Brinquedos

Brincar com cachorro: 47 coisas que você pode fazer para gastar a energia do seu pet

Brincar com cachorro pode ser muito divertido! Saiba mais sobre esportes, passeios e brinquedos para cães
Brincar com cachorro pode ser muito divertido! Saiba mais sobre esportes, passeios e brinquedos para cães

Os cães são animais bastante energéticos e que dificilmente param quietos em um canto (exceto, claro, quando estão dormindo). Geralmente, os passear com o cachorro é a escolha mais prática e fácil para gastar o acúmulo de energia dos doguinhos, mas também existem várias outras formas de fazer isso. Brincadeiras, brinquedos para cachorro, práticas esportivas, passeios diferenciados: existe uma infinidade de possibilidades e às vezes basta usar a criatividade para tornar uma simples tarefa em um momento divertido e descontraído com o seu pet. Separamos algumas dicas valiosas sobre o assunto que podem ajudar bastante. Veja a seguir e prepare-se para brincar com seu cachorro de forma muito mais divertida!

Dos brinquedos com garrafa pet às trilhas: confira as melhores opções de como brincar com cachorro

1) Trilhas com cães

As trilhas podem ser divertidas, mas é preciso tomar certos cuidados. Antes de investir nesse tipo de passeio com cachorro, é importante se certificar de que o pet está vacinado, vermifugado e devidamente protegido contra pulgas, carrapatos e outros parasitas. O passeio também precisa preservar a segurança e bem-estar do animal.

2) Parque para cachorros

Também conhecido popularmente como parCão, o parque para cachorros é uma ótima opção de passeio para fazer com o seu amigo de quatro patas. Nesse espaço ele pode correr, se divertir e interagir com vários outros doguinhos, melhorando também a questão da sociabilidade.

3) Circuito simples dentro de casa

Já pensou em usar objetos do cotidiano para criar uma espécie de circuito para cães dentro de casa? Pode ser bem divertido brincar com cachorro assim! É possível pegar um cabo de vassoura e colocar no chão para o animal “pular”, criar obstáculos com bolas e outros objetos… Enfim, é ótimo para deixar a criatividade rolar, e o seu amigo de quatro patas certamente vai gastar bastante energia com isso.

4) Ensinar comandos para cachorro

É totalmente possível ensinar alguns comandos para cachorro mesmo sem ser adestrador profissional. Geralmente, a técnica mais adotada para isso é a do reforço positivo, que consiste em recompensar o doguinho sempre que ele acertar o comando que você está tentando ensiná-lo. Pode ser com um petisco, elogios e muito carinho! Veja alguns exemplos do que é possível ensinar ao seu cãozinho:

5) Ensinar cachorro a sentar

Com um petisco, se posicione na frente do cachorro, segure o pedacinho do alimento com a ponta dos dedo e estenda a mão um pouco para frente. Com a atenção do cãozinho voltada para sua mão, leve o petisco na linha do focinho, passando acima da cabeça em direção à parte de trás do animal - ao mesmo tempo, diga o comando "senta". Assim, ele vai sentar automaticamente e essa é a hora de elogiar e dar o petisco para ele fazer uma associação positiva.

6) Ensinar cachorro a dar a pata

Coloque alguns petiscos na mão e feche-a em punho. Com o cão sentado, posicione a outra mão aberta em uma altura que o animal possa ver e tocar. Em seguida, fale o comando. Assim que ele encostar a pata na sua mão, o recompense.

7) Ensinar cachorro a deitar

Com o cachorro sentado, guie o cachorro com a mão em direção ao chão e espere que ele coloque o focinho onde você indicou. Pode ser necessário repetir algumas vezes até ele entender qual movimento você espera. Não esqueça de elogiar e recompensar o cachorro quando ele acertar!

8) Fingir de morto

Com o cachorro sentado, leve o petisco até o chão para que ele deite. Depois disso, passe a mão com o petisco lentamente em volta do pescoço do pet, como se desenhasse um colar no ar e diga a palavra “morto”. No momento que ele obedecer (ou seja, ficando imóvel) recompense-o. Repita várias vezes para aperfeiçoar o comando.

9) Ensinar o cachorro a rolar

Se posicione na frente do cachorro e peça para ele deitar. Segure o petisco perto do focinho do animal e diga o comando ao mesmo tempo que mover a mão ao redor da cabeça dele. Naturalmente, o focinho do cachorro vai seguir o alimento. 

10) Corrida para cães

Para quem deseja começar a se exercitar junto com o cachorro, corrida é uma ótima opção. Mas antes, é importante se atentar à raça do seu amigo, porque nem todos os cães têm fôlego para esse tipo de exercício, e uma ida ao veterinário também pode ser necessária para se certificar de que está tudo certo com a saúde do seu amigo. Com o sinal verde, é só escolher um dia, preferencialmente no início da manhã ou no final da tarde, para botar a corrida com cachorro em prática.

11) Frisbee: cachorros são apaixonados pela brincadeira

É bem provável que você já tenha visto ou ouvido falar das brincadeiras com frisbee. Cachorro simplesmente adora o acessório, e essa acaba sendo uma boa forma de exercitar seu pet ao ar livre. Com o frisbee em mãos, é só jogá-lo em uma direção para o cachorro correr atrás, sendo semelhante ao lançamento de bolinhas.

12) Natação para cachorro

Um dos melhores esportes para cães é a natação! E não dá para negar que a maioria dos cães ama brincar com água. Essa é uma atividade física capaz de exercitar todo o corpo do animal e que tem baixo impacto nas articulações, e, por isso, ela é bastante recomendada inclusive para manter a saúde dele. Existem vários centros que oferecem a natação para cachorro com profissionais, então se essa for uma atividade regular na rotina do seu pet, vale procurar um local com boas referências.

13) Andar de bicicleta com cachorro

Outra opção de exercício físico conjunto é andar de bicicleta com cachorro. Assim, tanto você quanto o seu amigo de quatro patas gastam energia juntos. No entanto, é importante ter alguns cuidados na hora de fazer esse tipo de passeio: o cachorro precisa que a guia esteja acoplada na bicicleta com um adaptador ou fixado. Trata-se de um acessório que mantém o animal a uma distância segura e evita puxões. Lembre-se também de não percorrer longas distâncias e respeitar o fôlego do seu doguinho.

14) Andar de skate com cachorro

Assim como é possível andar de bicicleta com cachorro, também é possível fazer o mesmo com um skate. Nesse caso, é só se certificar de que o animal está com guia ou que ele é capaz de te acompanhar lado a lado sem fugir ou sair correndo em outras direções. Nesse segundo cenário, o adestramento ajudará que você tenha o controle da situação.

15) Cabo de guerra para cachorro

Uma ótima brincadeira para distrair e gastar a energia do seu pet é o cabo de guerra. Cachorro geralmente se interessa bastante por brincadeiras em que ele pode “medir forças” com o seu humano, e é justamente por isso que o cabo de guerra acaba sendo bem legal nesse caso. É possível brincar com cachorro com objetos simples, como uma camisa velha ou um pano esquecido pela casa, assim como também dá para comprar um brinquedo que seja feito especificamente para isso.

16) Agility para cães é o esporte do momento

O agility tem ficado cada vez mais famoso no universo canino. Além de estimular as habilidades cognitivas do animal, essa é uma excelente atividade para gastar a energia dos cães. Mas como fazer agility para cachorro? É simples: como já foi dito anteriormente, é possível começar a criar o circuito dentro de casa com objetos simples para treinar o cão. Caso decida aderir ao esporte na rotina do animal, é só procurar por clubes ou escolas que oferecem essa modalidade esportiva.

17) Atirar bola, graveto e outros objetos para cachorro

Todo mundo sabe que os cães simplesmente adoram brincadeiras em que o tutor atira objetos e eles têm que correr atrás para pegar. Então, que tal gastar energia do seu pet com isso? Pode ser com uma simples bolinha (que eles amam, inclusive) ou com qualquer outra coisa que o cachorro possa colocar na boca sem o perigo de engolir, como um pedaço de graveto.

18) Piscina de bolinha de para cachorro

Se os cães já são fascinados por uma simples bolinha, imagina uma piscina com um montão delas? A piscina de bolinhas para cachorro normalmente é a mesma utilizada para crianças e pode ser encontrada em lojas na internet. Uma coisa é certa: o seu amigo de quatro patas vai ficar super entretido nesse novo cantinho e vai queimar várias calorias!

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Passear com cachorro de bicicleta ou skate pode ser uma ótima forma de praticar exercícios
    Passear com cachorro de bicicleta ou skate pode ser uma ótima forma de praticar exercícios

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    19) Subir e descer escadas do prédio

    Para quem não tem um bom espaço para exercitar o cachorro dentro de casa, as escadas do prédio podem ser um ótimo quebra-galho para fazer atividades físicas com o cachorro sem precisar sair na rua. Mas atenção com o fôlego do doguinho, hein? Se perceber que ele está muito cansado, é melhor parar e voltar para casa.

    20) Comedouros interativos

    Engana-se quem pensa que o comedouro interativo para cachorro serve apenas para colocar a ração dos animais. Na verdade, o acessório também pode ajudar o seu pet a gastar bastante energia! Como ele funciona como uma espécie de quebra-cabeça para cachorro, o seu amigo de quatro patas precisa descobrir o que ele deve fazer para conseguir pegar a comida.

    21) Canicross

    O canicross é uma modalidade esportiva para cães que consiste em uma variação da clássica corrida de cachorros com trenó. Só que, no lugar do trenó, o cachorro corre com uma corda elástica que deve ficar agarrada na cintura do seu humano. A coleira também deve ser amortecida para evitar machucar o doguinho caso aconteça algum puxão. Algumas regras são pré-estabelecidas no esporte, mas vale a pena conferir e praticar com o seu amigo de quatro patas.

    22) Freestyle canino

    Se dançar sozinho já é divertido, então com um cãozinho do lado a diversão é em dobro! O nome desse tipo de atividade é chamado de freestyle canino e consiste em treinar o seu amigo de quatro patas para aprender passos ensaiados de dança. Geralmente, é uma modalidade indicada para apresentações e concursos, mas você pode dançar com o seu cãozinho sem precisar levar isso tão a sério, só para gastar energia e passar um tempinho com ele!

    23) Rafting com cães

    Para quem tem um espírito mais aventureiro, o rafting com cachorro pode ser uma ótima opção de passeio. O animal se diverte e tem um contato maior com a natureza de forma totalmente segura. Algumas empresas oferecem esse tipo de serviço que incluem os cães no trajeto, vale a pena se informar!

    24) Surf para cachorro

    Não são só os humanos que podem ser surfistas: cães também podem desenvolver essa habilidade. O esporte, inclusive, é bastante popular e existem até mesmo campeonatos de surf de cachorro (ou surf dog, como é chamado). Já pensou em ter um peludinho que surfa? É uma ótima forma dele se exercitar também. Basta procurar uma escolinha para cães.

    25) Pula-pula para cachorro

    Nada mais divertido do que brincar em um pula-pula, né? Pois os doguinhos também acham isso! O pula-pula para cachorro costuma fazer muito sucesso no universo canino, e por isso essa é uma opção que pode ser considerada também para gastar a energia do seu pet.

    26) Caminhada perto de casa

    Outra opção mais simples para exercitar os cães são as caminhadas. E nem precisa ser muito distante: pode ser no quarteirão de casa, dando voltas na própria rua ou fazendo um percurso pertinho de onde você mora. Já é uma ótima iniciativa para movimentar o seu dog de vez em quando.

    27) Pega-pega com cachorro

    Se você tiver um bom espaço para brincar com cachorro, o pega-pega, que é muito famoso entre as crianças, também pode fazer sucesso com esses animais. Claro que eles não vão entender exatamente do que se trata a brincadeira, mas só de ver você correndo ele certamente vai se animar para brincar junto.

    28) Pular corda com cachorro

    Já pensou em ensinar seu cachorro a pular corda? Pode parecer difícil em um primeiro momento, mas não é impossível. A prova viva são os vários vídeos de cachorro pulando corda que viralizam na internet. Então, se você quer ensinar algo novo para o seu amigo, pular corda com cachorro pode ser uma boa ideia.

    29) Brincadeira de caça-ração

    Os cães têm um olfato muito poderoso. Por isso, uma brincadeira que pode ser bastante legal é a de caça-ração, como se fosse um caça ao tesouro mas com grãos de comida do animal. Assim, o cãozinho deve usar o focinho para descobrir onde os pedacinhos de ração estão escondidos pela casa. Ele se diverte, e de quebra ainda gasta energia também.

    30) Mordedor para cachorro

    Normalmente indica-se bastante o mordedor para cachorro filhote, mas a verdade é que cães de todas as idades podem desfrutar do acessório. Inclusive, existem vários modelos de mordedor em diferentes tamanhos, formatos e materiais. É só encontrar qual agrada mais o seu amigo de quatro patas e ele certamente vai gastar boas horas com o brinquedo.

    31) Quebra-cabeça para cachorro

    Esse é um tipo de brinquedo interativo que é super útil e que, além de exercitar seu cãozinho, também é capaz de estimular o lado cognitivo dele. O quebra-cabeça para cachorro pode ser de diferentes formatos, mas normalmente o objetivo é o mesmo: o cão precisa descobrir de que forma ele consegue encontrar a comida escondida no brinquedo.

    Cabo de guerra: cachorro adora brincadeiras que estimulem suas habilidades
    Cabo de guerra: cachorro adora brincadeiras que estimulem suas habilidades

    32) Bolhas de sabão

    Até mesmo uma simples brincadeira com bolhas de sabão pode se tornar um momento divertido com o seu pet! Funciona da seguinte forma: você vai soltar as bolhas no ar, e a missão dele é destruí-las. Os cães adoram esse tipo de atividade e é ótimo para queimar as calorias do pet.

    33) Praia com cachorro

    Mais um passeio que pode fazer parte da sua rotina com o cãozinho é a praia. Mas antes, não esqueça de se informar se o local é pet friendly e aceita animais de estimação, pois nem todas as praias são permitidas para cães. Assim, você pode gastar um tempo de qualidade com o seu dog e ainda pode praticar atividades como natação e caminhadas no local.

    34) Futebol canino

    Assim como os demais esportes, o cachorro também pode aprender futebol. Claro que não vai ser a mesma coisa do jogo com humanos, mas você pode ensinar seu amigo de quatro patas a tentar acertar um gol com a bola, e isso pode ser tão divertido quanto qualquer outra atividade.

    35) Reiki

    O reiki veterinário é uma terapia holística, na realidade. Mas ainda assim é algo que pode ser inserido no cotidiano do animal, porque traz vários benefícios e promove o equilíbrio da energia vital do corpo físico, mental e espiritual, melhorando o bem-estar e a saúde do cãozinho.

    36) Pique-esconde com cachorro

    Vários vídeos viralizaram onde o tutor aparecia para os cães com um lençol na mão, jogavam-no para cima como se fosse uma “mágica” e, em seguida, desapareciam. Isso é o que ajudou a criar uma espécie de pique-esconde com cachorro, onde o doguinho deve encontrar o seu tutor que está escondido pela casa. Vale a pena brincar!

    37) Lançador de bola para cachorro

    Imagina não precisar se preocupar em jogar a bolinha para o seu cachorro ir buscar? Pois é justamente para isso que serve o lançador de bola para cachorro! Ele realiza o trabalho que o tutor deveria ter de jogar a bolinha, e pode ser um ótimo acessório para gastar a energia dos cães no dia a dia.

    38) Jogos de adivinhação com o cachorro

    Quer treinar também a mente do seu doguinho? Os jogos de adivinhação são excelentes! Eles podem ser feitos de várias maneiras diferentes. Aqui vai uma sugestão: pegue um petisco e mostre pro animal. Em seguida, pegue 3 ou 4 copos e esconda o petisco embaixo de um deles. Mexa-os sem tirá-los da superfície para que o cachorro não veja onde está o alimento e, no final, ele deve descobrir sozinho.

    39) Brinquedos com garrafa pet

    Ninguém pode negar que os cães adoram brinquedos com garrafa pet. Embora sejam simples, eles sempre são capazes de entreter os doguinhos, e o melhor de tudo é que esse material é super versátil. Dá para fazer vários tipos de brinquedos diferentes e todos eles costumam agradar os peludos, como:

    40) Garrafa pet com ração dentro

    41) Garrafa pet com meia que vira um mordedor

    42) Garrafa pet pendurada e recheada de petiscos

    43) Brinquedo para cachorro com garrafa pet e o cabo de uma vassoura 

    44) Brinquedos de corda para cachorro

    Outro material multifuncional é a corda. Dá para brincar com cachorro de várias maneiras e criar o brinquedo de corda perfeito para o seu amigo de quatro patas. Geralmente, os acessórios preferidos dos cãezinhos são:

    45) Corda para cachorro como cabo de guerra

    46) Corda para cachorro trançada

    47) Corda para cachorro com elástico

    Redação: Juliana Melo

     

    6 sons que os cachorros odeiam

    Próxima matéria

    6 sons que os cachorros odeiam

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Schnauzer: tamanho, pelagem, saúde e preço... tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Raças

    Schnauzer: tamanho, pelagem, saúde e preço... tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    A raça de cachorro Schnauzer é conhecida pela cabeça em formato quadrado e o bigode característico. Ele é um dos cachorros mais queridos no Brasil e seu temperamento dócil e brincalhão contribui muito para isso. Mas muitas pessoas não conhecem a fundo as principais características do Schnauzer. Por exemplo, você sabia que existem três tamanhos dessa raça? Se você já ama esse cãozinho e está pensando em adotar um Schnauzer, é importante saber o máximo possível sobre a raça antes de tomar a decisão. O Patas da Casa te conta tudo o que você precisa saber sobre a origem do Schnauzer, suas características físicas, temperamento, saúde e até os valores caso você queira comprar um. Confira tudo!

    Ver Todas >

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?
    Comportamento animal

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?

    “Meu cachorro faz escândalo quando sai” - se você está familiarizado com esse tipo de situação, deve estar se perguntando qual é a melhor forma de corrigir o comportamento do seu amigo de quatro patas, não é mesmo? Bom, a verdade é que quando o assunto é passear com o cachorro, cada bichinho reage de uma forma diferente. Alguns são mais tranquilos, enquanto outros são super agitados. Mas o que fazer quando o cachorro late muito no passeio?

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro
    Comportamento animal

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro

    A anatomia canina é tão fascinante que sempre aparece uma nova curiosidade para nos surpreender. Afinal, o universo dos cães é repleto de segredos! Todas as partes do corpo do cachorro possuem características, funções e estruturas completamente diferentes e igualmente interessantes. No caso da anatomia externa do cachorro, o foco fica em todas as partes que enxergamos só de olhar para o animal. 

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado
    Comportamento animal

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado

    A coleira com cabresto ajuda o tutor a lidar com cães que puxam muito no passeio. Sua posição ao redor do focinho pode trazer a impressão de que o animal está incomodado, mas na verdade, a coleira cabresto para cachorro é muito traz alguns benefícios. Ela faz parte do time de coleiras anti-puxão, ou seja, aquelas que são perfeitas para cachorro que é mais descontrolado e ansioso durante o passeio. 

    Viajar com gato: tutora compartilha a experiência de uma viagem de 18h com seu bichano
    Comportamento animal

    Viajar com gato: tutora compartilha a experiência de uma viagem de 18h com seu bichano

    Viajar com gato não é uma tarefa exatamente fácil, e muitos tutores acabam deixando esse tipo de passeio de lado para evitar possíveis estresses. No entanto, dependendo da personalidade e do comportamento do gato, é super possível levar o seu amigo em uma dessas aventuras. Viajar de ônibus com gato, de carro ou avião: não importa qual seja a sua escolha, o importante é conhecer os limites do seu gatinho e fazer de tudo para que ele fique o mais confortável possíve.

    Ver Todas >