Adestramento

Circuito para cachorro: especialista explica como funciona o agility, um esporte indicado para cães

O agility, também chamado de circuito para cachorro, é uma ótima forma de exercitas cães. Saiba mais sobre o esporte!
O agility, também chamado de circuito para cachorro, é uma ótima forma de exercitas cães. Saiba mais sobre o esporte!

O agility é um esporte para cães que vem crescendo cada vez mais no Brasil. Trata-se de uma espécie de circuito para cachorro que, durante o percurso, conta com a presença de vários obstáculos e equipamentos para exercitar o pet, física e mentalmente. Mas, embora esteja se tornando popular entre os tutores, muita gente ainda tem dúvidas sobre essa prática esportiva. Pensando nisso, o Patas da Casa conversou com a profissional Camila Rufino , que é adestradora comportamentalista e treinadora de Agility da Tudo de Cão . Veja só o que ela nos contou e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

O que é o agility para cães e no que consiste essa prática esportiva?

Camila Rufino: O Agility surgiu no ano de 1978, no Crufts Dog Show, que é um grande evento canino internacional realizado anualmente no Reino Unido. A ideia inicial era entreter o público durante os intervalos desse evento, exibindo um percurso de saltos para a dupla condutor e cão, demonstrando a velocidade e a agilidade natural dos cães. Devido ao grande sucesso, o Agility foi reconhecido pelo Kennel Club como um esporte oficial em 1980, tendo a partir de então um conjunto de regras sancionadas. O esporte chegou no Brasil no final da década de 1990 e, desde então, tem atraído apaixonados por cães para a sua prática.

É um esporte baseado no hipismo, onde o condutor deve conduzir seu cão utilizando apenas gestos e comandos verbais, em um percurso com vários obstáculos, seguindo regras específicas em cada um deles.

Que equipamentos e obstáculos para agility são utilizados nesses circuitos?

CR: No Agility, o circuito para cachorro com obstáculos e equipamentos pode ser constituído por diferentes elementos, tais como: gangorra, rampas, muro, túneis, distância, pneu e saltos. Nas competições, o juiz é responsável por montar cada percurso que deve ser executado no menor tempo possível, sem que a dupla faça desvios ou derrube obstáculos. A montagem dos percursos é feita de acordo com o nível de dificuldade em que cada cão se encontra: iniciantes, Grau I, II e III.

Quais são os principais benefícios do circuito para cachorro?

CR: Além de proporcionar o gasto de energia física e mental, a prática desse esporte é uma excelente ferramenta de socialização; auxilia na prevenção e resolução de alguns problemas comportamentais e aumenta muito o vínculo entre cão e dono.
Não podemos deixar de falar dos benefícios para nós humanos: a prática do esporte nos ajuda a aprimorar a capacidade de entender e nos comunicar cada vez melhor com nosso cão. É um momento em que também conseguimos socializar com outros alunos e seus cães, fazemos novas amizades e, claro, melhoramos (e muito!) a nossa saúde e preparo físico.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Agility: cachorro precisa ser consultado por médico veterinário antes de iniciar a prática esportiva
    Agility: cachorro precisa ser consultado por médico veterinário antes de iniciar a prática esportiva

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Agility: cães de todas as idades e raças podem participar ou existem contraindicações?

    CR: Qualquer cão, seja ou não de raça, pode praticar o Agility desde que suas condições de saúde assim o permitam. O que precisamos entender é que, assim como os humanos que devem procurar um médico responsável para verificar se podemos realizar determinada atividade física antes de iniciá-la, o mesmo deve ser feito quando se trata dos nossos cães. Ou seja, é preciso levar em consideração o estado de saúde atual (com avaliação e liberação do médico veterinário), as características específicas de cada raça (como, por exemplo, com cães braquicefálicos, que exigem cuidado com dias de altas temperaturas; ou mesmo cães que tem alguma tendência em apresentar problemas na coluna - para esses os saltos nunca são elevados); a fase etária em que se encontram (filhotes e cães mais idosos), procurando sempre respeitar a individualidade de cada um! Qualquer cão, antes de correr em uma pista com os saltos elevados, precisa iniciar com todos eles no chão, se não acabamos exigindo dele dois comportamentos ao mesmo tempo, o de saltar e o de ser conduzido pelo percurso. 

    Então filhotes de cachorro precisam de cuidados especiais para participar do agility?

    CR: Quando falamos especificamente de cães novos, precisamos sempre respeitar o período de crescimento de toda estrutura óssea dos filhotes. Ou seja, para esses cães não levantamos os saltos até o período de crescimento ser cumprido. Além disso, a intensidade e tempo de duração dos exercícios também devem ser adequados a cada fase do seu cão. Também é muito importante que o cão sempre se exercite em um piso seguro. Ele nunca deve escorregar demais durante a execução dos exercícios. 

    Agility: cachorro precisa passar por algum tipo de adestramento antes de iniciar a prática esportiva?

    CR: O ideal é que seu cão saiba responder a alguns comandos básicos de obediência, como sentar, deitar, ficar e vir quando chamado. Assim como nós, humanos, precisamos de uma rotina de atividades para que estejamos sempre equilibrados, é importante que seu cão tenha também, diariamente, atividade física, mental e social. Você pode inseri-las no seu dia a dia com seu cão, fazendo passeios na rua, praças e parques (atividade física e social) e também pode usar os horários da refeição dele para executar os exercícios de comandos de obediência (atividade mental), garantindo assim que além de ocupar a cabecinha com desafios diários, ele estará com bastante apetite para treinar.

    Agility: treinamento deve ser introduzido na rotina dos cães de que forma?

    CR: Os treinos devem ser introduzidos na rotina de forma gradual, respeitando sempre a individualidade de cada cão e a fase da vida em que ele se encontra. Antes de procurar uma escola de Agility, você pode treinar comandos extremamente importantes para a prática esportiva, como o "senta", o "deita" e o "fica". Além disso, trabalhar o vínculo, a motivação e o autocontrole com o seu cão é essencial.

    Como fazer circuito para cachorro em casa e outros lugares?

    CR: Quanto aos treinos em casa ou locais que não sejam uma escola oficial, é possível ensinar seu cão utilizando equipamentos facilmente encontrados no dia a dia, como caixas de papelão para replicar o túnel, cones e árvores em parques para treinar curvas, canos de PVC para montar seus próprios saltos, etc. Dentro desse contexto de treinos, é de extrema importância que sejam também inseridos exercícios de aquecimento; exercícios que desenvolvam habilidades motoras e o fortalecimento da musculatura para que nosso cão esteja preparado fisicamente para a prática desse esporte de alto rendimento.

    Redação: Juliana Melo

    5 dicas para educar um cachorro desobediente

    Próxima matéria

    5 dicas para educar um cachorro desobediente

    Cachorro muda depois da castração? Especialista explica as principais alterações de comportamento!
    Castração

    Cachorro muda depois da castração? Especialista explica as principais alterações de comportamento!

    A cirurgia de castração de cachorro é um dos procedimentos médicos mais recomendados pelos veterinários tanto para os machos, quanto para as fêmeas. Mesmo sendo diretamente ligada ao sistema reprodutor do animal, o cachorro castrado costuma apresentar algumas mudanças no comportamento depois que o processo passa. Por causa disso, alguns tutores costumam se preocupar com a adaptação do animal à nova vida. Para esclarecer as dúvidas sobre o que muda ou não no dia a dia do seu amigo depois que ele for castrado, a gente conversou com a veterinária e comportamentalista Renata Bloomfield. Dá uma olhada!

    Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?
    Ração

    Ração de cachorro específica para raças: como funciona? Tem alguma diferença nutricional? Vale a pena?

    Não importa se é um cachorro grande ou pequeno: todos os animais precisam se alimentar adequadamente, e é para isso que existem as rações. Fonte de nutrientes essenciais para manter a saúde do seu pet em dia, a ração de cachorro pode ser encontrada em diferentes versões (Standard, Premium e Super Premium) e normalmente é indicada para portes e fases da vida específicos. Contudo, ao longo dos últimos anos, a comercialização de produtos voltados para determinadas raças foi se tornando popular. 

    Tem problema atrasar a vacina do cachorro? Veterinária explica os riscos
    Vacina

    Tem problema atrasar a vacina do cachorro? Veterinária explica os riscos

    A vacina para cachorro é uma das principais formas de proteger o seu amigo de uma série de doenças que, além de serem realmente incômodas para o animal, podem ser fatais em alguns casos. Por isso, manter a carteira de vacinação do seu doguinho em dia é uma ótima maneira de cuidar para que ele se mantenha saudável. Ainda assim, os atrasos podem acontecer em uma série de casos diferente. Para explicar sobre as consequências, como agir quando isso acontece e o porquê das vacinas serem tão importantes, a gente conversou com a veterinária Renata Bloomfield.

    Vitamina para cachorro: veterinária explica em quais situações os suplementos são recomendados!
    Alimentação

    Vitamina para cachorro: veterinária explica em quais situações os suplementos são recomendados!

    Quando falamos da alimentação dos nossos peludos, sempre surge aquela preocupação em relação aos nutrientes. A ração é suficiente para que se mantenham fortes e saudáveis ou é necessário inserir uma vitamina para cachorro nessa rotina? A verdade é que depende de muitos fatores e um deles é o estado geral da saúde e a idade do animal. A escolha de uma ração de qualidade é determinante para oferecer todos os nutrientes que ele precisa. Cães filhotes, idosos e cadelas prenhas, por outro lado, podem acabar precisando de um suplemento vitamínico. Para entender melhor em quais situações a vitamina para cachorro é recomendada, conversamos com a Caroline Mouco Moretti, médica veterinária e diretora clínica do Grupo Vet Popular. Veja o que a especialista falou!

    Ver Todas >

    Quer ter um cachorro surfista? Saiba como iniciar, os cuidados que deve ter e acessórios indispensáveis
    Comportamento animal

    Quer ter um cachorro surfista? Saiba como iniciar, os cuidados que deve ter e acessórios indispensáveis

    Existem cachorros que amam nadar e brincar na água, então qualquer passeio em trilhas com cachoeiras, praias ou mesmo uma piscina vira uma grande festa. Mas você sabia que existe cachorro que surfa? Os esportes com cachorro são uma ótima forma de estreitar laços entre o tutor e o animal e o surf é uma modalidade que pode fazer muito bem ao animal. Sem falar que os cachorros surfistas chamam atenção pela fofura e habilidade na prancha.

    Por que os gatos
    Comportamento animal

    Por que os gatos "mamam" no cobertor? Descubra se o comportamento é prejudicial ou não

    Não é difícil encontrar um gato que tenha a mania de ficar mordendo o cobertor, como se estivesse se alimentando da mamãe gata (e os cães também podem apresentar o mesmo comportamento). Um gato mordendo cobertor pode ser considerado um momento muito fofo para alguns gateiros, mas outros tutores podem se perguntar se esse comportamento do felino é prejudicial ou revela alguma vulnerabilidade do bichano. 

    Como ganhar a confiança de um cachorro? Veja dicas para se aproximar de cães desconhecidos
    Comportamento animal

    Como ganhar a confiança de um cachorro? Veja dicas para se aproximar de cães desconhecidos

    Adotar um cachorro é sempre um desafio tanto para os humanos, que precisam adaptar a casa para receber o novo hóspede, quanto para o cãozinho, que ainda precisa de um tempo para se acostumar com o ambiente e com sua nova família. No caso de cães abandonados e que foram resgatados por ONGs ou outras instituições, ganhar a confiança do doguinho nem sempre é uma tarefa fácil - principalmente se tratando de um cachorro medroso ou traumatizado. 

    Cachorro castrado fica mais calmo? Veja as diferenças de comportamento antes e depois da cirurgia
    Comportamento animal

    Cachorro castrado fica mais calmo? Veja as diferenças de comportamento antes e depois da cirurgia

    A castração de cachorro é muito indicada pelos profissionais da medicina veterinária. Entretanto, muitos tutores ainda sentem muito receio de realizar a cirurgia pelas mudanças de comportamento do cachorro castrado. Não é mito que algumas mudanças comportamentais ocorrem após a castração, tanto para machos quanto para fêmeas. Mas afinal, o que muda no cachorro castrado?

    Ver Todas >