close
Saúde

Hipertermia em cães: entenda o problema e saiba como proteger o seu cão nos dias de muito calor

Atualizado · 05 de junho de 2020 · 14h41

Publicado · 30/01/2020 · 18h18

Cuidar de cachorro no verão envolve evitar a hipertermia: saiba mais sobre o problema aqui
Cuidar de cachorro no verão envolve evitar a hipertermia: saiba mais sobre o problema aqui

Identificar que o seu cachorro está com calor não costuma ser das coisas mais difíceis a se fazer durante o verão. Geralmente, se você está sentindo o impacto das altas temperaturas, ele também está. Nesse momento, tentar fazer com que ele fique mais confortável em relação ao clima é super recomendado. O que pouca gente sabe é que cuidar de cachorro no verão é algo que vai além de simplesmente, o bem estar do animal: é uma questão de saúde. A hipertermia em cães pode acontecer com frequência nessa época do ano e, por isso, nós vamos te ajudar a saber como evitar essa condição. Dá uma olhada! 

Afinal de contas, o que é a hipertermia em cães? 

A hipertermia em cães acontece quando a temperatura do corpo do animal é elevada em excesso, além dos limites naturais. Ela costuma acontecer quando o seu amigo fica muito tempo exposto ao sol ou num lugar quente e sem ventilação. A hipertermia acontece com frequência depois de passeios nos horários mais quentes do dia ou quando o cachorro é esquecido no carro enquanto o dono sai nessa época do ano. A prática de exercícios em excesso durante o verão, a obesidade e a idade avançada do seu amigo também podem ser um gatilho para a hipertermia. Em muitos casos, o animal não resiste e pode até morrer. 

Os cachorros têm essa sensibilidade maior às altas temperaturas por causa da forma como o organismo deles trabalha para a regulação de temperatura corporal: a respiração. Em dias muito quentes, eles ficam ofegantes e não conseguem realizar esse processo de refrescamento com facilidade. As glândulas sudoríparas que estão presentes tanto no focinho quanto nas patas deles não dão conta da manutenção térmica do corpo do animal e ele acaba tendo um choque hipertérmico. 

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    O cachorro com calor pode desenvolver um quadro de hipertermia
    O cachorro com calor pode desenvolver um quadro de hipertermia

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Cachorro com calor: sintomas da hipertermia são fáceis de identificar

    Algumas raças de cachorro acabam tendo menos resistência às altas temperaturas por causa de sua anatomia: é o caso dos animais braquicefálicos, que têm o focinho mais achatado e, naturalmente, podem apresentar dificuldades respiratórias. Em relação aos sintomas de calor em excesso, porém, a única diferença é que raças como o Pug começam a apresentar esses sinais mais rápido do que outras. Fique atento se, durante o verão, seu cachorro tiver, além da dificuldade em respirar:

    • apatia;

    • perda de equilíbrio;

    • fraqueza;

    • convulsões;

    • mudança na coloração da língua e da gengiva;

    • salivação em excesso;

    • tontura;

    • vômito;

    • diarreia;

    • confusão mental;

    • tremores.

    Cuidar de cachorro com hipertermia: o que fazer ao identificar os sintomas no seu amigo

    A hipertermia é uma condição que age rapidamente no corpo do animal — inclusive, pode se tornar fatal em poucos minutos dependendo do estado de saúde e da condição a que ele está exposto. Por isso, você deve agir rapidamente para tentar abaixar a temperatura corporal do seu cachorro gradativamente. Veja como fazer isso: 

    1. Retire o animal do ambiente quente: a primeira coisa a fazer, nesse caso, é levar seu amigo para um local mais fresco e arejado, com a intenção de parar o aumento de temperatura corporal. Se for possível, coloque o cachorro deitado em pisos frios, na direção de um ventilador, por exemplo;

    2. Faça a temperatura corporal dele cair gradativamente: depois da mudança de ambiente, seu amigo vai precisar esfriar a cabeça — literalmente. Ainda num lugar arejado, você pode enrolar o cachorro em toalhas molhadas com água fria e molhar as patinhas dele. Quando o animal começar a se recuperar, é bom oferecer água fresca para ele beber (quando a temperatura corporal dele estiver muito alta, beber água não vai ser suficiente para ajudar no quadro);

    3. Evite banhos gelados: por mais que essa seja a primeira opção a passar pela sua cabeça, um banho gelado num cachorro com hipertermia pode causar um choque térmico que vai piorar o quadro do animal.

    Depois do susto, é bom que você leve seu amigo ao veterinário: ele vai ser examinado e o profissional vai conseguir detectar se o cachorro está realmente bem ou se precisa de mais cuidados. Casos mais graves de hipertermia, quando os primeiros socorros não fazem efeito, exigem uma consulta imediata com o veterinário. 

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Próxima matéria

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    5 dicas para amenizar o calor do seu cachorro nos dias mais quentes
    Cuidados

    5 dicas para amenizar o calor do seu cachorro nos dias mais quentes

    Que cachorro sente calor a gente sabe, até porque ignorar o verão é impossível em algumas partes do país. O que muita gente não sabe é como aliviar a situação do cachorro com calor para que ele passe pelos dias e meses mais quentes do ano de forma confortável e sem passar mal. Tosar cachorro não é a única opção de refresco para o seu amigo: dá uma olhada nessas cinco dicas de como você pode amenizar o calor para o animal e fazer com que ele chegue na próxima estação sem sofrer!

    Roupa para cachorro: saiba quando usar e como ajudar seu cão a se adaptar!
    Cuidados

    Roupa para cachorro: saiba quando usar e como ajudar seu cão a se adaptar!

    Os cães se tornaram verdadeiros filhos para nós humanos. Por isso, alguns tutores fazem de tudo para oferecer o melhor para seus peludos, e isso vai de brinquedos e petiscos até roupa para cachorro. O acessório não é somente um mimo para o seu animal. Em lugares onde a temperatura está sempre mudando, a roupinha de cachorro é uma aliada para aliviar o frio e até prevenir doenças respiratórias. Quer saber como deixar o seu pet ainda mais fofo? Veja nossas dicas de como escolher roupa para cachorro e como adaptá-lo com o novo acessório.

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos
    Cuidados

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos

    Para garantir que nenhum animal de estimação seja maltratado, foi criada, em 1998, a lei de contra maus-tratos aos animais, transformando qualquer agressão a cães e gatos um crime previsto no artigo 32 da Lei Federal nº 9.605. No entanto, nos últimos anos algumas alterações foram feitas dentro dessa legislação, e é importante entender o que mudou e, principalmente, como denunciar maus-tratos a cachorro e gato.   

    Ver Todas >

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?
    Saúde animal

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    A pasta e a escova de dente para gatos são os principais aliados para a boa higiene bucal dos felinos. Escovar os dentes do gato evita doenças, previne o mau hálito e preserva os dentinhos. Seja quando o gato troca de dente ou quando já é um bichano idoso, a dentição felina requer cuidados especiais em todas as fases da vida. Saber como escovar os dentes do gato corretamente é o primeiro passo para garantir a higiene bucal, além de uma alimentação balanceada. 

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?
    Saúde animal

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?

    A giárdia canina é uma doença infecciosa causada por um protozoário que pode acometer cães, gatos e seres humanos. Essa zoonose ocorre quando o cachorro ingere cistos do protozoário, que podem estar presentes na água e alimentos. Além disso, como os cachorrinhos são animais que usam a boca para diversas funcionalidades, é possível que o pet colete o parasita lambendo um brinquedo, bebendo água de uma poça ou mastigando algum objeto. Ficar de olho em como prevenir a doença é muito importante, visto que a giárdia em cães é transmitida para outros animais com facilidade. 

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?
    Saúde animal

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?

    A sarna em gatos é um dos problemas de pele mais comuns que podem afetar o bichano. Causada por ácaros que ficam na pelagem dos felinos, a doença também pode acometer cachorros e até mesmo humanos. O gato com sarna sofre bastante com coceiras e problemas na pele. Felizmente, existe tratamento de sarna em gatos capaz de eliminar os parasitas e garantir conforto ao peludo. 

    Tosse de cachorro: o que pode ser?
    Saúde animal

    Tosse de cachorro: o que pode ser?

    O cachorro com tosse é algo que pode assustar muitos tutores, principalmente quando acontece de forma recorrente e não tem um motivo aparente. O sintoma indica algum incômodo no sistema respiratório canino e pode estar associado a diferentes causas que variam desde problemas mais simples, como um engasgo na hora de comer, até algo mais sério, como doenças cardíacas e vermes pulmonares.

    Ver Todas >