Diversidade pet

Cachorro com deficiência: 8 cuidados importantes durante a vida de um pet cego, surdo ou paraplégico

Publicado - 08 Novembro 2022 - 15h13

Atualizado - 25 Maio 2024 - 18h38

Um cachorro com deficiência, seja ela motora, visual ou auditiva, pode ter qualidade de vida assim como qualquer pet. Porém, é preciso ter algumas adaptações no dia a dia para garantir que o animal consiga viver bem mesmo com algumas limitações. São mudanças principalmente na rotina e dentro de casa que fazem toda a diferença na vida do animal. Mas afinal, que cuidados um cachorro deficiente precisa receber? O Patas da Casa te explica o que um tutor de cachorro cego, surdo ou paraplégico precisa saber!

1) Um cachorro cego ou paraplégico precisa de adaptações em casa

Um dos principais cuidados que se deve ter com um cachorro com deficiência é a adaptação da casa. Um cachorro cego ou um cachorro paraplégico tem mais dificuldade para se locomover e é importante facilitar ao máximo sua movimentação dentro de casa. Os móveis não devem ser posicionados no meio da casa, por isso prefira deixar o ambiente o mais amplo possível para o cachorro deficiente ter mais confiança na hora de andar.

Apostar em suporte para cachorro que não anda também faz toda a diferença. Rampas para cachorro e meias antiderrapantes são boas soluções. Colocar portões nos acessos a escadas e piscinas vai dar mais segurança. Por fim, se você tem um cachorro cego ou um cachorro paraplégico evite mudar a posição dos móveis com muita frequência. Isso pode confundir o cão e abalar sua confiança, além de aumentar o risco de acidentes.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

2) Adaptar o piso para cachorro paraplégico ou cego ajuda na movimentação pela casa

Quem tem um cachorro paraplégico ou cego em casa também precisa ter atenção ao piso. O piso para cachorro ideal é aquele de material antiderrapante para evitar que o animal deslize ou caia. Pisos lisos precisam ser evitados, pois há um risco maior do cão se machucar. Além disso, o o próprio tutor deve evitar ficar correndo pela casa, pois pode acabar esbarrando no cão sem querer.

3) Aposte em uma coleira para cachorro cego

A coleira para cachorro cego é um item que faz toda a diferença para pets com deficiência visual. Essa coleira possui um aro em seu entorno que evita que o animal esbarre em móveis, uma vez que a coleira sempre baterá nele para alertar o pet de algum obstáculo. Existem ainda versões de coleira para cachorro cego mais tecnológicas, que emitem vibrações para o animal toda vez que ele chega muito perto de algum objeto. Apostar na coleira para cachorro cego faz toda a diferença na vida de um cãozinho deficiente.

4) A cadeirinha para cachorro paraplégico devolve a liberdade do animal  

Assim como existe a coleira para cachorro cego existe a cadeirinha para cachorro paraplégico. Trata-se de um suporte para cachorro que não anda, que funciona de forma bem parecida com uma cadeira de rodas para humanos. A cadeirinha para cachorro paraplégico permite que o pet consiga se locomover sem precisar da ajuda de ninguém. Esse acessório é importante pois além de permitir que o animal consiga andar, ele devolve ao pet sua liberdade, deixando-o menos dependente e mais feliz. 

 

Cachorro cego marrom e peludo deitado em sofá verde
Cachorro cego ou paraplégico precisa de adaptações que facilitem a locomoção em casa

 

5) Para chamar um cachorro surdo, aposte em estímulos visuais 

Como o cachorro surdo não consegue ouvir seus comandos, é importante chamar a atenção dele de outras formas. A melhor maneira de fazer isso é utilizando estímulos visuais. O laser, por exemplo, é um acessório que pode ser útil (mas jamais aponte a luz nos olhos do animal heim?!). O tutor precisa estabelecer alguns movimentos próprios para indicar ao cachorro surdo a hora de “sentar” e “dar a pata". Piscar as luzes do ambiente e ter um toque específico ajudam a chamar o animal quando necessário.

6) Evite tocar subitamente em um cachorro surdo para não assustá-lo

Um cuidado importante que se deve ter com um cachorro surdo é evitar dar sustos no animal. O ideal é não tocá-lo pelas costas. O cachorro surdo não ouve você se aproximando de mansinho e pode se assustar de verdade com o toque. Por isso, sempre se aproxime dela pela sua frente e tenha certeza de que ele te viu antes de interagir.

7) O cachorro com deficiência precisa ter acesso facilitado a itens básicos do dia a dia

É muito importante entender que o cachorro com deficiência deve ter todas as suas necessidades básicas em dia. Manter os itens básicos perto do pet deficiente faz toda a diferença na vida do animal, principalmente para os que têm deficiência motora ou visual. Lembre-se de sempre deixar o comedouro, o bebedouro e o banheirinho em locais de fácil acesso. Além disso, é importante deixar mais acessórios espalhados em diferentes locais da casa. Assim, o cachorro deficiente sempre terá os itens indispensáveis ao seu dispor onde quer que ele esteja.

8) Cachorro deficiente precisa de passeios e brincadeiras como qualquer pet

Seja um cachorro cego, um cachorro paraplégico ou um cachorro surdo, é importante lembrar de uma coisa: ele precisa se exercitar e brincar como qualquer outro cão. A falta de atividades físicas favorece o sedentarismo e o aparecimento de doenças como obesidade, além de deixar o animal mais entediado e, consequentemente, ansioso. Outro problema da falta de exercícios é que o corpo acaba ficando mais frágil. Até mesmo um cachorro paraplégico precisa de atividades para fortalecer a musculatura e evitar que os membros atrofiem, piorando ainda mais sua locomoção - a fisioterapia para cachorro é super indicada. Claro que o tutor de um cachorro deficiente precisa ter uma atenção maior durante brincadeiras e exercícios, mas essas atividades jamais devem ser excluídas da rotina. 

Redação: Maria Luísa Pimenta 

Edição: Luana Lopes

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Cachorro

Quais são os tipos da doença do carrapato em cachorro? Conheça as características de cada uma

A doença do carrapato em cachorro é um dos maiores temores dos tutores. O que nem todo mundo sabe é que existem diferentes tipos da ...

Cachorro

Como identificar a doença do carrapato em cachorro? Vets recomendam prestar atenção a esses 8 sinais na rotina do pet

A doença do carrapato em cachorro é uma das enfermidades mais perigosas e traiçoeiras que existem no universo canino. Infelizmente, ...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Adote um animal

8 características do Sphynx, o gato sem pelo

A aparência única e charmosa do Sphynx gera muita curiosidade. Afinal, não é todo dia que a gente encontra um gato sem pelo por aí, ...

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Ver todas