close
Cachorro

5 passos para entender a linguagem corporal canina

Atualizado · 24 de março de 2021 · 20h26

Publicado · 24/03/2021 · 19h06

A linguagem corporal dos cães é muito rica. Aprenda a decifrar todos os sinais!
A linguagem corporal dos cães é muito rica. Aprenda a decifrar todos os sinais!

Mesmo que os cães não tenham a habilidade de falar e se expressar como os humanos, eles são capazes de se comunicarem muito bem. Com uma linguagem corporal extremamente rica, tudo o que o tutor precisa é aprender a interpretar todos os sinais - isso, inclusive, vai ajudar muito a melhorar a comunicação entre vocês. Mas como fazer isso? Pode parecer uma tarefa difícil, mas não é: com atenção e um pouco mais de conhecimento sobre a linguagem corporal dos cachorros, é totalmente possível entender o que se passa pela cabeça do seu doguinho ou o que ele quer em alguns momentos. Para te orientar nessa jornada, separamos algumas dicas muito valiosas para entender a linguagem de cachorro. Dá só uma olhada!

1) Conhecer muito bem o animal é o primeiro passo para entender a linguagem de cachorro

Por mais clichê que pareça, essa é a melhor forma de aprender a ler o comportamento do seu doguinho. Cada cão é único e tem seu próprio jeitinho de se expressar, então a melhor forma de o compreender é observando situações do cotidiano e descobrindo do que ele gosta ou não. Por exemplo, às vezes o seu cachorro adora ganhar um petisco como mimo e não hesita em demonstrar isso: começa a pular de um lado para o outro e fica com a língua para fora só esperando a hora de abocanhar o alimento. Como dá para saber disso? É só observar a linguagem corporal do cachorro diante dessa situação: se ele fica animado ou mais indiferente, se ele come tudo de uma vez ou só cheira e depois deixa para lá. Existem muitas formas de conhecer o seu doguinho, e com a convivência fica fácil de perceber como o animal se sente diante de várias situações.

2) Linguagem corporal canina: o movimento das orelhas e do rabo podem dizer muita coisa

Já reparou que as orelhas do cachorro se movimentam de diferentes formas? Às vezes elas estão apontadas para cima, às vezes estão para baixo, e em alguns casos uma pode estar para cima, e outra para baixo… pois é, tudo isso faz parte da linguagem corporal dos cães. Tanto o movimento das orelhas quanto o movimento do rabo do cachorro têm uma função importante na comunicação canina. As orelhas para cima geralmente indicam que o cachorro está concentrado e atento, enquanto as orelhas para baixo podem ser sinônimo de tranquilidade, tristeza ou medo.

Já a cauda balançando pode representar diferentes sentimentos como animação, felicidade, ansiedade ou estresse. O rabo de cachorro parado também tem seus motivos: se ele estiver rígido para cima, o animal está prestes a atacar; se ele estiver na altura do corpo, ele está de olho em alguma coisa. Já quando ele está para baixo, é porque o doguinho está triste.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O latido também faz parte da linguagem de cachorro
    O latido também faz parte da linguagem de cachorro

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    3) Na linguagem de cachorro, os latidos têm diferentes significados

    Não vale se limitar somente à linguagem corporal: cachorro pode emitir diferentes sons e ruídos, como os famosos latidos, e essa também é uma forma de comunicação. “Mas os latidos não são sempre os mesmos?” é o que alguns tutores se perguntam. A resposta para isso é não. O cachorro pode latir porque está feliz, assim como pode latir de tristeza (o que se assemelha bastante a um uivo), da mesma forma que o cão late quando está entediado, carente ou com medo. Também é possível que os latidos aconteçam como uma forma de proteger ou marcar território. 

    4) O olhar faz parte da linguagem corporal dos cães

    Os humanos costumam usar bastante a expressão “um olhar vale mais do que mil palavras”. Pois bem, isso também se aplica no caso dos cães. Os doguinhos conseguem transmitir um milhão de sensações e sentimentos com um simples olhar. Quando eles fazem alguma besteira, por exemplo, a carinha de cachorro arrependido é quase que imediata - principalmente depois que ele vê a reação do tutor. Mas como que ele demonstra isso? Pelo olhar, claro! Da mesma forma que, quando estamos tristes, o cachorro se aproxima e olha pra gente como quem diz que vai ficar tudo bem. É tanto afeto, carinho e amor que eles transmitem com um simples olhar que vale muito mais do que qualquer palavra (ou latido).

    5) Observe atentamente a postura do cãozinho como um todo, nunca isoladamente

    Claro que é muito importante saber o que alguns movimentos representam na linguagem corporal canina, mas eles não devem ser analisados isoladamente na hora de entender o seu amigo de quatro patas. É o conjunto que realmente deve ser observado, porque essa é a melhor forma de saber o que o cãozinho quer dizer com alguns comportamentos. Por isso, observe a postura do animal como um todo: orelhas, rabo, olhos, corpo, patas; enfim, tudo. Só assim será possível decifrar a mensagem que o cachorro de fato quer passar com a sua linguagem corporal canina.

    Redação: Juliana Melo

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida

    Próxima matéria

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida

    Comportamento canino: entenda os diferentes tipos de personalidade e aprenda a identificar o padrão do seu pet
    Adestramento

    Comportamento canino: entenda os diferentes tipos de personalidade e aprenda a identificar o padrão do seu pet

    Assim como os humanos, os cães também tem um jeitinho próprio de se comunicar com o mundo ao seu redor. É algo que faz parte da personalidade deles e, por isso, é importante entender alguns aspectos do comportamento canino para estreitar a relação com esses animais. Será que você tem um cachorro mais destemido ou medroso? Comunicativo ou tímido? Amigável ou agressivo? 

    Pinscher: da fama de nervosinho a fenômeno da internet, entenda como a raça conquistou os lares brasileiros
    Pequenos

    Pinscher: da fama de nervosinho a fenômeno da internet, entenda como a raça conquistou os lares brasileiros

    O cachorro Pinscher chama a atenção em qualquer lugar, principalmente por conta do seu jeitinho barulhento e que está sempre em alerta a tudo que acontece. Não é à toa que a raça ganhou os holofotes da internet nos últimos anos, e a busca por exemplares tem crescido cada vez mais. Até criaram uma nomenclatura para distinguir os tamanhos de Pinscher (0, 1, 2 ou 3 - que também é chamado de Pinscher “miniatura”), embora não seja algo reconhecido oficialmente.

    Vacinação de cachorro: pode passear com o pet no mesmo dia? Entenda os cuidados!
    Vacina

    Vacinação de cachorro: pode passear com o pet no mesmo dia? Entenda os cuidados!

    Todo pai ou mãe de pet quer ver seu cãozinho saudável e a vacina de cachorro é a principal forma de manter seu animal de estimação protegido de várias doenças bem graves. O dia da vacinação de cachorro é muito especial, pois significa que seu pet ficará livre para sair de casa sem risco de contrair as doenças mais comuns. Mas afinal, quanto tempo depois da vacina pode passear com o cachorro? É preciso esperar ou já pode sair no mesmo dia? O protocolo é o mesmo no caso de filhotes e adultos? 

    Hipotireoidismo em cães: entenda como a doença afeta os caninos!
    Saúde

    Hipotireoidismo em cães: entenda como a doença afeta os caninos!

    Assim como as pessoas, os cachorros também podem desenvolver um quadro de hipotireoidismo. O problema acontece quando a tireoide, glândula responsável por produzir hormônios, passa a não funcionar corretamente. Embora não seja considerada uma doença grave, a condição exige acompanhamento veterinário regular e bastante atenção por parte dos tutores. Para entender melhor o assunto e tirar todas as dúvidas a respeito do hipotireoidismo canino, o Patas da Casa conversou com a Dra. Cristina Elillo, que trabalha como veterinária há mais de vinte anos. Confira!

    Ver Todas >

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?
    Comportamento animal

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?

    O pelo de gato exerce uma função importante tanto na proteção do corpo e da pele, como também na linguagem corporal felina. Sim, é isso mesmo: mesmo sem um vocabulário, os bichanos são capazes de expressar sentimentos e vontades com movimentos, posições específicas e até mesmo com o estado da pelagem. Se você já viu um gato arrepiado, deve entender do que estamos falando!

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?
    Comportamento animal

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?

    O termo “pet friendly” nunca esteve tão em alta quanto agora. Todo mundo sabe que os cães são grandes companheiros dos humanos e carregam até o título de melhores amigos. Mas, mesmo fazendo parte da nossa família há tanto tempo, foi recentemente que esses pets conquistaram um “espaço” definitivo nos momentos de lazer dos tutores. É aqui que entra a ideia de pet friendly: hotéis, pousadas, restaurantes, shoppings, mercados e vários outros estabelecimentos hoje em dia recebem os peludos de braços abertos (em alguns cidades, como no Rio de Janeiro, é lei!).

    Gatos famosos: conheça os 10 personagens felinos mais icônicos da ficção
    Comportamento animal

    Gatos famosos: conheça os 10 personagens felinos mais icônicos da ficção

    Ao decidir abrir as portas de casa para um bichano, vários tutores se inspiram em nomes de gatos famosos para apelidar o próprio pet. E acredite: existem muitas referências de gatinhos bem populares, principalmente quando entramos no mundo da ficção. Filmes, séries, quadrinhos, gibis, animações: em todos esses cenários é possível encontrar personagens totalmente icônicos.

    Comportamento do gato: aprenda alguns exercícios para estimular a cognição do seu pet
    Comportamento animal

    Comportamento do gato: aprenda alguns exercícios para estimular a cognição do seu pet

    Oferecer brinquedos interativos para gatos e investir em exercícios mentais normalmente são uma excelente forma de estimular as habilidades cognitivas do seu amigo de quatro patas. Afinal, mesmo que os felinos não tenham a mesma capacidade de raciocínio dos seres humanos, eles são bem inteligentes e capazes de aprender muita coisa. Além do mais, quando os instintos selvagens dos gatos são instigados, a cognição também é estimulada. 

    Ver Todas >