Cuidados

5 coisas que você precisa observar no corpo do seu gato

A "inspeção de saúde" faz parte de cuidar de gato: descubra o que você precisa procurar no corpo do seu amigo para saber se está tudo bem
A "inspeção de saúde" faz parte de cuidar de gato: descubra o que você precisa procurar no corpo do seu amigo para saber se está tudo bem

Cuidar de gato, assim como com qualquer outro animal de estimação, é algo que exige tempo e demanda o máximo de atenção. Dar uma checada em diferentes partes do corpo dele de vez em quando para saber se está tudo bem faz parte dessa rotina: alguns problemas e condições de saúde aparecem com sintomas discretos, que só vão ser percebidos com um olhar mais minucioso. Por isso, aproveite os próximos momentos de carinho e se o seu felino for dos que permitem esse tipo de coisa, dê uma analisada nessas partes do corpo dele: 

1) Boca, gengiva, dentes e língua de gato: machucados e vermelhidão na área podem significar diferentes doenças 

A região oral do seu amigo felino pode demonstrar uma série de problemas que vão dos mais simples de serem resolvidos aos mais complicados. O tártaro no dente de gato, por exemplo, acontece por causa do acúmulo de resíduos alimentares na boca e pode ser prevenido com uma boa higiene oral e alimentação correta. Se isso não acontecer,pode gerar questões mais complicadas, como a gengivite, a halitose e infecções diversas. As úlceras, feridas e vermelhidão, tanto na parte interna, como a língua de gato, quanto na externa da boca podem ser sintomas de doenças como estomatite, esporotricose, calicivirose e acne felina.  

2) O rabo de gato é essencial para o equilíbrio do animal e deve ser checado de vez em quando

Identificar que alguma coisa está errada com o rabo do seu gato não é difícil: quando se trata de machucados causados por fatores externos, como uma torção ou ferida, é comum que ele perca o equilíbrio, demonstre que está com dor e não movimente o rabo como de costume, por exemplo. Uma lesão aberta no rabo do animal também pode causar diferentes tipos de infecções e inflamações. Além disso, as dermatites que se espalham pelo corpo do animal também podem atingir a cauda.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Lambidas em excesso na pata de gato podem ser indicativo de problemas
    Lambidas em excesso na pata de gato podem ser indicativo de problemas

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino

    A caixa de areia é só um objeto, mas para novos donos de gatos ela pode envolver uma série de dúvidas que ninguém sonhou em ter antes de ter um felino. Desde qual tipo de areia escolher até o tamanho e o formato do objeto, tudo isso influencia na forma como o gato vai usar a caixa. Como não poderia ser diferente, o lugar onde você coloca o sanitário do seu gatinho é primordial para que ele faça o xixi e cocô no lugar certo — principalmente se você mora em apartamentos e tem um espaço limitado. Hoje, o Patas da Casa vai te ajudar a resolver essa questão: dá uma olhada aqui embaixo!

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre, né? Há relatos de gatos que chegam a viver mais de 30 anos, mas estamos falando aqui de recordes mundiais. Na “vida real”,  a idade média de um gato é de 16 anos. Se formos pensar em termos de adoção ou compra de um gatinho para chamar de nosso, precisamos sempre ter em mente que durante toda a sua vida, seremos responsáveis pela saúde, bem estar e segurança deles. Então, nada de querer ter um gato no impulso e depois se arrepender, combinado? Eles sofrem muito com o abandono e podem até ficar traumatizados com humanos em geral.   

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    3) A pata de gato pode ser o foco de uma série de problemas diferentes

    As patinhas dos gatos e cachorros costumam ser “esquecidas” no que se trata dos cuidados, mas elas são super importantes para a manutenção da qualidade de vida do seu amigo. Quando há algum tipo de dor ou ferida na pata de gato, ele não consegue se movimentar direito e essa função é essencial para que seu felino tenha a autonomia que tanto ama. Por isso, fique atento e procure por cortes e feridas que podem ter sido feitas enquanto ele andava, reações alérgicas a alguma coisa que entrou em contato com a pele (dermatites), pulgas e carrapatos, infecções causadas por fungos e bactérias e, até mesmo, machucados provocados pelos próprios gatos ao se lamberem ou morderem (geralmente, sinais de ansiedade felina). 

    4) Doenças externas e do canal auditivo podem atingir a orelha de gato

    A otite é uma doença dolorida e incômoda causada por uma inflamação no canal auditivo do seu gato. Ela pode ser identificada com facilidade assim que começa porque seus sintomas envolvem pus, coceira, vermelhidão e, até mesmo, feridas na região. Além disso, as infecções causadas pela ação de ácaros também são muito comuns na região da orelha e do ouvido do animal. Quando há uma infestação de pulgas no ambiente e no animal, também é comum que elas tenham uma ação bem forte na região das orelhas: vale a pena ficar atento para garantir o conforto do seu amigo. 

    5) O olho do gato pode ser afetado tanto por doenças genéticas quanto por fungos e bactérias

    Assim como outras partes sensíveis do corpo do seu gato, os olhos dele também podem ser atingidos por infecções causadas por fungos e bactérias. A conjuntivite é uma das mais comuns entre essas. Além disso, seu amigo também pode ter problemas como a uveíte felina, catarata, glaucoma e atrofia da retina, que podem ou não ser genéticos. Fique atento se ele apresentar lacrimação em excesso, inchaço, esbranquiçamento da retina e qualquer outra diferença desse tipo nos olhos do seu amigo. Tudo isso pode indicar alguma coisa a mais.

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Por que cachorro gosta de ficar no sol?

    Próxima matéria

    Por que cachorro gosta de ficar no sol?

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Resgatei um gato filhote, e agora? 6 coisas que você precisa fazer imediatamente
    Filhotes

    Resgatei um gato filhote, e agora? 6 coisas que você precisa fazer imediatamente

    Você acabou de resgatar um gato filhote. E agora, o que fazer primeiro? Levar no veterinário? Dar um banho? Que tipo de alimento pode oferecer ao gatinho? O resgate de um animal indefeso vem cercado de dúvidas, principalmente se é a primeira vez que isso acontece com você. Nesse momento, é importante manter a calma e seguir alguns protocolos para garantir a segurança do animal. Para ajudar os resgatistas de primeira viagem, o Patas da Casa conversou com a Daniela Saraiva, que é responsável pelo abrigo Cabana do Picapau, no Rio de Janeiro, e já resgatou e doou mais de 1000 gatos. Confira 6 dicas importantes!

    Adoção

    "Quero adotar um gato": tudo o que você precisa saber e fazer antes de levar um felino para casa

    Se você procura um bichinho independente, carinhoso e de personalidade forte, talvez seja o momento certo de adotar um gatinho. Com um jeito próprio de demonstrar todo o seu amor, os felinos têm conquistado cada vez mais o coração das mães e dos pais de pet de plantão. Mas, na hora de decidir isso, é preciso ter em mente que incluir um novo membro à sua família implica uma série de fatores, tanto para o animal quanto para os tutores e, principalmente, para o lugar que será o seu novo lar. Para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um gato. Dá uma olhada!

    Ver Todas >

    Como funciona a areia de gato sílica?
    Cuidados dos animais

    Como funciona a areia de gato sílica?

    Os felinos são animais extremamente higiênicos e justamente por isso é importante ter uma atenção especial quando se trata da caixa de areia para gatos e do tipo de areia utilizada. Existem vários opções disponíveis no mercado, como os granulados de madeira ou de argila. A areia de gato sílica também tem se tornado bastante popular, mas ela é a melhor escolha? Apesar de ser uma excelente opção, principalmente para quem passa o dia fora de casa, essa é uma areia de gato que requer certa atenção.

    Devo me preocupar com o cheiro de
    Cuidados dos animais

    Devo me preocupar com o cheiro de "salgadinho" na pata do cachorro?

    Já reparou que a pata do seu cachorro tem um cheirinho peculiar? Há quem diga que o odor é parecido com o cheiro de snacks e salgadinhos industrializados. A pata de cachorro é, certamente, uma das coisas mais fofas e tem muitas funções importantes na mobilidade e comportamento desses animais... mas pode ter um cheiro bem desagradável mesmo quando estão limpas. Afinal, cachorro tem chulé assim como os humanos?

    Vai se mudar de casa com o cachorro? Veja dicas de como adaptar o animal ao novo ambiente
    Cuidados dos animais

    Vai se mudar de casa com o cachorro? Veja dicas de como adaptar o animal ao novo ambiente

    Ninguém pode negar: mudar de casa é sempre um processo cheio de emoções. Mas, além de você, existe outro serzinho que sofre com a mudança: o seu cão. Afinal, a troca de planos e atividades no dia a dia podem resultar em um cachorro estressado e ansioso. Por isso, é importante que a mudança de casa, desde o transporte até a adaptação ao novo ambiente, seja pensada para não traumatizar o seu amigo. Mas será que você sabe como adaptar o cachorro ao novo lar? Pensando nisso, nós reunimos algumas dicas do que fazer para tornar a mudança menos estressante para o seu cãozinho. Olha só!

    7 acessórios para gatos indispensáveis
    Cuidados dos animais

    7 acessórios para gatos indispensáveis

    Adotar um gatinho é sinônimo de muitas mudanças na rotina e até na decoração da sua casa. Além da dinâmica do dia a dia e da necessidade de alimentar e cuidar de mais um ser vivo, é provável que o gateiro de primeira viagem seja apresentado a uma série de objetos que não conhecia antes. Existem alguns acessórios para gatos que são fundamentais.

    Ver Todas >