Gato

O que é a doença da arranhadura do gato?

Publicado - 28 Dezembro 2020 - 13h56

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Francine Kirsch / Médica Veterinária especializada em felinos

CRMV CRMV/RS: 15.900

Formada em Medicina Veterinária pela Universidade de Caxias do Sul, com especialização em Clínica Médica de Felinos pela Equalis.

Juliana Melo / Repórter

Jornalista formada pela Facha (Faculdades Integradas Hélio Alonso). Sempre amei o universo pet e meu sonho sempre foi ter um cachorro ou gato, mas essa ainda é uma realidade um pouco distante pra mim. Me sinto um pouco Felícia perto dos bichinhos, e acho fantástico poder entender um pouco melhor o comportamento deles e ajudar tantos tutores por aí!

A oportunidade de entrar na equipe do Patas da Casa foi incrível, porque apesar de não ter um pet, sempre tive muita vontade de conhecer e compreender melhor esse universo. Hoje me sinto praticamente uma ‘expert’ em comportamento de cães e gatos e uma das maiores incentivadoras da adoção animal.

• Filme com animal preferido: “Sempre ao Seu Lado”
• Uma raça de cachorro: Dachshund
• Uma raça de gato: Maine Coon
• A curiosidade favorita sobre cachorros: A maneira como um cão se comporta depende principalmente da criação que ele recebe
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatos enxergam os humanos como seus semelhantes (basicamente como se fôssemos gatos gigantes)
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar um cachorro ou gato é uma das decisões mais bonitas que alguém pode tomar, mas que precisa ser feita com muita responsabilidade
• Nome de pet favorito: Bilbo

Se você tem um bichano, em algum momento já deve ter ouvido falar na doença da arranhadura do gato, certo? Essa infecção acontece principalmente por meio de arranhões dos felinos, e pode atingir tanto os próprios animais quanto os humanos. É fundamental ficar atento a qualquer um dos sintomas de doença da arranhadura do gato para saber como tratar e cuidar corretamente da enfermidade. Pensando nisso, entrevistamos a médica veterinária Francine Kirsch, que é especializada em atendimento de felinos, para esclarecer algumas questões sobre o assunto!

Doença da arranhadura do gato: o que é e como ocorre a transmissão?

De acordo com a especialista, a doença da arranhadura do gato é um quadro infeccioso causado por uma bactéria chamada Bartonella henselae, que é encontrada na saliva e principalmente nas fezes das pulgas. “O gato pode desenvolver a doença e/ou transmitir aos seres humanos ao ser contaminado pelas pulgas. Ou seja, tanto os gatos quanto os seres humanos podem ficar doentes”, revela.

O processo de transmissão, no entanto, pode gerar algumas dúvidas. Por isso, Francine explica: “A transmissão da infecção entre os felinos ocorre através da contaminação das micro abrasões cutâneas produzidas pela pulga, com sua saliva e/ou fezes. Ao se coçar, as fezes contaminadas das pulgas ficam aderidas nas unhas do gato. Se esse gato arranhar um ser humano, o agente infeccioso é inoculado na pele, podendo causar a doença clínica”. Vale destacar também que para um gato ser considerado transmissor da doença, ele precisa estar contaminado por pulgas, pois somente animais com pulgas podem desenvolver e transmitir a doença da arranhadura do gato, conforme a veterinária alerta.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

 

doença da arranhadura do gato: gato doente
A arranhadura do gato acontece principalmente quando o animal é infectado por pulgas

Sintomas de doença de arranhadura de gato

 

A maioria dos gatos infectados pela doença não apresenta manifestações clínicas. Caso isso ocorra, os sintomas são bastante discretos e transitórios, segundo Francine. Ainda assim, vale ficar atento aos seguintes sinais: “Os mais comuns são febre, prostração e aumento de um ou mais linfonodos. Também podem ocorrer sinais mais graves, como endocardite e nefrite.”

Já nos seres humanos, o quadro típico é benigno e auto limitante, sendo frequente em crianças e adolescentes, e os sintomas de doença de arranhadura de gato são um pouco mais visíveis. “Três a cinco dias após a arranhadura do gato são observadas lesões na pele que regridem em poucos dias, podendo persistir por mais tempo em alguns casos”. Além disso, o aumento de linfonodos e abscessos também pode ocorrer; e a febre também pode se fazer presente, mas normalmente é de baixa intensidade. “Em indivíduos imunodeficientes (HIV positivos, transplantados, doentes renais), a doença pode progredir para uma manifestação severa ou sistêmica, o que pode resultar em uma infecção fatal”, alerta Francine.

Como é o diagnóstico da doença da arranhadura do gato?

Ao suspeitar da doença arranhadura do gato, é importante procurar ajuda médica o quanto antes - isso serve tanto para os felinos quanto para os humanos. O diagnóstico, inclusive, segue o mesmo processo em ambos os casos: “Tanto para o diagnóstico em gatos quanto em humanos o padrão ouro é com a cultura bacteriana + PCR + sorologia, sempre correlacionando com o histórico clínico do paciente”.

Se a doença de arranhadura de gato for confirmada, o profissional indicará a melhor forma de tratar o caso. Segundo Francine, o tratamento costuma ser feito com a administração de antibióticos e analgésicos.

Saiba como prevenir a doença de arranhadura de gato

É possível prevenir a arranhadura do gato com algumas medidas bem simples. “Em primeiro lugar, deve ser feito um controle rigoroso de pulgas no gato e no ambiente”, orienta a médica veterinária. Assim é possível garantir que seu amigo de quatro patas não vai ser infectado pelos parasitas e, consequentemente, desenvolver a doença da arranhadura do gato. “Um gato sem pulgas não poderá transmitir a doença!”, reforça a especialista. Outras medidas preventivas que também podem ser adotadas são o  corte regular das unhas e evitar brincadeiras e manipulação inapropriada em gatos desconhecidos.

Redação: Juliana Melo

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Ver todas