Imagine uma cidade dos gatos, repleta de felinos fofos e adoráveis. Essa visão encantadora não é apenas fruto da imaginação, mas uma realidade em uma das cidades mais belas da Turquia: Istambul. Nas ruas desta cidade, é possível ver que os gatos são não apenas tolerados, mas profundamente respeitados, amados e cuidados. Para saber mais sobre a cidade de Istambul, gatos e história por trás dessa relação, vem conferir as informações que o Patas da Casa trouxe pra você e um vídeo que mostra como esses animais são tratados.

Seu gato é mais sociável, carente ou independente?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Vídeo mostra porque Istambul é considerada a cidade dos gatos

Se você não sabe qual é a capital dos gatos, fique sabendo que definitivamente é Istambul. Conhecida como a cidade dos gatos, os moradores de Istambul convivem com milhares de gatinhos espalhados pela rua numa boa. A convivência entre os moradores e os felinos é de muito respeito, amor e carinho mútuo. Os animais vagueiam pelas ruas livremente, distribuindo o seu amor de gato para a população e turistas. Além disso, o próprio governo do país valoriza esses felinos e oferece os cuidados que eles precisam para viverem bem, como alimentação animal. Em um vídeo publicado nas redes sociais, uma moradora da cidade mostra a iniciativa das autoridades em construírem casinhas para gatos por toda a extensão da rua para que os felinos possam se abrigar do sol e da chuva. Veja o vídeo: 

Porque tem muito gato em Istambul?

Há séculos, os gatos são os protagonistas da cidade de Istambul, localizada na Turquia. Segundo a história, existem alguns motivos para se ter tantos felinos na cidade, mas o curioso é que todos eles se resumem a uma razão: os ratos. O primeiro deles é que os gatos foram trazidos para a Turquia para caçar roedores que invadiam casas e consumiam alimentos dos moradores. Da mesma forma, acredita-se que os gatos atuavam como protetores da cultura de Istambul, protegendo os livros de roedores. 

A última hipótese é que os gatos eram usados por marinheiros das embarcações para salvaguardar a comida dos tripulantes. Como Istambul é uma cidade cercada por portos marítimos, ao atracar na cidade, alguns felinos saíam para dar uma voltinha e nunca mais voltavam aos barcos. 

Documentário sobre gatos em Istambul mostra rotina dos felinos

A diretora de cinema Cedya Torun quis mostrar a relação peculiar da Turquia com os felinos gravando um documentário sobre gatos em Istambul. De origem turca, ela passou parte da infância na cidade, então pode ver de perto como a comunidade se envolve nos cuidados com os gatos. Ela decidiu então então registrar a rotina de sete gatinhos para mostrar como a presença deles impacta a cidade e os humanos com os quais eles convivem.  A união do documentário, gatos, Istambul resultou em uma produção super divertida e sensível.

Gato na turquia sentado em cima de pedra próximo ao marGato na Turquia, a cidade dos gatos, sentado na ruaGato na Turquia em muro de casa

Gatos em Istambul são tratados como reis

Embora muitas pessoas critiquem a quantidade de gatos na rua, engana-se quem pensa que eles não são bem tratados em Istambul. Pelo contrário, as autoridades cuidam dos felinos e ainda estimulam a comunidade a fazer o mesmo. Diariamente é distribuído cerca de uma tonelada de ração para gatos pelas ruas, e moradores também fazem questão de alimentar e dar carinho para os felinos adoráveis da cidade. Além disso, eles recebem auxílio veterinário, passam por cirurgia de castração de gato e ainda há um programa de controle de zoonoses. No entanto, nas regiões mais pobres de Istambul, há relatos de que os gatos não recebem os mesmos cuidados que os da região central da cidade. De acordo com turistas e moradores, eles são mais magros, mais ariscos e não recebem tanta atenção das autoridades. 

Qual o significado do gato na Turquia?

Os gatos são parte fundamental da cultura turca. Para eles, os gatinhos fazem parte da vizinhança e devem ser bem tratados pela comunidade. Como grande parte dos turcos são muçulmanos, os gatos são vistos como animais sagrados. Os gatos na Turquia eram - e continuam sendo - considerados protetores da cidade de Istambul, especialmente contra roedores. 

Quantos gatos existem em Istambul? 

A estimativa é de que existem aproximadamente 125 mil gatos em Istambul. Em 2021, a Turquia criou uma lei que tornou obrigatório a castração de gatos de rua no país. Com as políticas públicas de castração e controle populacional, a tendência é que, no futuro, esse número diminua. 

Cachorros não são tão adorados como os gatos na Turquia

Infelizmente, o amor pelos gatos não é retribuído para os cães. Durante os anos 90 e 2000, não era incomum encontrar um cachorro intoxicado com veneno nas ruas de Istambul. A crueldade contra os cãezinhos da cidade acabou gerando manifestações que pressionaram a Turquia a tomar uma atitude em relação a violência contra os animais. A repercussão deu certo, e a Turquia estabeleceu uma nova lei que tornou crime maltratar, torturar ou deixar os animais sem água e comida.