Comportamento animal

Cruzamento de cachorro: tudo que você precisa saber sobre o assunto

Publicado - 22 Março 2024 - 18h55

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

O cruzamento de cachorro é um assunto que desperta a curiosidade da maioria dos tutores. Enquanto alguns se preocupam em evitar que a cadela tenha filhotes, outros buscam conhecer as condições ideais para a geração de uma nova ninhada. Antes de permitir o acasalamento de cães, entretanto, é preciso tomar uma série de cuidados. Continue lendo!

Acasalamento de cão é uma necessidade do animal?

Cachorros não precisam ter filhotes para se sentirem completos ou terem boa saúde, seja física ou emocional. Em outras palavras, para um cão é possível passar a vida toda sem acasalar e sem ter nenhum tipo de prejuízo por causa disso. A castração de cachorro sim pode evitar problemas de saúde, inclusive diminuindo o risco de tumores.

Realizar o cruzamento do cachorro é, portanto, uma decisão do tutor. Antes de bater o martelo, é preciso avaliar impactos para ter uma ninhada de cachorros. Acasalar vem acompanhado de alguns custos como:

Imagem Quiz:Qual a personalidade dominante do seu cachorro?

Qual a personalidade dominante do seu cachorro?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

  • Exames, consultas e medicamentos para mamãe e filhotes;
  • Preço de uma provável cirurgia cesariana;
  • Alimentação e vacinação de toda a ninhada até que os cães completem 45 dias.
cruzamento de cachorro: um cão cheirando o outro

Cruzamento de cachorro: como preparar o pet para esse momento

Se você considerou todos os prós e contras do acasalamento de cachorros e decidiu que pode arcar com essa responsabilidade, precisa também preparar o seu pet para esse momento. Veja a seguir 3 atitudes fundamentais para que o cruzamento de cachorro seja tranquilo e bem sucedido:

1) Antes de permitir o acasalamento de cachorro, faça um check-up na saúde do pet

Nenhum cachorro deve cruzar sem estar com as vacinas em dia, assim como antipulgas e remédios contra vermes. Sem esses cuidados básicos, muitas doenças oportunistas podem surgir, enfraquecendo o organismo do animal. Vale tanto para o caso das fêmeas, que vão gerar cachorrinhos e precisam estar com a saúde perfeita, quanto para os machos que podem transmitir doenças para a parceira durante a interação. O check-up veterinário também é importante para identificar doenças que podem ser transmitidas aos filhotes.

2) Escolhendo o parceiro ideal para o cruzamento de cães

 

Evite que seu cachorro cruze com irmãos ou com outros cães da mesma família: isso também vale para pai e filha, mãe e filho, etc. As chances de os filhotes nascerem com problemas de saúde nesses casos é muito grande. Os parceiros devem ter o tamanho semelhante, para que a fêmea tenha um parto seguro posteriormente. Se o macho for muito maior que ela, os filhotes podem ser maiores do que ela suportará parir sem maiores problemas.

3) Socialização é necessária para que o acasalamento de cachorros seja uma boa experiência

Antes do momento do acasalamento, é indicado que os cães se conheçam e convivam por algumas horas, de preferência em dias diversos, para que se acostumem um ao outro. Leve o casalzinho para o local escolhido para o cruzamento de cachorro acontecer - na casa do macho, de preferência - e supervisione a interação entre eles. Dessa forma, é menos provável que a fêmea rejeite o macho quando estiver pronta para ser fecundada.

Para um cachorro, cruzamento pode acontecer a qualquer momento. Aprenda a identificar qual o período fértil da cadela

A diferença fundamental entre um cão e uma cadela é que cachorros cruzam sempre que têm contato com uma fêmea no cio. Quando não está em seu período fértil, as cachorras tendem a repelir a presença do macho, muitas vezes reagindo com agressividade às tentativas de aproximação do “garanhão”. Entender o cio de cadela, portanto, é fundamental para que o acasalamento de cachorros seja bem-sucedido. Há três fases no ciclo estral:

  • Proestro: é o início da estimulação hormonal do ciclo estral. Com a liberação dos feromônios, os machos começam a se interessar pela fêmea, que ainda não está pronta para o cruzo de cachorro.

  • Estro: na segunda fase do cio ocorre a ovulação, o que permite que a cachorra tenha uma gestação. Ela vai se mostrar mais carinhosa e receptiva aos machos ao redor, podendo até mesmo tentar fugir para encontrá-los.

  • Diestro: a terceira fase garante a manutenção da gestação, quer tenha ela acontecido ou não. Novamente, a cadelinha vai passar a repelir os machos. Podem ocorrer casos de gravidez psicológica durante esse período, que leva entre 56 e 90 dias.

  • Anestro: o intervalo entre as demais fases, que representa a gravidez ou o recomeço do ciclo.

cachorros grudados depois do acasalamento

Quantos dias a cadela fica no cio para cruzar?

Se o objetivo é garantir uma ninhada, é recomendado que o tutor da pet comece a notar os sinais que surgem ainda no proestro, como o aumento da vulva da cadela. Esse período leva de 5 a 10 dias. Aproveite para apresentar o casalzinho durante essa janela, pois a fase seguinte - estro - dura de 3 a 10 dias. Ou seja: para ter os cachorros cruzando no período certo, é bom se planejar. Se a cachorrinha recusar a cópula, deixe que o macho tente novamente no dia seguinte.

Quantas vezes a cadela precisa cruzar para engravidar?

Na maioria dos casos de novas ninhadas de cachorro, cruzamento não precisa ser realizado mais de uma vez para que seja bem-sucedido. Por outro lado, a cadela pode permitir a monta por vários dias seguidos. O tutor é quem deve mediar as interações, levando em consideração que para os cachorros, cruzamento é algo instintivo, mas que eles não entendem muito bem. Permitir a monta apenas uma vez por dia é uma forma de preservar o bem-estar da duplinha!

 

Cachorro cruzando: como o acasalamento acontece de fato

 

Durante o cruzo, cachorro macho vai “abraçar” a fêmea por trás, utilizando as patas dianteiras. A fêmea, por sua vez, vai facilitar a investida do parceiro se mantendo firme sob as quatro patas e afastando um pouquinho sua cauda para uma das laterais.

Eles vão permanecer nessa posição por alguns minutos e, em seguida, unirão bumbum com bumbum, ficando juntinhos por um período de tempo maior, que pode chegar até meia hora. É importante que ninguém tente separá-los nessa hora! No tempo certo, o acasalamento termina e cada cão deve ter seu momento de descanso. Em pouco mais de 2 meses, uma nova ninhada estará pronta para nascer!

Dúvidas comuns sobre a cruza de cachorros

Cachorro cruzando o tempo todo é normal?

O cachorro cruzando com cachorro é um comportamento normal, mas quando isso acontece o tempo todo - inclusive com pessoas - é importante ficar atento. Esse pode ser um sinal de cachorro ansioso e estressado. Provavelmente ele não está gastando energia adequadamente, o que desencadeia esse transtorno.

Cruzamento de cachorro com cadela de tamanho diferente pode acontecer?

O cruzamento de cachorros de tamanhos diferentes não é recomendado. Além de dificultar e prejudicar a penetração, a cadela acaba ficando exposta a vários problemas, inclusive durante a gestação de cachorro. Se for uma cachorrinha muito pequena que cruzou com um cachorro grande, por exemplo, o parto se torna arriscado.

Quanto tempo dura o cruzamento de cachorro?

Geralmente, o tempo da cópula dura entre 15 minutos e uma hora. Depende muito dos cachorros. Acasalamento não deve ser interrompido, e é importante não tentar separar os animais, pode pode machucá-los. Também evite assustá-los jogando água ou algo do gênero — apenas espere o cruzamento de cachorro terminar.

Como fica o cachorro macho depois de cruzar?

Os cachorros ficam grudados depois do acasalamento. Isso acontece porque o pênis do macho aumenta de tamanho e demora para desinchar. Faz parte da anatomia canina, e é um processo que serve para aumentar as chances de fecundação. Não tente separar por conta própria, pois isso pode machucar os animais.

Publicado originalmente em: 27/02/2023
Atualizado em: 22/03/2024

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas