Comportamento

Gato bravo? Veja em infográfico os sinais mais claros de que o bichano está irritado

Saber identificar quando algo está incomodando o gato é super importante para melhorar a convivência com felinos. O gato bravo dá alguns sinais comportamentais - e entendê-los evitará que o animal tome alguma atitude agressiva. A linguagem corporal dos gatos é uma forma de os felinos demonstrarem como estão se sentindo. Compreender essa forma deles se comunicarem vai te ajudar a evitar situações de estresse que podem deixar o gatinho com raiva. O Patas da Casa preparou um infográfico para te ajudar a identificar um gato bravo!

Gato bravo: entenda todos os sinais de que o gato está irritado
Gato bravo: entenda todos os sinais de que o gato está irritado

Mais Lidas

Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
Comportamento animal

Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
Comportamento animal

Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
Comportamento animal

Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
Comportamento animal

Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

O que deixa os gatos bravos?

Existem muitas coisas que podem deixar um gato bravo. Alguns comportamentos agressivos ocorrem quando o animal pensa que está em uma situação de fragilidade. Por isso, por mais dócil que seu gato possa ser, ele pode apresentar um comportamento mais arisco por medo. Mas essa não é a única coisa que pode deixar um gato bravo. Traumas, proteção de território, mudança de ambientes e até mesmo predisposição genética podem influenciar.

Assim como os humanos, os gatos também terão aqueles momentos de impaciência. A personalidade do gato também influencia muito, já que alguns bichanos são naturalmente mais ariscos. A falta de contato com outros pets e pessoas pode agravar ainda mais esse comportamento. A socialização do gato é crucial para sua conduta durante a vida, principalmente nos primeiros três meses de vida. Um gato filhote bravo pode assustar, mas isso pode ser comum quando o animal não tem muito contato com pessoas e outros pets.

Como ajudar um gato bravo?

Como dito acima, o gato pode ficar bravo quando ele precisa de um tempo para ele, para defender seu espaço e até mesmo por falta de socialização. Por isso, é muito importante que você permita socializar o gato desde filhote. Passando pelos diferentes estímulos no início da vida ele se tornará um gato mais saudável. Caso o seu felino seja muito bravo e reativo, tendo comportamentos agressivos com mais frequência que o normal, é válido entrar em contato com um profissional. Um médico veterinário especialista em comportamento poderá ajudar a resolver esse problema de forma eficiente e não traumática para o animal.

O que fazer para não deixar o gato bravo?

O tutor também pode se atentar a algumas coisas para não deixar o gato bravo. Algumas dicas são fundamentais para fazer com que um gato goste de você e não tenha comportamentos agressivos. Evite tocar em áreas sensíveis do corpo dos felinos. Geralmente, a maioria dos gatos não gostam de ser tocados na barriga, bigodes e cauda, e isso deve ser respeitado para que o animal não fique bravo. Os bichanos também gostam de privacidade e não se sentem bem ao serem observados usando a caixa de areia. Além disso, as sonecas são sagradas para eles. Por isso, nunca perturbe um gato enquanto ele estiver dormindo.

Redação: Hyago Bandeira

Quais os tipos de coleira para cachorro mais indicados para raças grandes?

Próxima matéria

Quais os tipos de coleira para cachorro mais indicados para raças grandes?

Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!
Saúde

Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!

Quem convive com um cão no dia a dia costuma conhecer bem o comportamento do bichinho e logo percebe quando algo não está normal. No entanto, mesmo quem tem um olhar atento pode se perguntar "como saber se o cachorro está doente?" diante de uma mudança no temperamento ou um quadro mais grave como vômito e diarreia. O veterinário é a pessoa certa para avaliar os sintomas, dar um diagnóstico preciso e orientar a respeito do melhor tratamento, mas antes de levar o pet no médico é importante entender os sinais de que ele realmente está mal para poder explicar a situação na clínica. Reunimos dicas certeiras sobre o assunto para te ajudar a cuidar do cachorro quando ele apresentar algum desconforto. Confira!

Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
Raças

Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

Adotar gato: 10 motivos que vão fazer você querer se apaixonar por um bichano
Adoção

Adotar gato: 10 motivos que vão fazer você querer se apaixonar por um bichano

“Quero adotar um gato”. Se esse pensamento já passou alguma vez pela sua cabeça é porque falta pouco para um bichano te conquistar de vez - e, acredite, os gatos conseguem isso com uma facilidade incrível. Sim, é isso mesmo: por trás do jeitinho reservado, esses animais são puro amor e companheirismo, e tem tudo para se tornar grandes amigos dos humanos.

Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses
Verme

Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses

Os filhotes de cachorro são muito mais propensos a sofrerem com verme. Além da contaminação facilmente ocorrer pela amamentação, os filhotes ainda estão desenvolvendo o sistema imunológico e diversas funções do organismo. É por isso que a primeira dose do vermífugo para cachorro filhote deve ser feita aos 30 dias de vida, com reforço mensal até os seis meses, para garantir a saúde do pet. 

Ver Todas >

Arranhador de sofá: o investimento vale a pena? Quando é indicado?
Comportamento animal

Arranhador de sofá: o investimento vale a pena? Quando é indicado?

Já ouviu falar no arranhador de sofá? Esse simples acessório pode ser a solução dos seus problemas. Mesmo que os gatos tenham sido domesticados há vários anos, eles ainda permanecem com alguns instintos bem vivos. O hábito de afiar as garras frequentemente, por exemplo, é um instinto que não deve ser inibido, mas direcionado para os objetos certos. O sofá normalmente se torna o principal alvo das unhas dos felinos, mas é possível resolver isso com o arranhador de sofá para gatos. 

Gato gigante: como é o comportamento dos felinos que são maiores que o normal?
Comportamento animal

Gato gigante: como é o comportamento dos felinos que são maiores que o normal?

Os felinos são animais misteriosos, elegantes e apaixonantes. Os gatos gigantes, além de carregarem todas essas virtudes, possuem o diferencial de serem enormes - muitas vezes podendo pesar mais de 10kgs. As raças de gato gigante despertam muitas curiosidades nas pessoas, principalmente sobre o comportamento desses grandes pets. Afinal de contas, se você pretende ter um gato gigante como seu novo amigo, é importante saber como será seu temperamento. 

5 truques para ensinar ao cachorro em casa
Comportamento animal

5 truques para ensinar ao cachorro em casa

Muitos tutores se perguntam como ensinar truques para cachorro, mas acabam desistindo no meio do caminho. De fato, esse é um processo que requer muita paciência, persistência e firmeza na hora de repassar os comandos para os cães, mas aqui vai um spoiler: todo o esforço vale muito a pena! Os truques para cachorro são uma ótima forma de estimular a mente do seu doguinho, educá-lo e até de melhorar a comunicação entre vocês. 

Gatos escolhem seus donos?
Comportamento animal

Gatos escolhem seus donos?

Adotar gato é sempre um lindo ato de amor e carinho. Mas muitas vezes os tutores dizem que não foram eles que escolheram o gato, mas sim que “um gato me adotou”. Às vezes ele aparece na sua porta, invade sua casa ou te segue na rua. E vamos combinar que é impossível não se apaixonar por um bichano com olhar pidão, né?! Os gatos são únicos e têm comportamentos muito peculiares, o que fazem deles ótimas companhias.   

Ver Todas >