Petiscos

Adestrar cachorro: como usar os petiscos da forma certa para treinar o animal?

Os petiscos para cachorro são aliados no processo de adestramento, mas é preciso tomar alguns cuidados
Os petiscos para cachorro são aliados no processo de adestramento, mas é preciso tomar alguns cuidados

Adestrar cachorro é algo que pode mudar o relacionamento entre animais e humanos. Um dos grandes aliados do adestramento de cães são os petiscos, muito utilizados para associar comandos e treinos a recompensas. No entanto, é preciso atenção com a quantidade de petiscos e até a forma como são utilizados durante os treinamentos para que não se torne um problema para a saúde e comportamento do animal. Reunimos a seguir as principais informações sobre como usar o petisco para adestrar seu cachorro da melhor forma possível. Confira!

Adestramento de cães: reforço positivo trabalha com recompensas durante o processo

O uso do petisco para adestrar o cachorro faz parte de uma técnica de adestramento chamada reforço positivo. O método consiste em associar recompensas aos acertos - ou seja, sempre que o cãozinho exercer a atividade que você deseja, ele ganha um petisco, carinho ou elogio. O adestramento positivo tem sido muito utilizado nos últimos anos como uma resposta contra os métodos tradicionais de adestramento, que trabalham com punições ou outros tipos de correções - não muito recomendados por comportamentalistas pelo fato de que pode traumatizar e até mesmo machucar o cão.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Petiscos para cachorro devem ser oferecidos com moderação para não causar obesidade
    Petiscos para cachorro devem ser oferecidos com moderação para não causar obesidade

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    É preciso atenção na hora de usar os petiscos para cachorro durante os treinos

    Como quase tudo na vida, o excesso do uso do petisco no adestramento de cães pode trazer problemas. Algo muito comum de acontecer é o cachorro só querer obedecer quando você estiver com um petisco na mão. O cãozinho pode ficar muito condicionado ao fato de sempre ganhar esse tipo de recompensa quando obedece, levando o animal a não responder um comando se não tiver com um petisco por perto. 

    Se você está adestrando seu cachorro em casa e sem o auxílio de um profissional, é possível contornar essa situação substituindo os petiscos por outras recompensas durante os treinos. Um carinho do tutor, um “bom garoto”, liberar o acesso a uma área antes proibidas, um brinquedo novo ou aquele brinquedinho que ele já ama. Todas essas coisas são ótimas recompensas e podem ser usadas como aliadas para o adestramento positivo assim como os petiscos.

    Outro problema que pode surgir com o uso em excesso dos petiscos é a obesidade canina. Para que esse problema seja evitado, é preciso ter atenção em relação a quantidade de petiscos oferecidos durantes os treinos. Prefira petiscos de qualidade e corte em pedaços pequenos para usar em cada comando. Outra dica é utilizar opções mais naturais, como frutas e vegetais liberados para cachorro (também com atenção na quantidade). Você também pode usar o momento das refeições regulares para treinar o cachorro: a cada acerto, dê um grão da ração que ele já comeria normalmente.

    O petisco para cachorro pode ser um ótimo aliado na hora de adestrar o animal

    A melhor forma de usar o petisco para o adestrar o cachorro é revezar a recompensa com carinhos e elogios sempre que ele aprender ou acertar um comando. O princípio do adestramento positivo é fazer o cachorro entender que ele sempre receberá algo bom quando for um “bom garoto”, não necessariamente um petisco.  Você pode contar também com outros aliados no adestramento de cães, como os clickers. São muitas técnicas e ferramentas à disposição, basta encontrar a melhor forma de corrigir maus comportamentos e ensinar o seu cãozinho a obedecer e viver bem em sociedade.

    Redação: Hyago Bandeira

     

    Como funciona a memória dos felinos? Veja curiosidades sobre o cérebro do gato

    Próxima matéria

    Como funciona a memória dos felinos? Veja curiosidades sobre o cérebro do gato

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa
    xixi

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa

    Muitos cachorros domésticos são acostumados a fazer suas necessidades apenas na rua. Alguns tutores preferem acostumar os amiguinhos peludos assim por questões de higiene e limpeza e aproveitam para passear com os animais na hora de fazer xixi e cocô. Mas, nesse período de isolamento social e quarentena, pode não ser uma boa ideia levar seu cão para a rua. Uma alternativa para isso é acostumar seu cachorro a fazer as necessidade dentro de casa, em um local selecionado por isso. Para quem não sabe como fazer isso, o Patas da Casa conversou com o Max Pablo, passeador e adestrador de cães, que contou 5 dicas para fazer a adaptação.

    Idade de cachorro: como calcular da melhor forma de acordo com o porte do animal
    Cuidados

    Idade de cachorro: como calcular da melhor forma de acordo com o porte do animal

    Na hora de contabilizar a idade de cachorro, é muito comum que todo mundo faça a multiplicação simples e difundida pelo senso comum que diz que um ano do animal equivale a sete na contagem de tempo humana. Mas você sabia que não é bem assim que a gente consegue dividir as diferentes fases da vida de um cachorro? Na verdade, o que determina a influência da passagem de tempo, para eles, é o porte.

    Como passear com cachorro em trilhas de forma segura e confortável para o animal?
    Passeio

    Como passear com cachorro em trilhas de forma segura e confortável para o animal?

    Quem gosta de fazer trilhas sabe o quanto faz bem se conectar com a natureza e respirar ar puro. Mas você já pensou em passear com cachorro de uma forma totalmente diferente do convencional? Sim, isso mesmo: é super possível fazer trilha com cães! O contato com o natureza é muito positivo para eles - e é claro que, como qualquer aventura, é preciso ter toda uma preparação e cuidados para que tudo ocorra bem. O cãozinho Bento (@lifewithbento), de Curitiba, é um Golden Retriever que faz passeios em trilhas desde os três meses de idade. 

    Cuidar de cachorro: 5 hábitos que você deve acostumar o animal desde cedo
    Cuidados

    Cuidar de cachorro: 5 hábitos que você deve acostumar o animal desde cedo

    Cuidar de cachorro não é tão simples quanto parece, mas também não é nenhum bicho de sete cabeças. No entanto, para facilitar a convivência com o pet, é preciso acostumá-lo com alguns hábitos desde cedo, como escovar os dentes e tomar banho. Caso contrário, o cãozinho pode apresentar certa resistência nessas horas, e todo o processo acaba sendo bem mais trabalhoso. Para te ajudar nessa missão, separamos 5 hábitos essenciais que devem fazer parte da rotina de todos os cães, independente da idade. Veja quais são eles!

    Ver Todas >

    9 curiosidades sobre a raça de cachorro Bull Terrier
    Comportamento animal

    9 curiosidades sobre a raça de cachorro Bull Terrier

    O Bull Terrier é uma das raças de cachorro grande mais populares entre os amantes de pet. Seus olhos pequenos, cabeça oval e focinho alongado são inconfundíveis, é quase como uma marca registrada. Com origem e características surpreendentes, é fácil se apaixonar e querer levar um filhote de Bull Terrier para casa. Se você ficou curioso para saber mais desse cãozinho, separamos 9 curiosidades sobre a raça.

    Ensinar cachorro: 6 hábitos que os cães precisam aprender desde cedo
    Comportamento animal

    Ensinar cachorro: 6 hábitos que os cães precisam aprender desde cedo

    Depois de adotar um cachorro, é bom ter em mente que nem tudo será diversão. Os aprendizados também devem fazer parte da rotina do animal. Quanto antes os treinos começarem, mais fácil será para o cachorro aprender - e, consequentemente, a convivência com o cãozinho será melhor em todos os sentidos. O adestramento nem sempre precisa ser feito com um profissional.

    Como é a personalidade do Ragdoll?
    Comportamento animal

    Como é a personalidade do Ragdoll?

    O Ragdoll é uma raça de gato gigante que faz muito sucesso, e isso não é só por causa da sua aparência fofinha e felpuda. O que realmente encanta os gateiros é a personalidade do gato Ragdoll, que é muito afetuosa e tranquila. Muitas pessoas até chegam a comparar o bichano a um cachorro, pois além de ser muito brincalhão, o Ragdoll também tem uma dependência maior da sua família humana. 

    Tudo sobre o focinho de gato: anatomia, cuidados e o poderoso olfato felino
    Comportamento animal

    Tudo sobre o focinho de gato: anatomia, cuidados e o poderoso olfato felino

    O focinho de gato é uma região que definitivamente chama a atenção de qualquer pessoa, principalmente por causa do seu formato fofinho e da sua delicadeza. No entanto, o que poucas pessoas percebem é que, além de ser muito fofo, o pequeno nariz dos gatos é uma das principais formas de comunicação do animal com o mundo. Mas como funciona o focinho de gato? Por que em alguns casos o nariz do gato fica seco, sendo que normalmente eles são gelados? Quais são os cheiros que o gato não gosta? 

    Ver Todas >