Cuidados

Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!

Descubra se o gato pode comer ovo no dia a dia e como o alimento pode influenciar na saúde do bichano
Descubra se o gato pode comer ovo no dia a dia e como o alimento pode influenciar na saúde do bichano

Quando o assunto é alimentação dos gatos, é comum que os tutores tenham dúvidas sobre o que pode ou não fazer parte da dieta do bichano. Afinal, ter em mente quais são os alimentos liberados para os felinos é fundamental antes de sair oferecendo qualquer tipo de comida ao seu pet, como o ovo. Assim como os cães, existem alguns felinos que são simplesmente apaixonados pelo alimento, enquanto outros não dão a mínima. Mas será que o gato pode comer ovo ou faz mal? Veja o que descobrimos!

Afinal, gato pode comer ovo ou não?

A maior preocupação de quem tem um gatinho em casa e opta por oferecer petiscos e agrados mais naturais tem a ver com as consequências que esses alimentos podem trazer para o organismo do felino. Por isso, antes de descobrir se o gato pode comer ovo, é importante entender a composição nutricional do alimento e como ele pode beneficiar o seu bichano. Os ovos são uma das principais fontes de proteínas magras e puras, já que oferecem uma quantidade baixa de carboidrato e açúcar e tem um nível moderado de gordura. Outra vantagem do alimento é a concentração de moléculas lipídicas na parte da gema, que é responsável pela energia e nutrição do seu pet.

Além disso, o ovo possui alguns minerais, como cálcio e ferro, que são essenciais para o fortalecimento dos músculos e dos ossos do seu felino. Assim como as vitaminas A, D, E e B também presentes no alimento contribuem para um sistema imunológico saudável. Por esses motivos, se o seu bichano gostar e não apresentar nenhuma restrição, o ovo é um dos alimentos que o gato pode comer com moderação.

Gato pode comer ovo, mas é importante estar atento ao preparo do alimento

Embora os ovos possam trazer uma série de benefícios para a saúde do gato, é importante ter alguns cuidados ao oferecer o alimento. O preparo é o principal deles. Ainda que seja comum ouvir que o gato pode comer ovo cru, é necessário estar seguro quanto a procedência dos ovos, já que o alimento em sua forma natural pode ser a porta de entrada para bactérias muito perigosas. A salmonela, por exemplo, pode comprometer o organismo do seu bichano. O ideal é optar por ovos de origem orgânica e provenientes de aves com alimentação saudável, o que diminui os riscos de contaminação. Caso não seja possível, o ovo precisa ser cozido antes de oferecer ao animal. 

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
     Gato pode comer ovo cru, desde que o alimento seja de origem orgânica e segura
    Gato pode comer ovo cru, desde que o alimento seja de origem orgânica e segura

    Mais Lidas

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!

    As frutas para cachorro são ótimas opções de petiscos para agradar o seu amigo de quatro patas. Os pets podem sim tirar proveito da ingestão de determinadas frutas que são liberadas e não fazem mal. Mas afinal, cachorro pode comer banana? Quais os benefícios dessa fruta para cachorros? Qual a quantidade correta? Posso fazer um petisco para cachorro com esses alimentos? Veja as respostas para todas essas dúvidas!

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Lembre-se: o excesso pode trazer prejuízos à saúde do seu bichano

    Sabe aquele velho ditado de que tudo em excesso faz mal? Pois é, ele também deve ser levado em consideração quando o assunto é a alimentação do seu felino. Sendo assim, é importante que o tutor saiba que o gato pode comer ovo, mas de maneira moderada para evitar o aumento nos níveis de colesterol. O ideal é que o felino consuma ovos apenas uma ou duas vezes na semana e sempre junto com outros alimentos nutritivos. Além disso, vale lembrar que os ovos não devem em hipótese alguma substituir a carne na dieta dos felinos, ok? Embora eles possuam uma boa quantidade de proteínas e vitaminas, elas não são o suficiente. Quanto a quantidade, ela pode variar de acordo com o tamanho, o peso e o estado de saúde do gato. Por isso, vale consultar o médico veterinário do seu bichano antes de inserir o alimento na rotina dele. 

    Redação: Úrsula Gomes

     

    Como escolher o melhor comedouro de cachorro a partir do comportamento dele?

    Próxima matéria

    Como escolher o melhor comedouro de cachorro a partir do comportamento dele?

    Cachorro pode comer ovo? Descubra se o alimento está liberado!
    Alimentação

    Cachorro pode comer ovo? Descubra se o alimento está liberado!

    Mesmo que pareça simples, a alimentação de cachorros é algo que, vez ou outra, costuma gerar dúvidas nos donos de animais. Desde a fase de filhotes até quando eles são idosos, questões sobre o que os cachorros podem comer além da ração adequada à faixa etária são super comuns — ainda mais quando eles gostam de rodear durante a refeição dos humanos, sempre com a carinha de cachorro pidão.

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Cuidados

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!
    Alimentação

    O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!

    Sabemos que é quase impossível resistir àquele olhar do nosso cachorro pedindo um pedaço da comida quando estamos fazendo alguma refeição. Mas antes de dar qualquer coisa além da ração, é importante saber o que é permitido e o que é proibido na alimentação dos pets, já que existem alimentos humanos que são tóxicos e prejudiciais para a saúde do cão. E fique de olho! Quanto menor for seu cachorro, maiores as chances de um pedacinho de algo proibido fazer mal a ele.

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Ver Todas >

    Armazenar a ração de cachorro do jeito errado favorece a infestação de insetos?
    Alimentação animal

    Armazenar a ração de cachorro do jeito errado favorece a infestação de insetos?

    Cuidar da alimentação do cachorro vai muito além de escolher a melhor ração para o seu amigo de quatro patas, e inclui também saber guardar o alimento direitinho para evitar qualquer tipo de problema. O que poucas pessoas sabem - e percebem - é que a ração para cães favorece bastante a infestação de insetos e parasitas se for armazenada de forma incorreta. Outros fatores que influenciam nesse processo são a exposição do alimento ao sol e umidade. 

    Cachorro não quer comer? Veja o que fazer quando o animal enjoar da ração
    Alimentação animal

    Cachorro não quer comer? Veja o que fazer quando o animal enjoar da ração

    Geralmente, não é difícil agradar o paladar canino. Com a fama de comilões, os cachorros não costumam dar muito trabalho na hora de se alimentar e dificilmente dispensam uma boa refeição. Mas às vezes pode acontecer do doguinho enjoar da ração e, nesses casos, cuidar da alimentação do cachorro se torna um verdadeiro desafio. Então, o que fazer quando o cachorro não quer comer?

    Alimentação do cachorro idoso: a ração úmida ajuda a abrir o apetite?
    Alimentação animal

    Alimentação do cachorro idoso: a ração úmida ajuda a abrir o apetite?

    Conforme a velhice se aproxima, cuidar da alimentação do cachorro se torna ainda mais importante para manter o bichinho saudável. Com um nível de energia diferente, o cachorro idoso precisa consumir uma quantidade menor de carboidratos para evitar problemas de saúde, como a obesidade canina. Mesmo que a ração sênior seja formulada para atender as necessidades nutricionais dessa fase da vida, o cãozinho pode rejeitar o alimento por diversos motivos, incluindo a textura, já que os dentes ficam mais frágeis na velhice. 

    Cachorro pode comer amendoim?
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer amendoim?

    Quem nunca se deparou com um olhar de cachorro pidão enquanto estava comendo alguma coisa gostosa? Mas antes de sair oferecendo qualquer tipo de comida para o seu amigo de quatro patas, é fundamental saber o que o cãozinho pode ou não comer. Alguns alimentos não são bem recepcionados pelo organismo canino e pode acabar prejudicando a saúde do cachorro. É comum encontrar várias receitas caseiras que tem o amendoim como um de seus ingredientes para fazer um petisco para cachorro. 

    Ver Todas >