close
Saúde

Hepatite infecciosa canina: entenda mais sobre a infecção e como proteger o seu amigo

Atualizado · 04 de junho de 2020 · 11h34

Publicado · 09/01/2020 · 12h05

Hepatite infecciosa canina é uma doença grave que pode atingir os cachorros
Hepatite infecciosa canina é uma doença grave que pode atingir os cachorros

Entre as doenças infecciosas que afetam os cães, a hepatite canina é de longe uma das mais perigosas. Também chamada de doença de Rubarth, ela traz consequências sérias à saúde dos cachorros, mas tem cura e também pode ser evitada com alguns cuidados básicos. Para saber mais sobre essa infecção, conversamos com a Carolina Mouco Moretti, diretora geral do hospital veterinário Vet Popular, que explicou os sintomas, consequências e variações da doença.

A hepatite em cães: doença é contagiosa, mas só atinge os caninos

A hepatite infecciosa canina é uma doença causada pelo adenovírus canino tipo 1, uma espécie de vírus que prejudica as funções hepáticas dos cãezinhos e inflama o fígado. Segundo a veterinária, ela é epidêmica entre os animais, por isso, é sempre bom ficar de olho. “Essa é uma doença altamente contagiosa, podendo ser transmitida facilmente pela saliva e mucosa nasal. Por isso, a atenção deve ser redobrada em casas onde há cachorros filhotes ou jovens, pois eles possuem uma predisposição maior de adquirir o vírus, que também pode ser transmitido por pulgas e carrapatos."

O tutor pode ficar tranquilo quanto a saúde do restante da família. “Esse tipo de vírus ataca somente cachorros, não apresentando riscos aos humanos, gatos e outros pets”, explica Carolina.

Hepatite infecciosa canina: como saber se meu cachorro está com a doença?

Observar o comportamento e corpo do cachorro deve fazer parte da rotina de todo tutor. No caso da hepatite canina, alguns sinais podem denunciar a doença, então fique atento. De acordo com Carolina, os sintomas se manifestam de forma diferente, conforme a intensidade da infecção. “Entre os sintomas nós podemos citar o aumento da temperatura, sede intensa, diarreia, apatia, vômitos, sangramento, tosse e aumento do volume dos linfonodos [glândulas linfáticas]. Em situações mais graves, a doença pode afetar o sistema nervoso, causando convulsões, desorientação e tremores.”

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A forma mais eficaz de prevenir a hepatite canina é com a vacinação
    A forma mais eficaz de prevenir a hepatite canina é com a vacinação

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Entenda os estágios da hepatite em cachorro

    Assim como muitas doenças humanas, a hepatite em cachorro se apresenta em fases diferentes de evolução, podendo ser até mesmo assintomática. Conheça as três fases e saiba como identificá-las:

    Subclínica: “é a mais leve, onde a própria defesa do organismo do animal combate rapidamente o vírus e o neutraliza, ao ponto do animal sequer apresentar sintomas ou manifestações leves”, explica a veterinária

    Aguda: segundo Carolina, nessa fase os sintomas são mais visíveis. “Com duração de cinco a sete dias, é fundamental o acompanhamento de um médico veterinário durante esse período. O lado bom é que, após o tratamento correto, o cachorro se recupera bem e as sequelas são poucas ou até nulas.”

    Hiperaguda: “é a mais agressiva de todas elas, mais comum em filhotes. Sua evolução é agressiva e o animal acaba pode morrer antes mesmo de fechar o diagnóstico”, conta.

    Hepatite canina tem cura e pode ser prevenida

    A hepatite infecciosa canina pode ser prevenida com a vacinação. A óctupla e a déctupla canina (V8 ou V10) garante a proteção contra a infecção. Além disso, evita doenças gravíssimas que podem afetar os caninos, como a cinomose a alguns subtipos da leptospirose.“O ideal é manter a carteirinha de vacinação do seu amigo em dia a partir dos seus 45 dias de vida”, afirma a veterinária.

    Por outro lado, se você percebeu algum sintoma da doença é preciso buscar ajuda veterinária imediatamente, pois quanto mais cedo ele for diagnosticado, melhor. “O tratamento consiste no fortalecimento do fígado com a aplicação de soro e suplementação de nutrientes, uma dieta rica em fibras e combate ao excesso de proteínas, além de muita hidratação e descanso”, finaliza Carolina.

    Redação: Karoline Miranda

    Displasia de quadril em cães: o que é, causas, sintomas e tratamentos

    Próxima matéria

    Displasia de quadril em cães: o que é, causas, sintomas e tratamentos

    Comportamento canino: entenda os diferentes tipos de personalidade e aprenda a identificar o padrão do seu pet
    Adestramento

    Comportamento canino: entenda os diferentes tipos de personalidade e aprenda a identificar o padrão do seu pet

    Assim como os humanos, os cães também tem um jeitinho próprio de se comunicar com o mundo ao seu redor. É algo que faz parte da personalidade deles e, por isso, é importante entender alguns aspectos do comportamento canino para estreitar a relação com esses animais. Será que você tem um cachorro mais destemido ou medroso? Comunicativo ou tímido? Amigável ou agressivo? 

    Babesiose canina: o que é e sintomas mais comuns. Saiba tudo sobre esse tipo da doença do carrapato!
    Carrapato

    Babesiose canina: o que é e sintomas mais comuns. Saiba tudo sobre esse tipo da doença do carrapato!

    Os carrapatos são o pesadelo de qualquer dono de cachorro! Além de provocar coceiras, alergias e outros incômodos, o parasita também é responsável por transmitir doenças muito graves aos cães. Mesmo que seja algo relativamente comum entre os animais, o problema não deve ser subestimado pelos tutores. A doença do carrapato, como é popularmente conhecida, pode se manifestar de quatro maneiras diferentes, dependendo da espécie do parasita infectado. A Babesiose canina é uma das principais formas de manifestação da enfermidade. Por isso, preparamos um guia completo sobre tudo o que você precisa saber!

    Pata de cachorro: anatomia, cuidados e curiosidades... saiba tudo sobre essa parte do corpo do seu amigo
    Cuidados

    Pata de cachorro: anatomia, cuidados e curiosidades... saiba tudo sobre essa parte do corpo do seu amigo

    A saúde do cachorro depende de muitos cuidados com o corpo do animal - inclusive com as suas patinhas! São elas que dão todo o suporte necessário para que o cãozinho possa correr, brincar e pular, do jeitinho que eles gostam. Entretanto, muitos tutores não dão a devida atenção a pata de cachorro, e isso pode acabar desencadeando uma série de problemas na região, trazendo muito desconforto para o seu amigo de quatro patas. Pensando nisso, reunimos tudo que você precisa saber sobre essa parte do corpo dos cães: desde cuidados e doenças que podem atingir o local, até curiosidades e truques (como ensinar o cachorro a dar a pata, por exemplo). Confira!

    Giárdia em gatos: entenda mais sobre a doença, os sintomas mais comuns e como prevenir
    Saúde

    Giárdia em gatos: entenda mais sobre a doença, os sintomas mais comuns e como prevenir

    Assim como nos cães, a Giárdia em gatos é uma zoonose muito comum. Os felinos, então, não estão imunes a contrair essa doença, que muitas vezes passa despercebida ao ser confundida com uma simples diarreia. Por isso, é muito importante prestar atenção aos sintomas da giárdia em gatos e, também, buscar formas de prevenir a contaminação. Para esclarecer mais as dúvidas quanto ao assunto, conversamos com a médica veterinária Carolina Mouco Moretti, que é diretora geral do Hospital Veterinário Vet Popular, de São Paulo.

    Ver Todas >

    Novo coronavírus: cães e gatos podem contrair e transmitir a Covid-19? Esclarecemos as principais dúvidas!
    Saúde animal

    Novo coronavírus: cães e gatos podem contrair e transmitir a Covid-19? Esclarecemos as principais dúvidas!

    Cães e gatos podem contrair a Covid-19? Será que gato pega covid de humano? O coronavírus humano tem algum impacto na saúde do gato ou cachorro? Fomos atrás de respostas para todas essas dúvidas!

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!
    Saúde animal

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!

    A coleira antipulgas é um acessório que faz toda a diferença na vida de quem tem um ou mais cães. Mas você sabia que existem produtos que, além de combater as pulgas, também ajudam a afastar outros problemas indesejados, como carrapatos e mosquitos? É aí que entra a coleira contra leishmaniose! Para quem não sabe, a leishmaniose canina é uma doença transmitida pelo mosquito-palha considerada muito perigosa e que pode debilitar bastante a saúde do animal.

    Gato pega cinomose? Descubra a resposta!
    Saúde animal

    Gato pega cinomose? Descubra a resposta!

    Você já ouviu falar de cinomose em gatos? Muito se sabe sobre a cinomose em cães, doença altamente contagiosa e que traz diversas complicações à saúde do cachorro. Essa condição é temida por muitos tutores de cães, mas também tutores de gatinhos. Existe uma doença conhecida por “cinomose em gatos”, que parece ser exatamente igual à que atinge os cães. Porém, existem muitas dúvidas se esse termo é realmente o mais adequado para se referir a essa condição. Afinal, a cinomose pega em gato ou a doença acontece unicamente com cães? O Patas da Casa te explica tudo sobre a “cinomose em gatos”!

    Verme do coração: veterinário tira todas as dúvidas sobre a dirofilariose canina
    Saúde animal

    Verme do coração: veterinário tira todas as dúvidas sobre a dirofilariose canina

    Você já ouviu falar em doença do verme do coração? Se você é tutor de cachorro, é bom se preocupar com ela. A dirofilariose é uma doença muito perigosa, que pode afetar órgãos vitais dos cãezinhos e levá-los à morte. Diferente de outras doenças causadas por verminoses, o verme do coração é transmitido pela picada de mosquitos e, por isso, acaba sendo mais incidente no verão. Mas como identificar o verme no coração do cachorro? Dirofilariose tem cura? Como é feito o tratamento? E o mais importante: como manter o pet longe da doença? Descubra tudo sobre verme do coração em cães a seguir.

    Ver Todas >