Adestramento

É possível adestrar cachorro em casa? Veja algumas dicas para começar!

 Como adestrar seu cachorro: veja algumas dicas para treinar o seu amigo em casa!
Como adestrar seu cachorro: veja algumas dicas para treinar o seu amigo em casa!

O sonho de todo pai ou mãe de pet é, certamente, saber como adestrar um cachorro. Cheios de energia e muito curiosos, os cães não perdem a oportunidade de brincar e, muitas vezes, acabam fazendo travessuras que deixam qualquer tutor de cabelo em pé. Ensinar limites e alguns comandos fazem toda a diferença no comportamento do animal, já que esse tipo de direcionamento faz bem aos animais e, inclusive, melhora a comunicação com eles. Se você não pode pagar um adestrador de cães profissional, saiba que é possível ensinar alguns truques que ajudam a tornar o seu amigo de quatro patas um pouco mais obediente. Pensando nisso, listamos algumas dicas de como adestrar seu cachorro em casa - separe os petiscos, chame o seu bichinho e vamos começar!

Adestrar cachorro em casa: benefícios para o cãozinho e o dono

Adestrar cachorro em casa pode melhorar a comunicação entre o tutor e o animal. Por isso, é uma boa forma de modelar alguns comportamentos indesejáveis, como xixi fora do lugar e puxões durante os passeios, de maneira saudável e amigável. Além disso, o adestramento positivo ajuda a estreitar os laços entre o cãozinho e o seu dono, o que favorece a rotina da família em casa.

Sendo assim, por mais impossível que essa missão possa parecer, vale a pena apostar. Mas, antes de começar, é importante que o tutor saiba que nem todos os truques serão fáceis de serem ensinados. Os comandos básicos, por exemplo, como dar a pata e deitar, não são tão complicados. Já outros, como os treinos para cão de guarda, exigem acompanhamento de um profissional especializado.

Como adestrar cachorro filhote: quanto mais cedo, melhor? 

Os treinos nos primeiros meses de vida do animal são super importantes para que ele cresça mais tranquilo e sabendo seus limites. No entanto, qualquer cachorro pode ser adestrado, seja filhote, adulto ou idoso. O mais importante é entender que não existe uma fórmula mágica para o adestramento e que você precisa adaptar os treinos de acordo com a idade, nível de energia, interesse por comida e até a personalidade do animal. Por isso, é preciso saber as características do seu cãozinho e respeitá-las. Se for um animal mais velhinho, por exemplo, é normal que alguns hábitos fazem parte do temperamento dele, o que pode exigir mais repetições, tempo e paciência por parte do tutor.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
     Como adestrar cachorro: o uso de petiscos e clicker pode facilitar o processo para o tutor e o animal
    Como adestrar cachorro: o uso de petiscos e clicker pode facilitar o processo para o tutor e o animal

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    “Como adestrar meu cachorro?” Veja algumas dicas para treinar o seu amigo em casa

    Adestrar cachorro em casa é um processo que requer paciência e técnicas corretas. Nós sabemos que nem sempre é fácil ensinar novos comandos e, principalmente, eliminar hábitos indesejáveis dos nossos amigos. Por isso, separamos algumas dicas de como adestrar um cachorro em casa: 

    1) Estabeleça uma rotina para o cachorro

    É extremamente importante que o seu cãozinho tenha uma rotina. Horários para comer e passear, por exemplo, devem ser previamente estabelecidos. Caso contrário, o seu amigo pode ficar frustrado, ansioso e até mesmo agressivo, dificultando o adestramento. Além disso, é preciso seguir um cronograma de alimentação. Desta forma, você evita que o animal sinta vontade de comer ou fazer as necessidades durante o treino.

    2) Divida o treino em sessões regulares

    Quando se trata de adestrar cachorro em casa, é importante que o treinamento seja dividido em sessões curtas e regulares para que o seu amigo não fique sobrecarregado. Experimente começar com duas sessões diárias de cinco minutos. Conforme o seu cãozinho for se acostumando, você pode fazer apenas uma sessão de 10 minutos por dia. Mas lembre-se: nada de extrapolar o tempo, ok? Dez minutinhos são suficientes.

    3) Não esqueça de repetir os comandos de adestramento

    O adestramento nada mais é do que um treino. Por isso, é importante que os comandos ensinados ao seu cachorro sejam repetidos algumas vezes até que o animal aprenda o que você deseja – seja sentar, dar a pata, deitar ou ficar. Mas nada de forçar a barra, ok? Para atingir o sucesso, o tutor deve ter paciência, respeitar os limites do animal e não cobrar uma perfeição imediata. Faça sempre treinos curtos e dê uma pausa para o seu cãozinho respirar! 

    4) Dê recompensas ao seu amigo durante os treinamentos

    Conforme o seu pet for aprendendo os comandos, você pode (e deve!) recompensá-lo. Nesse caso, o uso de petiscos para cachorro são sempre bem-vindos. Quanto mais vezes ele for recompensado ao acertar um novo truque, mais rápido o animal vai entender o que você deseja. 

    5) Considere o adestramento com clicker

    Além dos petiscos, existe uma outra ferramenta que pode te ajudar no processo de adestramento: o clicker. O acessório é um aparelhinho que lembra um controle remoto de portão automático e emite o som de “click” sempre que o botão é apertado. Como os cachorros costumam perder a atenção com facilidade, o clicker é uma boa forma de reforçar as ações certas que são recompensadas, geralmente, com os biscoitos para cachorro.

    Adestrar cachorro: lembre-se que os limites do seu amigo vêm em primeiro lugar

    Ver um cãozinho obedecendo perfeitamente os comandos básicos é realmente encantador. No entanto, a regra número 1 quando o assunto é como adestrar cachorro é que os limites do seu amigo vêm sempre em primeiro lugar. Por isso, você deve ter paciência e não cobrar um feedback imediato. Caso contrário, o seu cãozinho pode associar o adestramento a algo negativo e ficar estressado. 

    Redação: Úrsula Gomes

    5 dicas para educar um cachorro desobediente

    Próxima matéria

    5 dicas para educar um cachorro desobediente

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa
    xixi

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa

    Muitos cachorros domésticos são acostumados a fazer suas necessidades apenas na rua. Alguns tutores preferem acostumar os amiguinhos peludos assim por questões de higiene e limpeza e aproveitam para passear com os animais na hora de fazer xixi e cocô. Mas, nesse período de isolamento social e quarentena, pode não ser uma boa ideia levar seu cão para a rua. Uma alternativa para isso é acostumar seu cachorro a fazer as necessidade dentro de casa, em um local selecionado por isso. Para quem não sabe como fazer isso, o Patas da Casa conversou com o Max Pablo, passeador e adestrador de cães, que contou 5 dicas para fazer a adaptação.

    Vai se mudar de casa? Veja algumas dicas para adaptar seu gato ao novo ambiente!
    Comportamento

    Vai se mudar de casa? Veja algumas dicas para adaptar seu gato ao novo ambiente!

    Gatos são conhecidos pela independência e instinto territorialista, mas a verdade é que os felinos também são muito apegados aos seus pertences. Casa, brinquedos, caminha, móveis e humanos, tudo entra nessa lista. Se o seu gato costuma ter um lugar preferido para dormir ou ama ficar na janela observando o movimento da rua, saiba que qualquer mudança na rotina pode deixá-lo estressado, ansioso e até doente.

    Como dar banho em cachorro: 10 dicas para manter a higiene do seu pet em casa
    Higiene

    Como dar banho em cachorro: 10 dicas para manter a higiene do seu pet em casa

    Manter o cachorro sempre limpo vai além da questão de deixar seu animal cheiroso, principalmente para quem dorme ou deixa o pet deitar na cama e no sofá. A higiene regular do seu cão impede o surgimento de parasitas e doenças de pele. Mas dar banho em cachorro em casa pode ser uma missão bastante trabalhosa! Com algumas dicas, você pode tirar de letra e ainda deixar seu bichinho limpo para colocar a pata onde quiser. Mesmo que tenha o hábito de levá-lo no pet shop, é bom saber o que fazer para situações de emergência ou até mesmo para economizar uma grana.

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios
    Cuidados

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios

    Ninguém pode negar: manter uma boa rotina é fundamental para saúde física e mental do ser humano. Mas, além de você, existe outro serzinho que precisa de hábitos diários para garantir um bom funcionamento do seu organismo: o seu cachorro. Ao contrário do que muitos tutores pensam, os cães são animais de rotina e, por isso, mudanças repentinas nos horários podem deixá-los estressados e, até mesmo, depressivos. O horário de passear com cachorro, por exemplo, é um dos que mais impactam o seu bichinho e deve ser o mesmo todos os dias. Para te ajudar nessa e em outras tarefas que envolvem a rotina do seu cãozinho, o Patas da Casa reuniu algumas dicas sobre o assunto. Dá uma olhada!

    Ver Todas >

    Quer ter um cachorro surfista? Saiba como iniciar, os cuidados que deve ter e acessórios indispensáveis
    Comportamento animal

    Quer ter um cachorro surfista? Saiba como iniciar, os cuidados que deve ter e acessórios indispensáveis

    Existem cachorros que amam nadar e brincar na água, então qualquer passeio em trilhas com cachoeiras, praias ou mesmo uma piscina vira uma grande festa. Mas você sabia que existe cachorro que surfa? Os esportes com cachorro são uma ótima forma de estreitar laços entre o tutor e o animal e o surf é uma modalidade que pode fazer muito bem ao animal. Sem falar que os cachorros surfistas chamam atenção pela fofura e habilidade na prancha.

    Por que os gatos
    Comportamento animal

    Por que os gatos "mamam" no cobertor? Descubra se o comportamento é prejudicial ou não

    Não é difícil encontrar um gato que tenha a mania de ficar mordendo o cobertor, como se estivesse se alimentando da mamãe gata (e os cães também podem apresentar o mesmo comportamento). Um gato mordendo cobertor pode ser considerado um momento muito fofo para alguns gateiros, mas outros tutores podem se perguntar se esse comportamento do felino é prejudicial ou revela alguma vulnerabilidade do bichano. 

    Como ganhar a confiança de um cachorro? Veja dicas para se aproximar de cães desconhecidos
    Comportamento animal

    Como ganhar a confiança de um cachorro? Veja dicas para se aproximar de cães desconhecidos

    Adotar um cachorro é sempre um desafio tanto para os humanos, que precisam adaptar a casa para receber o novo hóspede, quanto para o cãozinho, que ainda precisa de um tempo para se acostumar com o ambiente e com sua nova família. No caso de cães abandonados e que foram resgatados por ONGs ou outras instituições, ganhar a confiança do doguinho nem sempre é uma tarefa fácil - principalmente se tratando de um cachorro medroso ou traumatizado. 

    Cachorro castrado fica mais calmo? Veja as diferenças de comportamento antes e depois da cirurgia
    Comportamento animal

    Cachorro castrado fica mais calmo? Veja as diferenças de comportamento antes e depois da cirurgia

    A castração de cachorro é muito indicada pelos profissionais da medicina veterinária. Entretanto, muitos tutores ainda sentem muito receio de realizar a cirurgia pelas mudanças de comportamento do cachorro castrado. Não é mito que algumas mudanças comportamentais ocorrem após a castração, tanto para machos quanto para fêmeas. Mas afinal, o que muda no cachorro castrado?

    Ver Todas >