Gato

Gato cego: 5 dicas de como adaptar a casa para pets com a deficiência

Publicado - 24 Agosto 2023 - 13h30

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Adotar um gato cego — ou ter um bichano que perdeu a visão por algum motivo — é uma situação que requer uma série de cuidados específicos. A adaptação da casa, por exemplo, é fundamental para garantir a segurança do animal (não importa se é um gato cego de um olho ou dos dois). E como saber se o gato está cego? Alguns claros sinais da condição são: esbarrar nos móveis com frequência, andar tateando o chão, passar muito tempo olhando “para o nada”, ficar mais quieto e ter dificuldade para saltar.

Nessas horas, muito além de como saber se o gato é cego, o tutor precisa adequar todo o ambiente para atender às necessidades do pet. A seguir, confira 5 dicas de como adaptar a casa para pets com deficiência!

1) Como cuidar de gato cego: evite mudar os móveis de lugar

O gato cego — de um olho ou dois — não tem a mesma capacidade visual de um gato que enxerga. Mesmo que a cegueira atinja apenas um dos olhos do animal, ele terá uma visão mais limitada. Por isso, uma dica importante para não haver nenhuma surpresa na rotina do gatinho é sempre manter tudo no mesmo lugar. Isso vale para os móveis da casa, e também para os pertences do pet.

Imagem Quiz:Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

2) O ideal é deixar a área de descanso do gato cego próxima do potinho de ração

A melhor maneira de saber como cuidar de um gato cego é facilitando a vida do animal com pequenas atitudes. Quanto menos ele precisar se locomover para fazer o básico, melhor para ele. Afinal, distâncias longas podem aumentar as chances de ele esbarrar em algum lugar, principalmente durante o período de adaptação à casa.

Uma dica importante nesse sentido é deixar a cama de gato perto de onde realiza as refeições. Ou seja, a cama, comedouro e fonte de água devem estar próximos para não haver nenhum problema. Outra possibilidade é espalhar vários comedouros, bebedouros e caixas de areia pela casa.

Gato cego amarelo brincando com o tutor

3) Gato cego: como cuidar do espaço onde o animal faz as necessidades?

Idealmente, não se deve deixar a caixa de areia para gatos muito perto de onde o animal dorme e come. É uma questão de higiene e bem-estar para os felinos. Por isso, a recomendação é manter uma distância mínima. Ou seja, se o local das refeições e do descanso estão de um lado do cômodo, coloque a caixinha de areia do outro lado — mas não precisa ser necessariamente em um cômodo diferente.

4) Para saber como cuidar de um gato cego, não deixe coisas espalhadas pelo chão

Quando falamos de gatos cegos, como cuidar é algo que exige atenção por parte dos tutores. É comum colocarmos tapetes no chão e até deixarmos alguns sapatos espalhados pela casa, mas quem tem um gato cego deve ter atenção redobrada com isso. Para começar, os tapetes muitas vezes são escorregadios — a não ser que sejam antiderrapantes — e podem fazer o animal tropeçar sem querer. Sapatos e outros itens deixados no chão também viram obstáculos para o gato cego e podem machucar ou ocasionar tropeções.

5) Os brinquedos para gato cego mais indicados são aqueles que fazem barulho

Não sabe como cuidar de gato filhote cego ou adulto? Pois saiba que o animal cego também pode — e deve — se divertir! Os estímulos físicos e mentais são bem importantes para manter o animal ativo e com uma boa qualidade de vida. Mas não pode ser qualquer acessório, viu?! O ideal é apostar em brinquedos de gato que emitam alguma sonoridade para chamar a atenção do pet. Vale a pena procurar por opções de bolinhas, varinhas e brinquedos interativos que tenham essa função.

O menor gato do mundo é selvagem, praticamente cabe na palma da mão e tem a pelagem laranja

Quando pensamos no menor gato do mundo, é inevitável não considerar algumas raças de gato domésticas que são famosas pela baixa esta...

Plantei essa grama de gato e meus pets ficaram loucos: dá pra fazer com um ingrediente barato que você tem em casa

A grama de gato é uma plantinha cheia de benefícios e totalmente segura, cultivada especialmente para os bichanos. Além de deixar os...

Salmiak: possível nova raça de gato com pelos "grisalhos" é descoberta por cientistas

Cerca de 74 raças de gato são oficialmente reconhecidas pela TICA (The International Cat Association), um órgão que registra os pedi...

Esses são os 6 sinais mais comuns de verme de gato: alguns passam despercebidos até se você for um tutor muito atento

Assim como o verme em cachorro filhote e adulto, um dos problemas mais preocupantes que podem afetar os bichanos é o verme de gato. ...

Esses são os 210 nomes de cachorro macho mais famosos: encontre a melhor ideia para chamar o pet que acabou de adotar

Escolher um nome de cachorro macho nem sempre é fácil, já que a variedade de opções pode deixar muitos tutores perdidos. É possível ...

O menor gato do mundo é selvagem, praticamente cabe na palma da mão e tem a pelagem laranja

Quando pensamos no menor gato do mundo, é inevitável não considerar algumas raças de gato domésticas que são famosas pela baixa esta...

O cachorro mais popular de todos: saiba qual é a raça mais pesquisada no Brasil em 2024

As raças de cachorro mais populares geralmente incluem nomes como o Shih Tzu, Golden Retriever e Yorkshire. Mas sabia que tem um cão...

Plantei essa grama de gato e meus pets ficaram loucos: dá pra fazer com um ingrediente barato que você tem em casa

A grama de gato é uma plantinha cheia de benefícios e totalmente segura, cultivada especialmente para os bichanos. Além de deixar os...

Ver todas