Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Já pensou em como melhorar a comunicação com o seu bichinho de estimação? Pois saiba que entender a linguagem dos gatos é muito mais simples do que parece. Embora tenham a fama de imprevisíveis, esses animais dão vários indícios do que estão sentindo. Uma coisa é certa: depois que se aprende a interpretar a linguagem corporal dos gatos, fica muito mais fácil conviver com eles. Para te ajudar nessa missão de como entender os gatos, o Patas da Casa preparou um infográfico bem completinho e cheio de informações importantes! Saiba mais sobre a linguagem corporal dos gatos a seguir e tire todas as suas dúvidas sobre o comportamento do seu amigo de quatro patas.


Linguagem dos gatos: entenda de uma vez por todas como os gatos se comunicam
Linguagem dos gatos: entenda de uma vez por todas como os gatos se comunicam

Linguagem dos gatos: orelhas podem indicar diversas situações

Já reparou que em alguns momentos a posição da orelha do gato pode mudar? Pois então, pode parecer inusitado, mas até mesmo essa parte do corpo faz parte da linguagem corporal dos gatos. Quando as orelhas estão para cima e viradas para frente, por exemplo, quer dizer que o animal está em sinal de alerta, atento a tudo que acontece à sua volta. Já quando as orelhas estão para cima, mas viradas para trás, quer dizer que o bichano está preparado para atacar caso perceba qualquer sinal de ameaça.

Gatos: linguagem corporal também inclui o olhar

Além das orelhas do bichano, outra parte que merece igual atenção são os olhos do animal. Embora muitas pessoas acreditem que o olhar do gato é algo ameaçador ou até intimidante, isso não é totalmente verdade. Na verdade, quando o bichano fica te olhando fixamente e com uma expressão mais serena, isso quer dizer que ele está curioso com alguma coisa. Agora, se ele estiver com o olhar fixo e um semblante mais sério, pode estar te desafiando de alguma forma.

Outra situação em que o olhar do gato é importante é quando ele fica com a pupila dilatada, já que isso indica que o animal não está gostando do que está acontecendo ou está com medo. Além disso, quando o bichano começa a piscar um ou os dois olhos para seu tutor, é uma forma de linguagem dos gatos para dizer que ele se sente confortável e seguro ali.

Comportamento dos gatos: cada movimento do rabo tem um significado

Quer saber como entender os gatos? Uma forma de fazer isso é observando o movimento da cauda dele. O rabo de gato é um poderoso aliado de comunicação com humanos e outros animais. O gato com o rabo virado para cima e com os pelos para baixo, por exemplo, quer dizer que ele está bem tranquilo e despreocupado com a vida. Agora se o rabo estiver virado para cima e com os pelos eriçados, seu amigo está atento e pronto para brigar.

Em outros momentos, a cauda do gato também pode estar virada para cima e somente com a pontinha dela curvada: nesse caso, o gato está sendo bastante amigável. Mas se toda a dimensão da causa estiver levemente curvada, ele pode estar desconfiado de alguma coisa.

Outro cenário bastante comum é quando o rabo do gato está relaxado: isso significa que ele só quer descansar e se desligar um pouco do mundo. Já a linguagem corporal do gato quando o rabo fica mexendo de um lado para o outro sem parar, quer dizer que ele está muito agitado e sem paciência nenhuma. Ah, e não podemos nos esquecer da famosa expressão “com o rabinho entre as pernas”, né? Nesse caso, pode acontecer quando o felino está mais tristinho do que o normal e não está em um bom dia.

Linguagem corporal: gatos podem se comunicar com sons e ruídos

Não é novidade que os sons de gato também fazem parte da linguagem dele, né? O miado de gato pode ter diferentes significados: às vezes, não passa de um mero cumprimento aos humanos. Miados excessivos, por outro lado, podem indicar que o bichano está com fome; enquanto que um miado mais agudo quer dizer que seu amigo está sentindo dor ou com medo de alguma coisa. Além disso, também tem os grunhidos que os felinos emitem quando estão de mau humor. E, claro, não podemos esquecer do ronronar desses peludinhos: esse é o jeitinho de expressar que sentem carinho pelos humanos.

Gatos: linguagem corporal expressa sentimentos

Outro ponto muito importante na hora de entender a linguagem corporal dos gatos é ficar de olho na postura deles. Quando o bichano está deitado e com a barriga virada para cima, pode largar tudo o que tiver fazendo para fazer um belo carinho. Outras posturas que também podem ser percebidas é quando o gato está com o tronco curvado, indicando que está se sentindo ameaçado, ou com a postura retraída, demonstrando medo. Mas atenção: se você reparar que o felino está com pelos eriçados, garras e dentes à mostra, redobre os cuidados. Essa é uma linguagem do gato de quando ele está prestes a atacar.

Linguagem do gato: contato corporal diz muita coisa

É um pouco mais raro, mas às vezes acontece do bichano buscar contato corporal com os humanos. Uma situação, inclusive, que normalmente gera muita intriga é o gato amassando pãozinho. Por mais diferente que pareça, essa é a forma como eles demonstram que estão confortáveis com aquela pessoa. Também pode acontecer do felino ficar passando entre as suas pernas: esse comportamento, na verdade, quer dizer que o animal está marcando o “território” dele.

Além disso, o gato às vezes pode dar aquela mordidinha, né? As pessoas acham que isso significa algo negativo, mas muitas vezes é a maneira do seu amigo te dizer que está gostando do seu carinho. E, assim como as mordidas, a lambida do gato também são muito positivas: é a forma dele dizer que te ama!

Redação: Juliana Melo e Luana Lopes