Gato

Desmame de gato: passo a passo para introduzir ração de gato filhote

Publicado - 08 Agosto 2022 - 14h25

Atualizado - 22 Maio 2024 - 13h57

Trocar o leite pela ração de gato filhote é um processo que todo gatinho deve passar. O leite materno é fundamental para promover um desenvolvimento físico e até mesmo psicológico de forma saudável. Mas a amamentação felina só deve ocorrer por um certo período, e a alimentação do gato filhote precisa ser trocada pela ração, que tem os nutrientes fundamentais para completar o desenvolvimento do pet. Muitos tutores têm dúvidas sobre o tempo de desmame de gato. Normalmente, esse processo acontece entre os 40 e 60 dias de vida.

Não dá para definir quanto tempo filhote de gato desmama com precisão, pois cada um leva um tempo para se acostumar com a nova dieta. Porém, o desmame de gatos é algo natural para os felinos e, por isso, não costuma demorar muito e nem ser algo trabalhoso. O papel do tutor nesse período é saber o que dar para gato filhote comer e introduzir a ração de forma que o animal passe a ingeri-la sem estresse e dificuldades. Para te ajudar, o Patas da Casa preparou um passo a passo com dicas de como fazer a transição da melhor forma possível. Confira!

Passo 1: Compre a ração para filhote de gato ideal para ele

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Gatinho filhote cinza e preto comendo em dois potes de vidro
Oferecer a ração de gato filhote de acordo com sua idade é fundamental para garantir que ele receba todos os nutrientes

 

Em cada fase da vida, o bichano deve se alimentar de acordo com a sua idade. Por isso, é muito importante escolher a ração de gato filhote quando for iniciar o processo de desmame. Gato precisa desse tipo de alimento porque sua fórmula já contém todos os nutrientes essenciais para um crescimento saudável. É nessa fase que o corpo do bichano está se desenvolvendo e a alimentação correta tem papel essencial nisso. 

Se em vez da ração de gato filhote você oferecer uma ração de gato idoso ou adulto ao recém nascido, ele não receberá os componentes fundamentais nas concentrações recomendadas. Um cuidado que se deve ter na hora de escolher a ração para filhote de gato é optar pela ração úmida. Ela é mais fácil de ser ingerida pelos bichinhos que estão acostumados com o leite materno. Outra ideia é misturar a ração para filhote de gato com água, até formar uma papinha.

Passo 2: Escolha o  comedouro para oferecer a ração ao gatinho

 

Gatinho filhote comendo ração em pote de plástico
O potinho da ração de gato filhote deve ficar em um local acessível e com uma altura adequada

 

Um grande erro na hora do desmame de gatos é escolher um comedouro inadequado. O processo de desmame costuma ser natural, mas o pet precisa de um ambiente propício e que o estimule a isso. O tamanho de um gato filhote é bem pequeninho, então não adianta comprar um comedouro de bordas muito altas. Outro cuidado na hora de escolher o comedouro para gatos é com a altura. O ideal é que ela fique sempre na altura dos cotovelos do animal.

Passo 3: Direcione o gatinho ao comedouro com a ração de gato filhote 

 

Gatinho filhote comendo em pote branco
Para ajudar no desmame, o gato deve ser estimulado pelo tutor a comer no potinho

 

Para ajudar o animal, o tutor pode estimular o processo de desmame. Um gato com cerca de 40 a 60 dias normalmente já vai naturalmente em busca da ração. Porém, isso varia e o tutor pode ajudar o animal direcionando-o até a tigela. Isso é ainda mais importante caso você esteja cuidando de um gatinho sem mãe. Nesses casos, o animal já está acostumado com você oferecendo a mamadeira de leite em vez de mamar sozinho diretamente da mãe. Por isso, esse direcionamento é ainda mais fundamental. 

Para direcionar o bichano até o comedouro com ração durante o desmame, comece colocando o objeto em um local de fácil acesso ao animal. Instigue o pet a ir até o potinho, chamando o bichano nas horas em que ele costuma se alimentar. Você pode deixar brinquedinhos ali perto e fazer um carinho para ganhar atrair a atenção dele.  Vale também dar a ração de gato filhote diretamente na boca dele nas primeiras vezes, caso o animal esteja com mais dificuldade. É difícil definir em quanto tempo gato filhote desmama, pois cada caso é um caso. Mas como trata-se de algo super natural para eles, costuma ser tudo bem tranquilo e rápido. 

Passo 4: Não tire o leite imediatamente durante o desmame do gatos

 

Gatinho tomando leite em mamadeira das mãos de tutora
O desmame de gatos deve ser feito de forma gradual, sem excluir o leite da alimentação de uma vez

 

Os felinos são animais que não gostam muito de mudanças. Assim como uma troca de ração deve ser feita de forma gradual, o desmame de gatos não pode acontecer de um dia para o outro. É normal que o animal comece a se alimentar da ração para filhote de gato e siga ingerindo também o leite materno por um tempo. Pode ter certeza que, com o tempo, ele vai passar a se alimentar apenas da ração, pois é algo instintivo e natural. 

Caso você cuide de um filhote de gato sem mãe, não corte de vez o leite que você costumava dar a ele. Em vez disso, coloque a ração para filhote de gato no comedouro, mas mantendo o leite à disposição para que ele beba quando quiser. O gatinho vai se acostumando com a ração e deixará o leite de lado com o tempo. Vale ressaltar que gato não pode tomar leite de vaca de jeito nenhum! O leite oferecido ao animal deve vir de uma gata que está amamentando ou uma fórmula artificial para pets.

Passo 5: Durante e depois do desmame, incentive o gato a beber mais água

 

Gato bebendo água em fonte automática
O gato precisa passar a tomar mais água após o desmame

 

Conforme ocorre o desmame, o gato vai se acostumando com a ração e deixa de tomar o leite. Quando isso acontece, porém, pode acontecer do animal ficar mais desidratado, já que ele não está mais ingerindo o leite e os gatos naturalmente não são fãs de beber água. Por isso, além da ração de gato filhote, não se esqueça da água! Existem maneiras de fazer o gato beber mais água, como investir em fontes de água e colocar mais bebedouros dentro de casa, espalhados pelos cômodos. Esse cuidado é importante para que durante o desmame de gatos o bichano se mantenha hidratado - além de prevenir doenças no futuro, principalmente as relacionadas ao sistema urinário. 

Redação: Maria Luísa Pimenta 

Edição: Luana Lopes

Adoção

8 características do Gato de Pelo Curto Inglês (British Shorthair)

Você conhece o gato de Pelo Curto Inglês? Esse é um felino bastante apreciado por gateiros no geral, principalmente por conta da sua...

Cuidados

Quantos anos vive um gato? 5 perguntas e respostas sobre a idade dos gatos

Uma pergunta que, mais cedo ou mais tarde, todo tutor faz é: quantos anos vive um gato? E a verdade é que se o pet receber todos os ...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Cachorro

Quais são os tipos da doença do carrapato em cachorro? Conheça as características de cada uma

A doença do carrapato em cachorro é um dos maiores temores dos tutores. O que nem todo mundo sabe é que existem diferentes tipos da ...

Cachorro

Como identificar a doença do carrapato em cachorro? Vets recomendam prestar atenção a esses 8 sinais na rotina do pet

A doença do carrapato em cachorro é uma das enfermidades mais perigosas e traiçoeiras que existem no universo canino. Infelizmente, ...

Cachorro

Sarna em cachorro: 5 sinais para identificar a doença de pele e opções de tratamento

A sarna em cachorro é uma das doenças mais conhecidas entre os tutores, mas as características dela ainda geram muitas dúvidas. Prov...

Ver todas