Para quem é pai de pet de primeira viagem, é normal se perguntar se gato tem dente de leite ou não. Afinal, basta um olhar mais atento para perceber que os gatos trocam de dente (ou seja, o dente de gato cai quando ele é filhote, e pouco tempo depois nascem novos dentinhos no lugar). Mas será que isso significa que a dentição felina é igual à dos humanos? Para entender melhor como isso funciona, o que significa um gato com duas presas em cima e quando o dente de gato filhote cai, o Patas da Casa preparou uma matéria especial sobre o assunto. Confira!

Seu gato fica mais feliz com petiscos ou sachê?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Afinal, gato tem dente de leite?

Sim, gato tem dente de leite. Eles surgem entre a primeira e a sexta semana de vida do animal e são 26 dentes de leite no total — também chamados de dentes decíduos. Os primeiros a nascer são os incisivos, depois vem os caninos e por último nascem os pré-molares. Os dentes molares ainda não se desenvolvem nesse momento. 

Os bichanos permanecem com os dentes de leite por algum tempo até que ocorra a troca natural da dentição, que é quando o dente de gato cai e é substituído pela dentição permanente. 

Filhote de gato escovando os dentes

Dente de gato cai por volta do terceiro mês de vida

Na boca de um gato, dente de leite costuma cair entre o terceiro e sétimo mês de vida. É nesse período que ocorre a troca de dentição, quando os 26 dentes de leite caem para dar lugar aos 30 dentes definitivos. Mas, ao contrário do que acontece com os humanos, todo o processo é muito rápido e às vezes passa até despercebido pelos tutores. Isso acontece porque durante essa troca, os dentes definitivos ficam posicionados logo atrás dos decíduos, prontos para tomar o seu lugar. Sendo assim, o gato não fica “banguela” por muito tempo.

Vale lembrar que, mesmo que os dentes de leite caiam, é importante escovar os dentes de gato para preservar a saúde bucal dos felinos e acostumá-los desde cedo com esse hábito. 

Notou um gato com duas presas em cima? Saiba o que fazer!

Agora que você já sabe que o gato tem dente de leite, é bom entender o que é a dentição dupla. Se você reparar que o seu bichano está com duas “presas” na arcada dentária, significa que o dente de gato filhote não caiu e o permanente nasceu “em cima” dele. Ou seja, é como se os dois dentes ocupassem o mesmo espaço, dando a impressão de que você tem um gato com duas presas em cima ou embaixo. É comum que isso aconteça com os caninos.

O problema é que esse posicionamento dos dentes compromete a mastigação, provoca um desgaste desnecessário e ainda acumula sujeira com maior facilidade. Por isso, o ideal é procurar um veterinário especializado em odontologia para fazer a devida remoção do dente de leite, evitando assim maiores problemas no futuro.