Cachorro

Cachorro com displasia pode passear? Conheça os exercícios mais indicados para a condição

Publicado - 13 Outubro 2023 - 12h43

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Você já ouviu falar em displasia coxofemoral em cães? É uma condição de origem genética que causa alteração anatômica nas articulações coxofemorais dos cães, principalmente os cachorros mais idosos e de grande porte, como os da raça Labrador e Pastor Alemão. Muitas pessoas se perguntam se um cachorro com displasia pode caminhar e quais exercícios são indicados para tratar um cachorro com displasia coxofemoral. O Patas da Casa vai responder a todas essas perguntas e fornecer algumas dicas úteis para ajudar seu peludo a enfrentar essa condição. Então, prepare-se para ficar por dentro do assunto!

Displasia coxofemoral em cães: o que é?

Você provavelmente já ouviu falar de displasia coxofemoral em cães, uma condição que afeta as articulações dos quadris e pode causar dor e desconforto nos animais. Mas afinal, o que é realmente a displasia coxofemoral? Essa condição é caracterizada por um mau desenvolvimento da articulação coxofemoral, que é a junção entre a bacia e o fêmur. Essa má formação pode levar a um desgaste prematuro da cartilagem articular, causando dor e dificuldade de movimentação. Em alguns casos, a displasia coxofemoral pode ser hereditária e é mais comum em raças grandes, como Pastor Alemão e Golden Retriever.

Displasia em cachorro: sintomas e como saber se meu cachorro tem displasia coxofemoral

Identificar a displasia coxofemoral em cachorro de forma precoce é fundamental para garantir o bem-estar e a qualidade de vida do seu animal de estimação. Essa condição, que afeta a articulação entre o quadril e o fêmur, é mais comum em raças de porte médio a grande. Alguns sintomas da displasia em cães incluem:

Imagem Quiz:Passeio, comida ou você? Qual o grande amor da vida do seu cachorro?

Passeio, comida ou você? Qual o grande amor da vida do seu cachorro?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

  • Dificuldade em se levantar;
  • claudicação (dor ao caminhar);
  • relutância em subir escadas;
  • atrofia muscular na região da coxa. 

Um diagnóstico preciso é crucial para implementar o tratamento adequado e oferecer ao seu cão a melhor assistência possível.

Cachorro Golden Retriever passeando com a dona em parque
Cachorro com displasia pode caminhar, mas precisa de cuidados durante todo o trajeto

Cachorro com displasia pode caminhar? Cuidados para se ter durante o passeio

Muitos tutores ficam preocupados em relação a passear com cachorros que possuem displasia coxofemoral. Afinal, cachorro com displasia pode caminhar ou não? A resposta é sim, mas com certos cuidados! É importante lembrar que cada caso é único e pode variar de acordo com o estágio da displasia e a intensidade dos sintomas. 

Durante o passeio, é essencial prestar atenção aos sinais que o cachorro está dando. Se ele começar a mancar, ficar mais lento ou demonstrar desconforto, é hora de parar e descansar. Além disso, evite caminhadas muito longas e intensas, prefira trajetos mais curtos e planos. Se possível, evite superfícies escorregadias ou irregulares para prevenir qualquer tipo de piora no quadro de displasia.

Quais exercícios são indicados para cachorro com displasia coxofemoral?

Ao lidar com a displasia coxofemoral em cães, é importante que o pet pratique alguns exercícios físicos seguros e tratamentos benéficos para a saúde do cachorro. Aqui estão algumas opções que podem ajudar (e muito) o animal a conviver melhor com a displasia coxofemoral:

  • Natação: é uma excelente opção, pois a água ajuda a reduzir o impacto nas articulações, proporcionando um exercício de baixo impacto.
  • Hidroterapia: a hidroterapia é outra atividade aquática que pode ser benéfica, envolvendo exercícios na água com o auxílio de profissionais qualificados.
  • Caminhadas curtas e moderadas: realizar caminhadas curtas e moderadas, preferencialmente em terrenos planos, ajuda a exercitar o cachorro sem sobrecarregar as articulações afetadas.
  • Acupuntura: essa é uma opção de tratamento que pode ajudar a aliviar a dor e melhorar a mobilidade em cães com displasia coxofemoral, mas precisa ser realizada por profissionais especializados.
  • Quiropraxia: essa pode ser utilizada para aliviar o desconforto e melhorar a função das articulações afetadas, sendo uma abordagem não invasiva e complementar ao tratamento da displasia coxofemoral.

É fundamental ressaltar que antes de iniciar qualquer exercício ou tratamento para cachorro com displasia coxofemoral, é imprescindível consultar um veterinário especializado. O profissional indicará a melhor forma de exercitar o seu cão e recomendará tratamentos complementares, levando em consideração o estágio da displasia e as condições individuais do animal.

Displasia em cachorro tem cura? Entenda como funciona o tratamento

Uma dúvida comum entre os tutores de cães com displasia coxofemoral é se a condição possui cura. Infelizmente, não existe uma cura definitiva para a displasia coxofemoral. Entretanto, existem diferentes opções de tratamento que podem aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do seu pet. O tratamento pode envolver o uso de medicamentos para controle da dor e inflamação, terapias físicas, como a fisioterapia animal, e também a cirurgia, em casos mais graves. É importante conversar com o veterinário responsável pelo seu cão para avaliar qual é a melhor opção para o seu pet.

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Cachorro

Quais são os tipos da doença do carrapato em cachorro? Conheça as características de cada uma

A doença do carrapato em cachorro é um dos maiores temores dos tutores. O que nem todo mundo sabe é que existem diferentes tipos da ...

Cachorro

Como identificar a doença do carrapato em cachorro? Vets recomendam prestar atenção a esses 8 sinais na rotina do pet

A doença do carrapato em cachorro é uma das enfermidades mais perigosas e traiçoeiras que existem no universo canino. Infelizmente, ...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Adote um animal

8 características do Sphynx, o gato sem pelo

A aparência única e charmosa do Sphynx gera muita curiosidade. Afinal, não é todo dia que a gente encontra um gato sem pelo por aí, ...

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Ver todas