Raças

Conheça 6 raças de gatos carinhosos e se apaixone!

Gatos carinhosos: descubra as raças que mais amam um chamego com seus donos!
Gatos carinhosos: descubra as raças que mais amam um chamego com seus donos!

Muitas vezes os gatos são associados um comportamento distante e independente, mas só quem tem um felino em casa sabe como eles podem ser carinhosos. Alguns são tão apegados à família que chegam a ser parecidos com os cachorros. Algumas raças, então, possuem essa característica até bem acentuada. São gatinhos que amam estar com seus donos, gostam de colo, de dormir agarradinho e adoram ronronar para pedir carinho. Ficou curioso? Então chega mais para conhecer essas raças de gatos carinhosos!

1) Gato Persa: o gato mais sociável que existe

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Gato Persa: esse felino muito sociável ama estar perto de seus donos
    Gato Persa: esse felino muito sociável ama estar perto de seus donos

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    O Persa é um gato extremamente sociável. É aquele felino que se dá muito bem com humanos, sendo carinhoso, calmo e dócil. O Persa é uma boa escolha para quem mora sozinho e procura uma boa companhia, mas ele também se adapta bem com famílias que buscam um peludinho para amar. A única questão são os cuidados que a raça demanda: por ter um focinho mais achatado, o gato persa pode apresentar alguns problemas. O Persa é um gato bem leal, por isso costuma sofrer muito ao ser deixado de lado. 

    2) Maine Coon: amor de sobra em formato gigante

    Maine Coon: essa raça de gato gigante não gosta muito de colo, mas segue seus donos em todos os cantos
    Maine Coon: essa raça de gato gigante não gosta muito de colo, mas segue seus donos em todos os cantos

    O Maine Coon é aquele gato-cachorro: segue todo mundo pela casa. Esses bichanos são uma companhia bem intensa, daquelas que faz questão de estar perto e, sempre que possível, de pedir e oferecer um carinho para seus tutores. Eles não gostam muito de colo, mas são carinhosos e uma ótima companhia para crianças.

    3) Ragdoll: carentes, peludos e que amam colo

    Ragdoll: esses gigantes são perfeitos para carregar no colo, além de amarem carinho!
    Ragdoll: esses gigantes são perfeitos para carregar no colo, além de amarem carinho!

    O Ragdoll é um gatinho muito fofo que ama ser agarrado. Companheiros, gatos dessa raça adoram ficar perto de seus donos e se sentem mal se não recebem atenção - não são tão independentes como os outros. Pelo seu temperamento dócil e por ser muito carinhoso, é uma raça muito utilizada como gato de apoio emocional, ou seja, felinos que ajudam pessoas com problemas psicológicos, como ansiedade e depressão. São gatos bons para uma família com crianças. 

    4) Gato Sagrado da Birmânia: temperamento calminho

    Gato Sagrado da Birmânia: esses bichanos são calmos e ótimas companhias para crianças
    Gato Sagrado da Birmânia: esses bichanos são calmos e ótimas companhias para crianças

    Algumas teorias dizem que o gato Sagrado da Birmânia surgiu em templos budistas. Por isso, talvez, tenha um temperamento tão calmo e seja um felino que não se opõe a carinho. Ele não é ciumento e pode conviver com outras pessoas e animais. Por outro lado, pode não gostar de pessoas estranhas. São gatos quietos, que não são agitados e não gostam de muita bagunça. Ideal para apartamentos, famílias pequenas e pessoas que moram sozinhas.

    5) Gato Siâmes: o gatinho que gosta de ser o centro das atenções

    Siâmes: esse gato ama atenção e dá muito carinho aos seus donos
    Siâmes: esse gato ama atenção e dá muito carinho aos seus donos

    O gato Siamês é muito esperto e também parece um cão: gosta de ser o centro das atenções e faz de tudo para chamar a atenção de seus donos. Com desconhecidos, porém, esse gatinho nem sempre pode ser receptivo. Por isso, se você costuma receber muitas pessoas em sua casa, talvez seja melhor um gato que não seja tão dependente, pois a situação pode se tornar muito estressante e desagradável para o pequeno Siâmes. 

    6) Gato Vira-lata: altas doses de amor e gratidão em um gatinho só 

    Gatos Carinhosos: o vira-lata só quer dar e receber amor!
    Gatos Carinhosos: o vira-lata só quer dar e receber amor!

    Alguns gatinhos vira-lata são bem carinhosos. Você não tem certeza do que vai encontrar ali, mas alguns vêm com essa característica bem marcante. Vale a pena arriscar na escolha desse bichano, que com certeza tem amor de sobra para oferecer! 

    Como fazer carinho no gato?

    Alguns gatos gostam bastante de carinho, mas não significa que aceitam ser tocados em qualquer parte do corpo. O carinho no gato tem que ser delicado, afinal, eles são animais menores e não têm a mesma energia e tamanho de um cão, por exemplo. Para saber como fazer carinho no gato, você tem que tentar e perceber como o animal reage. Se ele ronronar ou amassar sua mão com patinhas é sinal de que o chamego está sendo apreciado. Nesses casos, o gato pedindo carinho será bem comum na sua casa. Por outro lado, se ele fugir é sempre melhor não se aproximar tanto ou esperar que venha até você. Lembre-se também que a maioria dos gatinhos não gostam de carinho na barriga, então procure outras partes do corpo, como orelhas, cabeça e embaixo do queixo. 

    Redação: Júlia Cruz

     

    Brinquedos para cachorro com barulho: por que eles amam tanto?

    Próxima matéria

    Brinquedos para cachorro com barulho: por que eles amam tanto?

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Gato Angorá: conheça todas as características da raça!
    Raças

    Gato Angorá: conheça todas as características da raça!

    Pelagem branca, olhos claros, orelhas grandes e pontiagudas: essas são as características mais comuns do gato Angorá. A raça é muito antiga e esbanja beleza por onde passa. De origem turca, hoje em dia é até raro encontrar por aí um felino dessa raça - os Angorás chegaram até a ser considerados extintos depois da Segunda Guerra Mundial. A elegância desse gatinho tem tudo a ver com a sua personalidade: muito sociável, o gato Angorá é uma ótima companhia e ama um bom carinho. Para conhecer mais sobre essa raça, preparamos um material com as principais informações sobre ela, desde curiosidades até os principais cuidados com a saúde. Chega mais!

    Ragdoll: cuidados, personalidade e curiosidades... Conheça mais sobre essa raça de gatos gigantes
    Raças

    Ragdoll: cuidados, personalidade e curiosidades... Conheça mais sobre essa raça de gatos gigantes

    O Ragdoll é uma raça de gatos gigantes, bem peludinhos e muito ativos. A raça nasceu nos Estados Unidos, a partir de uma série de cruzamentos, e só chegou ao Brasil no início da década de 1980. A história é bem curiosa, mas o que chama a atenção mesmo é o resultado: um gato enorme e super fofo. O Ragdoll é uma raça muito carinhosa e que gosta daquele colinho gostoso do dono. Ou seja: é uma ótima companhia para outros animais (incluindo cães), crianças, adultos e idosos. Conheça mais sobre essa raça e se apaixone também!

    Cornish Rex: conheça essa raça de gato exótico e suas características físicas e comportamentais
    Raças

    Cornish Rex: conheça essa raça de gato exótico e suas características físicas e comportamentais

    O Cornish Rex é considerado uma das raças de gato mais exóticas, principalmente no Brasil, onde ainda não é muito comum. Esse gatinho de origem inglesa é apaixonante e é conhecido por ser muito companheiro. Dono de características físicas marcantes, com os pelos enrolados, e uma personalidade encantadora, o Cornish Rex tem tudo para conquistar seu coração. Ficou curioso para conhecer esse gato de raça?

    Ver Todas >

    Cachorro na janela do carro: por que eles amam tanto?
    Comportamento animal

    Cachorro na janela do carro: por que eles amam tanto?

    É bem provável que você já tenha visto um cachorro na janela do carro curtindo o ventinho no rosto ou até tenha presenciado o seu doguinho fazer isso. Essa é uma situação super comum, principalmente quando os donos decidem viajar com cachorro de carro ou nas idas para o veterinário. Mas já parou para se perguntar por que esses bichinhos gostam tanto de ficar com a cabeça na janela? Será que é só por uma questão de aventura, ou existe explicação por trás do comportamento?

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?
    Comportamento animal

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?

    Quem nunca viu um cachorro correndo atrás de uma bola? A  bolinha para cachorro  é clássica e um dos brinquedos preferidos desses animais. Qualquer cãozinho quando vê uma bola se diverte bastante, principalmente aqueles mais energéticos e ativos. Porém, engana-se quem pensa que toda bolinha é igual, porque há uma infinidade de modelos que podem ser comprados. Não existe um melhor que o outro, mas sim o que é mais adequado para cada tipo de cachorro, levando em conta a idade, tamanho e nível de energia.

    Adestrar gato: como é o processo de aprendizagem dos felinos? (spoiler: é bem diferente dos cães)
    Comportamento animal

    Adestrar gato: como é o processo de aprendizagem dos felinos? (spoiler: é bem diferente dos cães)

    O adestramento de cachorro é super conhecido por aí, mas algumas pessoas não sabem que os gatos domésticos também pode ser treinados. Adestrar gato também promove muitos benefícios à rotina do pet, além de aproximá-lo do tutor e mudar comportamentos inadequados. No entanto, o processo de adestramento do gato é bem diferente do que já estamos acostumados com os cães. 

    Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil
    Comportamento animal

    Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil

    Um dos grandes desafios que vários tutores enfrentam é não saber como socializar gatos corretamente, o que pode desencadear problemas de convivência, como ciúmes e brigas. Normalmente, o período mais indicado para fazer a socialização é quando o gato ainda é um filhotinho, porque ele ainda está se adaptando ao mundo e fica mais fácil de apresentá-lo a novas experiências. 

    Ver Todas >