Adestramento

Como ensinar cachorro a não revirar lixo? Veja as dicas de um adestrador para corrigir esse problema

Como ensinar cachorro a não mexer no lixo? Aprenda com técnicas simples!
Como ensinar cachorro a não mexer no lixo? Aprenda com técnicas simples!

O processo de como ensinar cachorro a ter um comportamento melhor vai além dos truques. O cachorro revirando lixo é mais comum do que se pensa. Seja para matar a fome, saciar a curiosidade ou acabar com o tédio: muitos cães não resistem à tentação de mexer nas lixeiras da casa. Mas esse tipo de comportamento não é nada bom, né? Além de causar dor de cabeça para os tutores que vão ter que limpar a bagunça, essa também é uma situação que pode trazer vários riscos para a saúde do cachorro. Então, como ensinar seu cachorro a não mexer no lixo? Para ajudar a responder essa pergunta, entrevistamos o adestrador de cães Max Pablo, do Rio de Janeiro. Veja só algumas dicas que ele deu!

O que leva o cachorro a revirar o lixo e por que isso pode ser prejudicial?

Por mais que alguns cachorros tenham tendência a ter esse tipo de comportamento, essa é uma atitude que não deve ser naturalizada e é importante evitá-la ao máximo. Mas afinal, o que leva o cãozinho a fazer isso? Segundo Max, muitas vezes o que motiva o cachorro a revirar o lixo é o anseio para encontrar restos de comida humana, tédio e, em alguns casos, isso também pode ser derivado da falta de limites imposta pelo tutor. O problema nisso tudo é que, ao mexer no lixo, o cãozinho pode sofrer sérias consequências. “Isso pode causar intoxicação alimentar e até mesmo ferimentos, dependendo do tipo de material que houver dentro do lixo”, conta o adestrador de cães. Desta forma, o melhor a se fazer é buscar alternativas de como ensinar cachorro a não revirar o lixo.

Saiba como ensinar seu cachorro a não mexer no lixo

Apesar de ser uma situação chata para o tutor, Max afirma que é totalmente possível reverter esse tipo de comportamento com algumas técnicas. “Utilizar os conceitos de obediência básica, liderança e demarcando limites, sempre exercitar seu cão para que ele não se sinta entediado durante o dia e, em último caso, por a lixeira fora do alcance dos cão”, orienta.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Ensinar cachorro a não mexer no lixo da sua casa é mais simples do que parece!
    Ensinar cachorro a não mexer no lixo da sua casa é mais simples do que parece!

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    1) Busque ensinar cachorro conceitos de obediência básica

    O adestramento de cães é uma ótima opção para quem deseja ensinar ao cachorro certos comandos, mas que pode gerar algumas dúvidas. Por isso, o ideal é saber como adestrar um cachorro nesse momento: o primeiro passo é conhecer o seu pet para saber quais técnicas podem funcionar com ele ou não. Uma das formas mais comuns de como ensinar o cachorro esses comandos é utilizando petiscos como “recompensa”. Isto é, quando o cachorro age da maneira certa, ele ganha um biscoitinho ou outro mimo pelo bom comportamento. Outra possibilidade é utilizar brinquedos como prêmio por não revirar o lixo.

    Vale lembrar que os cachorros são animais muito inteligentes, então reforços verbais também podem ajudar bastante na hora de tentar ensinar cachorro a ter um bom comportamento. Estímulos positivos podem funcionar muito bem, da mesma forma que punições verbais quando o cãozinho tem alguma atitude errada podem ser uma boa forma de corrigir certas atitudes.

    2) Exercícios físicos ajudam o cãozinho a fugir do tédio

    Além de saber como ensinar o cachorro alguns comandos de obediência, outro ponto importante são os passeios diários. Essa é a melhor forma do cãozinho gastar energia e fugir do tédio. O cachorro entediado pode ser um grande problema para os tutores, pois pode desencadear uma série de comportamentos destrutivos que  o prejudicam. Revirar o lixo, por exemplo, é uma delas, já que, dependendo do material que estiver dentro da lixeira, o cachorro pode acabar se ferindo ou até mesmo ingerindo objetos e restos de alimentos inapropriados.

    3) Coloque a lixeira em um lugar fora do alcance do animal

    Outra possibilidade de como ensinar cachorro a não revirar o lixo é tornando o objeto de desejo do animal inacessível. Procure um local da casa que seja de difícil acesso para o animal ou imponha um limite na região da casa onde a lixeira fica localizada com um portão para cachorro. Desta forma, por mais que o cãozinho tenha vontade de mexer no lixo, ele não vai conseguir alcançá-lo para revirar. Essa é uma opção que pode funcionar em último caso, mas lembre-se que o ideal mesmo é utilizar técnicas de adestramento de cães para treinar a obediência do animal.

    4) Sempre mantenha seu cachorro bem alimentado

    Em alguns casos, o motivo por trás do cachorro revirando lixo também pode ser fome. Por isso, é importante cuidar sempre muito bem da alimentação do seu amigo de quatro patas. A ração para cachorro dever ser adequada para a idade do animal e na quantidade indicada pelo fabricante. Se o cãozinho estiver bem alimentado, dificilmente ele vai atrás de restos de comida no lixo da sua casa.

    Redação: Juliana Melo

    Como funciona a memória dos felinos? Veja curiosidades sobre o cérebro do gato

    Próxima matéria

    Como funciona a memória dos felinos? Veja curiosidades sobre o cérebro do gato

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa
    xixi

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa

    Muitos cachorros domésticos são acostumados a fazer suas necessidades apenas na rua. Alguns tutores preferem acostumar os amiguinhos peludos assim por questões de higiene e limpeza e aproveitam para passear com os animais na hora de fazer xixi e cocô. Mas, nesse período de isolamento social e quarentena, pode não ser uma boa ideia levar seu cão para a rua. Uma alternativa para isso é acostumar seu cachorro a fazer as necessidade dentro de casa, em um local selecionado por isso. Para quem não sabe como fazer isso, o Patas da Casa conversou com o Max Pablo, passeador e adestrador de cães, que contou 5 dicas para fazer a adaptação.

    Cachorro brigando na rua? Veja as dicas de um adestrador para corrigir esse comportamento
    Adestramento

    Cachorro brigando na rua? Veja as dicas de um adestrador para corrigir esse comportamento

    Ao se deparar com uma briga de cachorro, é fundamental que os tutores tenham uma ação rápida e precisa para não resultar em um dos animais (ou até mesmo os donos) feridos. Por instinto, é comum que os cães, principalmente os machos, se estranhem durante o passeio na rua. A razão por trás do comportamento é muito variada e pode ter relação com dominância, falta de socialização e até mesmo a presença de alguma cadela no cio por perto. 

    Seu cachorro morde durante as brincadeiras? Adestrador explica o que motiva esse comportamento e como corrigir
    Adestramento

    Seu cachorro morde durante as brincadeiras? Adestrador explica o que motiva esse comportamento e como corrigir

    O seu cachorro morde muito? Ao adotar um filhote de cachorro, já esperamos muitas bagunças, dentinhos afiados roendo móveis e até mordidinhas durante as brincadeiras. No entanto, mesmo os cachorros adultos continuam com a mania de morder as pessoas da casa, tanto para brincar como para chamar a atenção. Seja qual for o propósito, as mordiscadas não são nada agradáveis e devem ser corrigidas o quanto antes.

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano
    Cuidados

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano

    A chegada de um novo ano geralmente vem acompanhada de uma lista de metas e objetivos para se colocar em prática. Mas você já parou para pensar que seu amigo de quatro patas também pode ser incluído nessa aventura? Com a correria do dia a dia, é muito comum que alguns cuidados com cachorro sejam cada vez mais deixados de lado, como os passeios diários ou os banhos quinzenais. O problema é que manter esses cuidados é essencial para garantir a saúde e bem-estar dos pets, então os tutores precisam encontrar na agenda um tempo para se dedicarem aos amigos de quatro patas. 

    Ver Todas >

    9 curiosidades sobre a raça de cachorro Bull Terrier
    Comportamento animal

    9 curiosidades sobre a raça de cachorro Bull Terrier

    O Bull Terrier é uma das raças de cachorro grande mais populares entre os amantes de pet. Seus olhos pequenos, cabeça oval e focinho alongado são inconfundíveis, é quase como uma marca registrada. Com origem e características surpreendentes, é fácil se apaixonar e querer levar um filhote de Bull Terrier para casa. Se você ficou curioso para saber mais desse cãozinho, separamos 9 curiosidades sobre a raça.

    Ensinar cachorro: 6 hábitos que os cães precisam aprender desde cedo
    Comportamento animal

    Ensinar cachorro: 6 hábitos que os cães precisam aprender desde cedo

    Depois de adotar um cachorro, é bom ter em mente que nem tudo será diversão. Os aprendizados também devem fazer parte da rotina do animal. Quanto antes os treinos começarem, mais fácil será para o cachorro aprender - e, consequentemente, a convivência com o cãozinho será melhor em todos os sentidos. O adestramento nem sempre precisa ser feito com um profissional.

    Como é a personalidade do Ragdoll?
    Comportamento animal

    Como é a personalidade do Ragdoll?

    O Ragdoll é uma raça de gato gigante que faz muito sucesso, e isso não é só por causa da sua aparência fofinha e felpuda. O que realmente encanta os gateiros é a personalidade do gato Ragdoll, que é muito afetuosa e tranquila. Muitas pessoas até chegam a comparar o bichano a um cachorro, pois além de ser muito brincalhão, o Ragdoll também tem uma dependência maior da sua família humana. 

    Tudo sobre o focinho de gato: anatomia, cuidados e o poderoso olfato felino
    Comportamento animal

    Tudo sobre o focinho de gato: anatomia, cuidados e o poderoso olfato felino

    O focinho de gato é uma região que definitivamente chama a atenção de qualquer pessoa, principalmente por causa do seu formato fofinho e da sua delicadeza. No entanto, o que poucas pessoas percebem é que, além de ser muito fofo, o pequeno nariz dos gatos é uma das principais formas de comunicação do animal com o mundo. Mas como funciona o focinho de gato? Por que em alguns casos o nariz do gato fica seco, sendo que normalmente eles são gelados? Quais são os cheiros que o gato não gosta? 

    Ver Todas >