Comportamento animal

Guia para cachorro: como escolher a melhor para o seu pet?

Publicado - 12 Julho 2022 - 17h57

Atualizado - 21 Maio 2024 - 17h17

Existe uma infinidade de modelos de coleira e guia para cachorro. São diversas cores, estampas e formatos, que vão se adaptar a cachorros de diferentes portes e comportamentos. É claro que, na hora de escolher a guia para cachorro, você pode soltar a criatividade e escolher aquela que mais combina com a pelagem e a personalidade do seu cãozinho. Mas existem alguns detalhes que vão garantir o conforto e a segurança dos peludos durante os passeios e que vale a pena você prestar atenção!

Guia para cachorro grande: material resistente e tamanho adequado ao animal são fundamentais

Levar um cachorro grande para passear é uma tarefa e tanto! Além de garantir que o animal não escape e se perca, também é preciso garantir que ele não vai abordar outras pessoas, nem por brincadeira. A guia para cachorro grande precisa ser bastante resistente, já que pode ser que o cão pode force bastante na tentativa de caminhar mais rápido ou correr, por exemplo.

Guia de couro ou nylon?

A guia de couro é uma das mais indicadas para passear com cachorro grande, já que é bastante resistente e pode durar até anos se utilizada da forma correta. É importante que o couro seja macio, para que não machuque a mão de quem for levar o cachorro para andar por aí. As guias de couro trançado são ainda mais fortes que as lisas. Uma atenção especial com esse tipo de guia tem a ver com umidade: evita usar guia de couro na chuva e, caso o acessório molhe sem querer, certifique-se de guardá-lo apenas depois de seco para manter sua durabilidade e evitar mofo.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

 

Cão Rottweiler usando coleira escura
A guia de couro é uma das mais indicadas para passear com cachorro grande

 

Os tutores também podem optar por guias de nylon. Nesse caso, a dica é saber exatamente qual o peso do cachorro antes de comprar a guia, que tende a ser mais larga quanto maior o peso que precisa suportar. A guia de nylon pode ser molhada sem prejuízos: é ideal para quem gosta de levar o cãozinho à praia, por exemplo. Algumas guias desse material são mais curtas e vem com amortecedores, que suavizam o impacto dos puxões que o cão dá. Se o seu cachorro é agitado, além de grande, essa pode ser uma boa aposta.

Guia para cachorro pequeno: outras opções podem ser consideradas para raças menores
 

Cães mais leves têm mais algumas opções de guia à sua disposição. Guias de elástico, por exemplo, não são indicadas para cachorros pesados e difíceis de controlar. Mas para cachorros pequenos, ela permite uma maior liberdade, sem abrir mão da segurança, é claro. Ela pode se expandir em cerca de 2 metros quando esticada, permitindo que o animalzinho explore à vontade!

Cachorros pequenos também podem usar guia de metal, aquelas correntes clássicas. Mas atenção: antes de cada passeio, verifique se todos os elos estão fechadinhos, para que o cão não fuja. Para o maior conforto do tutor, é indicado escolher uma guia de metal com guia em outro material, como o poliéster, que não machuca a mão. 

Além da coleira: guia para cachorro pode ser fixa ou retrátil

Quando o assunto é tamanho da guia para cachorro, vale pensar em duas opções facilmente encontradas em pet shops: a guia fixa e a guia retrátil. Modelos de guia fixa medem, geralmente, entre 1,5m e 2m. Esse tamanho é ideal para que o cachorro possa se afastar do tutor para interagir com o ambiente e com outros cães. 

Já com a guia retrátil é possível dar bastante liberdade à cães pequenos, além de estabelecer qual será o alcance do cachorro simplesmente apertando um botão que trava a guia em determinado comprimento. Tenha atenção com esse tipo de guia quando for atravessar a rua ou quando cães maiores se aproximarem: nesses momentos, o melhor é colocar o cachorrinho no colo. 

 

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Ver todas