A adoção animal pode parecer uma tarefa complicada no primeiro momento, principalmente quando se trata de um gato adulto, que já tem sua personalidade definida e pode carregar o trauma do abandono. Na hora de adotar um gato, muitas pessoas acabam optando pelos filhotes, e mesmo que eles sejam super fofos, dar uma chance a um bichano mais velho é uma grande oportunidade de acolher e dar amor a animais que foram rejeitados. 

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Benefícios em adotar gato adulto

Normalmente, os bichanos mais velhos que estão para adoção já são castrados e vacinados. Então, ao adotar gato adulto, não vai ser preciso um gasto financeiro com esses primeiros cuidados. Além disso, o pet adulto já tem sua personalidade desenvolvida e costuma ser mais tranquilo. Se você não tem tanta disponibilidade para cuidar dos filhotes, adotar um gato adulto pode ser uma boa solução.

Outra questão importante é que gatos mais velhos já viveram diversas experiências, como a socialização, o desmame, lares temporários e podem até ter passado por situações traumáticas. Por isso, quando eles são adotados e recebem amor, cuidado e carinho, costumam ser extremamente carinhosos com seus donos. O amor de gato, nesses casos, está muito atrelado à gratidão. Mas até esse momento chegar, o tutor vai precisar seguir um caminho desafiador para conquistar a confiança do gato adulto recém-adotado. 


Mas afinal, como conquistar a confiança do gato adulto recém-adotado?

É importante saber como conquistar um gato assustado

Infelizmente, alguns bichanos não tiveram a sorte de ter um lar e receber os cuidados que precisam desde pequeno. Então, pode ser um pouco mais complicado saber como fazer um gato gostar de você. O desafio é intensificado se o animal for medroso e traumatizado, já que, abandonado nas ruas, ele teve que aprender a se defender para sobreviver.

A confiança é a base da relação entre o pet e o tutor, e é essencial no processo de adaptação do gato à nova casa e aos donos. Se você quer saber como conquistar a confiança do gato, se liga nas dicas que separamos para te ajudar nesse processo!

  • Respeite o espaço do gato adulto recém-adotado

É possível que, após a adoção, o gato fique um pouco desconfiado em sua nova casa, já que se trata de um ambiente totalmente novo e estranho. Então é importante que o tutor dê espaço para ele nesse momento, evite muito contato e deixe o pet desbravar seu novo lar. 

  • Crie um cantinho só pra ele 

É legal criar um espaço que seja só do animal, com brinquedos interativos, a caixa de areia, a cama do gatinho e potes para ração e água. Assim, o gato recém-chegado vai se sentir muito mais confortável e seguro para explorar.

  • Tenha paciência com o gato adotado

Confiança tem a ver com respeitar o tempo do outro e seu espaço, então não pressione o seu bichano. Comece devagar, esteja presente nos cômodos em que ele estiver, mas jamais force o contato. Lembre-se que quando o seu gato estiver preparado, ele mesmo virá até você.

  • Use petiscos e brinquedos para associações positivas

Nada melhor do que oferecer petiscos e mimos para estreitar a relação, né? Essa é uma forma de associação positiva que vai permitir que o seu gato associe a sua imagem à confiança. Então, sempre que ele se aproximar e demonstrar algum tipo de contato, é hora de recompensá-lo com carinhos e petisco.

Seguindo essas dicas, aos poucos você vai descobrir qual o temperamento do seu bichano e as melhores maneiras de lidar com ele.