Gato

Como saber se a gata tem leite? Veja essa e outras dúvidas esclarecidas por uma veterinária

Publicado - 02 Dezembro 2021 - 19h18

Atualizado - 15 Maio 2024 - 17h54

Quanto tempo dura a amamentação dos gatos? Essa é uma dúvida recorrente de muitos tutores, principalmente durante a gestação e pós-parto de felinos. Assim como todos os mamíferos, o leite materno é o primeiro alimento que os filhotes precisam nessa fase. Ele tem todos os nutrientes necessários para auxiliar no desenvolvimento do animal, melhorar sua imunidade e até mesmo criar anticorpos. Seja para descobrir como saber se a gata tem leite ou quais são os cuidados pós-parto de gato, é importante estar preparado para saber como lidar com esse período. Para te ajudar, o Patas da Casa conversou com Vanessa Zimbres, médica veterinária especialista em gatos, para esclarecer todas as dúvidas sobre a amamentação felina!

Amamentação felina: por quanto tempo os gatos mamam?

Os filhotes de gato, assim que nascem, buscam o leite materno nas primeiras horas de vida. Além de alimentar e nutrir, o momento da amamentação é muito importante para que eles criem vínculos com a mamãe gata. Nas primeiras semanas, o leite materno vai ser a única fonte de alimentação dos filhotes de gato. “O período de aleitamento exclusivo dos gatinhos é composto pelas primeiras quatro semanas de vida. Na fase inicial, durante as primeiras horas de vida, é secretado o colostro, que é rico em imunoglobulinas e confere uma imunidade passiva ao filhote, ou seja, nessa fase os gatinhos recebem os anticorpos já prontos da mãe. Após o parto, os gatinhos começam a mamar aproximadamente em duas horas”, explica Vanessa Zimbres.

Além disso, outra dúvida muito recorrente é sobre quando o gatinho deve deixar de mamar. A veterinária explica: "O período pré-desmame, que consiste em uma transição alimentar, se inicia entre terceira e a quinta semana, onde os filhotes vão, naturalmente, se interessando por outros alimentos que sejam oferecidos gradualmente, até que o desmame seja feito por completo em aproximadamente sete semanas de vida."

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Como amamentar filhote de gato que foi resgatado sem a mãe?

Cuidar de filhote de gato é algo que demanda uma atenção especial, mas quando falamos de felinos resgatados da rua esse cuidado é ainda mais importante. Por isso, muita gente fica sem saber como amamentar filhote de gato nesse contexto. O ideal é sempre procurar por uma gata amamentando para dar leite para o órfão, porém nem sempre isso é possível. No entanto, é possível encontrar fórmulas específicas para gatinhos filhotes, como explica a médica veterinária Vanessa: “Existem, no mercado, diversos produtos substitutos do leite para gatinhos, sendo essa a forma mais segura de alimentar os filhotes. Receitas se substitutos de leite caseiro podem ser utilizados, mas é difícil determinar a real absorção do alimento e a quantidade a ser oferecida. Normalmente, na primeira semana, o gatinho deve ser alimentado sete vezes ao dia, depois a frequência de alimentação vai diminuindo com o passar das semanas e a quantidade de leite por mamada vai aumentando. Os produtos comerciais já fornecem esse cálculo, por isso, a facilidade em utilizá-los.”

Para saber se o alimento está sendo eficaz é importante acompanhar o ganho de peso e crescimento dos gatinhos, o auxílio de um veterinário é primordial. Além do cuidado com a alimentação do gato filhote órfão, o tutor deve se atentar ao aquecimento do felino, estímulo de micção, higienização e descanso.

 

Gata deitada amamentando
Cuidados pós-parto de gato são essenciais para bem-estar da mãe e seus filhotes

 

Quais são os cuidados pós-parto de gato?

 

Muito se fala sobre os cuidados pós-parto de gato, mas você sabe quais são eles? Pouca gente sabe, mas não são só os filhotes de gato que precisam de atenção, a mãe gata também vai precisar de alguns cuidados específicos no pós-parto. “Deve-se disponibilizar para a gatinha um local tranquilo, aquecido, com tudo o que ela precisa próximo, como boa alimentação, água limpa e fresca e caixa de areia. A necessidade energética dela se mantém alta, portanto, deve-se manter a alimentação específica para gatas prenhes ou de filhotes até entre a quinta e a sétima semana do pós-parto, que é o período de amamentação. Se a ninhada for numerosa e a gata estiver perdendo peso, é recomendado suprir as necessidades energéticas ou auxiliar na amamentação dos filhotes, oferecendo também um substituto do leite”, detalha a especialista.

Gata amamentando: leite pode empedrar?

Quando a gata amamentando não recebe os cuidados necessários, aumenta o risco de alguns problemas durante o processo de amamentação. Um dos mais conhecidos é quando o leite empedra. “Pode ocorrer, especialmente se existe algum problema de excesso de leite e poucos filhotes. O recomendado, inicialmente, e em casos simples, é fazer uma compressa com água morna na tentativa de amolecer o leite. Mas em casos mais graves, buscar atendimento veterinário especializado é recomendado para descartar uma possível infecção ou inflamação das glândulas mamárias e para a instituição do tratamento adequado. Usar fármacos por conta própria para "secar" o leite da gata é contraindicado.”

Afinal de contas, como saber se a gata tem leite?

A pergunta que não quer calar é: como saber se a gata tem leite? Mesmo que pareça muito complicado, desvendar esse mistério é mais fácil do que imaginamos. “As mamas da gata ficam aumentadas e é possível observar o leite ao fazer uma discreta pressão na região de mamas e mamilos. No entanto, dependendo do tamanho da ninhada, a quantidade de leite pode ser insuficiente para manter um bom crescimento e ganho de peso aos filhotes. Portanto, além de observar a produção de leite da gata, deve-se atentar também para o crescimento dos filhotes”, conta a profissional.

Redação: Hyago Bandeira

Cachorro

Sarna em cachorro: 5 sinais para identificar a doença de pele e opções de tratamento

A sarna em cachorro é uma das doenças mais conhecidas entre os tutores, mas as características dela ainda geram muitas dúvidas. Prov...

Adoção

8 características do Gato de Pelo Curto Inglês (British Shorthair)

Você conhece o gato de Pelo Curto Inglês? Esse é um felino bastante apreciado por gateiros no geral, principalmente por conta da sua...

Cuidados

Quantos anos vive um gato? 5 perguntas e respostas sobre a idade dos gatos

Uma pergunta que, mais cedo ou mais tarde, todo tutor faz é: quantos anos vive um gato? E a verdade é que se o pet receber todos os ...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Cachorro

Sarna em cachorro: 5 sinais para identificar a doença de pele e opções de tratamento

A sarna em cachorro é uma das doenças mais conhecidas entre os tutores, mas as características dela ainda geram muitas dúvidas. Prov...

Adoção

8 características do Gato de Pelo Curto Inglês (British Shorthair)

Você conhece o gato de Pelo Curto Inglês? Esse é um felino bastante apreciado por gateiros no geral, principalmente por conta da sua...

Cuidados

Quantos anos vive um gato? 5 perguntas e respostas sobre a idade dos gatos

Uma pergunta que, mais cedo ou mais tarde, todo tutor faz é: quantos anos vive um gato? E a verdade é que se o pet receber todos os ...

Cachorro

"Hachiko - Para Sempre": novo filme inspirado na comovente história do leal cachorro japonês chega aos cinemas

Se você é uma daquelas pessoas que amam um bom filme de cachorro, temos uma boa notícia: um novo longa-metragem chegou aos cinemas n...

Ver todas