O Mabeco é uma espécie de cachorro selvagem que vive na natureza e possui uma aparência diferente do que estamos acostumados. As orelhas grandes e o corpo esguio são características marcantes do cão selvagem. Os Mabecos surgiram na África (por isso são chamados também de cão selvagem africano) e até hoje são encontrados na região da África Subsaariana. Apesar de sua aparência ser bem chamativa, o que mais se destaca nesse cachorro é o seu estilo de vida. Os cães Mabecos de um mesm bando se reúnem em assembleias para votar entre si algumas medidas importantes, como a escolha do seu líder e a hora para caçar. Pode parecer impossível de imaginar, mas o Patas da Casa te explica exatamente como acontece o surpreendente sistema de votos realizado pelos cães Mabeco. Confira!

O Mabeco tem uma aparência diferente dos canídeos tradicionais

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

O Mabeco é uma espécie de cachorro selvagem que tem sua origem no continente africano. Esse animal vive na África Subsaariana, mas está ameaçado de extinção. Hoje em dia, acredita-se que nessa região existam cerca de 6.600 exemplares do animal. O Mabeco possui uma aparência diferente dos cães que estamos acostumados a ver, tanto que, originalmente, acreditava-se que esse animal era uma raça de hiena. Só mais tarde ficou comprovado que o Mabeco é um canídeo.

O formato das orelhas do cachorro é mais arredondado, o que ajuda a captar sons com enorme facilidade na hora da caça, que é a característica mais marcante do Mabeco. Com um corpo bem musculoso e esguio, os pelos do Mabeco são curtos no corpo e mais longos na região do pescoço. Cada Cão Selvagem Africano tem um padrão único de cores, além de contar com manchas espalhadas pelo corpo e uma marca preta característica na testa.

O Cão Selvagem Africano é conhecido por ser um animal altamente sociável

Apesar de não ser um cão doméstico, o Mabeco poderia facilmente estar na lista de raças de cachorro mais sociáveis. Os cães selvagens africanos não vivem com humanos, mas possuem uma forte ligação entre si e interagem com extrema facilidade. Esse animal adora viver em bando e possui uma habilidade de comunicação extraordinária. Os cães da mesma matilha sabem se comunicar muito bem e formam uma sociedade complexa entre si. A sociabilidade do Cão Selvagem Africano é uma ótima vantagem durante as caçadas, pois faz com que a matilha trabalhe em equipe de maneira excepcional. Por isso, os Mabecos caçando obtém resultados positivos na maioria das vezes. Todo bando é liderado por um casal de Mabeco e composto por um grupo de seis a vinte cães selvagens africanos.

Uma matilha de Mabeco toma decisões baseadas em um sistema de votos

O que mais chama atenção no Cão Selvagem Africano é a forma como eles vivem entre si. Um estudo publicado pela revista científica Royal Society mostra que os Mabecos possuem um sistema de votação para tomar determinadas decisões na matilha, como a escolha do líder e o momento em que querem caçar. O estudo começou quando os pesquisadores perceberam que os cães Mabeco sempre se reuniam, mas que, dos 68 grupos estudados, só um terço deles realmente saía para caçar depois da reunião. Após muitas análises, percebeu-se que, na verdade, os cães estavam se reunindo em assembleias e votando antes de tomar uma decisão. Por isso, nem sempre todo o grupo saía para caçar.


O Cão Selvagem Africano emite um som que lembra um espirro para votar nas assembleias
O Cão Selvagem Africano emite um som que lembra um espirro para votar nas assembleias

Entenda como funciona a votação entre os cães Mabeco

O fato dos cães Mabeco serem capazes de votar entre si já é surpreendente, mas a forma como o seu sistema de votação funciona consegue ser ainda mais. Todo Mabeco pode pedir uma votação, mas sabe-se que quanto mais alta for a posição social desse Mabeco, maiores são as chances de sua reivindicação ter sucesso. Para iniciar uma assembleia, o animal precisa convocar todos os cães do grupo. O animal faz, então, alguns gestos específicos para marcar o início da reunião: ele abaixa a cabeça, abre a boca e suas orelhas ficam dobradas para trás. Durante a votação, cada cachorro precisa dar uma espécie de espirro, com um som diferente do habitual, para manifestar sua opinião. Quanto mais Mabecos emitirem o som, mais votos a proposta ganha a seu favor. A linguagem canina é, sem dúvidas, impressionante!

O cão selvagem africano sempre protege e cuida dos outros integrantes da matilha

A lealdade é mais uma característica marcante desse animal. O Mabeco é um ser extremamente leal à sua família e faz de tudo para protegê-la. Por serem muito sociáveis e terem uma comunicação muito eficaz entre si, os cães do mesmo grupo se dão muito bem. Por isso, é muito difícil ver uma briga entre Mabecos de uma mesma família. A sociedade bem estruturada permite que eles dividam as tarefas e cada um saiba sua função. Enquanto alguns Mabecos caçam, outros cuidam das crias, por exemplo. Além disso, eles são solidários entre si. Os Mabecos sempre cuidam dos membros idosos ou doentes da sua matilha. Portanto, além de ser um cachorro inteligente e sociável, também é muito leal e solidário. Toda essa união faz com que os cães selvagens da raça tenham uma grande sintonia durante a caça. O Mabeco recebe o título de predador mais eficiente da África e que mais tem sucesso em suas caças.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Edição: Luana Lopes