchkin - carinhosamente apelidado de gato “salsicha” - é um dos felinos mais adoráveis que existem. Ele tem pernas curtinhas e um corpo alongado, o que faz com que muitas pessoas se refiram a ele como gato rebaixado ou gato anão. Mas além da aparência inusitada, o que será que esse bichano tem de tão especial? A convivência com o Munchkin com certeza é algo surpreendente.

Ver Todas >