close
Histórias reais

Grávida e mãe de pet: como adaptar a casa e a rotina do seu cachorro para a chegada de um bebê?

Pronto para fazer seu cachorro e bebê se tornarem melhores amigos? Veja algumas dicas abaixo!
Pronto para fazer seu cachorro e bebê se tornarem melhores amigos? Veja algumas dicas abaixo!

Preparar o seu pet para a chegada de um novo integrante da família é um passo importante para que cachorro e bebê construam uma relação harmoniosa desde o início. Os cães estão acostumados a receber uma atenção especial dos seus tutores. Com um filho a caminho, as coisas podem (e vão!) mudar. Mas qual é a melhor maneira de introduzir essas mudanças na rotina do seu amigo? O que esperar da relação entre criança e cachorro? Para Vanessa Pinheiro, dona das cachorrinhas Duda e Yoko, a expectativa para esse momento é ótima! Suas companheiras de quatro patas são super carinhosas e cuidadosas e, com a chegada da bebê Laura, isso não deve ser diferente. “No início, elas podem até sentir um pouco de ciúmes, mas a gente vai sempre mostrar que elas fazem parte da família”, conta.

Cachorro sente gravidez e aumenta seu instinto protetor

Os cãezinhos são bastante sensitivos e, justamente por isso, são capazes de perceber quando a mulher está grávida. Além das alterações físicas, eles também sentem uma diferença no cheiro da tutora, que fica mais forte por causa da liberação de hormônios durante a gestação. Outro fator que pode ajudá-los a notar a chegada de um bebê são as mudanças de rotina que ocorrem nesse período.

Mesmo sem saber exatamente o que está prestes a acontecer, os cachorros têm o instinto protetor aguçado e muitas vezes se aproximam ainda mais da mãe durante a gestação, como aconteceu com Vanessa e suas cadelinhas: “Elas ficaram mais protetoras, ainda mais quando chega alguém diferente na casa... estão ainda mais próximas do que antes. Onde eu sento, as duas deitam uma de cada lado. De vez quando uma delas ainda dorme com a cabeça na minha barriga.”

Criança e cachorro: doar o animal é uma opção?

Geralmente, a primeira reação de terceiros ao saber que uma mulher está grávida e tem um bichinho de estimação é falar que a mãe deve doar o animal. Esse pensamento vem da ideia de que cachorros e gatos possuem diversos micro-organismos que podem transmitir doenças à gestante, além do fato de que se torna mais difícil dividir a atenção entre bebê e cachorro depois que a criança nasce.

Será que isso é realmente necessário? A mãe de Duda e Yoko conta o que sentiu quando sugeriram a doação de suas doguinhas: “Eu me senti péssima porque eu nunca faria isso. Se as coisas ficarem difíceis, a gente vai fazer o possível e o impossível para que tudo fique bem”. Por isso que, para evitar qualquer transtorno, é importante preparar o animal para a chegada do novo membro da família, além de manter alguns cuidados fundamentais com o seu pet com a higiene, vacinação e consultas com o veterinário.

Brinquedos para gatos: faça o quiz e descubra qual o tipo preferido do

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Você passou um tempo fora de casa e quando voltou seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato costuma te acordar?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato reage ao ver uma caixa de papelão?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual dessas definições mais combina com a personalidade do seu gato?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se seu gato fosse humano, qual desses comportamentos ele mais teria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual desses brinquedos reciclados seu gatinho mais adoraria?

Question Header Background

O arranhador é o brinquedo ideal para seu felino! Seu gato faz a festa com brinquedos que “não são” brinquedos! Seu bichano é apaixonado pelos brinquedos clássicos!
    O casal já está preparando as cadelinhas para a chegada da Laura
    O casal já está preparando as cadelinhas para a chegada da Laura
    A Duda e a Yoko estão mais próximas ainda da família
    A Duda e a Yoko estão mais próximas ainda da família
    O casal já está preparando as cadelinhas para a chegada da Laura
    A Duda e a Yoko estão mais próximas ainda da família

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    5 dicas de como adaptar a casa e rotina do seu pet para o momento

    • Converse sempre que possível com o seu pet sobre a chegada do bebê. Mesmo que ele não entenda exatamente o que está sendo dito, ele vai sentir que esse momento é importante para a mamãe;

    • Dê espaço para que o cãozinho ou gatinho se acostume com a criança. É importante ter em mente que é uma situação completamente nova para o animal. Ele pode até estranhar no início, mas com o tempo isso passa;

    • Estimule a interação entre cachorro e bebê para que os dois se conheçam melhor, mas sempre com muito cuidado e supervisão. Ao notar um comportamento mais agressivo - como latidos e rosnados -, eles devem ser separados imediatamente. Nos primeiros encontros, use uma guia para ter mais controle sobre o animal;

    • Ensine desde cedo seu filho a respeitar os animais e o espaço deles. Assim, as chances de qualquer um dos dois se machucar durante alguma interação são menores;

    • Divida a sua atenção entre o bebê e cachorro. Claro que crianças pequenas sempre demandam maior atenção por parte dos pais, mas sempre que possível dê um carinho ao seu amigo de quatro patas para que ele não se sinta trocado ou esquecido.

    A pequena Laura ainda não nasceu, mas a Duda já está prontinha para recebê-la no berço. Quem aguenta uma fofura dessas?
    A pequena Laura ainda não nasceu, mas a Duda já está prontinha para recebê-la no berço. Quem aguenta uma fofura dessas?

    Estimular a interação entre cachorro e bebê é importante

    Para que o cãozinho vá se acostumando aos poucos com o pequeno, é fundamental estimular o contato entre o cachorro e a criança. Vanessa conta como está se preparando para esse momento: “Com a chegada da bebê na casa, a Duda e a Yoko vão participar da rotina normalmente. Vamos apresentar a Laura para elas e, à princípio, a gente não pretende ter nenhuma restrição”. Com cautela, a mãe garante não vai restringir o acesso das cachorrinhas à Laura e pretende ensiná-las desde o início que elas devem respeitar e amar a bebê.

    Redação: Juliana Melo

    Adestramento de cães: quais sinais indicam que seu cachorro precisa ser treinado o quanto antes?

    Próxima matéria

    Adestramento de cães: quais sinais indicam que seu cachorro precisa ser treinado o quanto antes?

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Como dar banho em cachorro: 10 dicas para manter a higiene do seu pet em casa
    Higiene

    Como dar banho em cachorro: 10 dicas para manter a higiene do seu pet em casa

    Manter o cachorro sempre limpo vai além da questão de deixar seu animal cheiroso, principalmente para quem dorme ou deixa o pet deitar na cama e no sofá. A higiene regular do seu cão impede o surgimento de parasitas e doenças de pele. Mas dar banho em cachorro em casa pode ser uma missão bastante trabalhosa! Com algumas dicas, você pode tirar de letra e ainda deixar seu bichinho limpo para colocar a pata onde quiser. Mesmo que tenha o hábito de levá-lo no pet shop, é bom saber o que fazer para situações de emergência ou até mesmo para economizar uma grana.

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Passeio

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios
    Cuidados

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios

    Ninguém pode negar: manter uma boa rotina é fundamental para saúde física e mental do ser humano. Mas, além de você, existe outro serzinho que precisa de hábitos diários para garantir um bom funcionamento do seu organismo: o seu cachorro. Ao contrário do que muitos tutores pensam, os cães são animais de rotina e, por isso, mudanças repentinas nos horários podem deixá-los estressados e, até mesmo, depressivos. O horário de passear com cachorro, por exemplo, é um dos que mais impactam o seu bichinho e deve ser o mesmo todos os dias. Para te ajudar nessa e em outras tarefas que envolvem a rotina do seu cãozinho, o Patas da Casa reuniu algumas dicas sobre o assunto. Dá uma olhada!

    Ver Todas >

    Veja 100 fotos de cachorro para se apaixonar!
    Comportamento animal

    Veja 100 fotos de cachorro para se apaixonar!

    Quem nunca se encantou com qualquer foto de cachorro que aparece no feed das redes sociais? É evidente que os nossos amores de quatro patas são os seres mais fotogênicos que existem. Não importa se seu cão é aquele que gosta de ser fotografado e fica paradinho esperando o clique ou é aquele mais agitado que sempre tira a famosa foto de cachorro engraçado: todos os peludinhos rendem ótimas fotografias. 

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?
    Comportamento animal

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    O gato Bengal - também conhecido como gato-de-bengala - tem uma história fascinante: a raça é derivada do cruzamento entre um felino doméstico e um leopardo selvagem. Na prática, isso quer dizer que, diferente da maioria dos gatinhos que vemos por aí, o gato Bengal tem uma aparência inusitada e um comportamento ainda mais instintivo por ser descendente direto de selvagens. 

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença
    Comportamento animal

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença

    No mês do Setembro Amarelo, as campanhas sobre a prevenção do suicídio ganham um grande destaque. Cuidar da saúde mental é muito importante, e o acompanhamento de médicos e terapeutas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão. O que poucas pessoas sabem é que, aliado a isso, ter um bichinho de estimação também faz toda a diferença na vida de pessoas que convivem com a doença.

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano
    Comportamento animal

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano "rebaixado"

    O gato Munchkin - carinhosamente apelidado de gato “salsicha” - é um dos felinos mais adoráveis que existem. Ele tem pernas curtinhas e um corpo alongado, o que faz com que muitas pessoas se refiram a ele como gato rebaixado ou gato anão. Mas além da aparência inusitada, o que será que esse bichano tem de tão especial? A convivência com o Munchkin com certeza é algo surpreendente.

    Ver Todas >