close
Saúde

Conchectomia: saiba os perigos de cortar orelha de cachorro

Já ouviu falar na conhectomia? Entenda como cortar a orelha de cachorro pode ser prejudicial para o animal
Já ouviu falar na conhectomia? Entenda como cortar a orelha de cachorro pode ser prejudicial para o animal

Já percebeu que alguns cachorros têm uma orelha menor do que outros da mesma raça? Muitas vezes, a explicação para isso é uma prática que consiste em cortar orelha de cachorro, também conhecida como conchectomia. Assim como a caudectomia, que é o corte do rabo de cachorro, a conchectomia em cães é um crime previsto por lei e que pode trazer sérias complicações para a saúde e bem-estar do animal. Geralmente, os tutores que optam pelo procedimento o fazem por meras questões estéticas, mas será que eles sabem os riscos que isso pode representar para o seu amigo de quatro patas? Para te alertar sobre os perigos da conchectomia, o Patas da Casa reuniu as principais informações sobre essa prática. Veja a seguir!

Entenda o que é a conchectomia e como essa prática surgiu

Apesar do nome difícil, a conchectomia é um procedimento cirúrgico que se tornou muito comum em algumas raças de cães e que nada mais é do que um corte de orelha de cachorro. Mas afinal, o que leva os tutores a procurar por essa técnica? Bom, a verdade é que a conchectomia em cães geralmente é procurada para satisfazer desejos estéticos por parte do tutor, e que nada tem a ver com a saúde do animal. Ou seja, os humanos recorrem a ela para tentar deixar os cachorros com uma aparência mais “agradável” aos olhos deles e como uma forma de adequá-los a um padrão que não é o natural. Contudo, por ser uma técnica que traz mais malefícios do que benefícios ao cãozinho, essa prática hoje em dia é considerada crime. Além disso, vale destacar que cortar orelha de cachorro prejudica bastante a comunicação canina, já que essa parte do corpo do cachorro também é uma ferramenta de linguagem corporal.

5 raças em que o corte de orelha de cachorro ficou comum:

1) Pitbull
2) Doberman
3) Boxer
4) Dogue Alemão
5) American Bully

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    O corte de orelha de cachorro é bem comum na raça Pitbull
    O corte de orelha de cachorro é bem comum na raça Pitbull
    Conchectomia: esse é um Pitbull depois de passar pelo procedimento
    Conchectomia: esse é um Pitbull depois de passar pelo procedimento
    O Doberman também é outra raça que costuma sofrer com a conchectomia
    O Doberman também é outra raça que costuma sofrer com a conchectomia
    Como o Doberman é muito utilizado como cão de guarda, o corte de orelhas o deixa com uma aparência mais intimidadora
    Como o Doberman é muito utilizado como cão de guarda, o corte de orelhas o deixa com uma aparência mais intimidadora
    O Boxer é outra raça de cachorro que costuma ter as orelhas cortadas
    O Boxer é outra raça de cachorro que costuma ter as orelhas cortadas
    Conhectomia: é assim que o Boxer fica depois de passar pela intervenção cirúrgica
    Conhectomia: é assim que o Boxer fica depois de passar pela intervenção cirúrgica
    O Dogue Alemão é muito conhecido pelas suas grandes orelhas
    O Dogue Alemão é muito conhecido pelas suas grandes orelhas
    Imagem de um Dogue Alemão depois do corte de orelha de cachorro
    Imagem de um Dogue Alemão depois do corte de orelha de cachorro
    A raça de cachorro American Bully não tem uma orelha tão grande assim, mas também sofre com a conchectomia
    A raça de cachorro American Bully não tem uma orelha tão grande assim, mas também sofre com a conchectomia
    É assim que o American Bully depois de ter as orelhas cortadas
    É assim que o American Bully depois de ter as orelhas cortadas
    O corte de orelha de cachorro é bem comum na raça Pitbull
    Conchectomia: esse é um Pitbull depois de passar pelo procedimento
    O Doberman também é outra raça que costuma sofrer com a conchectomia
    Como o Doberman é muito utilizado como cão de guarda, o corte de orelhas o deixa com uma aparência mais intimidadora
    O Boxer é outra raça de cachorro que costuma ter as orelhas cortadas
    Conhectomia: é assim que o Boxer fica depois de passar pela intervenção cirúrgica
    O Dogue Alemão é muito conhecido pelas suas grandes orelhas
    Imagem de um Dogue Alemão depois do corte de orelha de cachorro
    A raça de cachorro American Bully não tem uma orelha tão grande assim, mas também sofre com a conchectomia
    É assim que o American Bully depois de ter as orelhas cortadas

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Cortar orelha de cachorro traz algum benefício?

    Alguns tutores tentam argumentar que existem, sim, certas vantagens na conchectomia em cães, mas esse pensamento está totalmente equivocado. Ao contrário do que eles dizem, não existe nenhuma comprovação de que cortar orelha de cachorro ajuda a evitar problemas no ouvido dos cães. Na verdade, a melhor forma de prevenir infecções e outros incômodos nessa região é com cuidados específicos, como limpar o ouvido do cachorro regularmente. Além disso, vale destacar que a conchectomia em cães é um procedimento extremamente doloroso e que pode ser bastante prejudicial para a saúde do seu amigo. Não vale a pena arriscar, né?

    Conchectomia em cães pode trazer diversas consequências para a saúde do animal

    Cortar a orelha de cachorro é uma prática totalmente desnecessária e que não traz absolutamente nenhum benefício para a saúde do seu cão. Muito pelo contrário: é um procedimento invasivo, doloroso e que pode gerar um grande trauma na vida do animal. Até mesmo porque, embora alguns veterinários infrinjam a lei e façam a conchectomia em cães, existem grandes riscos de infecções cirúrgicas após o corte de orelha de cachorro. Com o corte, o canal auditivo do animal também fica mais exposto para entrar água, insetos e parasitas. 

    Cortar orelha de cachorro é crime, não submeta seu doguinho a esse procedimento!

    Além de ser uma experiência bastante traumática para os cães, a conchectomia é crime previsto no artigo 39 da Lei de Crimes Ambientais, que proíbe os maus-tratos de animais e a mutilação deles. Desta forma, qualquer veterinário envolvido com essa prática corre o risco de ter o registro suspenso e, portanto, não vai mais poder atuar na profissão. Além do mais, a pena de detenção pode ser de 3 meses a 1 ano e ainda precisa pagar uma multa. Viu como isso é sério? Então, nem pense em cortar orelha de cachorro! E se você conhece alguém ou algum lugar que oferece esse tipo de serviço, não hesite em denunciar. Todo tipo de crueldade animal deve ser banida!

    Redação: Juliana Melo

     

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães

    Próxima matéria

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro

    O que não faltam são raças de cachorro para a gente se apaixonar, e o Kelpie Australiano é só mais um doguinho dessa lista! De origem australiana, esse é um dos poucos cães que foram desenvolvidos no país - mas isso não foi um impedimento para logo depois conquistarem muitos fãs ao redor do mundo. Com um jeitinho bem amigável, brincalhão e inteligente, o Kelpie Australiano - também chamado de Australian Kelpie - tem tudo para ser uma companhia incrível para o seu dia a dia. 

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena
    Pequenos

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena

    Para quem sempre sonhou em ter um cachorro de raça pequeno, o Boston Terrier é a companhia certa! Embora ele ainda seja muito confundido com o Bulldog Inglês, o cãozinho desta raça tem qualidades únicas e excepcionais. Amigáveis, brincalhões e com muita energia, os cachorros da raça Boston Terrier são muito fáceis de lidar no dia a dia e amam agradar seus tutores. Além disso, eles são super adaptáveis e conseguem conviver bem em praticamente qualquer lugar. 

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante
    Grandes

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante

    Uma das raças de cachorros gigantes mais famosas é a do Dogue (ou Dog) Alemão, que também é conhecida como cão Dinamarquês. O motivo para isso é simples: trata-se da mesma raça do famoso personagem de desenho animado Scooby Doo. Mas a verdade é que o cão Dogue Alemão vai muito além do seu tamanho e aparência robusta: ele é um amigo de quatro patas extremamente leal, dócil e carinhoso. 

    Pinscher: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Raças

    Pinscher: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    É impossível não lembrar do Pinscher ao pensar nas raças de cachorro mais populares que existem. O cachorro Pinscher é a prova viva de que tamanho não é documento. Apesar de ser um cachorro pequeno, ocupa um espaço enorme no coração dos brasileiros. A fama de Pinscher bravo que carrega faz com que muita gente o associe a um cão problemático, mas a verdade é que o cachorro da raça Pinscher tem mais valentia do que raiva: ele vai fazer de tudo para proteger seu lar de qualquer ameaça.

    Ver Todas >

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos
    Saúde animal

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos

    Você já ouviu falar em fluidoterapia em gatos? Muito comum em casos de insuficiência renal em gatos, a fluidoterapia em felinos é um tratamento de suporte que promove a hidratação do animal. É um procedimento versátil que pode ser aplicado de diversas maneiras e com fluidos específicos para cada situação. Para tirar todas as dúvidas sobre a fluidoterapia em gatos, o Patas da Casa conversou com a veterinária especialista em gato e dona do Diário Felino Jéssica de Andrade.

    Gato com FIV pode conviver com outros gatos?
    Saúde animal

    Gato com FIV pode conviver com outros gatos?

    A FIV felina é considerada uma das doenças mais perigosas. Além de toda a preocupação ao resgatar ou adotar um gatinho, existe outra questão que precisa de cuidado: a fácil transmissão. Existem testes que detectam a patologia, e é necessário realizá-los antes de levar um novo gato para casa - especialmente se tiver outros gatos. O gato com FIV pode acabar transmitindo a doença para os outros residentes se não houver nenhum tipo de cuidado.

    Vermes em gatos: saiba mais sobre a dirofilariose felina
    Saúde animal

    Vermes em gatos: saiba mais sobre a dirofilariose felina

    A dirofilariose em gatos é uma doença em que os parasitas se alojam na corrente sanguínea do pet e pode chegar até o coração - por isso também é chamada de doença do verme de coração. O problema é uma das doenças causadas por tipos vermes de gato. A dirofilariose também pode atingir os cães e é temida por ser uma complicação de saúde muito perigosa para ambos os pets. 

    Dermatofitose em gatos: saiba mais sobre essa doença muito comum e silenciosa
    Saúde animal

    Dermatofitose em gatos: saiba mais sobre essa doença muito comum e silenciosa

    A dermatofitose em gatos é uma doença de pele silenciosa, porém muito comum de acontecer com os felinos. Mesmo que muitas vezes seja difícil de ser identificada, essa doença é altamente contagiosa e é classificada como uma zoonose, ou seja, também é transmissível para os humanos. Por isso, saber mais sobre os sintomas de dermatofitose é muito importante não só para o bem-estar de seu gato, como também do próprio tutor.

    Ver Todas >