Comportamento animal

Cachorro farejador: como é o treinamento de cães de serviço?

Publicado - 13 Abril 2022 - 18h27

Atualizado - 17 Maio 2024 - 22h14

Para trabalhar como cachorro farejador, não basta ter apenas um olfato canino apurado. O faro de cachorro já é excepcional naturalmente, mas um cão de trabalho precisa de todo um preparo para atuar profissionalmente, seja junto da polícia, em equipes de resgate ou em qualquer uma das diferentes áreas em que um cachorro farejador pode se aventurar. Para se tornar um cachorro farejador, o animal passa por um treinamento especial que engloba diferentes atividades. O Patas da Casa conversou com o adestrador de animais Renan Bercot, que nos contou como é feito o treinamento de cães farejadores. Confira!

Cão farejando: entenda como funciona o focinho do cachorro

O poder do olfato canino é impressionante e muito disso se dá pela anatomia do focinho - que pode, inclusive, ter tamanhos diferentes (os focinhos de cães braquicefálicos são mais achatados, por exemplo). Quando o ar entra nas fossas nasais do cão, traz consigo os odores presentes no ambiente. Ao contrário dos humanos, que têm 5 milhões de células olfativas, o cão possui cerca de 400 milhões! Por isso, qualquer cheiro que passe pelo seu focinho é captado, o que contribui para uma maior sensibilidade olfativa. Outro ponto importante é que uma das fossas nasais é voltada só para respiração, enquanto a outra fica totalmente encarregada do faro. Isso garante uma maior percepção de cheiros, já que nada se perde.

Cachorro farejador pode atuar em mais áreas do que se imagina

Quando pensamos em cão farejador, sempre nos vem à mente os cachorros que procuram por entorpecentes em operações da polícia. Mas na verdade o campo de atuação de um cachorro farejador é bem mais amplo. "Pode atuar na busca por entorpecentes, explosivos, no auxílio de equipes policiais, na busca por pessoas mortas, sobreviventes ou na busca por pessoas ou animais perdidos", explica Renan. O cão farejando também pode ajudar no controle de pragas, identificando o esconderijo delas. Além disso, o cachorro farejador pode até mesmo detectar doenças. "Eles podem identificar vários tipos de câncer. Também já estão sendo treinados para identificar a Covid-19. No caso de pessoas com epilepsia, conseguem antecipar uma crise e alertar essa pessoa para que ela vá para um lugar seguro". Incrível, né?

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Qualquer cão pode ser um cachorro farejador?

O olfato de cachorro é extremamente apurado. Todas as raças têm um faro excepcional capaz de perceber uma infinidade de cheiros. Por conta disso, Renan explica que qualquer cão, seja de raça ou sem raça definida, é um ótimo farejador e pode ser treinado. Porém, algumas raças se destacam mais por conta de diferentes fatores. O adestrador conta que Beagle e Bloodhound estão entre os cães de maior capacidade olfativa. Já cães pastores, como Pastor AlemãoBorder Collie e Pastor Belga Malinois, se destacam pela anatomia e capacidade física. Enquanto isso, os cães Retriever, como Golden e Labrador, são ótimos para atuarem na água.

Quanto mais cedo o cachorro farejador começar o treinamento, melhor

O momento em que o treinamento começa depende do foco. Renan explica que, no caso de um treinamento recreativo, pode-se iniciar em qualquer idade sem problemas. "Isso ajuda muito no desenvolvimento cognitivo do animal, além de proporcionar bem-estar, já que o faro é o sentido mais apurado dos cães", explica. Porém, para treinar um cachorro farejador que vá trabalhar com isso, o recomendado é iniciar mais cedo: "Quando o foco for para algum trabalho, o ideal é o cão começar a ser treinado desde filhote, mas isso não impede que um cão adulto possa ser treinado e tenha sucesso."

 

Cão farejador trabalhando junto de policial

 

O treinamento de cães farejadores estimula o olfato canino

 

O olfato apurado é uma característica de qualquer cachorro. Sempre vemos o cão farejando durante os passeios porque é um instinto. O que diferencia um cachorro farejador profissional é que, durante o treinamento, esse sentido é estimulado continuamente com métodos mais precisos. "A técnica mais usada é o reforço positivo R+, em que o animal ganha algo que ele gosta quando tem sucesso. Mas isso vai em uma escalada. No início, tudo é muito fácil e gradativamente o critério vai aumentando. É importante deixar o animal sempre motivado para que tudo seja sempre associado como uma diversão", explica o adestrador.

Atividades de obediência e socialização fazem parte do treinamento do cão farejador

A vida de um cachorro farejador não é moleza! O animal precisa passar por diferentes treinamentos que estimulam não só seu faro como também outras habilidades essenciais para o trabalho. Renan explica que o treinamento de obediência e a socialização são fundamentais para um cão de trabalho. Já o treino específico para o faro consiste na identificação de um cheiro específico. "Definido esse odor, o cão deve praticar o treino começando com um critério fácil e ir subindo gradativamente, de acordo com a resposta de cada animal. Geralmente, induzimos o cachorro a gostar de buscar um brinquedo específico para que, no futuro, ele associe esse brinquedo com o odor", esclarece o especialista. Todo o processo precisa ser feito de forma gradativa para que os resultados sejam positivos e eficientes. 

Cães farejadores precisam de uma dieta especial

Os cuidados no treinamento do cachorro farejador são muito importantes. Além dos treinos de faro, obediência e socialização, é importante que todo o corpo do animal esteja saudável. Por isso, a alimentação do cachorro é um ponto fundamental. "Eu considero essa questão muito importante para o sucesso. É essencial o acompanhamento de um veterinário para dar esse suporte. Ele levará em consideração a individualidade e o nível de atividade para definir uma alimentação adequada", afirma Renan. 

O treinamento do cachorro farejador precisa precisa ser constante

Não existe um tempo específico para se concluir o "curso" de cão farejador. Cada animal tem um processo diferente que muda de acordo com sua rotina e a função para a qual ele está designado. "Na minha opinião, se um cão começa os treinos desde filhotinho (2 meses), após um ano e meio de idade já pode ser um bom momento para começar a trabalhar, mas isso pode variar", explica Renan. "Sabemos que o cão está pronto quando, dentro de um nível de dificuldade baseado na sua realidade, ele tem uma alta porcentagem de acerto". Mas não pense que para por aí! O cachorro farejador vai precisar de treinamento constante. "Mesmo depois, quando já está trabalhando, ele deve ter uma rotina de treino para estar sempre apto a atuar na sua função", afirma o adestrador.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Ver todas