Adestramento

Cachorro pulando nas visitas? Veja como corrigir esse comportamento

Um adestrador de cachorro deu as dicas para melhorar o problema do cachorro que pula nas visitas
Um adestrador de cachorro deu as dicas para melhorar o problema do cachorro que pula nas visitas

Só quem educou um cachorro desde a fase de filhote sabe o quanto esse pode ser um trabalho árduo — principalmente quando se trata de corrigir a prática que o animal tem de pular em qualquer pessoa que cruze a porta (principalmente as visitas). O adestramento de cães e a socialização do animal têm como principal objetivo corrigir este e outros comportamentos que tornam o dia a dia com o animal bem mais complicados. Se você não sabe como adestrar um cachorro sozinho em casa e passa pelo problema do doguinho que parece ter molas nas patas sempre que alguém chega, pode ficar tranquilo: a gente conversou com o adestrador Bruno Correa, do Rio de Janeiro, e ele deu algumas dicas que vão te ajudar a resolver essa questão. 

Patas da Casa: Por que é tão comum o cachorro pular nas visitas e donos quando chegam em casa? 

Bruno Correa: Cães são animais de matilhas e extremamente sociáveis. Quando eles ficam fora do convívio de outras pessoas e animais, é natural demonstrarem um maior nível de emoção na hora da interação, ainda mais se esse tempo for longo (como por exemplo uma jornada de trabalho ou uma manhã na faculdade).

Por isso, o ponto chave que leva o cachorro a pular em quem chega é a emoção. Cães que são extremamente dependentes emocionalmente de seus donos e demais integrantes da família tendem a exibir esse comportamento com maior frequência. Isso acontece porque a saída do dono para executar as tarefas do dia a dia se torna um evento de separação e acaba gerando uma ansiedade nos animais. Quando o dono retorna, toda a ansiedade e ociosidade que o cão teve durante o dia são convertidas em um comportamento de pulos excessivos.

PC: Como adestrar cachorro ensinando o animal a não pular nas visitas? 

BC: Há quem corrija esse comportamento pelo condicionamento com reforço positivo (petisco) e obtenha os resultados desejados. Eu acredito que os pulos excessivos são apenas uma das manifestações de um convívio inadequado entre dono e cão e onde é fundamental gastar um pouco mais de tempo. O primeiro ponto é diminuir a dependência que o cão tem dos membros da família. É preciso criar momentos ao longo do dia em que ele vai ficar isolado, sem contato direto ou qualquer tipo de interação com o dono. Isso ensina o animal a lidar com a ausência do tutor. 

Nos momentos de reencontro, é importante não fazer nenhum contato com o cão — e isso inclui o visual — principalmente próximo à porta de entrada. Ao chegar em casa, o ideal é seguir o caminho ignorando o cão completamente. Dê o tempo necessário para o cão se acalmar antes de interagir com ele. 

Quando falamos de adestramento de cães, é preciso entender que todo comportamento, se recompensado, tende a se repetir e intensificar. Se reforçado negativamente, ele tende a diminuir e se extinguir. Por isso, para cães que pulam em excesso, no ato da exibição do comportamento não somente é necessário não acariciar o cão. Ignorar os pulos e seguir andando em direção a outro cômodo já costuma resolver.

 

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças muito independentes Golden Retriever e Yorkshire são cães que gostam de curtir a companhia dos humanos Border Collie e Jack Russell Terrier são cheios de energia e amam aventura
    Para que o cachorro pare de pular nas visitas quando chegam, primeiro ele precisa parar de pular em você
    Para que o cachorro pare de pular nas visitas quando chegam, primeiro ele precisa parar de pular em você

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    PC: O que fazer com o animal que ainda não foi adestrado no momento em que as visitas chegam? 

    BC: Primeiro limpamos a casa, depois chamamos as visitas. A situação tem que estar sob controle com os próprios membros da família antes de melhorar com as visitas. É preciso lembrar que a responsabilidade de exercer controle e liderança no cachorro é do próprio dono.

    De forma prática, é possível usar a própria guia para impedir o cão de pular nas visitas. O dono tem que se posicionar a uma distância em que o animal não consiga encostar na pessoa que está chegando. Feito isso, a visita pode se direcionar ao cão e o dono e, toda vez que o cão demonstrar excitação em demasia ou se projetar para pular, o dono deve corrigir com leve toques na guia (aumentando a intensidade se for necessário). É importante deixar a guia frouxa para dar a possibilidade do cão exibir o comportamento inadequado e corrigi-lo. Com o passar do tempo, quando o cão deixar de pular na visita e começar a sentar ou permanecer nas 4 patas sem pular, é necessário entrar com o petisco para reforçar que aquele comportamento é o desejado. 

    PS.: Durante o processo, oriente as visitas a não estimularem o cão. Isso inclui estímulos verbais (tom de voz) e visuais, como brinquedos e a própria linguagem corporal.

    PC: Quais erros o tutor pode cometer no momento de ensinar o cachorro a não pular nas pessoas?

    BC: Os principais erros vêm de uma visão incorreta a respeito do comportamento canino. Muitos donos acreditam que os pulos excessivos acontecem por causa da saudade e acabam dando carinho ao cão, que entende como uma recompensa e intensifica o comportamento. Além disso, é preciso atribuir a responsabilidade da educação do animal para si. Se os donos não fizerem os exercícios com o cão, ele não vai mudar o comportamento. Também é imprescindível não parar com os exercícios ao primeiro sinal de melhora: continue com os mesmos comandos, condicionando o cão a não pular. Depois que ele não esboçar mais nenhuma vontade de saltar, pode-se cessar as correções e aos poucos ir diminuindo o reforço positivo. Mas a conduta do dia a dia tem que permanecer.

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Por que o cachorro

    Próxima matéria

    Por que o cachorro "cisca" depois de fazer as necessidades? Entenda esse comportamento canino!

    Seu cachorro morde durante as brincadeiras? Adestrador explica o que motiva esse comportamento e como corrigir
    Adestramento

    Seu cachorro morde durante as brincadeiras? Adestrador explica o que motiva esse comportamento e como corrigir

    O seu cachorro morde muito? Ao adotar um filhote de cachorro, já esperamos muitas bagunças, dentinhos afiados roendo móveis e até mordidinhas durante as brincadeiras. No entanto, mesmo os cachorros adultos continuam com a mania de morder as pessoas da casa, tanto para brincar como para chamar a atenção. Seja qual for o propósito, as mordiscadas não são nada agradáveis e devem ser corrigidas o quanto antes.

    Cachorro brigando na rua? Veja as dicas de um adestrador para corrigir esse comportamento
    Adestramento

    Cachorro brigando na rua? Veja as dicas de um adestrador para corrigir esse comportamento

    Ao se deparar com uma briga de cachorro, é fundamental que os tutores tenham uma ação rápida e precisa para não resultar em um dos animais (ou até mesmo os donos) feridos. Por instinto, é comum que os cães, principalmente os machos, se estranhem durante o passeio na rua. A razão por trás do comportamento é muito variada e pode ter relação com dominância, falta de socialização e até mesmo a presença de alguma cadela no cio por perto. 

    Pastor Australiano: origem, características, personalidade... saiba tudo sobre esse cachorro cheio de energia
    Raças

    Pastor Australiano: origem, características, personalidade... saiba tudo sobre esse cachorro cheio de energia

    Você já ouviu falar no Pastor Australiano? Apesar do nome, essa raça de cachorro grande é originária dos Estados Unidos e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo leal, companheiro e com energia de sobra. Mas, antes de comprar ou adotar um cão desta raça, é importante conhecê-lo um pouco mais a fundo. Para te ajudar com isso, nós preparamos uma matéria repleta de informações importantes sobre o cachorro australiano: origem, características físicas, personalidade e principais cuidados com a raça. Chega mais!

    Fox Paulistinha: descubra algumas características sobre esse cachorro tão popular no Brasil
    Raças

    Fox Paulistinha: descubra algumas características sobre esse cachorro tão popular no Brasil

    O Fox Paulistinha, também conhecido como Terrier Brasileiro, é um dos cachorros de médio porte mais populares por aqui. Genuinamente brasileiro, o cão é carinhosamente apelidado de paulistinha devido às suas três cores. Sempre brincalhão e carinhoso, o cachorro fox paulista tem disposição o suficiente para as brincadeiras e se apega facilmente ao seus donos. Também pode ser considerada como uma das raças de cães mais versáteis, já que podem viver tanto em apartamentos pequenos como em grandes propriedades. O Fox Paulistinha está na sua lista de possíveis raças para fazer parte da família? Veja algumas características que você precisa saber!

    Ver Todas >

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!
    Comportamento animal

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!

    Passear com cachorro na rua é essencial para saúde e o bem-estar do doguinho. Mas o que fazer com o cocô de cachorro? Certamente deixar na rua não é a forma mais educada. Você deve estar se perguntando: existe algum problema com os saquinhos de plástico? A resposta é sim! Acontece que esses materiais demoram muito tempo para se decompor no meio ambiente. Por isso, uma possível solução é buscar opções mais sustentáveis na hora de descartar o cocô de cachorro. 

    Relação entre cachorro e dono: 3 percepções que o animal pode ter sobre o tutor
    Comportamento animal

    Relação entre cachorro e dono: 3 percepções que o animal pode ter sobre o tutor

    Só quem tem cachorro em casa sabe como esses animais podem demonstrar sentimentos inexplicáveis para a nossa compreensão. Alguns cães são tão inteligentes que até parecem humanos. A convivência com os donos e a observação da rotina faz com que eles tenham algumas percepções incríveis, como identificar tristeza e até doenças. A forte ligação de amizade entre o cachorro e seu dono acontece porque os caninos possuem mecanismos cerebrais semelhantes ao dos humanos para processar informações emocionais. 

    Gato marcando território: o que fazer?
    Comportamento animal

    Gato marcando território: o que fazer?

    O comportamento animal é cheio de situações intrigantes. Tanto os cães quanto os gatos, por exemplo, têm o hábito de demarcar território. O problema é que quando se trata dos felinos, isso pode dar certa dor de cabeça para os tutores, pois os arranhões e xixi espalhados pela casa são inevitáveis. Mas afinal, o que leva os gatos a se comportarem dessa forma? O gato castrado marca território, ou isso é uma exclusividade de animais que não passaram pela cirurgia da castração? 

    Cheiro que gato não gosta: conheça alguns odores que os bichanos simplesmente não suportam
    Comportamento animal

    Cheiro que gato não gosta: conheça alguns odores que os bichanos simplesmente não suportam

    Que os felinos são animais com os cinco sentidos muito aguçados não é segredo para ninguém. Assim como a audição, o olfato de gato é extremamente apurado, já que possui cerca de 67 milhões de células olfativas. Este sentido é usado como instrumento de sobrevivência para os bichanos: o olfato do gato ajuda desde os filhotes a encontrarem o leite da mãe até decifrarem outros animais. 

    Ver Todas >