Gato

Gato emagrecendo repentinamente: o que pode ser?

Publicado - 04 Fevereiro 2022 - 14h00

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Todo mundo sabe que a alimentação é um ponto muito importante para manter a saúde animal em bom estado. Mas o que fazer quando o gato não quer comer e acaba emagrecendo por conta disso? O primeiro passo, na verdade, é buscar entender os motivos que estão por trás da inapetência - ou seja, falta de apetite - dos felinos. É só a partir disso que será possível buscar alternativas para fazer com que o animal se alimente adequadamente (e, claro, sempre com a supervisão de um profissional).

Por isso, se você está passando por uma situação do tipo “meu gato não quer comer” e quer saber o que isso significa, chegou a hora da verdade. A seguir, vamos te contar quais são as principais causas que deixam um gato emagrecendo e sem apetite, assim como as melhores formas de lidar com a situação.

6 razões que explicam um gato emagrecendo e sem apetite

1) Transtornos psicológicos

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Os animais, assim como os humanos, também podem sofrer com transtornos psicológicos bem comuns como estresse, ansiedade e depressão. Por isso, quando se trata de um gato estressado ou ansioso, alguns comportamentos que podem ser percebidos são a vocalização excessiva, diminuição do apetite, agressividade e urinar fora da caixa de areia. Já no caso de um gato com depressão, a tristeza e o isolamento também são alguns dos sintomas comuns.

As situações mais comuns que podem ocasionar esses transtornos são mudanças abruptas na rotina - seja uma mudança de casa, reforma ou chegada de novo membro -, ambientes muito barulhentos e falecimento de alguém próximo.

2) Problemas gastrointestinais

Qualquer incômodo ou desconforto no sistema digestivo do gato pode ser motivo para que ele não queira comer. Geralmente é algo que vem acompanhado de outros sintomas, como vômitos ou diarreias, por exemplo. Por isso, nesses casos, é importante avaliar se talvez seu gatinho não está passando por uma situação mais complexa. Alergias alimentares, doença inflamatória intestinal, presença de corpo estranho e até mesmo uma simples dor de dente costumam ser as causas mais comuns.

3) Doenças sistêmicas

Se o seu gato apresenta alguma doença sistêmica, como diabetes ou hipertireoidismo, o emagrecimento repentino pode acontecer até mesmo sem alterar o apetite do animal. Por isso, se houver qualquer suspeita de algum desses problemas, não hesite em marcar uma consulta com um veterinário de confiança o quanto antes. O diagnóstico precoce é sempre a melhor forma de tratar e cuidar dos nossos amigos de quatro patas - e se nada for confirmado, você pode respirar aliviado em busca de outros motivos porque o gato não quer comer.

4) Presença de parasitas

A presença de parasitas intestinais, também conhecidos como vermes em gatos, também pode deixar um gato emagrecendo. Uma possível infestação parasitária normalmente ocasiona vômitos, diarreia e inchaço abdominal. Portanto, se você acha que tem um gato com verme, a melhor alternativa é procurar um bom profissional para controlar o problema e proteger o seu amigo de quatro patas.

5) Bola de pelo em gatos

Poucas pessoas sabem disso, mas a bola de pelo em gatos é mais um dos motivos que podem deixar o animal sem vontade de se alimentar. Se a bola não for expelida naturalmente, causa um incômodo danado nos bichanos e pode desencadear vários sintomas como apatia, cansaço, fraqueza, ânsia de vômito, entre outras coisas. Se houver algum bloqueio no sistema digestivo do pet, o resultado é um gato emagrecendo e sem fome.

6) Problemas com a ração

Já parou para pensar que talvez o seu gato enjoou da ração? Ou que o armazenamento da ração dele não está sendo feito de forma adequada? Pois bem, não é mistério que o paladar felino é exigente e criterioso. Por isso, às vezes acontece de o gatinho não se interessar mais pela ração porque ela fica muito tempo exposta e perde o sabor, textura e crocância. Além disso, sempre há também a possibilidade de o seu bigodudo querer experimentar novos alimentos.

 

gato emagrecendo ignorando pote de ração
Quando o gato não quer comer, é necessário investigar as causas por trás disso

Meu gato não quer comer e está emagrecendo: converse com um veterinário

 

Às vezes o gato não quer comer porque está com algum problema de saúde que afeta diretamente o seu apetite. Como consequência, acaba emagrecendo porque não recebe todos os nutrientes necessários para manter o seu organismo forte e saudável. Para não restarem dúvidas, é sempre válido fazer um check-up da saúde do animal por precaução. Se houver, de fato, algo de errado com o organismo do gato, o veterinário será o primeiro a descobrir e indicar o tratamento mais adequado.

Por isso, se você notar que seu gatinho não quer se alimentar de jeito nenhum ou teve um emagrecimento inesperado nas últimas semanas, o mais aconselhável é buscar uma orientação médica. Não deixe a situação piorar, e nem busque auto medicar seu animal de estimação, pois isso pode acabar prejudicando-o ainda mais

O que fazer quando o gato não quer comer? Confira 7 dicas!

1) Não deixe a ração disponível o tempo todo. Isso faz com que os grãos percam sua consistência, e o gato pode perder o interesse na comida por causa disso.

2) Estabeleça uma rotina alimentar para o seu pet. O ideal é oferecer a ração para gato em horários fixos, como na parte da manhã ou à noite.

3) Evite dar petiscos para os gatos muito próximo às refeições. Seu gatinho certamente vai ficar mais entusiasmado com o petisco do que com a ração, e pode não querer comer.

4) Verifique se o comedouro está limpo e tem tamanho adequado. Os felinos são exigentes com a higiene, e gostam de comer em um recipiente espaçoso que não encoste no seu bigode.

5) Escolha um ambiente calmo para o gato se alimentar. O ideal é que o gato tenha um cantinho bem tranquilo para realizar suas refeições em paz.

6) Misture ração seca com ração úmida. Isso ajuda a despertar o interesse do bichano. Outra sugestão é umedecer os grãos de ração seca com um pouco de água.

7) Leve o seu gato ao veterinário para check-ups. Como foi dito acima, essa é uma forma de garantir que está tudo certo com a saúde do seu pet.

Redação: Juliana Melo

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas