Adestramento

Descubra em infográfico como o rabo de cachorro funciona na linguagem corporal canina!

Os cães podem até não falar, mas eles têm um jeitinho próprio de se expressar. Não é à toa que a linguagem canina é muito mais rica do que nós imaginamos, já que para isso eles contam com várias partes diferentes do corpo: orelhas, olhares, latidos e até mesmo o rabo de cachorro. Inclusive, a cauda do cão desempenha um papel muito importante nesse cenário, pois é possível saber o que o animal está sentindo de acordo com o movimento do seu rabo. Cachorro feliz, por exemplo, costuma balançar a cauda bem rápido para o lado direito. Já um cão triste fica com o rabinho para baixo. Para facilitar a comunicação entre você e o seu amigo de quatro patas, preparamos um infográfico com tudo sobre o rabo do cachorro na linguagem canina. Dá só uma olhada!

O rabo de cachorro é uma ótima ferramenta na linguagem canina. Saiba mais!
O rabo de cachorro é uma ótima ferramenta na linguagem canina. Saiba mais!

Mais Lidas

Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
Comportamento animal

Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
Comportamento animal

Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
Comportamento animal

Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
Comportamento animal

Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

Movimento do rabo: cachorro se comunica de diferentes formas 

Poucas coisas são melhores do que chegar em casa e ser recepcionado por um cãozinho todo serelepe com o rabinho mexendo pra lá e pra cá. Quando esses animais estão muito felizes e animados com alguma coisa, esse é o comportamento mais comum: o  rabo do cachorro que mexe rapidamente para o lado direito. Contudo, vale ficar atento, porque se o seu pet começa a fazer isso com muita frequência, também pode ser um sinal de que ele está ansioso com alguma coisa.

Outra cena comum é o cachorro com a cauda para baixo, que pode acontecer quando o peludinho está com medo ou se sentindo triste - para saber a diferença, vale se atentar ao olhar e ao movimento da cabeça dele: se estiver cabisbaixo, é tristeza; se estiver com a cabeça levemente erguida, é medo. Em alguns casos também é possível encontrar o cachorro com rabo entre as pernas e, se houver movimentação da cauda, é porque o cachorro está inseguro; já se o rabo estiver imóvel e entre as pernas, pode ser que ele tenha aprontado alguma coisa e esteja “arrependido”.

E não para por aí: a direção do rabo do cachorro é outro fator que importa. No geral, quando essa parte do corpo se movimenta para a direita é porque o cãozinho está se sentindo bem. Já quando o rabo faz o movimento para a esquerda é sinal de sentimentos mais negativos.

Linguagem canina: a postura corporal do cachorro também deve ser analisada

Se você quer aprimorar a comunicação com o seu amigo de quatro patas, é fundamental aprender a interpretar a postura dele. Embora o rabo do cachorro exerça um papel importante na linguagem corporal canina, ele não deve ser o único fator a ser analisado. O movimento das orelhas do cão, por exemplo, pode significar várias situações e sentimentos diferentes. O mesmo vale para o olhar do animal: muitas vezes ele pode dizer mais do que mil palavras - no caso, latidos.

E por falar em latido, a vocalização também é uma outra forma do seu pet se comunicar! Existem diferentes tipos de latido, e é importante saber identificar cada um deles para descobrir o que o seu cachorro quer dizer. Por isso, é bom ter em mente que a melhor forma de entender os cães é aprendendo a decifrar a linguagem canina, analisando tudo em conjunto com a postura corporal deles (e não só o rabo de cachorro isoladamente).

Redação: Juliana Melo

Como fazer brinquedos para gatos com catnip?

Próxima matéria

Como fazer brinquedos para gatos com catnip?

Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral
Saúde

Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral

Uma das doenças virais de cachorro mais sérias e comuns que existem, o vírus da parvovirose atinge, principalmente, animais que não foram imunizados contra este e outros vírus. Entre os principais sintomas da parvovirose, o vômito, a diarreia com sangue, e a desidratação podem ser destacados, ou seja: mesmo que o diagnóstico chegue bem cedo, o tratamento deve começar o quanto antes, já que a parvovirose pode ser fatal. Para esclarecer todas dúvidas sobre a parvovirose canina, nós conversamos com a veterinária Jackeline Ribeiro. Dá uma olhada no que ela contou!

Cachorro e gato juntos: veja em infográfico como melhorar a relação entre as duas espécies!
Cachorro

Cachorro e gato juntos: veja em infográfico como melhorar a relação entre as duas espécies!

Por muito tempo, cachorro e gato foram considerados verdadeiros inimigos, mas é necessário desmistificar essa ideia, porque isso não condiz muito bem com a realidade. Na verdade, é totalmente possível construir uma boa relação entre as duas espécies e viver em harmonia com o gato e cachorro na mesma casa. Não é à toa que muitos tutores têm os dois bichinhos - e isso acaba rendendo várias fotos bem fofas de doguinhos dormindo junto com os bichanos. No entanto, não se pode negar: às vezes criar bons laços entre os dois animais pode ser uma tarefa difícil. Por isso, o Patas da Casa preparou um infográfico com algumas dicas de como adaptar cachorro com gato sem grandes problemas. Veja abaixo!

Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?
Ração

Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?

Não importa se é um cachorro grande ou pequeno: todos os animais precisam se alimentar adequadamente, e é para isso que existem as rações. Fonte de nutrientes essenciais para manter a saúde do seu pet em dia, a ração de cachorro pode ser encontrada em diferentes versões (Standard, Premium e Super Premium) e normalmente é indicada para portes e fases da vida específicos. Contudo, ao longo dos últimos anos, a comercialização de produtos voltados para determinadas raças foi se tornando popular. 

Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)
xixi

Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)

Ter um cãozinho vai muito além dos momentos de diversão e fofura: é preciso também saber como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo. Caso contrário, uma situação que pode se tornar muito comum (e desagradável) é encontrar xixi de cachorro pela casa toda. Felizmente, existem algumas técnicas que são bastante úteis na hora de ensinar o animal a fazer xixi e cocô no local adequado.

Ver Todas >

Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?
Comportamento animal

Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?

Passear com o cachorro é um dos momentos mais importantes da rotina de um pet. Além de ser uma atividade super propícia para estreitar os laços com o cãozinho com brincadeiras ao ar livre, também é uma forma de incentivá-lo a fazer novos aumigos e gastar toda a energia acumulada. Os passeios são excelentes aliados para manter a saúde física e mental do pet, mas será que você sabe qual é o tempo ideal para passear com cachorro?

Brincadeiras para fazer com cachorro nos dias chuvosos
Comportamento animal

Brincadeiras para fazer com cachorro nos dias chuvosos

Passear com cachorro é essencial na rotina de qualquer pet. Mas o que fazer nos dias de chuva para suprir essa necessidade? As brincadeiras para cachorro são uma alternativa. Além de gastar a energia e estreitar o relacionamento com o tutor, as brincadeiras servem também como distração para os cães que têm medo de chuva e trovão. É possível usar brinquedos, petiscos e até mesmo os móveis da casa: com um toque de criatividade, você vai conseguir cansar o seu doguinho sem precisar sair na rua nos dias de chuva. 

Gato triste e com saudade de outro gato: veja como ajudar o seu bichano a lidar com separações
Comportamento animal

Gato triste e com saudade de outro gato: veja como ajudar o seu bichano a lidar com separações

Poucas pessoas sabem, mas os gatos sentem saudades e têm diferentes formas de demonstrar isso. Uma situação em que o sentimento pode ser claramente observado é quando dois gatos vivem juntos - mesmo que não sejam irmãos ou mãe e filho -, mas em um determinado momento eles precisam se separar, seja por conta de uma mudança de casa ou porque um deles faleceu.

Brinquedos de nylon para cachorro são seguros para todas as idades e portes?
Comportamento animal

Brinquedos de nylon para cachorro são seguros para todas as idades e portes?

Os brinquedos para cachorro são importantes em todas as fases de vida de um bichinho de estimação. Eles servem para divertir, distrair e até mesmo gastar a energia de um cãozinho. Além das conhecidas bolinhas, existem vários outros tipos de acessórios para a diversão do pet. Os brinquedos de nylon para cachorro podem ser encontrados em diferentes modelos e formatos e são muito indicados, principalmente, para cães que adoram roer tudo. 

Ver Todas >