Cuidados

Como acalmar um gato na hora de levar no veterinário?

É super normal o gato ficar estressado na ida ao veterinário por conta do ambiente diferente
É super normal o gato ficar estressado na ida ao veterinário por conta do ambiente diferente

Para manter a saúde do gato, é essencial que o animal tenha uma rotina de consultas no veterinário - principalmente porque os felinos costumam não apresentar sinais de que estão doentes. No entanto, essa é uma tarefa difícil para os donos de gatos. Os felinos estão acostumados a ter uma rotina, então qualquer mudança mínima é capaz de deixar o gato bem estressado. O transporte e o ambiente diferente do veterinário são algumas dessas situações. Para te ajudar nesse momento delicado, separamos algumas dicas e técnicas para ajudar a acalmar um gato estressado na hora de levá-lo ao médico. 

Como acalmar um gato antes de uma consulta com o veterinário?

Sair de casa com um gato requer uma série de cuidados, principalmente quando o destino envolve um trajeto de carro, como são as idas ao veterinário. O acessório mais apropriado para essas situações é a caixa de transporte para gatos. A questão é que os felinos não gostam de se sentirem presos, então qualquer tentativa facilmente resultará em um gato estressado.

A primeira dica de como acalmar gato nessas horas é acostumando o bichano com a caixa transportadora alguns dias antes do passeio. Deixe o objeto fazer parte do dia a dia do animal, veja como ele se comporta e vale até colocar uns brinquedinhos e cheirinhos que ele gosta dentro da caixa para atraí-lo ainda mais. Assim, o acessório se torna familiar e acolhedor para o felino e ele vai se sentir menos ansioso no dia de ir ao médico. Uma dica que pode ajudar ainda mais nesse momento é o uso de feromônios para gatos.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Como acalmar gato: a caixa de transporte deve se tornar um objeto familiar na rotina dos felinos
    Como acalmar gato: a caixa de transporte deve se tornar um objeto familiar na rotina dos felinos

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Gato estressado na clínica? Saiba como lidar com essa situação

    Depois que o gato se adapta à caixa transportadora, o trabalho fica um pouco mais fácil, mas ainda pode acontecer alguns contratempos. Encontrar um gato bravo no veterinário é uma situação extremamente comum porque nada ali é agradável: um ambiente desconhecido, longe dos móveis que têm o seu próprio cheiro e pessoas estranhas.

    Nessa hora, vale tudo para acalmar o animal. Petiscos, sachês e até brinquedinhos que ele esteja acostumado podem ser levados para amenizar o estresse do gato. Além disso, o tom de voz usado para se comunicar com o seu amigo faz toda a diferença nesse momento. Ele precisa entender que aquele local não é um risco para ele, então tente manter a calma. Caso o bichano sofra com crises frequentes de ansiedade, também vale perguntar para o veterinário sobre a necessidade de se usar algum medicamento específico para essas situações, como um ansiolítico ou tranquilizante.

    O uso de floral para gatos estressados deve ser indicado por um profissional

    Na busca por alternativas de como acalmar um gato, muitos tutores recorrem às dicas da internet, e uma delas diz respeito ao uso de floral para felinos. Só que, ao optar por isso, é importante ter certa cautela, pois os conservantes presentes neste tipo de produto costumam ser bastante desagradáveis para o paladar felino, podendo até mesmo provocar vômitos. O ideal mesmo é conversar com o médico veterinário do pet antes de investir em um floral para gatos estressados - assim, é possível obter todas as orientações necessárias para não prejudicar a saúde do gatinho.

    Além do mais, embora existam produtos prontos à venda nos pet shops, eles nem sempre funcionam. Ao consultar um veterinário, o médico consegue prescrever um floral com essências e fórmulas criadas de acordo com a necessidade do paciente, garantindo maior eficácia.

    Redação: Juliana Melo

    Quais os benefícios de tosar cachorro no calor?

    Próxima matéria

    Quais os benefícios de tosar cachorro no calor?

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Gato com diarreia? Saiba o que fazer imediatamente e quando levar ao veterinário
    Diarreia

    Gato com diarreia? Saiba o que fazer imediatamente e quando levar ao veterinário

    Gato com diarreia não é uma condição rara, mas precisa de alguns cuidados. Assim como acontece com o organismo humano, o dos felinos também demonstra alguma fragilidade através de desordem intestinal. Troca de ração, vermes, vírus, alimento estragado ou até mesmo desidratação podem causar diarreia em gatos.

    Gato e Cão terapeuta: conheça o Pêlo Próximo, projeto que leva alegria para hospitais do RJ
    Comportamento

    Gato e Cão terapeuta: conheça o Pêlo Próximo, projeto que leva alegria para hospitais do RJ

    Você já ouviu falar de terapia assistida por animais? Ter um gato ou cão terapeuta é super possível e algumas iniciativas buscam estreitar esse tipo de relação entre humanos e animais. Um exemplo disso é o Pêlo Próximo, um projeto nascido em 2010 que leva ações terapêuticas para hospitais e instituições de saúde do Rio de Janeiro. Projeto 100% voluntário, o Pêlo Próximo envolve animais - seja cachorro ou gato - e tutores em uma iniciativa de amor e solidariedade. Quer saber como o Pêlo Próximo surgiu e como se voluntariar? Conversamos com a Patrícia Calainho, que administra as redes sociais do projeto e é voluntária com a sua vira-latinha, a Penélope.

    Adoção

    "Quero adotar um gato": tudo o que você precisa saber e fazer antes de levar um felino para casa

    Se você procura um bichinho independente, carinhoso e de personalidade forte, talvez seja o momento certo de adotar um gatinho. Com um jeito próprio de demonstrar todo o seu amor, os felinos têm conquistado cada vez mais o coração das mães e dos pais de pet de plantão. Mas, na hora de decidir isso, é preciso ter em mente que incluir um novo membro à sua família implica uma série de fatores, tanto para o animal quanto para os tutores e, principalmente, para o lugar que será o seu novo lar. Para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um gato. Dá uma olhada!

    Ver Todas >

    Cachorro pode dormir no ar condicionado? Descubra se faz mal ou não!
    Cuidados dos animais

    Cachorro pode dormir no ar condicionado? Descubra se faz mal ou não!

    O verão é uma época um pouco complicada para os cães. Ao mesmo tempo em que os dias ensolarados permitem mais passeios, mergulhos na piscina e muita diversão, as altas temperaturas também podem fazer com que o cachorro sofra com o calor. Por isso, além de dar bastante água para os peludos nessa época, muitos tutores se perguntam se o cachorro pode dormir no ar condicionado ou se isso pode ser prejudicial para a saúde do animal de alguma forma. 

    Como cuidar da unha do cachorro inflamada?
    Cuidados dos animais

    Como cuidar da unha do cachorro inflamada?

    A unhas do cachorro fazem parte da anatomia das patinhas e, além de ajudarem na sustentação do animal ao se movimentar, funcionam como um mecanismo de defesa. Mas assim como as unhas dos humanos, os cães também precisam de cuidados específicos nessa região, já que as unhas crescem rápido. A unha de cachorro inflamada ou encravada pode causar muito incômodo e dor, necessitando até mesmo de algum procedimento mais complexo dependendo da gravidade da inflamação.

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet
    Cuidados dos animais

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet

    O cachorro idoso precisa de cuidados específicos para ter uma velhice com mais qualidade de vida. Assim como a rampa e escada, a meia ou sapato antiderrapante para cachorro idoso deixa o pet mais seguro nessa fase. Mas o item realmente é necessário? Assim como os humanos, o cachorro idoso vai perdendo massa muscular com o tempo, tornando a locomoção mais difícil e até mesmo facilitando quedas e fraturas. 

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova
    Cuidados dos animais

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova

    A mudança de casa é uma das coisas mais estressantes na vida de um gato. Muito apegados à rotina, os bichanos se veem de uma hora para outra longe dos cômodos e das coisas que conhecem. A explicação para essa dificuldade de adaptação é simples: os gatos ainda possuem muitos instintos e características da fase selvagem, por isso são bem territorialistas. Para eles, o território que têm seu cheiro é o lugar em que sente seguro e sem ameaças para desenvolver suas habilidades. 

    Ver Todas >