Cuidados

Dente de cachorro: um guia completo sobre a anatomia, troca de dentes e cuidados com a saúde bucal do pet

O cachorro sorrindo é a cena mais fofa do mundo. Mas você sabia que os dentes de cachorro influenciam a alimentação, comportamentos e até a forma como o animal brinca?
O cachorro sorrindo é a cena mais fofa do mundo. Mas você sabia que os dentes de cachorro influenciam a alimentação, comportamentos e até a forma como o animal brinca?

Apesar de não serem muito lembrados no dia a dia, os dentes de cachorro exercem um papel super importante na vida do animal: alimentação, brincadeiras e comportamentos são influenciados por eles. Para começar, é com essa parte do corpo que os cães (principalmente os bebês) conhecem muitas coisas no mundo. Quando ainda são filhotes de cachorro, aprendem sobre limites: se morder o irmãozinho e ele reclamar, é porque precisa diminuir a força e morder com carinho - ele vai lembrar disso por toda a vida. O processamento dos alimentos que o cachorro come fica por conta deles também.

É com o dente de cachorro, ainda, que o animal pega objetos, brinca sozinho com seus brinquedos ou com os “aumigos” que encontra no parcão. Os dentes de cachorro também são responsáveis pelo pesadelo de todo tutor: a destruição - então, alguns truques e ensinamentos precisam ser aplicados para o animal entender que não pode sair por aí mordendo tudo que vê pela frente. Em cada fase da vida, os dentes de cachorro precisam de cuidados específicos para se manterem saudáveis e exercerem essas funções que moldam toda a vida do animalzinho. Para você entender melhor, o Patas da Casa preparou um guia completo com todas as informações que você precisa saber sobre o dente de cachorro. Chega mais!

Anatomia canina: quantos dentes tem um cachorro?

Antes de saber tudo sobre os dentes de cachorro, é importante entender o básico: a anatomia. Assim como os humanos, os cães têm vários tipos de dentes que exercem variadas funções. Se a sua dúvida é quantos dentes tem um cachorro adulto, a resposta é 42 - divididos entre incisivos, caninos, pré-molares e molares. Veja a diferença entre cada tipo de dente:

  • Os dentes da frente são os incisivos, que contabilizam seis na parte inferior e seis superiores. A principal função dos incisivos é raspar os alimentos - os antepassados dos cães domésticos usavam esses dentes para remover a carne de ossos. Hoje em dia, esses animais utilizam os incisivos para qualquer tipo de raspagem ou na tentativa de remover algo do pelo, como pulgas ou alguma sujeira;
  • Ainda na parte da frente e logo depois dos incisivos vêm os dentes caninos: dois em cima e dois na parte inferior. A anatomia longa e pontiaguda permite perfurar e triturar alimentos. Também é com os caninos que os cachorros seguram objetos que demandam mais força, como brinquedos, ossos e alimentos;
  • Em seguida estão os dentes de cachorro pré-molares: oito na parte superior (quatro de cada lado) e oito na parte de baixo. Esses dentes são mais afiados e utilizados para mastigar ou mesmo triturar alimentos;
  • Na parte de trás da boca estão os dentes molares, usados para quebrar alimentos mais duros ou secos antes da mastigação. Normalmente, o cachorro tem quatro molares na parte de cima e seis inferiores.

Dentição canina: cachorro tem dente de leite? Como cachorro troca de dentes?

A dentição é um processo muito importante (e às vezes bem incômodo) na vida de todo filhotinho. Assim como os humanos, o cachorro tem dente de leite que surge nas primeiras semanas para, então, dar lugar aos dentes permanentes um tempo depois. Essas etapas, claro, são bem mais rápidas do que como acontece com a gente. O filhote de cachorro nasce sem nenhum dente e se alimenta exclusivamente do leite materno. Por volta de 2 a 3 semanas de vida, começam a aparecer os primeiros dentes de leite do cachorro. Até a 8ª semana, mais ou menos, o animal terá 28 dentinhos temporários entre incisivos, caninos e pré-molares (os filhotes não têm dentes molares nessa fase). Esses dentes são pequenos, finos e pontiagudos, quase afiados.

O cachorro troca de dente entre os 4 e 7 meses: os dentes de leite caem para dar lugar aos 42 dentes definitivos. É tudo muito rápido e, às vezes, o tutor sequer percebe - talvez você até encontre seu filhote brincando com um dentinho de leite caído por aí se ele não engolir antes -, mas é possível notar alguns sintomas de dente nascendo em cachorro. O sinal clássico é começar a morder tudo que vê pela frente, inclusive você e outros membros da família, na tentativa de coçar a gengiva e até aliviar algum incômodo. Esse é um momento importante para impor limites ao animal e direcionar o comportamento para um brinquedo ou mordedores específicos.

Nesta fase, você também pode perceber a gengiva do cachorro sangrando de forma leve. Não se preocupe, pois é super normal. É importante observar o animal: a dentição canina pode, inclusive, ser bem dolorosa. Além dos outros sinais mencionados, o cãozinho pode ficar mais apático, ter diarreia e chorar bastante. Se esses sintomas ficarem mais graves, é importante buscar a ajuda de um veterinário.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Dentes de cachorro filhote são bem fininhos e pontiagudos. Entre os 4 e 7 meses, eles caem para dar lugar aos permanentes
    Dentes de cachorro filhote são bem fininhos e pontiagudos. Entre os 4 e 7 meses, eles caem para dar lugar aos permanentes
    Cachorro troca de dente e essa fase costuma ser muito dolorida. Invista em mordedores para aliviar o incômodo
    Cachorro troca de dente e essa fase costuma ser muito dolorida. Invista em mordedores para aliviar o incômodo
    Cachorro filhote tem 28 dentes temporários
    Cachorro filhote tem 28 dentes temporários
    Quantos dentes tem um cachorro? Um adulto possui 42 dentes, entre incisivos, caninos, pré-molares e molares
    Quantos dentes tem um cachorro? Um adulto possui 42 dentes, entre incisivos, caninos, pré-molares e molares
    O cachorro idoso tem os dentes mais desgastados pelo tempo - e também mais frágeis
    O cachorro idoso tem os dentes mais desgastados pelo tempo - e também mais frágeis
    Dentes de cachorro filhote são bem fininhos e pontiagudos. Entre os 4 e 7 meses, eles caem para dar lugar aos permanentes
    Cachorro troca de dente e essa fase costuma ser muito dolorida. Invista em mordedores para aliviar o incômodo
    Cachorro filhote tem 28 dentes temporários
    Quantos dentes tem um cachorro? Um adulto possui 42 dentes, entre incisivos, caninos, pré-molares e molares
    O cachorro idoso tem os dentes mais desgastados pelo tempo - e também mais frágeis

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Como saber a idade do cachorro pelos dentes?

    Ao adotar um cachorro já adulto, é muito comum que o veterinário consiga determinar a idade aproximada dele apenas observando os dentes. Isso porque as características mudam em cada fase de vida do animal. Até 1 ano de vida, por exemplo, é possível observar todos os dentes definitivos, inclusive os molares, que são bem brancos e têm as extremidades arredondadas. Entre 1 ano e meio e 2 anos, os incisivos centrais de baixo adquirem uma forma mais quadrada, já que sofreram um pequeno desgaste, que será mais evidente ainda com o passar dos anos.

    Já depois dos 6 anos de idade, que é quando o animal começa a entrar na velhice, todos os dentes terão as bordas mais quadradas e os caninos ficam mais arredondados. Uma dúvida comum é se o cachorro idoso perde dente nessa fase. Sim, mas isso depende muito mais dos cuidados com a saúde bucal que o animal recebeu ao longo da vida.

    Dente de cachorro e alimentação

    Como você já deve ter percebido, os dentes de cachorro têm um papel essencial na alimentação do animal, com funções bem específicas para facilitar esse processo. Por outro lado, o que seu pet come também interfere na saúde bucal dele. Alimentos não indicados para cães, principalmente os doces, podem afetar muito a saúde geral do cachorro e prejudicarem os dentes também. Normalmente, as rações possuem componentes que auxiliam a manter os dentes fortes e saudáveis - a ração de filhote, por exemplo, tem uma quantidade maior de minerais como cálcio e fósforo, que juntos participam da formação dos dentes. Além da ração, você pode comprar petiscos que possuem substâncias que ajudam a manter os dentes do cachorro limpos e saudáveis.

    O cachorro não pode, em hipótese alguma, ingerir comidas preparadas para humanos. O sal, condimentos e outros temperos podem prejudicar a saúde geral do cachorro - e esses componentes também afetam os dentes. Se ele faz uma alimentação natural, os alimentos devem ser cozidos apenas com água.

    Como cuidar do dente de cachorro na fase adulta e na velhice?

    Os cuidados com os dentes do cachorro devem começar o mais cedo possível (os filhotes são mais adaptáveis). Além das questões que já alertamos sobre a alimentação, é super importante separar na rotina um momento para escovar os dentes do cachorro. Isso vai garantir a ele mais qualidade de vida, principalmente quando for idoso, e evitará problemas como o tártaro e o mau-hálito. 

    Aprender como escovar dente de cachorro é muito fácil. Antes de tudo, providencie uma escova indicada para pets e uma pasta de dente para cachorro. Depois siga alguns passos:

    Passo 1 - Antes de tudo, escolha um momento em que o cãozinho esteja calmo e relaxado. Comece com alguns carinhos na cabeça dele, passando para uma leve massagem no exterior da boca e, por fim, na parte de dentro. Massageie as gengivas do cachorro com o seu dedo para ele se acostumar com o movimento;

    Passo 2 - Antes de inserir a escova de dente para cachorro, deixe que ele cheire e até lambe um pouquinho da pasta para sentir o gosto;

    Passo 3 - Comece passando a escova pelos dentes com movimentos circulares, começando pelos incisivos e seguindo para a parte de trás. É importante abranger os dentes superiores e inferiores;

    Passo 4 - Em seguida, direcione o movimento da gengiva para as pontas dos dentes. É importante alcançar os molares, que estão lá atrás;

    Passo 5 - Quando o animal estiver mais acostumado, tente escovar os dentes pelo lado da língua.

    Nas primeiras vezes, o cachorro vai tentar se desvencilhar. Não force e muito menos tente obrigá-lo a aceitar a escovação, pois isso pode traumatizar o animal e aí será mais difícil ainda no futuro. Assim como qualquer ensinamento, esse é um processo gradual. Para ajudar o cachorro a associar a escovação com algo positivo, não brigue, faça carinhos, elogie e dê petiscos como recompensa ao final. 

    Cuidar dos dentes do cachorro garante a ele mais qualidade de vida
    Cuidar dos dentes do cachorro garante a ele mais qualidade de vida
    O tártaro em cachorro é um problema sério, causado principalmente pelo acúmulo de sujeira
    O tártaro em cachorro é um problema sério, causado principalmente pelo acúmulo de sujeira
    Quer ver seu cachorro mostrando os dentes saudáveis? Escovação e cuidados com a alimentação garantem isso
    Quer ver seu cachorro mostrando os dentes saudáveis? Escovação e cuidados com a alimentação garantem isso
    Escovar os dentes do cachorro evita problemas sérios e que causam incômodos ao animal
    Escovar os dentes do cachorro evita problemas sérios e que causam incômodos ao animal
    Cuidar dos dentes do cachorro garante a ele mais qualidade de vida
    O tártaro em cachorro é um problema sério, causado principalmente pelo acúmulo de sujeira
    Quer ver seu cachorro mostrando os dentes saudáveis? Escovação e cuidados com a alimentação garantem isso
    Escovar os dentes do cachorro evita problemas sérios e que causam incômodos ao animal

    Tártaro em cachorro: problema é evitado com a escovação frequente e outros cuidados

    O tártaro em cachorro - também conhecido como cálculo dentário - é um problema recorrente e resultado do acúmulo de sujeira decorrente da falta de cuidados ao longo da vida do animal. Alimentos não indicados para cães e falta de escovação são as causas mais comuns. Os resquícios de comida e outras coisas que o animal ingere formam uma placa de bactérias. Com o tempo, o dente do cachorro ficará escuro e também pode surgir mau hálito e uma coloração mais avermelhada nas gengivas. À princípio, essas bactérias causam sensibilidade e dor de dente em cachorro, mas elas não param de se desenvolver e podem causar infecções na gengiva e até fazer o dente de cachorro cair. Em casos mais graves, alcançam a corrente sanguínea e chegam a outros órgãos: isso pode causar complicações e até matar o cachorro.

    A limpeza do tártaro em cães é feita pelo veterinário em um procedimento que demanda anestesia geral. A cirurgia, no entanto, não é recomendada para cachorros idosos e animais que possuem algum problema de saúde, como cardiopatias. Neste caso, o profissional vai indicar outras formas de tratamento menos invasivas e com resultados mais demorados. Por isso, procure sempre veterinários de confiança e especialistas no assunto para tratar o tártaro em cachorro.

    Dente de cachorro: cuidado com o que o seu cachorro morde por aí

    Além de tudo o que já falamos, tome cuidado com os brinquedos e móveis que o cachorro pode morder - isso vale tanto para filhotes quanto para cães adultos. Um osso ou outro objeto mais duro pode quebrar o dente do cachorro e abrir o canal, gerando infecções. Observe sempre a boca do seu amigo em busca de algo incomum. Se perceber qualquer coisa, leve-o ao veterinário o quanto antes para uma avaliação.

    Redação: Luana Lopes

    Tela de proteção para cachorro é necessária?

    Próxima matéria

    Tela de proteção para cachorro é necessária?

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais
    Pequenos

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais

    É praticamente impossível não se apaixonar por um cachorro da raça Pug! Com os famosos olhos esbugalhados, focinho achatado e corpo compacto e rechonchudo, o cãozinho é um dos queridinhos dos brasileiros. São tantas características que fazem do Pug um animal único, que fica até difícil saber por onde começar. Pensando nisso, o Patas da Casa preparou uma matéria bem especial para todos os amantes da raça Pug. A seguir, descubra mais sobre a origem, personalidade, cuidados com a saúde e qual é o preço desse doguinho tão carismático!

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante
    Grandes

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante

    Uma das raças de cachorros gigantes mais famosas é a do Dogue (ou Dog) Alemão, que também é conhecida como cão Dinamarquês. O motivo para isso é simples: trata-se da mesma raça do famoso personagem de desenho animado Scooby Doo. Mas a verdade é que o cão Dogue Alemão vai muito além do seu tamanho e aparência robusta: ele é um amigo de quatro patas extremamente leal, dócil e carinhoso. 

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Ver Todas >

    Como funciona o aplicador de comprimidos para gatos?
    Cuidados dos animais

    Como funciona o aplicador de comprimidos para gatos?

    Cuidar da saúde dos gatos não é uma tarefa tão simples, ainda mais quando são diagnosticados com alguma doença que requer o uso de medicamentos. A maioria dos felinos tem o paladar exigente, não gosta de ser "agarrado" no colo e odeia qualquer coisa que o tire da zona de conforto, características que transformam a hora de dar comprimido em um grande desafio. Ainda assim, os remédios não podem deixar de ser administrados. 

    Quais os benefícios de tosar cachorro no calor?
    Cuidados dos animais

    Quais os benefícios de tosar cachorro no calor?

    Quem é pai de pet sabe que o verão e o calor demandam alguns cuidados com os animais de estimação. Além da questão de bem-estar, o tutor também deve estar atento com a saúde do pet. A tosa de verão é uma opção para ajudar a refrescar os cães, mas atenção: nem toda raça de cachorro pode ser tosada. Por outro lado, raças como o Poodle e o Shih Tzu se beneficiam bastante do corte específico nos meses mais quentes do ano. 

    Cachorro pode dormir no ar condicionado? Descubra se faz mal ou não!
    Cuidados dos animais

    Cachorro pode dormir no ar condicionado? Descubra se faz mal ou não!

    O verão é uma época um pouco complicada para os cães. Ao mesmo tempo em que os dias ensolarados permitem mais passeios, mergulhos na piscina e muita diversão, as altas temperaturas também podem fazer com que o cachorro sofra com o calor. Por isso, além de dar bastante água para os peludos nessa época, muitos tutores se perguntam se o cachorro pode dormir no ar condicionado ou se isso pode ser prejudicial para a saúde do animal de alguma forma. 

    Como cuidar da unha do cachorro inflamada?
    Cuidados dos animais

    Como cuidar da unha do cachorro inflamada?

    A unhas do cachorro fazem parte da anatomia das patinhas e, além de ajudarem na sustentação do animal ao se movimentar, funcionam como um mecanismo de defesa. Mas assim como as unhas dos humanos, os cães também precisam de cuidados específicos nessa região, já que as unhas crescem rápido. A unha de cachorro inflamada ou encravada pode causar muito incômodo e dor, necessitando até mesmo de algum procedimento mais complexo dependendo da gravidade da inflamação.

    Ver Todas >