Comportamento animal

O Bull Terrier é territorialista? Entenda mais sobre a personalidade desse cachorro grande

Publicado - 15 Junho 2020 - 19h41

Atualizado - 29 Abril 2024 - 08h17

Uma das raças de cachorro grande que mais sofre com os estereótipos, o Bull Terrier nem sempre é o que parece. Por trás dos olhos pequenos e formato de cabeça oval - que faz com que ele tenha a fama de bravo - existe um cãozinho com muito amor para dar. Além de fortes e muito inteligentes, eles são extremamente carinhosos e apegados aos donos. Por isso, é comum que não meçam esforços para defender a sua família e ganhem a fama de territorialista. Para evitar que o temperamento forte se torne um problema, os cuidados devem começar nos primeiros meses de vida do pet. Descubra, aqui embaixo, o que esperar do comportamento do cachorro Bull Terrier e como lidar com a raça!

Bull Terrier: cachorro desta raça é carinhoso, brincalhão e apegado

Esqueça aquela velha a história de que o Bull Terrier é sempre agressivo e violento. Na verdade, o cachorro desta raça é bastante gentil, carinhoso e apegado aos membros da família. Além de obedientes, eles possuem energia de sobra e, por isso, adoram brincar. São os cachorros ideais para famílias que gostam de levar o seu amigo para programas ao ar livre! Mas, assim como acontece com outras raças grandes e musculosas, o cachorro Bull Terrier requer alguns cuidados perto de estranhos, crianças e outros animais. Isso porque ele é territorialista e super apegado ao dono. Ou seja: se entender que um dos tutores está em perigo de alguma forma, pode agir de uma forma agressiva.

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Cão filhote Bull Terrier correndo na natureza
O Bull Terrier mini precisa de atividades ao ar livre para gastar energia

 

O Bull Terrier filhote deve ser educado de maneira positiva

Se você pensa em ter um mini Bull Terrier em casa, saiba que é preciso investir em um adestramento positivo desde cedo. Devido ao seu passado como cachorro de luta, o cão desta raça tem o temperamento forte e, se não for controlado e ensinado desde cedo, pode acabar ficando agressivo. Por isso, o ideal é que ele seja educado de forma positiva (nunca usando violência) e firme, para entender que o “líder da matilha” é você. Além disso, é importante ficar atento às brincadeiras. Por ser um animal bem forte, ele pode não saber administrar a força que tem e se exceder. Nesse caso, é preciso evitar passatempos violentos e brutos, que podem passar a mensagem errada do comportamento ideal. Rosnados e mordidas de brincadeira, por exemplo, não devem ser respondidos com carinhos e afagos.

O cachorro da raça Bull Terrier também precisa de exercícios para gastar a sua energia

O combo energia e força física exige exercícios constantes no dia a dia do Bull Terrier. Caso contrário, o resultado pode ser um cãozinho agressivo e estressado, descontando não apenas nas pessoas, mas também nos objetos que estiverem ao seu alcance. Para evitar esse problema, algumas corridas e atividades de alta intensidade podem ser a solução. Além disso, elas são ótimas para combater o sedentarismo e a obesidade canina. Sendo assim, é fundamental separar um tempinho da sua rotina para garantir que o seu amigo vai poder ver a rua e pelo menos caminhar uma vez por dia. Um quintal grande e espaçoso também é bem-vindo quando se trata de criar um cachorro Bull Terrier. 

 

Redação: Úrsula Gomes

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Histórias reais

Vira-lata caramelo invade festa junina e faz participação especial na hora quadrilha

Não tem jeito: o vira-lata caramelo sempre dá um jeito de abrilhantar qualquer enredo. Se há algum tempo viralizaram histórias de ca...

Comportamento

Meu gato está intimidando meu cachorro: 7 dicas aprovadas por um vet para lidar com a situação

Ter um cachorro e gato convivendo em harmonia em casa é o sonho de qualquer tutor - mas a realidade pode ser bem diferente. Por sere...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Histórias reais

Vira-lata caramelo invade festa junina e faz participação especial na hora quadrilha

Não tem jeito: o vira-lata caramelo sempre dá um jeito de abrilhantar qualquer enredo. Se há algum tempo viralizaram histórias de ca...

Ver todas