close
Saúde

Acne felina: o que é, causas, sinais e tratamento... saiba tudo!

Atualizado · 07 de fevereiro de 2022 · 16h11

Publicado · 07/02/2022 · 16h11

A acne felina se inicia com alguns pontinhos pretos no queixo e outras regiões da face do gato
A acne felina se inicia com alguns pontinhos pretos no queixo e outras regiões da face do gato

Já ouviu falar da acne felina? Sim, é isso mesmo que você leu: assim como os humanos, os felinos também podem sofrer com problemas de pele como espinhas e cravos. Essas pequenas inflamações e erupções cutâneas são mais comuns do que se imagina e atingem principalmente a região do queixo ou próximo aos lábios do animal, acometendo gatos de todas as raças e idades.

Como não é um problema de pele tão falado e conhecido, às vezes a acne de gato passa despercebida e o animal não consegue a ajuda que precisa. Muitos buscam por alternativas naturais como tratamento, mas essa está longe de ser a melhor solução. É importante entender tudo que envolve a acne felina: como tratar, sinais do problema, causas e melhores formas de prevenção.

O que é acne felina e como o problema se desenvolve?

Ao contrário do que muitos pensam, as espinhas não são um problema exclusivo dos humanos. Mas antes de saber como tratar acne felina, é importante entender o que é essa inflamação da pele e como ela se desenvolve, já que existe todo um processo que vai desencadear a acne.

Tudo começa com hiperqueratose (ou hiperqueratinização), que nada mais é do que o entupimento dos poros causado principalmente pelo excesso de gordura em uma determinada região. Isto é, as glândulas sebáceas produzem uma quantidade maior de sebo que acaba se acumulando e entupindo uma área da pele. Esse entupimento logo forma os cravos em gatos, que são pontinhos pretos de fácil visualização no rosto do animal.

A partir desses cravinhos é que surge a acne felina: os pontinhos pretos sofrem um processo inflamatório e acabam criando pus, ficando mais parecidos com espinhas. Mas, apesar de parecer um problema inofensivo, a acne em gatos precisa ser observada com atenção. A inflamação propicia a proliferação de bactérias na região, que podem infeccionar e causar muita dor e incômodo, formando até mesmo feridas no gato.

Um detalhe importante é que a acne de gato geralmente se concentra próximo ao queixo e boca do animal, mas também pode afetar outras áreas da face, como o perto do focinho e das orelhas.

Quais são as causas da acne de gato?

Já sabemos que o entupimento dos poros por conta do excesso de produção de sebo (gordura) é o principal responsável pelo desenvolvimento da acne felina. Mas o que causa isso? Bom, a verdade é que não existe apenas um motivo, mas vários! Às vezes desequilíbrios hormonais ou problemas emocionais - um gato estressado, por exemplo - já são suficientes para que as espinhas apareçam. As principais situações que costumam desencadear a formação da acne em gatos são:

  • Sistema imunológico fragilizado
  • Estresse e outros transtornos psicológicos
  • Dieta inadequada
  • Higiene deficiente, principalmente na região da boca
  • Uso de comedouros e bebedouros de plástico
Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A acne em gatos pode evoluir para uma infecção mais grave se não for tratada
    A acne em gatos pode evoluir para uma infecção mais grave se não for tratada

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Conheça os principais sintomas da acne felina

    A acne felina tem manifestações bem específicas que não são difíceis de reconhecer. O surgimento de cravos no gatos é o primeiro indício do problema, mas como esses pontinhos pretos são bem pequenos, é preciso ter um olhar bem atento. Geralmente eles ficam concentrados na região do queixo ou próximo aos lábios e são considerados um tipo de acne, só que antes da inflamação. Quando evolui para uma espinha, os sinais se tornam mais claros e perceptíveis. São eles:

    • coceira
    • pústula (pequena bolinha avermelhada com pus dentro)
    • sangramento
    • edema
    • dor
    • ferida na região afetada

    Se o caso for muito grave, a acne felina pode apresentar um quadro de furunculose (caroços com pus sob a pele), que é um tipo de infecção da pele causado por bactérias. Nesse caso, a recomendação é procurar um médico veterinário o quanto antes para evitar a piora da situação e dar início a um tratamento com antibiótico para gatos.

    Como é feito o diagnóstico de acne em gatos?

    O diagnóstico deve ser feito exclusivamente por um profissional da área, que deve ser especializado em dermatologia veterinária ou especialista em felinos. Ainda assim, se você observar que há vários pontinhos pretos no queixo do seu gato - que é a região mais visível e mais comum -, é bom redobrar a atenção e levá-lo ao veterinário. Esses pontinhos que se concentram são um claro sinal de cravo em gatos e podem progredir para espinhas doloridas e bem desconfortáveis.

    Na clínica, o veterinário provavelmente passará exames para confirmar o diagnóstico, pois alguns problemas de pele em gatos acabam sendo confundidos com a acne felina em alguns aspectos. O teste de cultura bacteriana, por exemplo, é um exame que costuma ser solicitado para verificar a presença de bactérias, e ele é realizado por meio da raspagem ou citologia cutânea.

    Acne felina: tratamento pode ser feito com pomada, loções e medicamentos

    Com o diagnóstico confirmado da acne felina, como tratar o problema? Essa é, sem dúvidas, uma das maiores dúvidas entre os tutores que têm um gatinho com esse problema. O primeiro ponto que deve ser destacado é que tratamentos alternativos nunca são a melhor opção e podem acabar agravando ainda mais o quadro de saúde do pet. Por isso, nada de tentar procurar receitas de remédios caseiros na internet e automedicar seu animal de estimação por conta própria, ok? 

    De toda forma, quando o assunto é o tratamento, acne felina tem algumas possibilidades que costumam ser indicadas pelo veterinário. Tudo vai depender da gravidade de cada caso, mas geralmente as recomendações são:

    • Pomada para acne felina
    • Loções antissépticas
    • Antibióticos, antifúngicos, anti-inflamatórios ou analgésicos

    Para que o tratamento seja eficaz, também é importante ter alguns cuidados especiais dentro de casa, como manter os cuidados com a higiene do pet e até mesmo fazer a substituição de potes de comida e água que ficam espalhados pela casa, principalmente se eles forem feitos de plástico.

    Uma forma de prevenir a acne felina é optando por potes de inox ou cerâmica
    Uma forma de prevenir a acne felina é optando por potes de inox ou cerâmica

    Algumas dúvidas comuns sobre a acne de gato

    Pode espremer a acne felina?

    Mexer na região da acne felina não é recomendado e pode até piorar o quadro. Ao espremer uma espinha no seu gato, você acaba deixando o seu bichinho de estimação muito incomodado e ainda por cima abre portas para novas infecções. 

    Os potes de plástico devem ser evitados?

    Sim. Como o plástico é um material poroso e que acumula bastante gordura (principalmente com a ração úmida), o gato suja o focinho e a boca com muito mais facilidade. Por isso, esses potinhos acabam virando grandes “vilões” para quem deseja manter a acne felina longe. O ideal mesmo é optar por outros materiais que não acumulam gordura.

    A acne de gato pega em humanos?

    Não. A acne felina não é considerada uma zoonose, portanto, o gatinho que sofre com esse problema não vai transmitir isso para os humanos da casa e nem mesmo para outros pets. 

    5 formas de prevenir a acne e cravos em gatos

    1) Prefira comedouros e bebedouros para gatos que não sejam feitos de plástico. Como o uso desses potinhos pode facilitar o surgimento da acne felina, a melhor opção é procurar por outros materiais para substituir os potinhos do bichano. Uma boa dica é optar sempre por recipientes de cerâmica, inox ou vidro, que não acumulam muita sujeira nem gordura no seu interior.

    2) Cuide muito bem da higiene bucal do seu pet. Alguns restinhos de comida às vezes podem ficar amontoados na região do queixo, lábios e focinho após as refeições. Isso acaba “fechando” os poros e propicia o problema de pele. Por isso, além de escovar os dentes do gato, também é recomendado passar um lencinho umedecido ou pano após as refeições para retirar qualquer resquício do alimento.

    3) Não ofereça alimentos que não sejam apropriados para felinos. Uma dieta inadequada muitas vezes pode desencadear um quadro de acne em gatos. Por isso, o melhor a se fazer é manter a boa alimentação felina: invista sempre em uma ração de boa qualidade, como os tipos premium e super premium, e evite alimentos impróprios para pets, principalmente aqueles gordurosos.

    4) Apare os pelos do queixo do seu gatinho regularmente. Esse é um cuidado especial principalmente com animais que possuem uma pelagem mais comprida. A pelagem longa na região acaba favorecendo o acúmulo de restos de alimentos.

    5) Evite situações de estresse. O sistema imunológico dos gatos geralmente fica muito abalado e fragilizado quando ele está estressado, então isso é uma porta de entrada para vários problemas de saúde que vão muito além da acne de gato. Enriqueça o ambiente do bichano e procure formas de deixar o seu amigo bem entretido, e se tiver qualquer mudança na rotina do pet, faça tudo de forma bem gradual.

    Redação: Juliana Melo

    Anatomia canina: tudo sobre a respiração e pulmão de cachorro

    Próxima matéria

    Anatomia canina: tudo sobre a respiração e pulmão de cachorro

    Rinotraqueíte felina: saiba tudo sobre a doença respiratória que acomete os gatinhos!
    Saúde

    Rinotraqueíte felina: saiba tudo sobre a doença respiratória que acomete os gatinhos!

    Os períodos de chuva e frio demandam mais atenção ainda com a saúde dos felinos. Mesmo vivendo dentro de casa e sem acesso às ruas, os gatinhos não estão imunes a algumas doenças que podem surgir com as mudança do tempo. Uma delas é a rinotraqueíte felina: se você tem um gato, já ouviu falar sobre ela por ser bem comum entre os bichanos. Mas, se você ainda não sabe muito sobre a doença, não se preocupe, pois o Patas da Casa vai te esclarecer as principais dúvidas sobre a doença. Para isso, conversamos com a veterinária Vivian Valério, do Rio de Janeiro!

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Fox Terrier: características físicas, personalidade, cuidados e muito mais... saiba tudo sobre a raça
    Pequenos

    Fox Terrier: características físicas, personalidade, cuidados e muito mais... saiba tudo sobre a raça

    Os cães do grupo Terrier fazem sucesso por onde passam, e com o Fox Terrier não é diferente. Ele representa perfeitamente as raças de cachorro desse grupo: é animado, ativo, cheio de energia, habilidoso e, claro, incrivelmente fofo. Muitas pessoas chegam a confundi-lo com o Fox Paulistinha, uma raça de Terrier originária do Brasil que descende do cruzamento do Fox Terrier com outros cães. No entanto, esses dois doguinhos são bem diferentes entre si, especialmente no que diz respeito à pelagem e traços físicos.

    Ver Todas >

    Doença do carrapato: veja em infográfico os perigos dessa doença de cachorro
    Saúde animal

    Doença do carrapato: veja em infográfico os perigos dessa doença de cachorro

    A doença do carrapato é uma das mais temidas pelos pais e mães de pets - e com razão. O contágio acontece quando um carrapato infectado com o parasita pica um cãozinho saudável. Pouco tempo depois, os sintomas da doença do carrapato já começam a aparecer. Um dos motivos do porque essa doença é tão perigosa é o fato de seus sintomas serem muito variados e se agravarem rapidamente. A doença do carrapato tem cura, mas quanto mais o tratamento demora a ter início, mais complicado fica. 

    Caspa em cachorro: tudo sobre o problema de pele
    Saúde animal

    Caspa em cachorro: tudo sobre o problema de pele

    A caspa em cachorro é uma das manifestações que acontece quando há alguma deficiência nutricional ou higienização inadequada do animal. Avistou algumas casquinhas brancas se soltando abaixo dos pelos do seu pet? Então continue lendo para saber tudo sobre cachorro com caspa e como livrar seu melhor amigo desse incômodo.

    Cachorro babando: quando é motivo para se preocupar com a saúde do pet?
    Saúde animal

    Cachorro babando: quando é motivo para se preocupar com a saúde do pet?

    A saliva do cachorro, assim como a nossa, tem diversas funções. Porém, quando há alterações na consistência e aparência da saliva, ou quando ela se torna muito abundante, é melhor ficar alerta: esse pode ser um sintoma de que algo não vai bem com a saúde do cachorro. Descubra agora como identificar a salivação anormal no seu melhor amigo.  

    Como aumentar a imunidade do cachorro e tudo sobre o sistema imunológico dos cães
    Saúde animal

    Como aumentar a imunidade do cachorro e tudo sobre o sistema imunológico dos cães

    Uma pergunta comum a todos os pais de pet que não gostam de ver o filho de quatro patas doente é como aumentar a imunidade do cachorro. Assim como acontece com os humanos, o sistema imunológico canino é como se fosse um mecanismo interno de defesa que ajuda a proteger os animais contra várias doenças. Isso quer dizer que qualquer alteração ou queda na imunidade deixa o organismo vulnerável, e pode afetar significativamente a saúde do cachorro.

    Ver Todas >