Gato

Minoxidil e gatos: remédio usado para crescer cabelo pode intoxicar seu pet

Publicado - 21 Fevereiro 2024 - 17h16

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Quando falamos em gato intoxicado, é comum pensar que a causa sempre é algum veneno mais conhecido, como produtos de limpeza, alimentos proibidos para felinos e até mesmo algumas espécies de plantas específicas. Porém, diversos outros itens do dia a dia que não trazem problemas para os humanos podem ser fatais para os animais, incluindo alguns remédios, como o minoxidil.

Usado principalmente para controlar a queda de cabelo, este medicamento não é prejudicial para os humanos se usado do jeito certo. Porém, pode causar intoxicação em gatos. O caso de um tutor que perdeu seu bichano após entrar em contato com o medicamento viralizou no X, antigo Twitter, e acendeu um alerta. Entenda por que minoxidil pode deixar o gato intoxicado e como evitar que isso aconteça com seu animal. 

História de gato intoxicado por minoxidil viraliza na web

O caso que viralizou nas redes sociais começou como uma suspeita de pancreatite em gatos. Alguns dias depois de falar que sua gatinha estava doente, o tutor revelou que, na verdade, ela estava intoxicada pelo minoxidil que ele usava por causa de um tratamento para crescer a barba. A pet ficava lambendo o rosto dele e acabou entrando em contato com o produto, o que a fez ficar internada por alguns dias. Infelizmente, a gatinha não sobreviveu à intoxicação. 

Imagem Quiz:Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

 

Pesquisa revela que minoxidil pode causar intoxicação em gatos 

A história que viralizou nas redes sociais não é tão incomum. Uma pesquisa publicada pelo Journal of the American Animal Hospital Association investigou a relação do minoxidil com cães e gatos. O estudo revelou que o medicamento é extremamente venenoso para pets.

Dos 211 casos analisados pelos pesquisadores entre 2001 e 2019, a maioria dos animais evoluíram para um quadro moderado ou grave: 56% dos cães e 59,7% dos gatos. Além disso, houve uma taxa de mortalidade de 12,9% dos felinos analisados que tiveram sintomas após a exposição ao medicamento. Ou seja: o gato intoxicado pode morrer por conta do contato com minoxidil. 

Sintomas de intoxicação em gatos: saiba reconhecer se seu pet teve contato com minoxidil

O minoxidil é um vasodilatador arterial que era utilizado para tratamento de hipertensão em humanos e passou a ser usado também para o crescimento dos pelos. Até mesmo em humanos há risco de problemas de saúde causados pelo minoxidil, como hipotensão, infarto e taquicardia. Porém, eles só aparecem em casos muito específicos quando utilizados em excesso.

Nos animais, porém, basta uma pequena quantidade para gerar danos sérios. Os sintomas de intoxicação em gatos causada por contato com minoxidil são os mesmos que costumam aparecer quando o pet é intoxicado com outras substâncias. São eles: 

  • Vômito
  • Pressão baixa
  • Letargia
  • Dificuldade para respirar
  • Convulsões
  • Fraqueza
  • Tremores
gato intoxicado laranja deitado

Gato intoxicado: o que fazer após seu pet entrar em contato com o minoxidil?

Se você percebeu os sintomas de intoxicação em gatos, é importante agir rapidamente. Os efeitos do minoxidil no corpo do animal podem surgir depressa. Em poucas horas, já é possível identificar o gato intoxicado. O que fazer, então? O recomendado é buscar imediatamente ajuda médica especializada. Leve o pet a um pronto-socorro veterinário para que o especialista cuide do animal e trate a intoxicação. Quanto mais rápido for realizado o tratamento, melhores são as chances de cura. 

Como evitar o gato intoxicado com minoxidil? 6 dicas essenciais que você deve ter se fizer uso do remédio

O minoxidil é um medicamento essencial em determinados tratamentos. Então quer dizer que quem faz uso do remédio não pode ter animais de estimação? Não é bem assim! O tutor que usa minoxidil nas versões tópicas pode continuar com seu pet em casa, mas é necessário tomar alguns cuidados especiais para evitar um gato intoxicado pelo contato com o produto. Veja algumas dicas: 

1) Evite contato com o pet após o uso 

Os gatos adoram lamber os tutores, e isso é um grande risco se você acabou de aplicar o minoxidil no cabelo ou na barba. Portanto, é essencial evitar o contato com o pet após sua aplicação. 

2) Limpe bem os lençóis e travesseiros 

Muitas pessoas optam por aplicar o minoxidil antes de dormir. Porém, é bem comum que alguns resquícios do medicamento fiquem na fronha do travesseiro e nos lençóis. Por isso, sempre limpe bem todas as superfícies que você entrar em contato após o uso do minoxidil, pois até mesmo uma gotinha pequena pode causar intoxicação em gatos. 

3) Não durma com o pet se usar minoxidil à noite 

Muita gente gosta de dormir com o gato, mas se você aplicou minoxidil à noite, não deixe que ele sequer entre no quarto! Isso evita que ele suba em você durante o sono e acabe se intoxicando sem o tutor nem perceber. 

4) Use o minoxidil quando estiver longe do gato 

Sabemos que é difícil manter distância do animal, então outra dica é deixar para aplicar o minoxidil quando estiver fora de casa. Use o produto quando for para o trabalho, faculdade, academia ou qualquer outro lugar onde o pet não esteja. 

5) Mantenha o frasco fora do alcance

Os gatos são animais curiosos e que adoram subir em prateleiras para desbravar a casa. Por isso, tenha certeza de que o minoxidil está em um lugar bem escondido e fora do alcance do pet. Assim, você evita que o gato intoxicado após encontrar o frasco por acidente. 

6) Faça o descarte correto 

Quando o frasco de minoxidil acaba, ainda pode sobrar alguns resquícios, que já são o suficiente para deixar o gato intoxicado. Portanto, descarte o remédio da forma correta.

Gato

Gato fofoqueiro acorda todo dia de madrugada por um motivo especial

Gatos são super observadores e estão sempre atentos a tudo. Além disso, para quem pensa que não, os bichanos podem, sim, ser bem com...

Adote um animal

Tonquinês: conheça a raça de gato com pelagem degradê

O gato Tonquinês, conhecido carinhosamente como Tonks, é uma das raças de gato mais companheiras e dóceis que existem, indo contra o...

Gato

Todos os dias esse gatinho leva o mesmo presente para a sua mãe humana

Já se perguntou por que os gatos levam presentes para os donos? É comum que a maioria desses “presentinhos” não sejam tão agradáveis...

Adote um animal

Gato laranja vai passear na rua e volta com dois presentinhos adoráveis para a dona

O gato laranja carrega a fama de ser um gatinho bagunceiro, carismático, amoroso e falante. Ele é daqueles que adora uma atenção e e...

Adote um animal

Mulher compra "Lulu da Pomerânia" e toma um susto quando o pet cresce mais que o esperado

O Lulu da Pomerânia chama atenção por sua pelagem exuberante e personalidade simpática. Geralmente, cães dessa raça pesam até 3,5 kg...

Cuidados

Da tentativa de afogar banhista a carinho de estranhos: Golden vai à praia e tutor lista tudo que cachorro aprontou

O Golden Retriever é uma raça de cachorro conhecida pela energia inesgotável e pela enorme paixão por água, características que torn...

Comportamento

Cachorro "rouba" objeto pessoal de idosa e protagoniza uma das cenas mais engraçadas da internet

Um cachorro preto “ladrãozinho” protagonizou uma cena hilária que viralizou nas redes sociais.  Com quase 740 mil curtidas no T...

Gato

Gato fofoqueiro acorda todo dia de madrugada por um motivo especial

Gatos são super observadores e estão sempre atentos a tudo. Além disso, para quem pensa que não, os bichanos podem, sim, ser bem com...

Ver todas