Cachorro

Cachorro de aparelho dentário: quando é indicado? quanto custa? Como é a manutenção? Saiba tudo!

Publicado - 27 Junho 2023 - 15h43

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Quando pensamos em cachorro de aparelho dentário pode até parecer um grande exagero e mais um argumento para colocar na lista dos problemas da humanização animal. Mas a verdade é que, em alguns casos,  esse instrumento é extremamente importante para solucionar problemas nos dentes de cachorros que ocasionam desconforto e dor. O Patas da Casa preparou um guia com tudo que você precisa saber sobre o cachorro de aparelho!

Quando é indicado o uso de aparelho dentário em cães? 

Não faz muito tempo que o aparelho dentário canino começou a ser utilizado aqui no Brasil, a estimativa é que esse tipo de tratamento tenha começado por volta de 15 a 20 anos atrás. Feito com resina ou fios metálicos, o intuito do aparelho ortodôntico canino não é a estética do sorriso animal, mas sim corrigir o mau alinhamento dentário.

Má oclusão é o nome dado para o contato anormal entre os dentes da arcada superior e inferior, ou seja, quando os dentes não estão alinhados de forma correta.  Devido ao mau alinhamento, os cães podem apresentar dificuldade para mastigar, além de propiciar o surgimento de infecções, feridas na boca e outros problemas dentários mais sérios. O cachorro com dor de dente também é um sinal.

Imagem Quiz:Passeio, comida ou você? Qual o grande amor da vida do seu cachorro?

Passeio, comida ou você? Qual o grande amor da vida do seu cachorro?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Cachorro preto com dentes tortos

Vale lembrar que o uso de aparelho ortodôntico para cães nem sempre é indicado. Esse é um recurso utilizado em último caso, por isso é importante levar o animal ao médico veterinário especializado em odontologia para avaliar as alternativas.

Tipos de aparelho para cachorro

Os aparelhos podem ser de materiais e formatos diferentes, como de metal ou plástico, e cada caso vai exigir um tipo. Em algumas situações, por exemplo, não há necessidade de colocar o aparelho em todos os dentes do animal, mas apenas nos que estão provocando a má oclusão. A decisão é tomada pelo veterinário, que avalia cada caso e leva em consideração questões como o temperamento do animal, os custos e o tipo de cuidado. Após ser decidido o melhor aparelho, o cão é anestesiado para passar pelo procedimento. 

Cachorro de aparelho: fique de olho nos sinais de que seu pet precisa usar

Antes do diagnóstico dado pelo médico veterinário, há alguns sinais que podem indicar que o seu cão possui má oclusão, necessitando talvez do uso do aparelho ortodôntico:

  • Feridas na parte interna da boca do cão
  • Salivação em excesso 
  • Sangramentos
  • Forte odor na boca
  • Perda de apetite
  • Gengiva avermelhada e inchada
  • Inchaço no focinho

Esses sintomas são comuns a outras doenças bucais, então é importante estar sempre de olho em comportamentos anormais dos cães e levá-lo ao veterinário se mais de um sinal for notado. 

Quais são as principais causas de má oclusão dos dentes de cachorro? 

Cachorro de aparelho dentário

Alguns cães, devido a sua própria anatomia, são suscetíveis a problemas de alinhamento dental, como é o caso de cachorros braquicefálicos. Por terem a mandíbula retraída, os dentes desses animais podem acabar crescendo em diferentes direções pela falta de espaço. 

Outra causa da má oclusão é o atraso na queda dos dentes de leite. A troca de dentes do cachorro normalmente ocorre entre os 4 e 7 meses de vida, mas se essa queda não ocorrer, os dentes permanentes nascem por cima, desalinhando a arcada e prejudicando a mordida desses animais. Nesses casos, é indicado a extração dos dentes de leite que não caíram. 

Tutores dos cães que adoram morder brinquedos e objetos duros também devem ficar atentos a essa prática, já que corre o risco do cachorro quebrar o dente. Além da dificuldade de mastigação provocada pela dor extrema, a fratura pode gerar infecções sérias e lesões na boca do animal.

Em alguns casos, alguns cachorros nascem com um número maior ou menor de dentes na boca, que pode atrapalhar o encaixe da arcada pelo mal posicionamento dentário. Devido a falta de espaço na boca do animal, os dentes acabam crescendo amontoados, sendo necessária a correção ortodôntica com o uso do aparelho dentário. 

Quedas e traumas também podem gerar problemas no alinhamento dentário do pet. Em todos os casos, é necessário que um veterinário examine e diagnostique o cão. 

Como é a colocação e a manutenção do aparelho dentário no cachorro?

Pode parecer muito estranho imaginar um cachorro de aparelho, mas o processo todo é bem parecido com o dos humanos. Se for decidido que o uso é indispensável para o seu bichinho ter mais qualidade de vida, primeiramente uma série de exames serão realizados para garantir a viabilidade do processo, como exame de sangue, hepáticos e renais, e em caso de idosos, eletro e ecocardiograma.

Se tudo estiver ok e o procedimento for liberado, é feita a moldagem dos dentes do animal. A partir do molde, o profissional consegue definir melhor o tipo de correção que será feita.

Quanto custa o aparelho para cachorro e qual a duração do tratamento?

Por falar em custo, o valor aproximado para a colocação é de R$5 mil, mas a parte boa é que o tratamento costuma ser relativamente rápido, em média dura de dois a quatro meses. Normalmente os cães se adaptam sem muitas dificuldades ao tratamento, mas é extremamente importante observar o comportamento do seu pet e proibir que a mastigação de objetos duros. 

Os dentes do cachorro precisam de cuidados após o procedimento

Cachorro e uma escova de dente

Desde pequenos, é importante manter uma rotina de cuidados dentários com o seu pet, para evitar o acúmulo de placas bacterianas e o surgimento de doenças bucais, como o tártaro.

Após a colocação do aparelho dentário, esse cuidado deve ser redobrado, já que o acessório propicia o maior acúmulo de restos de comidas e bactérias. O indicado é escovar os dentes diariamente, ou pelo menos três a quatro vezes por semana, com o auxílio de uma escova de dente para cachorro com cerdas macias para não machucar o animal.

Se o seu cachorro não for acostumado a escovar os dentes, é preciso fazer com que ele se acostume com o processo de escovação, com muita paciência e persistência. Se liga em algumas dicas!

  • Antes de começar a escovação, mostre e permita que o animal veja a escova. Nada de segurar o cão e traumatizar logo de cara.
  • Se ele não permitir o uso da escova de dente de primeira, utilize uma gaze com pasta de dente para ele se acostumar com os movimentos dentro da boca. O segredo é não apressar o processo e permitir que o cão se adapte no seu tempo.
  • Escolha um horário em que seu pet esteja mais calmo, como no final do dia. Assim, o processo pode ser mais tranquilo. 
  • Lembre-se que seguir uma rotina de escovação é importante para manter a qualidade de vida do animal. De pouco em pouco, o cachorro se acostuma com a prática.

Alerta! Doenças bucais em cachorros que merecem a atenção dos tutores

Mesmo que o seu cachorro não precise usar aparelho, é imprescindível manter uma rotina de cuidados com a boca e dentes do animal para evitar algumas doenças graves, como:

1. Gengivite em cães

A causa principal é o acúmulo da placa bacteriana devido a falta de escovação dental. Seus principal sintoma é o inchaço e vermelhidão da gengiva.

2. Doença Periodontal 

Se a gengivite não for tratada corretamente, a gengivite pode evoluir a doença periodontal, que não tem cura. Nesse caso, com o desenvolvimento da placa bacteriana, o tecido da boca do animal começa a ser destruído e até os ossos podem ser atingidos, que pode resultar na fratura da mandíbula. 

3. Dente quebrado

Ocorre quando há uma fratura dentária do cão e as bactérias entram pela parte interna do dente do animal, atingindo o osso. Essa inflamação pode se espalhar pelo corpo do animal e atingir outros órgãos.
 

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Comportamento

Sem cerimônia, cachorro bate na porta do vizinho e entra na casa para chamar amiga canina para brincar

A socialização é um processo muito importante para que o cãozinho aprenda a conviver com outras pessoas e animais, e também faça alg...

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Gato

Gato que frequentava Universidade se forma e recebe título de "Doutor em Litter-ature"

Histórias de bichinhos de estimação frequentando a universidade sempre ganham um lugar especial no nosso coração. Foi o que acontece...

Ver todas