close
Alimentação

Cachorro pode comer melão? Descubra se a fruta é liberada para os cães

Atualizado · 08 de Outubro de 2021 · 16h04

Publicado · 08/10/2021 · 15h36

O melão para cachorro promove vários benefícios para a saúde do pet
O melão para cachorro promove vários benefícios para a saúde do pet

Você já parou para pensar em quais são as frutas que cachorro pode comer? O mamão para cachorro, por exemplo, é rico em fibras e vitaminas que ajudam a complementar a dieta do pet, funcionando como excelente aperitivo! O mesmo serve para a banana, pera, maçã e outras frutinhas que têm alto teor de água, nutrientes e não são tóxicas para o animal. Mas será que cachorro pode comer melão amarelo e laranja? E quanto à melancia, que pertence à mesma família de frutas? Veja o que descobrimos!

Afinal, cachorro pode comer melão?

Incluir frutas que o cachorro pode comer na dieta dele pode trazer diversos benefícios, sabia? O melão para cachorro, em especial, promove uma série de vantagens para a saúde do animal: é fonte de fibras, vitaminas A, do complexo B, C, agentes antioxidantes (que fortalecem a pele e o pelo do bichinho) e ainda tem um alto teor de água. Ou seja, é uma fruta para cachorro que ajuda a dar energia e manter o organismo do pet bem hidratado.

Uma boa notícia, inclusive, é que todos os tipos de melão (amarelo, laranja e outros) são liberados para a dieta canina: ou seja, o cachorro pode comer melão amarelo e qualquer outro. Mas desde que sejam oferecidos com moderação. Vale lembrar que as frutas são ricas em frutose, um tipo de açúcar natural, e quando consumidas em excesso, podem aumentar os níveis de glicose no sangue e, consequentemente, fazer mal à saúde do pet. Por isso não dá para exagerar, ok?

Melão: cachorro pode comer a fruta, mas é preciso tomar alguns cuidados

É importante também ter cuidados específicos na hora de oferecer melão para o cachorro. Isso porque as sementes e a casca, por exemplo, são mais difíceis de digerir e podem até causar obstrução intestinal no cachorro. Por isso, antes de dar a fruta, lembre-se de tirar todas as sementes e também a parte branca, que, embora tenha um alto teor de fibras, é mais rígida e não indicada para a dieta do animal.

Na hora de oferecer qualquer fruta para cachorro, inclusive, é importante manter a mesma atenção. Frutinhas que têm caroços, sementes e cascas muito grossas podem ser perigosas. Algumas pessoas se perguntam, por exemplo, se o cachorro pode comer melancia e melão como aperitivo. A resposta é que ambas são sim benéficas, mas o indicado é oferecer apenas a parte da polpa das frutas - de preferência in natura, cortada em pedaços pequenos ou médios. Com certeza o seu cãozinho vai amar!

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O cachorro pode comer melão, desde que ele seja oferecido como um petisco ocasional
    O cachorro pode comer melão, desde que ele seja oferecido como um petisco ocasional

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Alimentação natural para cachorro: melão e outras frutas devem ser oferecidas como petisco

    Por mais que as frutas sejam nutritivas, elas nunca podem ser consideradas a base principal da alimentação do cachorro. Para montar uma dieta completa e balanceada para o seu pet, o ideal é escolher uma ração de cachorro apropriada (para filhotes, adultos ou idosos) - que possui a quantidade correta de carboidratos, proteínas, minerais e vitaminas essenciais para o pleno funcionamento do organismo do animal.

    No cardápio do cachorro, melão e outras frutas (como melancia, maçã, banana, kiwi, manga, mamão e goiaba) entram apenas como aperitivos saudáveis, funcionando como alimentos complementares. Uma boa dica, inclusive, é usar as frutas para recompensar algum comportamento certo do seu cãozinho de vez em quando. 

    Se a ideia é educá-lo seguindo as técnicas do adestramento positivo fica ainda melhor: sempre que o pet obedecer aos comandos e fazer o truque certinho, basta dar um pedaço de melão para cachorro ou de outra fruta como recompensa. Assim, você educa o cachorro e contribui para a nutrição dele.

    Receitas com melão: cachorro pode comer a fruta in natura ou em preparos congelados

    Se o seu cachorro come melão com certa frequência, uma boa dica é pensar em diferentes maneiras de incluir a fruta na dieta. Afinal, é possível fazer várias receitas saborosas - como picolés, sacolés e até saladas - que são refrescantes e até mais nutritivas. Confira algumas sugestões:

    1: Prepare picolés de melão para cachorro com água de coco

    Para refrescar o seu cãozinho durante o verão, nada melhor que um picolé de frutas! No caso do melão, uma boa dica é bater com um pouco de água de coco junto - assim, a mistura fica ainda mais hidratante e nutritiva para o pet. 

    No liquidificador, bata ½ melão picado (sem cascas e sementes) com ½ xícara de água de coco. Depois, transfira para forminhas de picolé e deixe no congelador até o dia seguinte. O ideal é que você dê picolé para o cachorro de forma esporádica, ok? Como um tipo de refrescante para os dias mais quentes.

    2: Faça um suco refrescante de melão para cachorro 

    Se o seu cachorro não tem muito apetite, uma boa sugestão é bater a fruta para fazer um suquinho natural. Mas tome cuidado! Porque ao fazer o suco, geralmente se utiliza uma quantidade maior de fruta. Por isso, separe uma quantidade pequena - apenas uma fatia do melão - e bata com um pouco de água gelada. Coloque em uma vasilha e dê para o seu cãozinho se hidratar. Bem simples, né?

    Redação: Carolina Damasceno

    Orelha de boi para cachorro: como oferecer o petisco desidratado? É seguro? Quais os cuidados?

    Próxima matéria

    Orelha de boi para cachorro: como oferecer o petisco desidratado? É seguro? Quais os cuidados?

    Cachorro pode comer morango? Descubra se a fruta é liberada e quais os benefícios!
    Alimentação

    Cachorro pode comer morango? Descubra se a fruta é liberada e quais os benefícios!

    Dar uma variada no cardápio canino é super válido, mas saber quais frutas que o cachorro pode comer é algo necessário nessas horas. Afinal, você não vai querer oferecer nada que prejudique a saúde do seu amigo de quatro patas, certo? Bom, algumas opções liberadas são a banana, manga, kiwi, melancia… mas e o morango? Pode dar para cachorro ou não? Para responder a essa pergunta, o Patas da Casa preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o alimento.

    Cachorro pode comer mamão? Descubra se a fruta é indicada para cães e como inserir na dieta
    Alimentação

    Cachorro pode comer mamão? Descubra se a fruta é indicada para cães e como inserir na dieta

    Como as frutas fazem parte de uma dieta humana saudável, muitas vezes assumimos que elas também são benéficas ??para os nossos animais de estimação. Mas afinal, um cachorro pode comer frutas? De fato, a alimentação natural traz uma série de vantagens para a saúde dos cães, acrescentando vitaminas, minerais e antioxidantes necessários ao organismo dos bichinhos. No entanto, é preciso ter certos cuidados ao escolher as frutas que o cachorro pode comer. Embora muitas delas sejam excelentes para os animais, nem todas podem ser oferecidas a eles.

    Frutas que o cachorro pode comer. Veja a lista!
    Alimentação

    Frutas que o cachorro pode comer. Veja a lista!

    As frutas são fontes de nutrientes e fibras, mas sabia que nem todas são benéficas à saúde do seu cachorro? Algumas podem ser ricas em frutose (o açúcar contido nas frutas), ácidas demais ou conter substâncias que podem prejudicar a digestão do seu animal. Até mesmo as frutas que eles podem comer precisam de atenção! Além disso, tem ficar atento a cascas e sementes de algumas delas, porque podem ser perigosas. Antes de não resistir ao olhar do seu cãozinho, veja quais frutas estão liberadas e quais são proibidas!

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!
    Alimentação

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!

    As frutas para cachorro são ótimas opções de petiscos para agradar o seu amigo de quatro patas. Os pets podem sim tirar proveito da ingestão de determinadas frutas que são liberadas e não fazem mal. Mas afinal, cachorro pode comer banana? Quais os benefícios dessa fruta para cachorros? Qual a quantidade correta? Posso fazer um petisco para cachorro com esses alimentos? Veja as respostas para todas essas dúvidas!

    Ver Todas >

    Gato pode tomar iogurte? Descubra se o alimento é liberado
    Alimentação animal

    Gato pode tomar iogurte? Descubra se o alimento é liberado

    Você sabe se gato pode tomar iogurte? Esse alimento delicioso e saudável faz parte da dieta de muitas pessoas por conta dos seus inúmeros benefícios, como fornecimento de proteínas e melhora no fluxo intestinal. Muitos pais e mães de pet gostam de dividir um pouquinho do que estão comendo com seu animal de estimação. Porém, sabemos que existem alguns alimentos que gatos não podem comer pois fazem mal ä sua saúde. 

    Ração renal para gatos: composição, indicações e como fazer a troca
    Alimentação animal

    Ração renal para gatos: composição, indicações e como fazer a troca

    Já ouviu falar na ração renal para gatos? O alimento possui uma composição exclusiva para animais que sofrem com doenças nos rins e costuma ser muito indicado pelos médicos veterinários como um tratamento de suporte. Então se você suspeita que tem um gato com problemas renais, é muito importante marcar uma consulta veterinária para ter o diagnóstico correto e ter todas as orientações de como tratar e ajudar o seu amigo de quatro patas neste momento.

    Pode deixar o potinho de ração para cachorro no chão?
    Alimentação animal

    Pode deixar o potinho de ração para cachorro no chão?

    Que a ração para cachorro é o melhor alimento para o seu amigo de quatro patas, você já sabe. Mas de nada adianta escolher a melhor ração para cachorro, adequada ao porte e à idade do animal, e não servir os grãos de maneira adequada, não é mesmo? Nesse artigo, você vai descobrir o que deve ser levado em consideração na hora de alimentar o seu doguinho. Continue lendo!

    Como ensinar o cachorro a comer devagar? Veja o passo a passo!
    Alimentação animal

    Como ensinar o cachorro a comer devagar? Veja o passo a passo!

    Uma dúvida que passa pela cabeça de todo tutor que tem um cãozinho que se alimenta rápido demais é: como fazer o cachorro comer devagar? Além de desagradável, o hábito de devorar toda a ração em questão de segundos pode ser muito prejudicial para a saúde canina, então a preocupação é super válida. Como o animal não mastiga completamente os grãos, a digestão do cachorro é dificultada e pode acarretar em casos de cachorro vomitando, arrotando, com gases e até engasgado. 

    Ver Todas >