Cachorro

Como dar remédio de verme para cachorro?

Publicado - 18 Novembro 2021 - 18h22

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

O remédio de verme para cachorro é muito importante para a saúde de qualquer animal de estimação. A vermifugação se inicia nas primeiras semanas de vida do cachorro e deve ser reforçada em determinada frequência. Como qualquer medicamento, a administração levanta algumas dúvidas, até mesmo entre os tutores mais experientes. É possível encontrar algumas opções de remédio para verme de cachorro, de acordo com idade, tamanho e até mesmo indicados para prevenir e tratar parasitas específicos. Para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa reuniu algumas informações sobre como dar remédio de verme para cachorro filhote e adulto.

Remédio de verme para cachorro filhote: a partir de qual idade pode administrar o vermífugo?

Os vermes de cachorro podem ser contraídos de diversas formas. Com muitas variações de parasitas, cada um afeta de um jeito diferente a saúde dos pets - alguns mais graves e outros mais brandos. Por isso, dar o remédio de verme para cachorro regularmente para seu peludo é essencial. Mas qual é a idade certa para começar a fazer isso? Essa é uma dúvida de muitos tutores. Antes de tudo, é importante saber que a idade recomendada pode variar de acordo com o estado de saúde de cada animal de estimação. Por isso, nunca deixe de fazer os checkups de saúde animal do filhote com o médico veterinário. Isso porque se o cachorro estiver com alguma doença, o procedimento pode ser diferente. De modo geral, a primeira dose do vermífugo deve ser dada por volta dos 15 dias de vida, com a segunda dose 15 dias após. As próximas aplicações deverão ser quinzenais ou mensais até que o cachorrinho complete 1 ano de idade, de acordo com a recomendação do profissional. Depois disso, normalmente a prevenção deve ocorrer de 6 em 6 meses.

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

cachorro romando remédio de verme para cachorro
O remédio de verme para cachorro previne e trata diversas doenças

Remédio caseiro para verme de cachorro é seguro?

 

Quando buscamos como dar remédio de verme para cachorro, logo nos deparamos com algumas dicas de remédios naturais que funcionam como vermífugo. Alguns alimentos realmente podem reduzir a quantidade de vermes no intestino, mas não existe nenhuma eficácia científica comprovada sobre essas alternativas. Além disso, muitos ingredientes recomendados são tóxicos para os cães, como o alho e a uva. Por isso, saiba que o melhor tratamento para a prevenção e eliminação de verme sempre deve ser aquele indicado por um profissional. Evite o remédio caseiro para verme de cachorro e sempre prefira um produto que foi desenvolvido especialmente para uso veterinário.

Como dar remédio de verme para cachorro? 

O uso inadequado do vermífugo para cachorro pode provocar diarreia e vômito. Por isso, é muito importante saber como dar remédio de verme para cachorro filhote e adulto. Mas afinal de contas, qual a maneira correta de fazer isso? Antes de tudo, você deve prestar atenção no tipo de remédio que está utilizando. As opções variam entre os medicamentos de comprimido, líquidos e de uso tópico. Para que a vermifugação seja feita de maneira correta, a medicação deve ser receitada por um médico veterinário. A partir do porte, peso e idade do animal ele vai avaliar se a melhor opção é um remédio de verme para cachorro dose única, por exemplo. Os cães adultos devem ser monitorados por exames de fezes e a frequência do vermífugo deve ocorrer com reforço de 6 em 6 meses, podendo variar de acordo com as recomendações do profissional.

O mais comum é o comprimido, que deve ser aplicado por via oral. Para isso, siga o passo a passo:

1) Chame seu cão para brincar, já com o comprimido na mão;

2) Segure a boca do pet, abrindo-a com os dedos por trás dos dentes do pet;

3) Com a outra mão, coloque o comprimido perto da garganta do animal;

4) Quando o pet fechar a boca, faça uma massagem na região da garganta;

5) Confira seu o cachorro realmente engoliu o medicamento;

6) O recompense com carinho, elogios ou um petisco.

Redação: Hyago Bandeira

Cachorro

Samoieda: saiba como ter um cachorro da raça russa e outras curiosidades sobre a convivência com esse pet

O Samoieda é um dos cachorros mais bonitos que existem! Com uma pelagem branquinha e uma fisionomia que lembra bastante um lobo, a r...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Cachorro

Samoieda: saiba como ter um cachorro da raça russa e outras curiosidades sobre a convivência com esse pet

O Samoieda é um dos cachorros mais bonitos que existem! Com uma pelagem branquinha e uma fisionomia que lembra bastante um lobo, a r...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Ver todas