Comportamento

Até quando um gato é filhote? Aprenda a reconhecer os traços que indicam a transição para a fase adulta

Transição de gato filhote para gato adulto: saiba os sinais dessa mudança de fase
Transição de gato filhote para gato adulto: saiba os sinais dessa mudança de fase

Saber diferenciar as fases da vida de um felino pode ser complicado. A transição entre o gato filhote e o gato adulto é bem sutil. Como sua contagem de anos é diferente da contagem humana, muitos tutores se confundem ao calcular quantos anos seu bichinho tem. Saber com que idade o gato se torna adulto é fundamental. A mudança de fase indica que o animal está mais desenvolvido e precisa de mudanças na alimentação - no caso, fazer a transição para a ração para gato adulto - e na rotina do pet. Para ajudar a saber até quando um gato é filhote, o Patas da Casa mostra alguns traços que um bichano que já passou ou está passando por essa transição pode apresentar.

Até quando um gato é filhote? A definição é bem diferente da contagem humana

Um gato passa pela infância, vira adulto e então se torna idoso. Mas afinal, até quando um gato é filhote? O felino faz parte dessa classificação até os 12 meses de vida. Assim que completa 1 ano, já é considerado um gato adulto. A fase vai até os 8 anos, quando o animal vira idoso. Mesmo que 1 ano pareça pouca coisa para ser considerado adulto, lembre-se que a contagem dos anos de um felino é diferente. Se formos comparar com a contagem humana, cada ano de vida de um gato equivale a 14 anos humanos.

Até quantos anos o gato cresce? O tamanho que o animal alcança depende do porte da raça

O filhote de gato é tão pequenininho que a gente nem imagina que vai chegar a um tamanho de gato adulto. Mas esse pensamento some logo porque em 6 meses o animal já costuma estar bem grande. Saber até quantos meses o gato cresce (ou até quantos anos o gato cresce) depende do tamanho da raça. Bichanos de pequeno porte costumam parar de crescer antes de completar 1 ano. Já as raças de porte grande podem levar mais alguns anos para atingir o tamanho máximo.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O filhote de gato passa por algumas mudanças de comportamento quando entra na fase adulta
    O filhote de gato passa por algumas mudanças de comportamento quando entra na fase adulta

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Gato adulto castrado X gato adulto não castrado: a esterilização faz a transição ser diferente

    As mudanças que indicam a transição de um gato filhote para um gato adulto variam de acordo com a castração do gato. O procedimento - que pode ser feito a partir dos 6 meses - impede que o animal reproduza e previne contra doenças. Além disso, ocorrem mudanças de temperamento. A castração inibe o desejo sexual do bichano.

    Um gato adulto não castrado tem um comportamento de defesa e marcação de território. Ele também apresenta muitas tentativas de fuga em busca de parceiros e brigas com outros gatos. Já o gato adulto castrado é bem mais tranquilo. Ele não tem esses comportamentos típicos de reprodução e seus níveis de estresse e ansiedade são reduzidos. Por isso, os traços que indicam a transição de um filhote de gato para a fase adulta podem variar de acordo com a data do procedimento.

    O filhote de gato brinca o dia inteiro, mas na fase adulta a frequência diminui

    O gato filhote costuma brincar muito e está sempre procurando algum entretenimento. Até os 7 meses de vida, é provável que o animal passe a maior parte do dia brincando. Com o tempo, essa hiperatividade diminui. Ao completar um ano de idade, a frequência de brincadeiras costuma reduzir. O gato adulto continua se divertindo e brincando por muito tempo - afinal, não é porque o gato cresceu que não gosta mais de diversão. Muitos continuam apaixonados por brincadeiras até quando são idosos, mas no geral o filhote de gato costuma ter um ritmo maior de brincadeiras do que o gato adulto. 

    O gato adulto começa a ter um nível de energia menor do que tinha na fase de filhote. Isso não significa que não tem vontade de sair ao ar livre, passear e fazer exercícios. Só quer dizer que preferem ficar quietinhos e calmos. Com o menor nível de energia, porém, é comum que nessa fase o animal tenha mais chances de desenvolver a obesidade felina. Por isso, não deixe que seu pet se torne sedentário: as brincadeiras devem fazer parte da rotina.

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    Próxima matéria

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?
    Comportamento

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?

    Não tem quem resista à fofura de um gato laranja. Mas você já parou para se perguntar como é a personalidade do gato alaranjado? Muitas pessoas acreditam que algumas características dos felinos estão intimamente relacionadas com a cor da sua pelagem e, segundo um estudo da Universidade da Flórida e Califórnia, nos Estados Unidos, há evidências de que isso é verdade. 

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores
    Histórias reais

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

    Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. 

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
    Raças

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!
    Saúde

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!

    Infelizmente, a ideia de que os gatos estão 100% seguros dentro de casa é uma ilusão. Os felinos são animais curiosos e suas peripécias podem acabar transformando qualquer ambiente controlado em um mar de perigos. Por isso, é muito importante se manter atento aos sinais comportamentais e físicos do animal para identificar possíveis problemas, como intoxicações e envenenamentos. Em momentos como esses, pensar rápido e saber agir de imediato pode fazer toda a diferença! Por isso, descubra o que fazer caso o seu gato seja envenenado ou intoxicado!

    Ver Todas >

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença
    Comportamento animal

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença

    No mês do Setembro Amarelo, as campanhas sobre a prevenção do suicídio ganham um grande destaque. Cuidar da saúde mental é muito importante, e o acompanhamento de médicos e terapeutas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão. O que poucas pessoas sabem é que, aliado a isso, ter um bichinho de estimação também faz toda a diferença na vida de pessoas que convivem com a doença.

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano
    Comportamento animal

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano "rebaixado"

    O gato Munchkin - carinhosamente apelidado de gato “salsicha” - é um dos felinos mais adoráveis que existem. Ele tem pernas curtinhas e um corpo alongado, o que faz com que muitas pessoas se refiram a ele como gato rebaixado ou gato anão. Mas além da aparência inusitada, o que será que esse bichano tem de tão especial? A convivência com o Munchkin com certeza é algo surpreendente.

    5 coisas que o cachorro latindo pode significar
    Comportamento animal

    5 coisas que o cachorro latindo pode significar

    O cachorro latindo é um comportamento mais comum dos que os tutores esperam. Afinal, como todos sabem, os latidos fazem parte da linguagem canina e são uma forma do seu amigo de quatro patas se expressar. Mas você sabia que existem vários tipos de latidos de cachorro, e cada um deles representa uma situação diferente? É importante ficar atento ao comportamento animal, mas também treinar o seu ouvido para conseguir decifrar o verdadeiro significado por trás de um cachorro latindo.

    Como saber se o gato é fêmea?
    Comportamento animal

    Como saber se o gato é fêmea?

    Os tutores de primeira viagem (e até mesmo alguns experientes) sempre ficam confusos na hora de descobrir se filhote de gato é fêmea ou macho. Afinal de contas, como descobrir o sexo do gato? O que é necessário observar para diferenciar um gatinho de uma gatinha? Embora essa seja uma missão um pouco difícil nas primeiras semanas de vida do bichano, basta observar alguns detalhes ara descobrir o sexo do gato.

    Ver Todas >