Raças

Beagle: quais são as doenças mais comuns que atingem essa raça de cachorro?

 Cachorro Beagle: a raça pode apresentar alguns problemas de saúde ao longo da vida
Cachorro Beagle: a raça pode apresentar alguns problemas de saúde ao longo da vida

O Beagle é uma raça de cachorro bastante conhecida e amada entre os pais e mães de pet. Incrivelmente companheiro, brincalhão e dócil, ele está na lista dos queridinhos das famílias com crianças ou até mesmo das pessoas que moram sozinhas e buscam um amigo fiel. Mas, antes de ter um cachorro Beagle para chamar de seu, saiba que alguns cuidados são necessários para garantir a saúde e o bem-estar do animal. Pensando nisso, o Patas da Casa reuniu as principais doenças que atingem a raça de cachorro Beagle e como evitá-las. Vem conferir!

A catarata em cachorro: Beagle tem tendência a desenvolver a doença ocular

Caracterizada pela perda gradativa da visão, a catarata em cachorro é umas principais doenças enfrentadas pelos donos de Beagle. A patologia, que pode ser causada por diferentes motivos (desde diabetes à herança genética), tem como principais sintomas a dificuldade de orientação em ambientes desconhecidos e opacificação do cristalino, que deixa o globo ocular branco. Nesse caso, a cirurgia de catarata em cachorro costuma ser o tratamento mais indicado pelo veterinário. 

Glaucoma em cachorro: doença é comum em cães da raça Beagle

Quando se trata da saúde do Beagle, uma coisa é certa: é preciso ter cuidados redobrados com a visão do animal. Além da catarata, o glaucoma em cachorro da raça também é comum. Causada pelo aumento da pressão ocular, ela nem sempre é fácil de identificar, já que possui o estágio inicial assintomático. Entretanto, com o aumento progressivo da patologia, sinais como olho manchado ou vermelho, pupilas ligeiramente dilatadas e aumento do globo ocular podem indicar que algo não vai bem com o seu amigo. O tratamento do glaucoma em cachorros pode variar de acordo com a causa do problema. Mas, de maneira geral, a doença requer um tratamento contínuo e, em alguns casos, até cirúrgico para permitir que o pet mantenha a visão por mais tempo.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A obesidade canina é um dos principais problemas enfrentados pelo Beagle. Ele precisa de passeios diários!
    A obesidade canina é um dos principais problemas enfrentados pelo Beagle. Ele precisa de passeios diários!

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    A sarna pode causar bastante incômodo ao seu amigo

    Se você tem um cãozinho em casa, certamente já deve ter ouvido falar sobre a sarna em cachorro, certo? A doença, que é bastante comum no universo canino, possui uma tendência maior a se desenvolver em cães da raça Beagle. Mesmo sendo uma condição “popular”, poucos tutores sabem que a patologia pode se manifestar de três maneiras diferentes no animal, sendo a escabiose a mais comum entre elas. Em todos os casos, coceiras, manchas, descamação e vermelhidão são sintomas da doença. Para garantir o bem-estar do seu amigo, o diagnóstico da infecção deve ser feito o mais breve possível para controlar e tratar os sinais clínicos do seu pet, evitando quadros secundários. 

    A epilepsia canina pode ocorrer nos primeiros anos de vida do Beagle

    Caracterizada pelo distúrbio cerebral que causa convulsão em cachorro, a epilepsia é capaz de assustar até os tutores mais experientes. Geralmente, sempre indica que algo não está funcionando tão bem no organismo do animal. Nos cães da raça Beagle, a primeira crise pode acontecer entre seis meses e três anos de idade. Para garantir o bem-estar do seu amigo, o primeiro passo após um ataque epilético em cachorro é consultar um veterinário para descobrir a causa do problema com exames específicos. Seja qual for a origem da doença, é importante manter os cuidados diários para melhorar a qualidade de vida do animal. 

    Obesidade canina: Beagle tem mais predisposição para ganhar peso

    Diferente das outras raças, o cachorro Beagle exige bastante atenção com a sua condição física. Isso porque, apesar de ser muito ativo, o cão tem uma alta tendência ao sobrepeso, precisando de cuidados redobrados em relação à alimentação. Ao contrário do que alguns tutores acreditam, a falta de exercícios e caminhadas não são os únicos fatores que podem causar a doença. Distúrbios psicológicos, por exemplo, podem desencadear em excesso de fome e, consequentemente, obesidade canina. Geralmente, o tratamento mais eficaz é aquele que alia uma alimentação saudável a prática de exercícios, garantindo uma boa qualidade de vida ao seu amigo. 

    Redação: Úrsula Gomes

    Gato picado por abelha: o que fazer?

    Próxima matéria

    Gato picado por abelha: o que fazer?

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena
    Pequenos

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena

    Para quem sempre sonhou em ter um cachorro de raça pequeno, o Boston Terrier é a companhia certa! Embora ele ainda seja muito confundido com o Bulldog Inglês, o cãozinho desta raça tem qualidades únicas e excepcionais. Amigáveis, brincalhões e com muita energia, os cachorros da raça Boston Terrier são muito fáceis de lidar no dia a dia e amam agradar seus tutores. Além disso, eles são super adaptáveis e conseguem conviver bem em praticamente qualquer lugar. 

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Ver Todas >

    Epilepsia em gatos: veterinária tira dúvidas sobre o problema de saúde
    Saúde animal

    Epilepsia em gatos: veterinária tira dúvidas sobre o problema de saúde

    Quando se trata da saúde do gato, todo cuidado é pouco. Assim como acontece com os humanos, os felinos também são vulneráveis a vários problemas bem desagradáveis, como a epilepsia. O distúrbio afeta o sistema nervoso central e gera consequências como a convulsão em gatos. A situação pode assustar bastante os tutores, por isso é importante conhecer cada detalhe da doença. 

    Como aumentar a imunidade do gato? Veja algumas dicas!
    Saúde animal

    Como aumentar a imunidade do gato? Veja algumas dicas!

    A preocupação com a saúde dos gatos é inevitável, afinal os bichanos são praticamente como se fossem filhos de quatro patas para os seres humanos. Por isso, além de oferecer uma boa alimentação para esses animais, muitos tutores também procuram por alternativas de como melhorar a imunidade do seu gato para evitar problemas de saúde. Como muitos sabem, a vitamina C é indispensável nessa missão, mas onde ela pode ser encontrada? 

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?
    Saúde animal

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    O sistema digestivo do cachorro é composto por boca, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus e cada um desses órgãos possui uma atividade específica durante a digestão dos alimentos. O problema é que, assim como ocorre com os humanos, os cães também podem sofrer com algumas doenças que atingem o sistema digestivo canino e que são causadas por fatores que variam desde a ingestão de alimentos contaminados até quadros de estresse ou ansiedade. 

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato
    Saúde animal

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato

    Já parou para pensar como ocorre o cruzamento entre os gatos? Os machos sempre estão dispostos a acasalar, mas as fêmeas precisam estar no período do cio para aceitar a aproximação. O primeiro cio costuma ocorrer quando o animal atinge a puberdade, que normalmente é entre o 8º e o 10º mês de vida. Esse costuma ser um período bastante delicado para todos, que precisam já que a gata passa por uma grande carga de estresse. 

    Ver Todas >