Gato

Junho violeta: campanha chama a atenção para doenças oculares em cães e gatos

Publicado - 21 Junho 2023 - 11h06

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Laura Furtado / Redatora

Jornalista em formação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói. Desde pequena, sempre tive um amor e carinho especial por todos os animais. Quando completei 6 anos, meus pais me presentearam com um cãozinho da raça Bichon Frisé que chamamos de Billy. Foi o dia mais feliz da minha vida, fiquei horas chorando sem acreditar que ele era meu. Billy viveu 14 anos com a gente, mas virou uma estrelinha em 2019 depois de uma história linda ao nosso lado.

Em 2019, ganhei da minha sogra uma Dachshund, o famoso salsichinha, e desde então minha vida voltou a fazer sentido. Pode parecer clichê, mas nada explica o sentimento de amor e carinho que ter um pet proporciona. Nós decidimos chamar ela de Teteia, e não poderia existir nome melhor pra descrever ela. Teteia significa moça atraente, e a minha Teteia salsicha é realmente a coisa mais linda do mundo, além de ser extremamente carinhosa, companheira e engraçada.

Em 2023, participei de uma entrevista e entrei para o time do Patas da Casa. Fiquei muito feliz, porque sempre tive afinidade e carinho pelos animais, e não há nada melhor do que escrever sobre coisas que a gente ama, né. Me identifiquei de cara com os valores do Patas e sempre considerei o projeto de suma importância para tutores que, assim como eu, buscam se informar para garantir o melhor para os pets. Desde então, cada dia tem sido um aprendizado, e sou muito feliz por fazer parte de um projeto tão especial quanto o Patas.

• Filme com animal preferido: “Marley e Eu”
• Uma raça de cachorro: Vira-lata
• Uma raça de gato: Siamês
• A curiosidade favorita sobre cachorros: Os cães de suporte emocional podem agir como 'terapeutas', ajudando pacientes com ansiedade, depressão, autismo e estresse pós-traumático
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatinhos tem efeitos positivos na sáude mental e física dos humanos
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar cachorro ou gato pode mudar a vida das pessoas e dos animais para melhores, trazendo muito amor e felicidade
• Nome de pet favorito: Larica

Quando o assunto é saúde, não podemos esquecer que doenças oculares em cães e em gatos são mais comuns do que pensamos. A campanha Junho Violeta foi criada inicialmente para conscientizar sobre uma doença que atinge humanos, a ceratocone, mas foi estendida para a prevenção de enfermidades que atingem os olhos de animais.

A iniciativa faz um alerta sobre a importância da prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado. O Junho Violeta incentiva os tutores a ficarem atentos a qualquer sinal de alteração no comportamento dos animais. A prevenção é a maneira mais eficiente de evitar que cães e gatos desenvolvam problemas nos olhos. Por isso, é importante manter sempre as consultas de rotina em dia. 

Doenças oculares em gatos e cães: raças mais propensas

Embora qualquer animal possa desenvolver problemas oculares, algumas raças são mais propensas a essas condições, especialmente os braquicefálicos, como Shih Tzu, Bulldog Francês, Pug e os gatos Persa e exóticos. Nesses casos, é necessário manter uma rotina de limpeza dos olhos.

Imagem Quiz:Teste seus conhecimentos sobre a saúde de cachorro!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de cachorro!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Algumas raças de gato também têm uma predisposição genética a doenças oculares, como é o caso do Siamês, conhecidos por geralmente possuírem estrabismo, e o Abissínio, que possuem uma condição degenerativa que afeta as células oculares.

De qualquer forma, seja qual for a raça de cachorro ou gato, os cuidados com os olhinhos dos bichanos devem começar desde os primeiros meses de vida. Por isso, é recomendável uma consulta anual com o veterinário especializado em oftalmologia e um acompanhamento semestral para cães predispostos.

Alguém colocando colírio no olho de um gato com colar elizabetano
Colírios são utilizados no tratamento de doenças oculares nos pets 

Junho Violeta alerta para os sintomas de doenças oculares em animais

O cachorro com olho vermelho ou o olho do gato  lacrimejando são sinais de que algo está errado com seu pet. É preciso sempre estar atento ao comportamento dos bichanos e reparar se eles estão com coceira na região dos olhos ou com alguma coloração opaca nos olhos. Se alguma anormalidade for identificada, busque ajuda de um profissional.

Confira abaixo algumas das doenças oculares comuns entre os pets: 

1) Catarata 

Mais comum em pets idosos, essa doença ocular em cães ou gatos pode ter causas degenerativas, traumáticas e até genéticas, mas também pode estar relacionada com alterações metabólicas e endócrinas, como a diabetes. Essa condição afeta o cristalino do olho do cachorro ou gato e prejudica sua habilidade de enxergar, mas pode ser facilmente diagnosticado pelo próprio tutor devido a  mudança da coloração do olho para um opaco bem visível. Se os sintomas forem identificados precocemente, o tratamento pode ser feito com cirurgia, mas se não for tratado a tempo, essa doença pode deixar o cachorro ou gato cego.

2) Glaucoma

O glaucoma em cachorro ou gato é bastante comum e ocorre quando há um aumento de pressão intraocular, que ocorre devido a uma produção exagerada de humor aquoso ou por uma dificuldade de drenagem desse líquido. Essa doença ocular em gato geralmente ocorre devido a idade avançada do animal. Por ser considerada silenciosa, ela merece bastante atenção dos tutores, já que a inflamação progressiva pode gerar cegueira permanente. Parecido com a catarata, os pets apresentam uma coloração diferente na região dos olhos, azulado ou avermelhado. Essa condição também acomete os felinos, mas normalmente em idades mais avançadas. 

3) Conjuntivite

Uma das doenças oculares mais comuns entre os animais, a conjuntivite em gatos e cães se apresenta com olhos avermelhados e lacrimação excessiva. Essa condição trata-se de uma inflamação da membrana conjuntiva e pode acontecer por várias razões, como alergia e o contato com substâncias irritantes. O tratamento para a conjuntivite é simples se estiver no início e consiste na limpeza da região ocular e uso de colírios. Em casos mais avançados de infecção, o uso  de antibióticos pode ser recomendado. De toda forma, ao notar qualquer sinal estranho com os olhos dos animais, é necessário procurar um médico veterinário. 
 

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Ver todas