Histórias reais

Dia Mundial do Gato: listamos 10 motivos para você ter um felino na sua vida

Depois de ler essa matéria, com certeza você vai querer um gatinho para chamar de seu. A ong @DespertarpetBrasil tem vários felinos esperando um lar cheio de amor!
Depois de ler essa matéria, com certeza você vai querer um gatinho para chamar de seu. A ong @DespertarpetBrasil tem vários felinos esperando um lar cheio de amor!
Adotar um gato é a forma mais linda de mudar a vida de um animal abandonado! Esses lindinhos estão disponíveis na @DespertarpetBrasil
Adotar um gato é a forma mais linda de mudar a vida de um animal abandonado! Esses lindinhos estão disponíveis na @DespertarpetBrasil
Abaixo, te damos 10 motivos para adotar uma dessas lindezas disponíveis na @DespertarpetBrasil
Abaixo, te damos 10 motivos para adotar uma dessas lindezas disponíveis na @DespertarpetBrasil
Depois de ler essa matéria, com certeza você vai querer um gatinho para chamar de seu. A ong @DespertarpetBrasil tem vários felinos esperando um lar cheio de amor!
Adotar um gato é a forma mais linda de mudar a vida de um animal abandonado! Esses lindinhos estão disponíveis na @DespertarpetBrasil
Abaixo, te damos 10 motivos para adotar uma dessas lindezas disponíveis na @DespertarpetBrasil

Não dá para negar: ter um bichinho no seu dia a dia é tudo de bom! E é claro que com os felinos não poderia ser diferente. Ainda que tenham um comportamento muito distinto dos cachorros, eles sabem demonstrar todo o seu “amor de gato” e o quanto estão felizes ao nosso lado. Seja com o corpo, com o olhar, com o jeitinho de andar ou ronronando, é sempre possível notar os sinais de afeto dos felinos. Por isso, no Dia Mundial do Gato (17 de fevereiro), listamos 10 motivos para você adotar um bichano e encher a sua rotina de muito amor. Dá uma olhada!

1) Com os gatos, você nunca vai estar sozinho!

Saber que os nossos bichinhos de estimação nos amam é sensacional, mas ver isso na prática é ainda melhor. Com os felinos, esse sentimento é constante. Você nunca estará sozinho! Os gatinhos amam ficar perto de seus humanos e vão te acompanhar por todos os lados, seja durante um momento de descanso no sofá ou até mesmo em uma ida ao banheiro. Uma companhia para não botar defeitos!

2) Os gatos carinhosos curam as feridas da vida (e até mesmo do coração) te lambendo

via GIPHY

As lambidas não são muito comuns quando falamos de gatos, mas elas podem acontecer (mesmo que seja menos frequente do que com os cães). Os felinos mais carinhosos manifestam esse comportamento na tentativa de cuidar de você, assim como uma mamãe gato lambe seus filhotes. Os bichanos são muito sensíveis e sentem quando algo não vai bem: o gesto serve para demonstrar carinho e afeto. Se o seu dia não foi legal ou rolou um estresse com o crush, ele tentará te dizer (do jeito dele) que está ao seu lado e que vai ficar tudo bem. Fofo, né?

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Poucos sabem, mas existe uma classificação para determinar cada tipo de Pinscher: tamanhos 0, 1, 2 e 3 são as variações comuns da raça. A numeração que normalmente acompanha o nome da raça do cãozinho pode até parecer estranha, mas é algo que ajuda a diferenciar os tipos de cachorro Pinscher de acordo com as peso e altura. Essa classificação, embora não seja reconhecida oficialmente, é adotada por muitos criadores e pais de pet por aí. 

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    A maioria das pessoas acha quase impossível descobrir o sexo do gato filhote. De fato, diferenciar o órgão genital do gato macho e gato fêmea nos primeiros meses de vida não é fácil. Mas descobrir esse "detalhe" é importante antes de levar um filhotinho pra casa. Não parece, mas é muito normal achar que adotou um gato fêmea e descobrir, depois, que se trata de um gato macho. !

    Filhote de cachorro chorando à noite? Veja a explicação e dicas para acalmá-lo nos primeiros dias em casa
    Adote um animal

    Filhote de cachorro chorando à noite? Veja a explicação e dicas para acalmá-lo nos primeiros dias em casa

    A chegada de um filhote de cachorro ao novo lar é marcada por muita alegria e descobertas - da parte do animal e dos próprios donos. O cãozinho terá contato com cheiros que ele nunca sentiu, pessoas diferentes, um ambiente totalmente desconhecido. O novo papai ou mamãe de pet, por outro lado, está aprendendo sobre a rotina, como o sono e alimentação, e comportamentos do bichinho. Nos primeiros dias de adaptação na nova casa é comum ouvir o cachorro filhote chorando à noite. A reação imediata do tutor é ficar preocupado se ele está com fome ou sentindo dor, mas saiba esse comportamento é muito normal.

    Nomes para gatas: confira uma lista com 200 sugestões para chamar a sua gatinha
    Adote um animal

    Nomes para gatas: confira uma lista com 200 sugestões para chamar a sua gatinha

    Escolher um dentre as infinitas possibilidades de nomes para gatas e gatos não é uma tarefa fácil. Quando se trata de escolher um nome para gatinha, opções mais fofas e meigas estão entre as favoritas dos tutores. Mas a verdade é que existem centenas de inspirações de nomes para gata, desde personagens e celebridades famosas até sua comida preferida. 

    3) Os felinos são capazes de melhorar o nosso humor

    Os gatos são muito eficientes na hora combater o mau humor e nós podemos provar! Não importa a situação, os felinos são sempre muito expressivos e acabam nos divertindo com as suas reações e travessuras. Até mesmo as situações corriqueiras podem se tornar divertidas. Não à toa que existem muitos memes de gato espontâneos por aí. Afinal de contas, não tem como ficar bravo com os bichanos, né? 

    4) Com os bichanos, você nunca vai se atrasar para o trabalho

    via GIPHY

    Uma boa noite de sono é tudo que você precisa para recarregar as energias, certo? Para os gatos, a história pode ser diferente. Com um ritmo diferente dos humanos, os bichanos têm mais energia durante a manhã e ao anoitecer. Por isso, esqueça os despertadores! O seu gatinho certamente vai acordá-lo na tentativa de ter uma companhia para brincar e passar o tempo. Lambidas e mordidinhas matinais evitam que você se atrase para o trabalho e aproveite mais o dia!

    5) Frio nos pés? Os gatos podem resolver esse problema

    Você é daqueles que odeia dormir sozinho? Seu problema chegou ao fim! Os gatos adoram dormir aninhados aos seus donos. Por isso, as chances de ter sempre um bichano aquecendo os seus pés e ronronando durante à noite são grandes. Quem resiste a tanta fofura, não é? 

    6) Gatos são grandes amigos das crianças

    via GIPHY

    Os gatos são ótimos companheiros e podem ser muito amáveis. Por isso, se você tem crianças em casa e está pensando em adotar um pet, saiba que a combinação de gatos e crianças é perfeita. Eles podem se tornar melhores amigos! Além disso, pesquisas indicam que a presença dos felinos ajuda consideravelmente a melhorar quadros de depressão e autismo.  

    Já deu para perceber que ter um gato é uma experiência incrível, não é mesmo?! E nada melhor do que pessoas que vivenciam isso todo dia para te contar. Os leitores do Patas da Casa compartilharam o que mudou na vida deles depois que adotaram um bichano. Morra de fofura com esses gatinhos!

    "Adotar o Chico e a Céu marcou um processo de independência muito importante, pois me senti finalmente pronta para cuidar de mim e deles. Eles são minhas companhias preferidas e temos realmente uma conexão só nossa. Me sinto muito privilegiada de dividir minha vidinha e tantos episódios marcantes com eles". - Carolina Carvalho
    "Adotar o Chico e a Céu marcou um processo de independência muito importante, pois me senti finalmente pronta para cuidar de mim e deles. Eles são minhas companhias preferidas e temos realmente uma conexão só nossa. Me sinto muito privilegiada de dividir minha vidinha e tantos episódios marcantes com eles". - Carolina Carvalho
     "Motivação. Esse é o sentimento que tenho quando penso nas minhas meninas. Acordo tendo uma razão para voltar para casa e me encho de forças para poder proporcionar a melhor qualidade de vida a elas. Me sinto aquela mamãe protetora e, sinceramente, isso que falavam de amor incondicional nunca fez tanto sentido na minha vida." - Marcella Cabral
    "Motivação. Esse é o sentimento que tenho quando penso nas minhas meninas. Acordo tendo uma razão para voltar para casa e me encho de forças para poder proporcionar a melhor qualidade de vida a elas. Me sinto aquela mamãe protetora e, sinceramente, isso que falavam de amor incondicional nunca fez tanto sentido na minha vida." - Marcella Cabral
     "A Mia mudou a minha vida me ensinando a ter um bichinho menos submisso que cachorro - que foi o pet que tive e também tenho desde criança. É muito bom ser "testada" a aceitar e respeitar o tempo do outro, mesmo que seja sobre carinho e brincadeiras." - Ana Heloísa Costa
    "A Mia mudou a minha vida me ensinando a ter um bichinho menos submisso que cachorro - que foi o pet que tive e também tenho desde criança. É muito bom ser "testada" a aceitar e respeitar o tempo do outro, mesmo que seja sobre carinho e brincadeiras." - Ana Heloísa Costa
     "Sempre rezei antes de dormir e sempre pedia algum animalzinho, pois sentia falta. No dia 13/01/2013, fui acordada pela minha mãe "Brenda, vem ver o que tem aqui". Era uma gatinha de 4 meses tinha entrado pela garagem e parado na porta do meu quarto. Nunca tinha tido gato, Malu foi a primeira. Três meses depois, ela me deu mais 5 gatos de presente. Eles fazem minha vida mais feliz, responsável, pois sinto que dependem exclusivamente de mim. Todo carinho que dou, é retribuído!" - Brenda Muniz
    "Sempre rezei antes de dormir e sempre pedia algum animalzinho, pois sentia falta. No dia 13/01/2013, fui acordada pela minha mãe "Brenda, vem ver o que tem aqui". Era uma gatinha de 4 meses tinha entrado pela garagem e parado na porta do meu quarto. Nunca tinha tido gato, Malu foi a primeira. Três meses depois, ela me deu mais 5 gatos de presente. Eles fazem minha vida mais feliz, responsável, pois sinto que dependem exclusivamente de mim. Todo carinho que dou, é retribuído!" - Brenda Muniz
    "A Gypsy tem me ajudado a controlar minha ansiedade. Afinal, só quem tem gato sabe o desespero que é não achá-los em nenhum lugar da casa. Adotar foi uma baita mudança na minha vida e em mim mesma. Eles demonstram que têm o seu próprio tempo e que são gratos pelo que fazemos (quando ouvi o ronronar pela primeira vez, pensei que a Gypsy tinha bronquite)." - Tamara Breder
    "A Gypsy tem me ajudado a controlar minha ansiedade. Afinal, só quem tem gato sabe o desespero que é não achá-los em nenhum lugar da casa. Adotar foi uma baita mudança na minha vida e em mim mesma. Eles demonstram que têm o seu próprio tempo e que são gratos pelo que fazemos (quando ouvi o ronronar pela primeira vez, pensei que a Gypsy tinha bronquite)." - Tamara Breder
     "Esse pestinha chamado Aslan deixou minha vida mais feliz, mais preenchida e, definitivamente, com mais amor." - Jamille Bastos
    "Esse pestinha chamado Aslan deixou minha vida mais feliz, mais preenchida e, definitivamente, com mais amor." - Jamille Bastos
    "Depois que adotei a Bilauta e a Abha, passei a perceber mais sobre o mistério, magnetismo e a energia que esses bichinhos emanam. Também comecei a questionar a capacidade de cura a partir da vibração sonora que os gatos reverberam com o ronronar. Passei a olhar os pequenos detalhes, desde o toque até a capacidade de se espremer em lugares supostamente inóspitos. As duas me reinventam dia após dia". - Leticia Fernanda
    "Depois que adotei a Bilauta e a Abha, passei a perceber mais sobre o mistério, magnetismo e a energia que esses bichinhos emanam. Também comecei a questionar a capacidade de cura a partir da vibração sonora que os gatos reverberam com o ronronar. Passei a olhar os pequenos detalhes, desde o toque até a capacidade de se espremer em lugares supostamente inóspitos. As duas me reinventam dia após dia". - Leticia Fernanda
     "Eu ganhei o Onofre há 16 anos, quando eu tinha pouco mais de 1 ano de idade. Foi, e ainda é, o meu melhor amigo. Onofre ajudou no meu crescimento de todas as formas possíveis: desenvolvi responsabilidade, disciplina e, não menos importante, o amor por pets. Sou grata por todos os momentos que tive com ele e por todas as brincadeiras juntos, porque nada melhor que um gato como companhia na hora de brincar de casinha!" - Ana Beatriz Borges
    "Eu ganhei o Onofre há 16 anos, quando eu tinha pouco mais de 1 ano de idade. Foi, e ainda é, o meu melhor amigo. Onofre ajudou no meu crescimento de todas as formas possíveis: desenvolvi responsabilidade, disciplina e, não menos importante, o amor por pets. Sou grata por todos os momentos que tive com ele e por todas as brincadeiras juntos, porque nada melhor que um gato como companhia na hora de brincar de casinha!" - Ana Beatriz Borges
    "O Petit e o Tom me ensinaram a compreender um amor diferente pelos animais: tímido, no tempo deles e mais paciente. Aprendi que a magnitude desse amor está nos pequenos detalhes. Eu sou extremamente grata ao universo por ter me dado dois felinos pra compartilhar a vida!" - Luana Lopes
    "O Petit e o Tom me ensinaram a compreender um amor diferente pelos animais: tímido, no tempo deles e mais paciente. Aprendi que a magnitude desse amor está nos pequenos detalhes. Eu sou extremamente grata ao universo por ter me dado dois felinos pra compartilhar a vida!" - Luana Lopes
    "Ter um gato na minha vida (no caso, tenho a Mindy, a Maria Amélia e o Chico) me fez entender o quanto é maravilhoso me despir de preconceitos. Aprendi a ser mais dedicada e amorosa. Eles me ensinam todos os dias que o amor está, principalmente, nos gestos pequenos do dia a dia. Sou muito mais feliz depois que eles entraram na minha vida." - Ana Beatriz Brito
    "Ter um gato na minha vida (no caso, tenho a Mindy, a Maria Amélia e o Chico) me fez entender o quanto é maravilhoso me despir de preconceitos. Aprendi a ser mais dedicada e amorosa. Eles me ensinam todos os dias que o amor está, principalmente, nos gestos pequenos do dia a dia. Sou muito mais feliz depois que eles entraram na minha vida." - Ana Beatriz Brito
     "A Kali apareceu de uma maneira bem intuitiva na minha vida. Tive uma cachorrinha por 13 anos e não queria mais saber de pet na minha vida, até que me bateu uma vontade enorme de ter uma gatinha. Hoje sou apaixonada por ela... Ela não é nada do que me disseram sobre os felinos: é doce, ama um colo e carinhos e, embora seja independente, nunca arranhou ou feriu ninguém. A Kali é só amor e eu sou uma pessoa melhor por ter ela comigo!" - Karoline Miranda
    "A Kali apareceu de uma maneira bem intuitiva na minha vida. Tive uma cachorrinha por 13 anos e não queria mais saber de pet na minha vida, até que me bateu uma vontade enorme de ter uma gatinha. Hoje sou apaixonada por ela... Ela não é nada do que me disseram sobre os felinos: é doce, ama um colo e carinhos e, embora seja independente, nunca arranhou ou feriu ninguém. A Kali é só amor e eu sou uma pessoa melhor por ter ela comigo!" - Karoline Miranda
    "Mimi e Tigresa mudaram totalmente o meu olhar para as pequenas coisas. Hoje percebo que pequenos gestos podem significar muito, mesmo quando apenas querem sachê..." - Robson Junior
    "Mimi e Tigresa mudaram totalmente o meu olhar para as pequenas coisas. Hoje percebo que pequenos gestos podem significar muito, mesmo quando apenas querem sachê..." - Robson Junior
    "Adotar o Chico e a Céu marcou um processo de independência muito importante, pois me senti finalmente pronta para cuidar de mim e deles. Eles são minhas companhias preferidas e temos realmente uma conexão só nossa. Me sinto muito privilegiada de dividir minha vidinha e tantos episódios marcantes com eles". - Carolina Carvalho
     "Motivação. Esse é o sentimento que tenho quando penso nas minhas meninas. Acordo tendo uma razão para voltar para casa e me encho de forças para poder proporcionar a melhor qualidade de vida a elas. Me sinto aquela mamãe protetora e, sinceramente, isso que falavam de amor incondicional nunca fez tanto sentido na minha vida." - Marcella Cabral
     "A Mia mudou a minha vida me ensinando a ter um bichinho menos submisso que cachorro - que foi o pet que tive e também tenho desde criança. É muito bom ser "testada" a aceitar e respeitar o tempo do outro, mesmo que seja sobre carinho e brincadeiras." - Ana Heloísa Costa
     "Sempre rezei antes de dormir e sempre pedia algum animalzinho, pois sentia falta. No dia 13/01/2013, fui acordada pela minha mãe "Brenda, vem ver o que tem aqui". Era uma gatinha de 4 meses tinha entrado pela garagem e parado na porta do meu quarto. Nunca tinha tido gato, Malu foi a primeira. Três meses depois, ela me deu mais 5 gatos de presente. Eles fazem minha vida mais feliz, responsável, pois sinto que dependem exclusivamente de mim. Todo carinho que dou, é retribuído!" - Brenda Muniz
    "A Gypsy tem me ajudado a controlar minha ansiedade. Afinal, só quem tem gato sabe o desespero que é não achá-los em nenhum lugar da casa. Adotar foi uma baita mudança na minha vida e em mim mesma. Eles demonstram que têm o seu próprio tempo e que são gratos pelo que fazemos (quando ouvi o ronronar pela primeira vez, pensei que a Gypsy tinha bronquite)." - Tamara Breder
     "Esse pestinha chamado Aslan deixou minha vida mais feliz, mais preenchida e, definitivamente, com mais amor." - Jamille Bastos
    "Depois que adotei a Bilauta e a Abha, passei a perceber mais sobre o mistério, magnetismo e a energia que esses bichinhos emanam. Também comecei a questionar a capacidade de cura a partir da vibração sonora que os gatos reverberam com o ronronar. Passei a olhar os pequenos detalhes, desde o toque até a capacidade de se espremer em lugares supostamente inóspitos. As duas me reinventam dia após dia". - Leticia Fernanda
     "Eu ganhei o Onofre há 16 anos, quando eu tinha pouco mais de 1 ano de idade. Foi, e ainda é, o meu melhor amigo. Onofre ajudou no meu crescimento de todas as formas possíveis: desenvolvi responsabilidade, disciplina e, não menos importante, o amor por pets. Sou grata por todos os momentos que tive com ele e por todas as brincadeiras juntos, porque nada melhor que um gato como companhia na hora de brincar de casinha!" - Ana Beatriz Borges
    "O Petit e o Tom me ensinaram a compreender um amor diferente pelos animais: tímido, no tempo deles e mais paciente. Aprendi que a magnitude desse amor está nos pequenos detalhes. Eu sou extremamente grata ao universo por ter me dado dois felinos pra compartilhar a vida!" - Luana Lopes
    "Ter um gato na minha vida (no caso, tenho a Mindy, a Maria Amélia e o Chico) me fez entender o quanto é maravilhoso me despir de preconceitos. Aprendi a ser mais dedicada e amorosa. Eles me ensinam todos os dias que o amor está, principalmente, nos gestos pequenos do dia a dia. Sou muito mais feliz depois que eles entraram na minha vida." - Ana Beatriz Brito
     "A Kali apareceu de uma maneira bem intuitiva na minha vida. Tive uma cachorrinha por 13 anos e não queria mais saber de pet na minha vida, até que me bateu uma vontade enorme de ter uma gatinha. Hoje sou apaixonada por ela... Ela não é nada do que me disseram sobre os felinos: é doce, ama um colo e carinhos e, embora seja independente, nunca arranhou ou feriu ninguém. A Kali é só amor e eu sou uma pessoa melhor por ter ela comigo!" - Karoline Miranda
    "Mimi e Tigresa mudaram totalmente o meu olhar para as pequenas coisas. Hoje percebo que pequenos gestos podem significar muito, mesmo quando apenas querem sachê..." - Robson Junior

    7) Os gatinhos transformam qualquer coisa em brinquedo 

    Não é preciso de muito para agradar e divertir os felinos. Basta um novelo de lã, uma bolinha de papel ou uma caixa de papelão para os gatinhos se divertirem por horas. Por isso, se você é gateiro de primeira viagem e ainda não gatificou a sua casa, não precisa se desesperar. Nos primeiros dias, esses (e outros objetos simples) podem entreter o seu amigo.

    8) O ronronar dos felinos faz bem para a sua saúde

    Aquele "ronc-ronc" que os gatos fazem vai além da representação de carinho. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Centers for Disease Control and Prevention, o gato ronronando é terapêutico para algumas doenças, como a dispneia. O som pode alcançar vibrações de até 140 Hz e aliviar os sintomas do distúrbio. Além disso, estudos têm associado o ronronar dos felinos à diminuição de problemas como depressão e estresse. 

    9) Os bichanos também fazem carinho em você!

    Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os gatos também gostam de retribuir o carinho recebido pelos seus donos. As carícias felinas surgem com gestos simples e curiosos. As “cabeçadas” — que ocorrem quando o bichano procura seu tutor com o focinho e empurra com a cabeça ou esfrega — são um deles. As lambidas, o rabo entrelaçado a perna do dono e o ronronar também fazem parte do “kit de amor” dos gatos.

    10) Os gatos te ensinam a cuidar do próximo

    Ainda que sejam animais independentes, ter um gato demanda uma série de cuidados no dia a dia. Manter a caixa de areia sempre limpa, oferecer uma ração de qualidade, estimulá-lo a beber muita água, brincar com frequência, levar no veterinário, entre outros. É uma responsabilidade para toda a vida do bichano. Adotar um gatinho vai te ensinar na prática a ser mãe ou pai de pet. Em troca, você terá um amigo leal e que te daria o mundo se pudesse. 

    Redação: Úrsula Gomes

    Lhasa Apso: saiba tudo sobre a raça

    Próxima matéria

    Lhasa Apso: saiba tudo sobre a raça

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
    Raças

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Adotar gato: 10 motivos que vão fazer você querer se apaixonar por um bichano
    Adoção

    Adotar gato: 10 motivos que vão fazer você querer se apaixonar por um bichano

    “Quero adotar um gato”. Se esse pensamento já passou alguma vez pela sua cabeça é porque falta pouco para um bichano te conquistar de vez - e, acredite, os gatos conseguem isso com uma facilidade incrível. Sim, é isso mesmo: por trás do jeitinho reservado, esses animais são puro amor e companheirismo, e tem tudo para se tornar grandes amigos dos humanos.

    Ver Todas >

    Poodle: porte, saúde, personalidade, preço... um guia sobre a raça de cachorro queridinha do Brasil
    Adote um animal

    Poodle: porte, saúde, personalidade, preço... um guia sobre a raça de cachorro queridinha do Brasil

    Quem consegue resistir aos encantos de um filhote de Poodle? Assim como sua versão adulta, o cachorro é muito queridinho e popular nos lares brasileiros! O cachorro Poodle é facilmente reconhecido por seus pelos encaracolados e tem várias qualidades que fazem dele um cãozinho único, como o nível de inteligência e enorme apego pelos humanos. As variações de Poodle (grande, médio e pequeno) também são um ponto positivo, já que existem diferentes tamanhos do cachorro para todos os gostos.

    Pinscher: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Adote um animal

    Pinscher: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    É impossível não lembrar do Pinscher ao pensar nas raças de cachorro mais populares que existem. O cachorro Pinscher é a prova viva de que tamanho não é documento. Apesar de ser um cachorro pequeno, ocupa um espaço enorme no coração dos brasileiros. A fama de Pinscher bravo que carrega faz com que muita gente o associe a um cão problemático, mas a verdade é que o cachorro da raça Pinscher tem mais valentia do que raiva: ele vai fazer de tudo para proteger seu lar de qualquer ameaça.

    Corgi: como é a personalidade desse cachorro de raça pequeno?
    Adote um animal

    Corgi: como é a personalidade desse cachorro de raça pequeno?

    O Corgi é uma raça de cachorro pequeno que encanta a todos com os seus pelos fofinhos e, principalmente, por conta da sua estatura baixa e comprida, que lembra bastante um salsichinha. Já faz um tempo que o Corgi vem conquistando cada vez mais fãs na internet e no mundo, mas como será a personalidade e o temperamento desse cãozinho? Coragem e bravura são seus pontos fortes, ou esse é um cachorro mais amigável e sociável? 

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Adote um animal

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Ver Todas >