Cuidados dos animais

Cachorro na piscina: veja os cuidados mais importantes durante as brincadeiras na água

Publicado - 22 Dezembro 2021 - 17h59

Atualizado - 16 Maio 2024 - 10h39

Em dias mais quentes, é normal que muitas famílias gostem de passar o dia na praia ou na piscina, mas para quem tem um amigo de quatro patas sempre fica aquela dúvida: cachorro na piscina pode ou não? A resposta é afirmativa, mas é importante procurar uma piscina própria para cães, já que aquelas que são frequentadas por humanos normalmente têm muito cloro e outras substâncias químicas que podem prejudicar o bem-estar dos peludos.

Mas atenção: mesmo que essa seja uma opção super válida para refrescar o pet durante o verão, o cachorro na piscina requer alguns cuidados importantes e supervisão constante. Para saber como lidar com a situação e se divertir com o doguinho em ambientes aquáticos, separamos algumas dicas para a experiência ser a melhor possível. Chega mais!

Cachorro na piscina: algumas raças sabem nadar, outras não

Antes de levar seu cãozinho para um passeio na piscina, é importante ter em mente que não são todas as raças de cachorro que sabem nadar. Apesar de boa parte dos animais possuírem habilidades aquáticas, existem algumas exceções, como os cães braquicefálicos, que têm uma dificuldade enorme em se exercitar na água. Você dificilmente vai ver um Pug, Bulldog ou Shih Tzu nadando. Além deles, cães com um formato alongado de corpo, como o Dachshund, Basset Hound e Corgi, também não conseguem se adaptar muito bem nesse ambiente.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Por outro lado, existem algumas raças de cachorro que amam nadar e são super indicadas para esportes aquáticos. Alguns exemplos de cachorros que sabem nadar são:

  • Labrador
  • Golden Retriever
  • Poodle
  • Cocker Spaniel
  • Cão de Água Português

Escolha horários em que o sol não está tão quente para entrar com o cachorro na piscina

Para evitar desconfortos com o calor e problemas de pele no cachorro, o mais indicado é entrar na piscina seguindo a velha recomendação: antes de 10h e depois de 16h. Esse intervalo de tempo deve ser respeitado porque são horários em que a incidência solar não está tão forte - e, portanto, não vai prejudicar a saúde e bem-estar do seu amiguinho peludo. Então evite o momentos de alta exposição solar, e prefira sempre cedinho de manhã ou no final da tarde para divertir o cachorro na piscina.

Em piscinas compartilhadas, o cachorro precisa estar em boas condições de saúde

Se você não sabe como fazer piscina para cachorro em casa ou não tem espaço para isso, pode procurar lugares apropriados para isso. No caso de uma piscina para cães compartilhada, certifique-se de que o seu doguinho está totalmente apto e com boa saúde para a atividade. Ele já deve ter tomado todas as vacinas para cachorro necessárias e não ter nenhuma doença de pele contagiosa. Além de ser uma forma de cuidado com o seu próprio amigo, também é uma forma de evitar contágios e transmissões para outros cães.

 

Cachorro peludo dourado molhado em cima de boia rosa em piscina
Cachorro na piscina pode, desde que alguns acessórios - como coletes e boias - estejam à  disposição

 

Como proteger a piscina do cachorro: tenha sempre boias e coletes para pets por perto

Mesmo que nem todos os cães saibam nadar, as raças menos habilidosas podem aproveitar alguns momentos na piscina se estiverem com os acessórios certos, como boias e coletes salva-vidas. E o mais legal de tudo é que esses itens também servem como brinquedos para cachorros que nadam! Essa é uma forma de como proteger a piscina do cachorro, evitando acidentes e afogamentos - mas atenção: ainda assim, é importante que o tutor supervisione o cachorro na piscina o tempo todo!

Protetor solar é um cuidado indispensável com o cachorro na piscina

Na hora de levar um cachorro na piscina, mesmo que você escolha um horário em que o sol não está tão forte, é muito importante protegê-lo da exposição contra os raios solares UVA e UVB. A melhor maneira de fazer isso é investindo em um bom protetor solar para cachorro (sim, existem produtos específicos para pets!). O tutor deve passar um pouco no pet logo antes de sair de casa, e reaplicar a cada 2 ou 3 horas. Verifique na embalagem as condições de uso do produto. Assim você se diverte e ao mesmo tempo protege o cãozinho contra vários problemas, como o câncer de pele em cachorro e queimaduras.

Depois do banho na piscina, cachorro precisa ficar bem seco

Quando se trata de um cachorro na piscina, cuidados devem ser tomados antes, durante e após a atividade. Por isso, depois de brincar bastante com o doguinho na água, não se esqueça de secá-lo muito bem. Os pelos úmidos favorecem o desenvolvimento de fungos em cachorro, podendo causar também alergias e dermatites. A dica é estar sempre preparado com uma toalha e um secador (mas lembre-se que para usar o secador de cabelo em cachorro, é necessário que o aparelho seja ligado com o ar frio e não quente).

Cachorro não quer sair da piscina? Saiba o que fazer!

Existem casos em que os pets ficam tão entretidos com o passeio que o cachorro simplesmente não quer mais sair da piscina! Por mais que os tutores já tenham ensinado como sair da água, o doguinho parece não ter o menor interesse nisso. Se isso acontecer, você pode tentar atrair a atenção do pet com estímulos positivos, como um petisco gostoso ou convidando-o para brincar com o seu brinquedo favorito.

Redação: Juliana Melo

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Cachorro

Samoieda: saiba como ter um cachorro da raça russa e outras curiosidades sobre a convivência com esse pet

O Samoieda é um dos cachorros mais bonitos que existem! Com uma pelagem branquinha e uma fisionomia que lembra bastante um lobo, a r...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Ver todas